CBO 3221-20 - Massoterapeuta - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos tecnólogos e técnicos em terapias complementares e estéticas

O profissional no cargo de Massoterapeuta CBO 3221-20 realiza ações de massoterapia, executando avaliação das condições de saúde, verificando hábitos de vida e aplicando técnicas de massagens ocidental e oriental de relaxamento e estimulação muscular, de remodelação corporal, de estímulo ao sistema linfático, de prevenção de lesões e recuperação muscular no esporte, para a promoção e a manutenção da saúde e do bem-estar do cliente Pode aplicar práticas complementares e integrativas não invasivas associadas às massagens.

Recebe o cliente, realizando seu cadastro Pode administrar espaço de massoterapia Cumpre normas técnicas e normas regulamentadoras de biossegurança, saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental.

CBO 3221-20 é o Código Brasileiro da Ocupação de tecnólogos e técnicos em terapias complementares e estéticas que pertence ao grupo dos técnicos de nível médio das ciências biológicas, bioquímicas, da saúde, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Massoterapeuta, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Tecnólogos e técnicos em terapias complementares e estéticas CBO 3221-20 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 3221-20

  • Técnicos de nível médio.
    • Tecnólogos e técnicos em terapias complementares e estéticas.
      • Técnicos de nível médio das ciências biológicas, bioquímicas, da saúde.

O que faz um Massoterapeuta

O Massoterapeuta CBO 3221-20 prepara o ambiente de trabalho, higienizando-o para receber o cliente Organiza os prontuários e a agenda de trabalho com base em informações sobre os clientes e atendimentos a serem realizados.

Interpreta relatórios e/ou prescrições médicas que orientam o seu trabalho.

Recepciona o cliente, utilizando técnicas de atendimento adequadas aos diferentes perfis Fornece informações sobre os serviços massoterapêuticos oferecidos.

Avalia as condições de saúde e verifica os hábitos de vida do cliente, questionando-o sobre suas queixas, expectativas e eventuais disfunções e patologias Inspeciona e palpa a pele e os grupos musculoesqueléticos e articulares.

Identifica aspectos biomecânicos do cliente, por meio da observação postural.

Avalia a condição dos tecidos moles do cliente, a qualidade e a função das articulações, a força muscular e a amplitude de movimento Realiza avaliação energética do cliente.

Identifica indicações e eventuais contraindicações para o atendimento massoterapêutico, com base nas informações levantadas.

Define o plano de tratamento para o cliente, especificando quais tipos de massagem devem ser usados Pode consultar outros profissionais de saúde - como fisioterapeutas, médicos e psicólogos -, para tratamento multidisciplinar Pode encaminhar o cliente a outros profissionais, quando necessário.

Preenche em sistema informatizado a ficha de do cliente, detalhando a avaliação de saúde e especificando o plano de tratamento Prepara e mistura os óleos e aplica as misturas na pele do cliente Realiza procedimentos massoterapêuticos orientais e ocidentais de relaxamento e estimulação muscular, de remodelação corporal, de estímulo ao sistema linfático, de prevenção de lesões e recuperação muscular no esporte.

Aplica procedimentos massoterapêuticos em microssistemas, tais como execução da reflexologia podal, da reflexologia manual e da auriculoterapia Pode aplicar práticas complementares e integrativas não invasivas – tais como cromoterapia e aromaterapia - associadas às massagens.

Presta informações ao cliente sobre sua condição, orientando-o sobre medidas preventivas e recomendando exercícios Conclui o atendimento, definindo preço do serviço de massoterapia e providenciando o recebimento do pagamento Elabora ações de divulgação e venda de serviços de massoterapia, de acordo com o público-alvo.

Controla o estoque de produtos, materiais e utensílios, armazenando-os, conforme as indicações do fabricante e a legislação vigente Conserva o ambiente de trabalho limpo, higienizado e organizado, providenciando a assepsia de mobiliários e a esterilização do instrumental, de acordo com as normas de biossegurança Providencia serviço de manutenção de equipamentos, quando necessário.

Descarta material e produtos com validade vencida, seguindo os princípios ambientais e as normas de biossegurança Acondiciona materiais perfurocortantes para descarte Trabalha com segurança, adotando postura ergonômica correta e utilizando equipamentos de proteção individual.

.

Funções do cargo

O funcionário CBO 3221-20 deve demonstrar competências pessoais, avaliar disfunções, comunicar-se, realizar tratamento e correção podológicos e/ou estéticos, administrar clínica/espaço terapêutico/estético, aplicar procedimentos terapêuticos e/ou estéticos, trabalhar com segurança.

Condições de trabalho dessas profissões

Tecnólogos e técnicos em terapias complementares e estéticas atuam na área da saúde, serviços sociais e serviços pessoais. A grande maioria atua como autônomo, trabalhando por conta própria, de forma individual, embora os esteticistas também possam trabalhar em equipe. Executam suas funções em ambiente fechado, sem supervisão e em horários diurnos, não obstante os esteticistas e as doulas possam, também, trabalhar em horários irregulares.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 3221-20

A formação requerida para os esteticistas é a de técnico de nível médio ou graduação em tecnologia. No caso das Doulas é requerido um curso básico de qualificação profissional de, até, 200 horas, não sendo necessária experiência profissional para o desempenho da ocupação. Já para as demais ocupações exige-se formação em curso técnico de nível médio na área de atuação. O exercício pleno das atividades, para os esteticistas, ocorre após um período de aproximadamente dois anos de exercício profissional. No caso dos massoterapeutas e terapeutas holísticos, o exercício pleno das atividades ocorre em cerca de menos de um ano de experiência profissional; para os técnicos em acupuntura, quiropraxia e podólogos não há exigência de experiência anterior.

