Técnico de Enfermagem - Salário, O Que Faz, Piso Salarial 2024

R$ 2.177,28/mês

Atualizado em

Hoje um Técnico de Enfermagem ganha em média R$ 2.177,28 para uma jornada de trabalho de 38 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 326.345 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Técnico de Enfermagem pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 2.117,81 e o teto salarial de R$ 3.985,28, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Técnico de Enfermagem.

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Salário por cidade

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 26 anos, ensino médio completo, do sexo feminino que trabalha 36h semanais em empresas do segmento de Atividades de atendimento hospitalar de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Técnico de Enfermagem é São Paulo.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Técnico de Enfermagem, não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O técnico em enfermagem desempenha um papel vital e versátil na área da saúde, oferecendo suporte direto e cuidados essenciais aos pacientes em diversos cenários médicos. Sua atuação abrange uma ampla gama de responsabilidades que são cruciais para assegurar o bem-estar dos pacientes e a eficácia das operações nas unidades de saúde.

Q que faz um Técnico em Enfermagem

O trabalho desse profissional envolve uma interação direta com os pacientes, incluindo a medição precisa dos sinais vitais, tais como pressão arterial, pulso e temperatura. Além disso, eles colaboram na execução de procedimentos médicos, preparando os instrumentos necessários e auxiliando na administração de medicamentos sob a supervisão de enfermeiros ou médicos. Também têm a capacidade de realizar curativos e procedimentos simples, como a inserção de sondas.

Os técnicos de enfermagem desempenham um papel fundamental no auxílio aos pacientes em suas atividades cotidianas, como higiene pessoal, alimentação e mobilidade. Sua habilidade em identificar mudanças no estado de saúde dos pacientes e relatar essas observações aos profissionais de saúde responsáveis é crucial para o monitoramento contínuo e eficaz.

Além disso, esses profissionais têm a responsabilidade de manter o ambiente de trabalho organizado e funcional. Isso inclui a limpeza e esterilização adequada dos equipamentos médicos, a preparação das salas de atendimento, o transporte de pacientes quando necessário e a contribuição para a manutenção da rotina hospitalar.

Diferenças entre Técnico de Enfermagem e Auxiliar de Enfermagem

É importante ressaltar que o auxiliar desempenha suas funções em áreas específicas e oferece cuidados aos pacientes que possuem necessidades menos complexas. Por outro lado, o técnico realiza procedimentos práticos e pode atuar em diversos setores, oferecendo atendimento a pacientes que apresentam diferentes níveis de complexidade, desde média até alta. Vale ressaltar que a diferença salarial também é uma característica que distingue essas duas modalidades.

Atribuições do Técnico de Enfermagem

De acordo com a Classificação Brasileira de Ocupações, o técnico de enfermagem é responsável por:

  • Desempenhar atividades técnicas de enfermagem em empresas públicas e privadas como: hospitais, clínicas e outros estabelecimentos de assistência médica, embarcações e domicílios;
  • Atuar em cirurgia, terapia, puericultura, pediatria, psiquiatria, obstetrícia, saúde ocupacional e outras áreas;
  • Prestar assistência ao paciente, zelando pelo seu conforto e bem-estar, administrando medicamentos e desempenhando tarefas de instrumentação cirúrgica;
  • Organizar o ambiente de trabalho e dar continuidade aos plantões;
  • Trabalhar em conformidade às boas práticas, normas e procedimentos de biossegurança;
  • Realizar registros e elaborar relatórios técnicos;
  • Desempenhar atividades e realizar ações para promoção da saúde da família.

Veja mais atribuições da profissão.

Especializações para Técnicos de Enfermagem

O técnico de enfermagem pode se especializar em segmentos específicos, atuando de forma direcionada em ambientes variados. De acordo com o Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT), as possibilidades de formação continuada envolvem:

  • Especialização técnica em enfermagem do trabalho;
  • Especialização técnica em instrumentação cirúrgica;
  • Especialização técnica em saúde mental;
  • Especialização técnica em terapia intensiva;
  • Especialização técnica em estratégia de saúde da família;
  • Especialização técnica em saúde do idoso;
  • Especialização técnica em emergência e urgência;
  • Especialização técnica em hemodiálise;
  • Especialização técnica em oncologia;
  • Especialização técnica em diagnóstico por imagem;
  • Especialização técnica em centro cirúrgico.

O Aumento dos Profissionais de Enfermagem no Brasil

Desde o início da pandemia, a população passou a reconhecer o notável serviço prestado pelos profissionais de Enfermagem nos ambientes hospitalares. Cada vez mais pessoas expressam o desejo de ingressar nessa profissão.

