Salário de Operador de Caixa 2019 - Média Salarial de 529.116 Profissionais no Cargo

Dados oficiais e atualizados do mercado de trabalho para Operador de Caixa. Encontre informações como média salarial, faixa salarial, piso salarial 2019, salário por perfil profissional, tamanho da empresa, localidade, gênero, escolaridade, jornada de trabalho, salário inicial, segmentos que mais contratam e com os melhores salários, informações jurídico/trabalhistas, carreira e muito mais com base em 529.116 salários de profissionais no cargo CBO 4211-25.

Um Operador de Caixa ganha em média R$ 1.250,85 no mercado de trabalho brasileiro para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais de acordo com o CAGED do MTE e pesquisa do Salario.com.br no período de 07/2018 até 02/2019 com um total de 529.116 salários.

A faixa salarial do Operador de Caixa CBO 4211-25 fica entre R$ 998,00 (média do piso salarial 2019 de convenções coletivas e dissídios), R$ 1.213,00 (salário mediana da amostragem) e o teto salarial de R$ 1.890,32, levando em conta profissionais contratados com carteira assinada em regime CLT a nível nacional.

O perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 21 anos, Ensino Médio completo, do sexo feminino que trabalha 44h semanais em micro empresas do segmento de Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - supermercados. A cidade com mais ocorrências de contratações e por consequência com mais vagas de emprego para Operador de Caixa é São Paulo - SP.

Confira logo abaixo todos os dados da pesquisa salarial para o cargo de Operador de Caixa em todo o Brasil e em todos os segmentos da economia.

Salários nas cidades

Você pode pesquisar em outras cidades também

Digite o nome ou o CBO do cargo. No caso do Operador de Caixa é CBO 421125. Todos os campos são obrigatórios.




O cargo de Operador de Caixa possui sinônimos que são registrados no contrato e na carteira de trabalho dentro do mesmo CBO 421125, como por exemplo Caixa de Loja, Fiscal de Caixa, Atendente de Pedágio, Caixa (supermercado), Caixa de Bar, Caixa no Comércio, Caixa no Serviço de Alimentação.

Nossa pesquisa de salários é atualizada mensalmente e fornece dados como média salarial, piso salarial, setores com os melhores salários, salários de acordo com o nível profissional, porte da empresa, escolaridade, faixa etária e muito mais pra você saber exatamente quanto ganha um Operador de Caixa CBO 421125 segundo dados salariais oficiais informados pelas empresas ao Ministério da Economia (antigo Ministério do Trabalho).

Veja como você pode utilizar esses dados salariais

[vc_tta_accordion style="flat" shape="square" color="white" active_section="" no_fill="true" collapsible_all="true"] [vc_tta_section title="Metodologia dessa pesquisa salarial" tab_id="metodologia"]

Todos os 529116 salários de Operador de Caixa contabilizados na amostragem, foram extraídos de dados oficiais do CAGED - Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho pelo Salario.com.br, dados esses que foram informados pelas empresas na admissão ou na demissão do funcionário e refletem fielmente a faixa salarial em que se encontra o cargo no mercado de trabalho brasileiro.

Através de mineração de dados e metodologias estatísticas próprias, nossa equipe filtra, ordena, calcula e exibe os dados salariais levando em conta todos os aspectos de remuneração como localidade, gênero, escolaridade, jornada de trabalho, tempo de permanência no emprego, setores de atuação das empresas, piso salarial regional, entre outros aspectos, para sempre mostrar os dados mais fiéis possíveis.

A metodologia de cálculo de salários mostrados aqui não contempla remuneração regulamentada por convenção coletiva, acordo coletivo, dissídio ou valores adicionais à remuneração de um(a) Operador de Caixa como bônus, horas extras, participação nos lucros da empresa, periculosidade, insalubridade, adicional noturno ou quaisquer outros adicionais salariais. Somente o salário bruto mensal registrado em carteira ou o último salário informado oficialmente ao MTE é considerado.

[/vc_tta_section] [vc_tta_section title="Veja como você pode utilizar esses dados salariais" tab_id="como_usar"]

Todos os dados de salários aqui mostrados podem ser utilizados para planejamento de carreira, análise do mercado de trabalho, levantamento salarial, planos de cargos e salários, planilhas de políticas salariais de empresas, trabalhos acadêmicos, departamentos de recursos humanos ou análises estratégicas empresariais.

