Início Cargos CBO 322305

CBO 3223-05 - Técnicos em óptica e optometria - Salário 2020, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 3223-05 é o Código Brasileiro da Ocupação de técnicos em óptica e optometria que pertence ao grupo dos técnicos da ciência da saúde humana, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Técnicos em óptica e optometria CBO 3223-05 em todos os estados e cidades do Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 3223-05

  • Técnicos de nível médio.
    • Técnicos de nível médio das ciências biológicas, bioquímicas, da saúde.
      • Técnicos da ciência da saúde humana.
        • Técnicos em óptica e optometria.

Descrição dos cargos da categoria Técnicos em óptica e optometria

Os Técnicos em óptica e optometria CBO 3223-05 realizam exames optométricos, confeccionam lentes, adaptam lentes de contato, montam óculos e aplicam próteses oculares. Promovem educação em saúde visual, vendem produtos e serviços ópticos e optométricos, gerenciam estabelecimentos. Responsabilizam-se tecnicamente por laboratórios ópticos, estabelecimentos ópticos básicos ou plenos e centros de adaptação de lentes de contato. Podem emitir laudos e pareceres ópticos-optométricos.

Condições de trabalho

Técnicos em óptica e optometria exercem suas funções em laboratórios ópticos, em estabelecimentos ópticos básicos e plenos, em centros de adaptação de lentes de contato, podendo, ainda, atuar no ramo de vendas e em atividades educativas na esfera da saúde pública. São contratados na condição de trabalhadores assalariados, com carteira assinada e, também, na condição de empregador. Atuam de forma individual e em equipe, sem supervisão, em ambientes fechados e também em veículos, no período diurno.

Exigências do mercado de trabalho

O exercício dessas ocupações requer curso técnico de nível médio, oferecido por instituições de formação profissional. O pleno desempenho das atividades profissionais se dá após o período de três a quatro anos de experiência.

Funções dos Técnicos em óptica e optometria CBO 3223-05

Técnicos em óptica e optometria devem:

  • confeccionar lentes;
  • vender produtos e serviços Ópticos e optométricos;
  • realizar exames optométricos;
  • montar Óculos e auxílios Ópticos;
  • aplicar próteses oculares;
  • comunicar-se;
  • adaptar lentes de contato;
  • gerenciar estabelecimento;
  • promover educação em saúde visual;
  • demonstrar competências pessoais;
  • Atividades dos cargos CBO 3223-05

    Entre as principais atribuições dos Técnicos em óptica e optometria CBO 3223-05 estão as de:

    • medir refração ocular (refratometria e retinoscopia);
    • combinar uso de lentes (sobre-refração);
    • usar equipamento de proteção individual (epi);
    • detectar necessidades do cliente;
    • demonstrar compreensão psicológica;
    • assistir cliente na escolha de armações e óculos solares;
    • enviar ordem de serviço a laboratório;
    • analisar cavidade orbitária;
    • confeccionar óculos de segurança;
    • fotografar rosto do cliente;
    • elaborar gabaritos ópticos;
    • medir acuidade visual;
    • modelar lentes;
    • separar insumos e ferramentas;
    • formar grupos multiplicadores de educação em saúde visual;
    • ajustar óculos em rosto de cliente;
    • emitir laudos e pareceres;
    • adicionar tratamentos às lentes (endurecimento, antirreflexo, coloração, hidratação e filtros);
    • organizar local de trabalho;
    • medir pressão intraocular (tonometria);
    • conferir montagem dos óculos e auxílios ópticos;
    • projetar lentes (curvas, espessura, prismas);
    • prestar primeiros socorros oculares;
    • marcar centro óptico e linha de montagem das lentes;
    • readaptar prótese;
    • administrar finanças;
    • providenciar manutenção do estabelecimento;
    • recomendar produtos de assepsia;
    • interpretar ordem de serviço;
    • retificar lentes;
    • encaminhar casos patológicos, a médicos;
    • orientar família de cliente;
    • alinhar óculos e outros auxílios ópticos (tele sistemas, equipamentos de aferição óptica);
    • fazer avaliação lacrimal;
    • aferir lentes;
    • ministrar palestras e cursos;
    • identificar deficiências e anomalias relacionadas às alterações da função visual;
    • auxiliar o cliente na reeducação visual;
    • executar revisões de controle da adaptação de lentes de contato;
    • gerir recursos humanos;
    • lapidar lentes;
    • indicar tipos de lente;
    • moldar cavidade orbitária;
    • interpretar prescrição;
    • orientar cliente sobre uso e conservação de auxílios ópticos e próteses oculares;
    • determinar compensações e auxílios ópticos;
    • atualizar-se profissionalmente;
    • orientar na ergonomia da visão;
    • realizar perícias optométricas e em auxílios ópticos;
    • solicitar exames e pareceres de outros especialistas;
    • avaliar adaptação da lente;
    • usinar materiais orgânicos e minerais;
    • blocar materiais orgânicos e minerais;
    • determinar características da prótese (diâmetro de pupila e íris, tamanho, cor, etc.);
    • evidenciar coordenação motora fina;
    • definir tipo de lente;
    • calcular parâmetros das lentes;
    • escolher materiais orgânicos e minerais;
    • medir córnea (queratometria, topografia);
    • encaixar lentes na armação;
    • controlar estoque de mercadorias e materiais;
    • assessorar órgãos públicos na promoção da saúde visual;
    • manter registros de cliente;
    • gerenciar compras e vendas;
    • confeccionar prótese ocular;
    • fazer anamnese;
    • retocar lentes de contato;
    • analisar estruturas externas e internas do olho;
    • calibrar equipamentos ópticos e optométricos;
    • controlar qualidade de produtos e serviços;
    • preparar ordem de serviço;
    • colocar lentes de teste no olho;
    • participar na promoção de campanhas de saúde visual;
    • selecionar lentes de teste;
    • coletar medidas complementares (distância naso-pupilar, altura do centro óptico, distância do vértice, etc.);
    • fundir materiais orgânicos e minerais;
    • consertar auxílios ópticos;
    • ajustar prótese ocular;
    • dar acabamento às lentes;
    • revelar senso estético;

    Cargos e salários CBO 3223-05 - Técnicos em óptica e optometria

    Salário Técnico em Optica e Optometria

    Técnico em Optica e Optometria: Brasil

    • 857
    • Brasil
    • 1.650 - 2.732
    • 43h
    O profissional no cargo de Técnico em Optica e Optometria CBO 3223-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.650 e 2.732 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 857 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3223-05.
    Salário Contatólogo

    Contatólogo: Brasil

    • 857
    • Brasil
    • 1.650 - 2.732
    • 43h
    O profissional no cargo de Contatólogo CBO 3223-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.650 e 2.732 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 857 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3223-05.
    Salário Óptico Contatólogo

    Óptico Contatólogo: Brasil

    • 857
    • Brasil
    • 1.650 - 2.732
    • 43h
    O profissional no cargo de Óptico Contatólogo CBO 3223-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.650 e 2.732 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 857 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3223-05.
    Salário Óptico Oftálmico

    Óptico Oftálmico: Brasil

    • 857
    • Brasil
    • 1.650 - 2.732
    • 43h
    O profissional no cargo de Óptico Oftálmico CBO 3223-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.650 e 2.732 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 857 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3223-05.
    Salário Óptico Optometrista

    Óptico Optometrista: Brasil

    • 857
    • Brasil
    • 1.650 - 2.732
    • 43h
    O profissional no cargo de Óptico Optometrista CBO 3223-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.650 e 2.732 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 857 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3223-05.
    Salário Óptico Protesista

    Óptico Protesista: Brasil

    • 857
    • Brasil
    • 1.650 - 2.732
    • 43h
    O profissional no cargo de Óptico Protesista CBO 3223-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.650 e 2.732 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 857 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3223-05.
    Salário Técnico Optometrista

    Técnico Optometrista: Brasil

    • 857
    • Brasil
    • 1.650 - 2.732
    • 43h
    O profissional no cargo de Técnico Optometrista CBO 3223-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.650 e 2.732 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 857 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3223-05.