Conforme estabelecido pela Lei 7.498/86, a prática da Enfermagem e suas atividades auxiliares é reservada a indivíduos legalmente habilitados e registrados no Conselho Regional de Enfermagem com jurisdição na área onde ocorre o exercício profissional. Para exercer a profissão, os profissionais têm a responsabilidade de manter suas inscrições atualizadas junto ao respectivo Conselho Regional.

Salário do Técnico em Enfermagem

Salário Técnico de enfermagem

O salário de um técnico em enfermagem varia de acordo com a região de atuação, carga horária, experiência e forma de atuação.

Em diferentes estados do Brasil, como São Paulo, Distrito Federal e Santa Catarina, os salários para técnicos em enfermagem podem ultrapassar o piso estabelecido, variando de acordo com a carga horária e região.

Logo abaixo você vê um raio x completo do mercado de trabalho para Técnicos de enfermagem e o salário em todo Brasil.

Papel vital na sociedade

O técnico em enfermagem desempenha um papel vital na área da saúde, oferecendo suporte direto e cuidados essenciais aos pacientes. Sua atuação abrange uma ampla gama de responsabilidades que são cruciais para assegurar o bem-estar dos pacientes e a eficácia das operações nas unidades de saúde.

Para aqueles que desejam seguir carreira na área da enfermagem, o técnico em enfermagem é uma ótima opção de curso, com uma formação relativamente rápida e alta empregabilidade. Além disso, a possibilidade de se especializar em áreas específicas oferece oportunidades de crescimento e desenvolvimento profissional.

Algumas funções no exercício da profissão

  • promover saúde mental;
  • dar continuidade aos plantões;
  • organizar ambiente de trabalho;
  • auxiliar equipe técnica em procedimentos específicos;
  • realizar instrumentação cirúrgica;
  • efetuar procedimentos de admissão de paciente;
  • prestar assistência ao paciente;
  • administrar medicação prescrita;
  • demonstrar competências pessoais;
  • comunicar-se;
  • trabalhar com biossegurança e segurança;
  • fiscalizar validade de materiais e medicamentos;
  • arrumar camas;
  • proteger paciente durante crises;
  • apresentar-se situando paciente no ambiente;
  • acompanhar tempo de administração de soro e medicação;
  • vistoriar cada paciente;
  • encaminhar material para sala cirúrgica;
  • demarcar limites de comportamento;
  • incentivar a participação coletiva nos trabalhos sociais;
  • verificar suficiência de equipamento, material cirúrgico e compressas;
  • demonstrar capacidade de persuasão;
  • vacinar-se;
  • ver mais...

Salário de Técnico de Enfermagem CBO 3222-05 - Série histórica

Quanto ganha um Técnico de Enfermagem por região do Brasil

Quanto ganha um Técnico de Enfermagem nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Técnico de Enfermagem na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
São Paulo, SP 38 3.114,01 3.201,45 4.838,12 17,04 32.080
Rio de Janeiro, RJ 35 1.870,98 1.923,51 2.906,87 11,07 18.884
Brasília, DF 38 2.220,59 2.282,94 3.450,05 11,88 10.048
Porto Alegre, RS 37 2.527,97 2.598,95 3.927,62 14,04 9.352
Salvador, BA 37 1.634,87 1.680,78 2.540,04 9,12 8.852
Belo Horizonte, MG 40 2.089,04 2.147,70 3.245,67 10,68 8.817
Curitiba, PR 37 2.081,75 2.140,20 3.234,34 11,66 8.208
Goiânia, GO 39 1.820,53 1.871,65 2.828,49 9,70 5.820
Fortaleza, CE 40 1.557,83 1.601,57 2.420,34 8,06 4.331
Campinas, SP 36 2.824,80 2.904,11 4.388,78 15,97 4.018
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a nossa Pesquisa Salarial.

Tabela salarial para Técnico de Enfermagem

Tabela salarial referentes ao salário base do cargo e na remuneração por períodos
Período Salário Mensal Salário Anual Salário Semanal Salário/Hora
Piso Salarial 2.118 25.414 529 11,06
Média Salarial 2.177 26.127 544 11,37
1º Quartil 1.622 19.465 406 8,47
Salário Mediana 1.983 23.796 496 10,35
3º Quartil 3.039 36.472 760 15,87
Teto Salarial 3.985 47.823 996 20,81
  • Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Técnico de Enfermagem negociados por sindicatos e registrados no MTE;
  • Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais CBO 3222-05 da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;
  • 1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;
  • 3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

Demanda no mercado de trabalho para o cargo

Técnico de Enfermagem é um cargo que está com altíssima demanda no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses.