O foco desse levantamento é obter um raio x mais recente possível do cargo de Operador de Caixa dentro do mercado de trabalho no Brasil.

[/vc_tta_section][/vc_tta_accordion]
Operador de Caixa

O que faz um Operador de Caixa

O Operador de caixa é responsável pelo fluxo de caixa, efetuando a abertura e fechamento do mesmo, registro de vendas, conferência e recebimento de valores, devolução de troco, atendimento ao público, emissão de notas fiscais e pagamentos. Há demanda deste profissional em praticamente todos os estabelecimentos que comercializam produtos ou serviços.

Como é o mercado de trabalho para Operador de Caixa

O Operador de caixa é essencial para a conclusão da venda em grande parte dos estabelecimentos comerciais, sejam atacadistas ou varejistas de pequeno, médio e grande porte. Há vagas de empregos disponíveis para esse cargo em locais como supermercados, lojas de calçados, roupas, farmácias, lojas de shoppings centers, lanchonetes, restaurantes, entre outros.

Concursados e contratados para empregos públicos

Profissionais no cargo de Operador de Caixa também podem almejar um emprego público através de concurso. Dentro da pesquisa, 10 profissionais são concursados com um salário de R$ 1.262,20 para uma jornada de 41 horas semanais.

Sem dúvidas seguir uma carreira concursada de Operador de Caixa é uma ótima pedida, já que o salário no setor público é cerca de 1% maior do que a média salarial do setor privado.

Lembrando que quando um Operador de Caixa é concursado e contratado como agente público, ele também entra como regime CLT, ou seja, ele poderá exercer a função como emprego público na administração direta ou indireta, em empresas públicas, sociedades de economia mista e em fundações públicas de direito privado.

Jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 529116 profissionais admitidos e desligados no periodo de 07/2018 até 02/2019. Jornada de trabalho semanal.

Somente profissionais admitidos
AdmitidosJornadaRef.Salário p/ mêsSalário p/ hora
24423544220R$ 1.230,31R$ 5,59
1417436180R$ 1.154,14R$ 6,41
204642210R$ 1.227,17R$ 5,84
122140200R$ 1.263,08R$ 6,32
73430150R$ 1.166,02R$ 7,77
55338190R$ 1.136,79R$ 5,98
51743215R$ 1.270,86R$ 5,91
Somente profissionais desligados registrados no CBO 4211-25
DesligadosJornadaRef.Salário p/ mêsSalário p/ hora
23846144220R$ 1.280,30R$ 5,82
1158736180R$ 1.213,66R$ 6,74
183042210R$ 1.252,41R$ 5,96
105640200R$ 1.305,49R$ 6,53
52238190R$ 1.203,51R$ 6,33
44330150R$ 1.219,52R$ 8,13
42443215R$ 1.313,56R$ 6,11

Profissionais em jornada de trabalho parcial e intermitente

A Nova Legislação Trabalhista regulamentou o regime de jornada de trabalho parcial e a jornada intermitente. Veja como funciona o parcial e o intermitente.

No período de 07/2018 até 02/2019, um total de 3380 profissionais foram contratados para o cargo de Operador de Caixa em regime de jornada de trabalho parcial. Nesse contexto a jornada semanal média ficou em 24h com um salário de R$ 778,60 o que corresponde a R$ 6,58 por hora trabalhada.

Já para o regime de jornada de trabalho intermitente, um total de 874 profissionais foram contratados com um salário médio de R$ 1.209,07.

Tipos de contratos de trabalho na admissão e demissão

Relação de tipos de admissões e desligamentos informados pelas empresas ao CAGED. É possível observar os principais motivos de demissões e admissões, os diferentes tipos de contratos de trabalho celebrados e homologados, bem como saber o total de contratados e o salário inicial de primeiro emprego para o cargo de Operador de Caixa praticado atualmente.