Atividades exercidas por um Massoterapeuta CBO 3221-20

Um Massoterapeuta (ou sinônimo) deve avaliar estado bioenergético, emocional e vibracional do paciente/cliente, demonstrar percepção sensorial, localizar áreas de desequilíbrio energético, higienizar local de trabalho, ministrar aulas, cursos e palestras, palpar estruturas articulares e ósseas, estabelecer contrato com cliente/paciente, trabalhar em equipe multi e interdisciplinar, reposicionar vísceras e outros órgãos, preparar paciente/cliente, demonstrar empatia, demonstrar discrição, cadastrar cliente/paciente, demonstrar criatividade, divulgar serviços, realizar avaliação do cliente/paciente, demonstrar coordenação motora fina, armazenar produtos, agendar consultas/atendimentos, demonstrar clareza, demonstrar capacidade de motivação, indicar fitoterápicos, orientar sobre postura estática e dinâmica, selecionar estímulos, estimular integração emocional, produzir relatórios, demonstrar capacidade de expressão corporal, desobstruir circulação energética, planejar procedimentos, estimular alinhamento, consciência corporal, reorganização neuro-energética e vibracional, demonstrar habilidade manual, tomar medidas antropométricas e energéticas, realizar massagem relaxante, trabalhar com postura ergonômica, avaliar sistemas cardiorrespiratório, circulatório, digestório, gênito-urinário, demonstrar capacidade de trabalhar sob pressão, analisar exames, desintoxicar organismo, tonificar energia, corrigir desequilíbrios energético-psico-orgânicos, fisiológicos, bioquímicos, enzimáticos e hormonais, treinar pessoal, avaliar sistemas neuro-músculo-esquelético, efetuar assepsia do local, avaliar tecidos moles, analisar biomecânica, avaliar micro-sistemas do paciente/cliente, identificar subluxações quiropráticas, demonstrar condicionamento físico, demonstrar objetividade, usar epi, recomendar exames complementares, selecionar técnica , tipo de terapia e recurso de trabalho, avaliar sinais e sintomas, encaminhar paciente a outros profissionais, explicar técnicas e procedimentos, providenciar manutenção da clínica/espaço terapêutico/estético, descartar material e/ ou produtos com validade vencida, administrar finanças, esterilizar instrumental, demonstrar percepção intuitiva, recomendar exercícios, efetuar antissepsia no paciente/cliente, orientar paciente e/ou cliente e/ou aluno sobre medidas preventivas, demonstrar fluência verbal, demonstrar capacidade de persuasão, registrar informações técnicas, ouvir paciente e/ou cliente e/ou aluno, equilibrar tônus muscular, informar paciente e/ou cliente e/ou aluno sobre sua condição, palpar estruturas musculares e sistema tegumentar, demonstrar liderança, demonstrar senso estético, demonstrar auto conhecimento, arquivar cadastro de cliente/paciente, aplicar agulhas, moxabustão e ventosas, demonstrar visão holística, escoar estagnação energética - sedar, controlar estoque, demonstrar capacidade de escuta, aplicar estímulos manipulativos, normalizar movimentos articulares - ativo, passivo e jogo articular e nervos comprimidos ou irritados - fluxo nervoso, avaliar sistema muscular - força, temperatura e tônus.

Cargos e salários CBO 3221-20 - Tecnólogos e técnicos em terapias complementares e estéticas

Salário Massoterapeuta

Massoterapeuta: Brasil

  • 2.529
  • Brasil
  • 1.829 - 3.337
  • 41h
O profissional no cargo de Massoterapeuta CBO 3221-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.829 e 3.337 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 2.529 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3221-20.
Salário Massoprevencionista

Massoprevencionista: Brasil

  • 2.529
  • Brasil
  • 1.829 - 3.337
  • 41h
O profissional no cargo de Massoprevencionista CBO 3221-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.829 e 3.337 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 2.529 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3221-20.
Salário Massoterapeuta Belo Horizonte

Massoterapeuta: Belo Horizonte, MG

  • 33
  • Belo Horizonte, MG
  • 2.066 - 3.946
  • 39h
O profissional no cargo de Massoterapeuta CBO 3221-20 trabalhando em Belo Horizonte - MG, ganha entre 2.066 e 3.946 para uma jornada de trabalho média de 39h semanais de acordo com dados salariais de 33 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3221-20.
Salário Massoterapeuta São Paulo

Massoterapeuta: São Paulo, SP

  • 321
  • São Paulo, SP
  • 2.137 - 3.623
  • 41h
O profissional no cargo de Massoterapeuta CBO 3221-20 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 2.137 e 3.623 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 321 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3221-20.
Salário Massoterapeuta Brasília

Massoterapeuta: Brasília, DF

  • 142
  • Brasília, DF
  • 1.523 - 2.210
  • 42h
O profissional no cargo de Massoterapeuta CBO 3221-20 trabalhando em Brasília - DF, ganha entre 1.523 e 2.210 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 142 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3221-20.
Salário Massoterapeuta

Massoterapeuta: São Paulo

  • 612
  • São Paulo
  • 2.137 - 3.719
  • 41h
O profissional no cargo de Massoterapeuta CBO 3221-20 trabalhando em São Paulo, ganha entre 2.137 e 3.719 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 612 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3221-20.