No comparativo entre os meses de Maio de 2023 e Abril de 2024, tivemos um aumento de 20.66% nas contratações formais com carteira assinada em regime integral de trabalho.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Técnico de Enfermagem CBO 3222-05 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Técnico de Enfermagem por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Técnico de Enfermagem na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
38 2.618,49 2.692,01 4.068,25 14,34 91.339
36 1.878,58 1.931,32 2.918,68 10,69 32.523
40 1.864,43 1.916,78 2.896,70 9,58 32.350
38 2.218,58 2.280,87 3.446,93 12,01 26.935
38 2.007,57 2.063,94 3.119,09 10,78 24.457
42 2.425,29 2.493,39 3.768,08 11,96 17.183
37 1.667,14 1.713,95 2.590,18 9,32 15.582
40 1.789,34 1.839,58 2.780,03 9,30 11.092
38 2.220,59 2.282,94 3.450,05 11,88 10.048
38 1.668,17 1.715,01 2.591,78 9,11 8.936
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
8610-1/01 Atividades de atendimento hospitalar 2.142,48 2.202,63 3.328,69
8610-1/02 Atividades de atendimento em pronto-socorro e unidades hospitalares para atendimento a urgências 1.894,44 1.947,63 2.943,31
8660-7/00 Atividades de apoio à gestão de saúde 2.252,37 2.315,61 3.499,42
8630-5/03 Atividade médica ambulatorial restrita a consultas 2.362,53 2.428,86 3.670,57
8640-2/03 Serviços de diálise e nefrologia 1.988,23 2.044,05 3.089,03
8630-5/02 Atividade médica ambulatorial com recursos para realização de exames complementares 2.227,36 2.289,90 3.460,57
9430-8/00 Atividades de associações de defesa de direitos sociais 1.942,66 1.997,21 3.018,24
7820-5/00 Locação de mão-de-obra temporária 2.286,67 2.350,88 3.552,72
8630-5/01 Atividade médica ambulatorial com recursos para realização de procedimentos cirúrgicos 2.127,39 2.187,13 3.305,25
8690-9/99 Outras atividades de atenção à saúde humana 2.264,29 2.327,86 3.517,94
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganha um Técnico de Enfermagem concursado

Profissionais com ensino médio completo contratados para exercer o cargo de Técnico de Enfermagem também podem almejar um emprego público através de concurso.

O salário de Técnico de Enfermagem concursado é de R$ 2.168,85 para uma jornada de 39 horas semanais, segundo dados de 5133 profissionais contratados por concúrso público para órgãos municipais, estaduais ou federais.

Seguir uma carreira concursada de Técnico de Enfermagem não parece ser uma boa idéia, já que a remuneração no setor público é cerca de 0% menor do que a média salarial do setor privado. Talvez compense pela estabilidade e jornada de trabalho menor, mas precisaria pesar bem os prós e contras.

Quanto ganha um Técnico de Enfermagem por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 326.345 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Técnico de Enfermagem CBO 3222-05 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
152.878 36 180 2.229,11 12,38
78.951 44 220 2.093,17 9,51
28.563 40 200 2.349,11 11,75
14.413 38 190 2.144,69 11,29
12.207 42 210 2.008,95 9,57
6.685 30 150 1.978,68 13,19

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por nível profissional e porte da empresa

Metodologia: Salários de 148.825 profissionais demitidos pelas empresas.
Porte da Empresa Nível I Nível II Nível III
Micro 2.298,87 2.447,73 2.705,94
Pequenas 2.160,22 2.309,07 2.567,29
Médias 2.143,65 2.292,51 2.550,73
Grandes Empresas 2.283,55 2.432,41 2.690,63
  • *Técnico de Enfermagem Nível I: até 4 anos;
  • *Técnico de Enfermagem Nível II: de 4 a 6 anos;
  • *Técnico de Enfermagem Nível III: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

Quanto ganha um Técnico de Enfermagem PCD

Num levantamento com 1.302 salários de Técnicos e auxiliares de enfermagem PCDs - Pessoas Com Deficiência no cargo de Técnico de Enfermagem, a média salarial em todo o Brasil é de R$ 2.342,07 para uma jornada de trabalho de 38 horas semanais.

O salário médio aqui mostrado não difere o tipo de deficiência do trabalhador, podendo esta ser permanente, ou até mesmo um trabalhador readaptado que retorna de afastamento do trabalho pelo INSS.

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Técnico de Enfermagem

  • Salário Base: R$ 2.177,28
  • Salário-educação (3%): R$ 65,32
  • Sistema S (2%): R$ 43,55
  • INSS Patronal (20%): R$ 435,46
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 21,77
  • FGTS (8%): R$ 174,18
  • Férias 1/12: R$ 181,44
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 435,46
  • Periculosidade (30%): R$ 653,18
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 60,48
  • 13º Salário: R$ 181,44
  • FGTS sobre Férias: R$ 14,52
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 4,84
  • FGTS sobre 13º: R$ 14,52
  • Aviso Prévio: R$ 181,44
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 14,52
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 181,44

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Técnico de Enfermagem pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Técnico de Enfermagem