Tipos de admissão e demissão - *O tempo de empresa é expresso em meses em casos de demissão
TotalRelaçãoSalárioTempo na empresa*
229273Admissão por ReempregoR$ 1.229,500
135378Demissão sem Justa CausaR$ 1.280,3228
72483Pedido de DemissãoR$ 1.284,3711
34145Demissão por Término de ContratoR$ 1.253,652
26028Admissão ao Primeiro EmpregoR$ 1.200,070
9726Admissão por Contrato de Trabalho de Prazo DeterminadoR$ 1.206,960
5230Término do Contrato de Trabalho de Prazo DeterminadoR$ 1.197,082
4835Demissão por Justa CausaR$ 1.291,0228
3411Desligamento por Acordo Empregado/EmpregadorR$ 1.301,7129
360Desligamento por MorteR$ 1.347,3853
283Admissão por ReintegraçãoR$ 1.277,270
35Desligamento por AposentadoriaR$ 1.269,0371

Salário por porte da empresa e nível profissional

Salário por porte da empresa

Esse levantamento mostra a faixa salarial em que se encontra o cargo de Operador de Caixa CBO 4211-25 de acordo com o porte da empresa. Os segmentos são: MEI - Micro Empreendedor Individual, micro empresa, pequena empresa, média empresa e grande empresa. Veja como é feita essa divisão:

  • MEI: permitido no máximo 1 funcionário;
  • Micro: até 19 funcionários;
  • Pequena: 20 a 99 funcionários;
  • Média: 100 a 499 funcionários;
  • Grande: mais de 500 empregados, seja comércio, serviços ou indústria.

Salário por nível profissional

A pesquisa salarial por nível profissional, busca listar a faixa salarial para Operador de Caixa de acordo com seu nível de experiência do profissional na empresa até sua demissão. O filtro utilizado obedece as seguintes regras:

  • Trainee: profissional com até 2 anos no cargo;
  • Júnior: de 2 a 4 anos;
  • Pleno: de 4 a 6 anos;
  • Sênior: de 6 a 8 anos;
  • Master: acima de 8 anos.

Um Operador de Caixa Trainee ganha em média R$ 1.240,00, um Júnior tem um salário de R$ 1.299,90, o nível pleno recebe cerca de R$ 1.329,83, o Sênior tem uma média salarial de R$ 1.359,04, já o profissional com experiência Master no cargo dentro da empresa ganha R$ 1.458,76 mensais.

Entenda o que é o programa Trainee e conheça as diferenças entre os níveis Júnior, Pleno e Sênior.

Tabela salarial Trainee, Júnior, Pleno, Sênior e Master por porte da empresa

Metodologia e amostragem: Salários de 255877 profissionais desligados das empresas no período de 07/2018 até 02/2019.
Porte da EmpresaTraineeJúniorPlenoSêniorMaster
MEI e Micro empresa
(Até 4 funcionários)
1.216,661.229,121.252,861.282,421.311,25
Micro empresa
(5 a 9 funcionários)
1.224,391.247,781.261,021.274,791.440,51
Micro empresa
(10 a 19 funcionários)
1.240,881.308,951.334,871.314,651.459,54
Pequena empresa
(20 a 49 funcionários)
1.252,201.326,801.355,761.409,431.478,27
Pequena empresa
(50 a 99 funcionários)
1.251,451.318,671.370,661.409,141.499,81
Média empresa
(100 a 249 funcionários)
1.260,561.326,621.352,601.405,551.467,41
Média empresa
(250 a 499 funcionários)
1.256,561.329,981.370,831.419,041.503,13
Grande empresa
(500 a 999 funcionários)
1.212,021.257,721.298,131.341,831.573,35
Grande empresa
(1000 ou mais funcionários)
1.237,101.321,331.475,831.571,001.875,97

Direitos trabalhistas

Piso salarial

O piso salarial de Operador de Caixa em todo o Brasil é de *R$ 998,00 para uma jornada de trabalho de 43 horas por semana.

O valor do piso salarial, bem como o percentual de reajuste do salário é homologado pela convenção coletiva ou dissídio da categoria pelo sindicato.

*O valor do piso salarial mostrado aqui é a média da base salarial retirada de convenções coletivas registradas no MTE (caso houver), calculada em conjunto com o salário em locais com maior número de contratações para chegar ao valor final.

Na grande maioria dos casos, esse cálculo se aproxima muito do piso salarial da categoria para o cargo CBO 4211-25.

Calculamos dessa forma para que os dados não sejam afetados por dados de contratações de profissionais em locais que não hajam sindicatos regionais para negociações salariais com sindicatos patronais.

Adicionais Salariais

Adicional Noturno

Numa jornada de trabalho noturna, o valor do adicional noturno por hora seria de cerca de R$ 1,15. Assim, se o profissional cumprir todas as horas do mês como noturna, seu salário terá um valor adicional de cerca de R$ 250,17 mensais.

Insalubridade e Periculosidade

O valor do adicional de periculosidade com base no salário médio seria de R$ 375,26 mensais (30%). Já o adicional por insalubridade é dividido por graus. A 1ª de 10% teria um valor de cerca de R$ 125,09, a 2ª de 20% seria de cerca de R$ 250,17 e a 3ª de 40% chegaria a um valor mensal de R$ 500,34.

Segundo o MTE a caracterização e classificação da insalubridade e da periculosidade, serão feitas através de perícia do Médico do Trabalho ou Engenheiro do Trabalho. (Art. 195 CLT)

Insalubridade e periculosidade não são cumulativos. O trabalhador deve optar por um ou pelo outro.

Salário base para aprendiz

Em um total de 3654 aprendizes contratados e demitidos durante o período da pesquisa, o salário médio de um aprendiz no cargo de Operador de Caixa é de R$ 718,54 para uma jornada de trabalho de cerca de 29 horas semanais.

De acordo com a legislação, aprendiz é uma ocupação com jornada parcial de trabalho a qual não poderá interferir nos horários de estudos e no qual o trabalhador possa ter vencimentos menores que o salário mínimo vigente. Confira uma tabela salarial completa com todos os cargos e salários de aprendizes contratados.

Salário para PNE no cargo

Num levantamento no período de 07/2018 até 02/2019 com 3640 salários de profissionais no cargo de Operador de Caixa portador de necessidades especiais, a média salarial em todo o Brasil é de R$ 1.282,05 para uma jornada de trabalho média de 43 horas semanais.

O salário médio aqui mostrado não difere o tipo de deficiência do trabalhador, podendo esta ser permanente, até mesmo um trabalhador readaptado que retorna de afastamento do trabalho pelo INSS.

Evolução do salário mês a mês

Salário de Operador de Caixa mês a mês de acordo com a pesquisa salarial. Atualmente estamos calculando dados salariais de 07/2018 até 02/2019. Salários de admitidos e desligados pelas empresas.

No período do levantamento, o salário dos profissionais desligados ficou em R$ 1.276,79 e o salário dos admitidos em R$ 1.225,84 uma diferença de 3.99%.

Contratações e demissões pelo mercado de trabalho

Gráfico de contratações e demissões de Operador de Caixa pelo mercado de trabalho no período .

No período de 07/2018 até 02/2019 houveram 270.701 contratações formais com carteira assinada e 258.415 demissões, resultando num saldo positivo de 12286 empregos formais gerados.

Setores que mais contratam

Lista com os segmentos de atividades econômicas das empresas com o maior número de registros para o cargo de Operador de Caixa no período de 07/2018 até 02/2019. Um termômetro fiel para sabermos os setores da economia com maior demanda nas contratações de profissionais para a ocupação e os salários pagos em média em cada setor.

Essa é uma estatística muito importante para profissionais que buscam uma recolocação no mercado de trabalho ou que buscam uma primeira oportunidade.

Os segmentos das empresas estão listados são de acordo com a descrição do CNAE de cadastro de cada empresa (CNAE - Classificação Nacional de Atividades Econômicas) junto a Receita Federal.

TotalSegmento da EmpresaSalário
137323Comércio Varejista de Mercadorias em Geral, com Predominância de Produtos Alimentícios - Supermercados1.096,00
46023Comércio Varejista de Artigos do Vestuário e Acessórios1.085,00
34991Comércio Varejista de Mercadorias em Geral, com Predominância de Produtos Alimentícios - Minimercados, Mercearias e Armazéns1.096,00
33868Comércio Varejista de Produtos Farmacêuticos, sem Manipulação de Fórmulas1.085,00
22108Comércio Varejista de Mercadorias em Geral, com Predominância de Produtos Alimentícios - Hipermercados1.086,00
21566Restaurantes e Similares1.187,00
15022Comércio Varejista de Calçados1.200,00
13413Lanchonetes, Casas de Chá, de Sucos e Similares1.035,00
12450Comércio Varejista de Combustíveis para Veículos Automotores1.008,00
9107Casas Lotéricas1.085,00

Setores com os melhores salários

Nesta tabela, listamos os setores de atividades econômicas das empresas com os melhores salários para um(a) operador de caixa. A lista obedece os maiores valores salariais registrados na carteira em admissões de operador de caixa e informados oficialmente pelas empresas ao Ministério do Trabalho.

TotalSegmento da EmpresaSalário
27Comércio por Atacado de Automóveis, Camionetas e Utilitários Novos e Usados6.704,00
28Fabricação de Cervejas e Chopes3.105,00
81Cartórios2.862,00
131Atividades de Atendimento Hospitalar, Exceto Pronto-Socorro e Unidades para Atendimento a Urgências2.815,00
22Sociedades de Crédito, Financiamento e Investimento - Financeiras2.350,00
72Restauração e Conservação de Lugares e Prédios Históricos2.273,00
25Fabricação de Especiarias, Molhos, Temperos e Condimentos2.038,00
179Serviços de Assistência Social sem Alojamento2.012,00
29Comércio Atacadista de Pescados e Frutos do Mar1.908,00
125Comércio Atacadista de Materiais de Construção em Geral1.846,00

Salário por gênero

Numa amostragem de 529116 salários de profissionais admitidos ou desligados no cargo de Operador de Caixa, 443194 são mulheres com salário médio de R$ 1.249,44 para uma jornada semanal de 43 horas.

Um total de 77993 são homens com média salarial de R$ 1.258,85 e jornada de trabalho de 43h por semana.

As informações são do CAGED - Cadastro Geral de Empregados e Desempregados do Ministério da Economia (antigo Ministério do Trabalho) com recursos do FAT - Fundo de Amparo ao Trabalhador com cálculos estatísticos do Salario.com.br.

Salário por escolaridade ou grau de instrução

Neste filtro com níveis de escolaridade, a pesquisa busca mostrar uma relação entre o grau de instrução do funcionário e o salário base de Operador de Caixa com filtro removendo aprendizes, trabalho parcial e intermitente. O total de profissionais em cada nível aparece entre parênteses.

  • (3) Sem instrução: R$ 1.214,00.
  • (157) Até 5ª ano incompleto: R$ 1.210,56.
  • (267) Até 5ª ano do fundamental: R$ 1.274,76.
  • (872) 6º ao 9º ano do fundamental: R$ 1.241,66.
  • (2942) Ensino fundamental completo: R$ 1.295,42.
  • (6206) Ensino médio incompleto: R$ 1.262,54.
  • (61711) Ensino médio completo: R$ 1.251,39.
  • (3628) Ensino superior incompleto: R$ 1.296,32.
  • (2207) Ensino superior completo: R$ 1.355,11.

Obs: o gráfico não mostrará porcentagens muito pequenas.

Salário por faixa etária ou idade

Neste levantamento mostramos a relação direta entre a idade e a remuneração mensal do colaborador no cargo de Operador de Caixa com filtro removendo aprendizes, trabalho parcial e intermitente. O total de salários da amostragem aparece entre parênteses.

  • (92905) Até 20 anos: R$ 1.227,58.
  • (270208) Entre 21 e 30 anos: R$ 1.246,14.
  • (114717) Entre 31 e 40 anos: R$ 1.264,55.
  • (34315) Entre 41 e 50 anos: R$ 1.286,19.
  • (8108) Entre 51 e 60 anos: R$ 1.319,19.
  • (856) Entre 61 e 70 anos: R$ 1.341,61.
  • (78) Acima de 70 anos: R$ 1.477,09.

Obs: o gráfico não mostrará dados muito pequenos.

Calcule sua rescisão

Calcule os valores principais de uma possível rescisão de contrato de trabalho. Veja como é feito o cálculo da indenização, seja dispensa com ou sem justa causa.





Calcule suas férias

Calcule o valor das suas férias com base no salário base mensal e veja o valoir para férias completas de 30 dias, ou o cálculo proporcional caso tenha vendido parte das férias como 15 ou 10 dias por exemplo. Veja como funciona o cálculo.



Cálculo do salário de Operador de Caixa CBO 4211-25

O cálculo de salário para Operador de Caixa utilizado aqui é somente para se obter uma estimativa da remuneração mensal, diária e valor por hora trabalhada.

Vários fatores podem influenciar o valor final do salário negativamente ou positivamente, como descontos em folha, imposto de renda retido na fonte, adiantamentos, benefícios como vale refeição, convênio médico ou odontológico, cesta básica, bonificações, comissões, etc.

Salário e descontos

  • Salário base: R$ 1.250,85
  • Salário por dia: R$ 41,70
  • Salário por hora: R$ 5,69
  • Jornada de trabalho

  • Média de horas trabalhadas por semana: 43 horas / semana
  • Média de horas trabalhadas por mês: 217 horas / mês
  • Horas extras

  • Hora extra normal 50%: R$ 8,53
  • *Hora extra 100% (feriados e finais de semana): R$ 11,37
  • Férias

  • Valor das férias (30%): R$ 375,26
  • Valor total das férias (salário + férias): R$ 1.626,11
  • Décimo terceiro salário

  • Primeira parcela do 13º salário: R$ 625,43
  • Segunda parcela do 13º salário: R$ 525,36

Toda essa pesquisa salarial para o cargo de Operador de Caixa pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em jornais, revistas, portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br. A não observância dessas regras constitui crime contra a Lei de Direitos Autorais - Lei 9610/98.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui.

Se você tiver alguma dúvida sobre o salário de Operador de Caixa CBO 4211-25 ou qualquer outro aspecto do levantamento salarial aqui mostrado, por favor deixe um comentário logo abaixo ou entre em contato conosco.

Comente sobre Operador de Caixa

Regras para os comentários

  • Todos os comentários são moderados antes de publicados.
  • Possui dúvidas trabalhistas sobre o cargo de Operador de Caixa? Acesse o nosso conteúdo trabalhista.
  • Respondemos todas as dúvidas no prazo máximo de 2 dias úteis.
  • Se postou uma pergunta, volte a essa página para ver a resposta. Não enviamos respostas por email devido ao problema com SPAM.
  • Tem alguma dúvida sobre a origem e confiabilidade dos dados salariais do cargo de Operador de Caixa? Acesse este link.

32 comentários em Operador de Caixa

  1. olá sou farmacêutica plantonista, faço das 19:30hs as 7:30 minha jornada é 12x36hs. Apos as 23hs fico sozinha trancada no estabelecimento atendendo por uma janela. após esse horário fico de caixa tambem. Já deu quebra de caixa fizeram assinar um vale no valor e lançaram no meu crediario como se fosse uma compra, mas nao recebi na folha de pagamento como caixa. Está correto isso? ùnica coisa que mudou foi o adicional noturno na minha folha de pagamento.

  2. boa tarde . Sou operadora de caixa de uma loja de conveniência.
    Mas nao folgamos 6×1 . De domingo e feriado puxamos 12 hs sem horário de descanso durante a semana e nos fds . Eles pagam no domingo 60$ .e no feriado 118.57
    Mais 28.00 de vr .
    E sempre temos q trabalhar 3 domingos pra folgar 1 qdo estamos em 3 funcionarias . Fora que eles pedem pra fazermos contagem diaria de produtos da loja entrada e saida .e 2 vx ao mes contagem de estoque . Temos q limpar tudo ainda por cima e eles tem maquininha de cartão mais so aceita visa master e elo se passamos um amex ou outra qualquer eles descontam do nosso salario . Se tem uma quebra de caixa acima de 30$ perdemos a cesta alem de pagar o valor total das quebras eles desconto no pagamento e no vale .
    Eles não pagam as conduções utilizadas apenas a de onde se localisa o posto. Nao recebemos vr .
    E se falta no caixa 4 $ eles cobram 7 pq falam e os 3 do limite . Confesso q estou cansada de trabalhar desta forma . E super cansativo e não recebemos em hora extra sempre em folga e qdo eles podem dar .
    Gostaria de saber oq fazer e se esta correto essa forma deles trsbalharem por que fazemos várias funções e toda resposabilidade sobre qualquer coisa e descontado do nosso pagamento . E os recibos eles nao aceita q colocamos referente ao q esta sendo pago .
    Puxamos muits horas em feriados e domingos e não recebemos o valor correto obrigada pela atenção sou do abc

    • Oi Aline, realmente são muitas questões e várias coisas estranhas no seu trabalho. Você precisa pensar o que você quer nesse emprego, quer continuar? Então precisaria pelo menos ter uma conversa com seu empregador para tentar um acordo com ele sobre essas questões. Agora se não quer continuar, procure um posto avançado da Justiça do Trabalho no ABC, em S. Caetano mesmo tem o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania e pedir orientações de como proceder para uma mediação de conflitos. Além disso você pode também consultar um advogado trabalhista, mas lembre-se que essas atitudes farão você perder o emprego provavelmente, por isso perguntei o que você quer nesse emprego. Pelo visto você teria direito a receber por horas extras trabalhadas, folga trabalhada, intervalos trabalhados, além de descontos errados e ressarcimento de valores de VT, mas para confirmar só com holerites, recibos, etc.

      Boa sorte.

  3. Oi boa noite. Meu nome é Ivana trabalho no setor de operador de caixa(mercado) vou para o 3° mês na empresa trabalho 8hrs por dia fazendo as 43 hrs semanais, sendo que ele me paga 1.330. Só ah desvio de função e não ganho mas nada por isso! Queria saber quais seriam meus direitos, trabalho nos finais nos finais de semanas, e queria saber o quanto deveria ganhar..

  4. Olá comecei a trabalhar de operando e ganho 1.220 mais Estou trabalhado das 10 as 21:00h com 1h e meia de almoço Está sendo minha carga horária?poderia me ajuda

  5. Olá, sou operadora de caixa e na minha carteira o salário base é 983,10 trabalho 6×1 das 15:30 às 22hs com 30min de intervalo. esse salário está correto?

  6. Oi me chamo Laís . Fui contratada como operadora de caixa estou na empresa a 5 meses… trabalha 6×1 e meu salário era de 1.336.00 reais trabalhava 220 mensal . Depois que venceu minha experiência a empresa comunicou que ira trabalha 12×36 e meu salário seria 1.165.00 esta correto ?

  7. ola boa tarde trabalho em uma empresa a 2 anos na minha carteira esta saladeira mais a mais de 1 ano estou de operadora de caixa e atendente .atendo quando o cliente vai no caixa tmb cobro alem de fazer pagamentos a funcionarios , compras como bebidas sou responsavel pelo estabelecimento e meu salario apenas 1195 fui conversar me falaram q o salario e esse . isso ta certo .obrigada pela atencao

  8. Olá trabalho trabalho em um supermercado a 3 anos e meio como operadora de caixa mais a 2 anos inaugurou uma panificado e colocarão eu como atendente e faço outros serviços tbm como fatiar frios mexer com fornos etc…e minha carteira continua como operadora de caixa tá certo isso?trabalho de segunda a sexta das 8:00 as 19:00 hrs com 2 hrs d almoço.está correto?

  9. Olá, trabalho a 9 meses em supermercado, das 14 as 22:15, uma folga por semana e somente um domingo no mês. Isto está correto? Ainda não tenho a carteira assinada. Se eu sair da empresa agora quais direitos eu tenho?

    • Oi Raíssa, a escala 6×1 é assim mesmo. Pelo menos uma folga de fim de semana por mês. E com relação aos seus direitos, você tem todos. No acordo você recebe férias, décimo terceiro e a empresa precisa fazer o ajuste do valor que deveria ser depositado a título de FGTS.

  10. Olá, trabalho a 9 meses em um supermercado e apenas 3 meses depois do início que foi solicitada minha carteira de trabalho para que fosse assinada. Por alguns motivos ainda não tenho a CT. Trabalho das 14 as 22:15, com apenas 15 minutos de lanche, uma folga por semana e um domingo no mês. Isto está dentro da lei? Que direitos eu tenho se eu sair da empresa, já que não tenho carteira assinada ainda?

    • Oi Isadora. Com certeza não. Você tem uma jornada de trabalho bem acima do permitido de 44 horas semanais e mesmo que pagassem horas extras ainda estaria acima do permitido.

  11. Me ajudou muito, tirou várias dúvidas! Mas queria perguntar, tem possibilidade de ser contratada para operadora de caixa sem experiência? Ou com experiência mas sem registro na carteira?

    • oi Carla. Isso depende realmente da política de contratações de cada empresa. Algumas até preferem sem experiência para moldar o colaborador de acordo com o que é feito na empresa através de treinamentos.

  12. tenho uma duvida ,trabalhei no estado de Boa vista,RR durante dois anos como operadora de caixa,vim morar no estado do Pára e disseram q não tenho direito de receber o salario normativo,pois não tive experiencia nenhuma dentro do estado do Pára como operadora,e eles querem me pagar somente o salario base ,isso e correto?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Please enter your name here