Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial - Salário, O Que Faz, Piso Salarial 2024

R$ 4.559,39/mês

Atualizado em

Hoje um Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial ganha em média R$ 4.559,39 para uma jornada de trabalho de 39 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 9.737 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 4.434,87 e o teto salarial de R$ 10.245,89, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial.

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Salário por cidade

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 28 anos, ensino superior completo, do sexo masculino que trabalha 44h semanais em empresas do segmento de Outras atividades de ensino de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial é São Paulo.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial, não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial CBO 2332-10

O Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial planeja ações educacionais e o ensino para aprendizagem e treinamento industrial no ensino profissional, definindo objetivos, preparando atividades, delimitando a extensão e profundidade do conteúdo, de acordo com as especificidades da área tecnológica, da ocupação e das necessidades do mercado de trabalho Seleciona material didático e de consumo, prepara máquinas, equipamentos, instrumentos e ferramentas Desenvolve situações de ensino que promovem a aprendizagem e o treinamento industrial no ensino profissional, considerando as especificidades da área e da ocupação, de acordo com a legislação.

Ministra aulas, aplica metodologias de ensino, define situações desafiadoras de aprendizagem e de avaliação, conjugando teoria e prática Propõe temas e atividades interdisciplinares e contextualizadas com a área tecnológica Ensina procedimentos, métodos e técnicas de trabalho, por meio de conhecimentos, habilidades e técnicas de demonstração de práticas operacionais, referentes a processos, operações, produtos e serviços industriais, máquinas, equipamentos, instrumentos e ferramentas, instalações, materiais, especificações, controle de processo, custos e tempos operacionais, normas e procedimentos Prepara atividades educacionais em parceria com demais docentes do curso, expõe conceitos e princípios de técnicas industriais, orienta e acompanha atividades de resolução de situações-problema da área específica, tendo em vista aprendizagens significativas.

Propõe atividades teóricas e práticas, envolvendo saberes e habilidades que possibilitam compreender e aplicar métodos e técnicas industriais, nos processos de execução de produtos e na realização de serviços industriais, considerando normas e especificações técnicas, materiais, tratamento e acabamento de superfície, controle de processo e de qualidade, parâmetros, variáveis, máquinas, instrumentos, equipamentos, ferramentas e acessórios Promove a educação integral dos alunos responsabilizando-se pelo processo de construção de conhecimentos e habilidades de aprendizagem industrial Desenvolve atividades para reflexão sobre cidadania, valores éticos e morais, temáticas coletivas e a relevância da tecnologia na criação, desenvolvimento e inovação de processos e produtos.

Avalia o processo de ensino e aprendizagem, definindo critérios, aplicando estratégias e instrumentos de avaliação e de autoavaliação, por meio de relação dialógica, de observação individual e coletiva, de projetos e situações-problema Analisa o resultado das avaliações e define ações para recuperação da aprendizagem Assegura a aplicação de princípios de segurança, higiene e proteção do meio ambiente nas situações de ensino e aprendizagem, orientando os alunos quanto ao uso de EPI, ao manuseio e acondicionamento de resíduos, verificando as condições e integridade dos EPC, divulgando normas e garantindo seu cumprimento Participa de reuniões técnicas, administrativas e pedagógicas.

Contribui na elaboração de planos de curso, realiza pesquisas didático-pedagógicas e técnicas Participa de eventos profissionais, campanhas socioeducativas, cursos, convênios, exposições, feiras, aplica tecnologias educacionais e da informação, analisa e cria recursos didáticos Pode realizar projetos de assessoria e coordenar equipe de instrutores de sua área Aplica técnicas de comunicação, elabora documentação, como planos de ensino, de aula e de demonstração, diários de classe, fichas de alunos, planilhas, relatórios, solicitação de compra e reposição de materiais, ocorrências de manutenção, controle de estoques, especificações Mantém o local de trabalho limpo e organizado.

Zela pela preservação, acondicionamento, funcionamento e integridade dos recursos de trabalho Realiza reparos, limpeza e lubrificação em máquinas, equipamentos, ferramentas e instrumentos Separa sobras de materiais para reaproveitamento e identifica resíduos, providenciando sua segregação e destinação.

.

Algumas funções no exercício da profissão

  • zelar pela manutenção dos equipamentos e ambientes de trabalho;
  • garantir segurança, higiene e proteção ambiental nas situações de ensino e aprendizagem;
  • prestar serviços a comunidade;
  • demonstrar competências pessoais;
  • fazer registros de documentação escolar, de oficinas e laboratórios;
  • avaliar o processo de ensino-aprendizagem;
  • comunicar-se;
  • sistematizar estudos, informações e experiências sobre a Área ensinada;
  • planejar metas e estratégias de ações educacionais;
  • desenvolver situações de ensino que promovam a aprendizagem profissional;
  • elaborar material pedagógico;
  • sistematizar as mudanças dos processos de trabalho;
  • desenvolver atividades de ensino em situações práticas de trabalho;
  • comprovar certificação das competências;
  • criar relacionamentos de confiabilidade;
  • demonstrar capacidade de organização;
  • identificar características e interesses pessoais dos alunos;
  • demonstrar capacidade de aprendizagem;
  • revisar as metodologias e técnicas de ensino;
  • selecionar material pedagógico;
  • processar materiais para a utilização em ensino;
  • executar manutenção corretiva de equipamentos e máquinas;
  • criar relações de sociabilidade em diferentes situações de trabalho;
  • negociar projetos e cursos;
  • elaborar cronogramas de manutenção preventiva dos equipamentos e máquinas;
  • ver mais...

Salário de Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial CBO 2332-10 - Série histórica

Quanto ganha um Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial por região do Brasil

Quanto ganha um Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
São Paulo, SP 42 3.641,74 3.743,99 5.658,03 17,83 649
Rio de Janeiro, RJ 40 3.574,29 3.674,65 5.553,24 18,15 187
Curitiba, PR 42 3.247,61 3.338,79 5.045,68 15,86 149
Joinville, SC 39 6.598,68 6.783,95 10.252,12 34,46 96
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a nossa Pesquisa Salarial.

Tabela salarial para Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial

Tabela salarial referentes ao salário base do cargo e na remuneração por períodos
Período Salário Mensal Salário Anual Salário Semanal Salário/Hora
Piso Salarial 4.435 53.218 1.109 22,58
Média Salarial 4.559 54.713 1.140 23,22
1º Quartil 2.376 28.515 594 12,10
Salário Mediana 3.900 46.800 975 19,86
3º Quartil 7.814 93.767 1.953 39,79
Teto Salarial 10.246 122.951 2.561 52,17
  • Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial negociados por sindicatos e registrados no MTE;
  • Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais CBO 2332-10 da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;
  • 1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;
  • 3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

Demanda no mercado de trabalho para o cargo

Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial é um cargo que está com muita demanda no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses.

No comparativo entre os meses de Maio de 2023 e Abril de 2024, tivemos um aumento de 9.57% nas contratações formais com carteira assinada em regime integral de trabalho.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial CBO 2332-10 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
37 4.235,39 4.354,31 6.580,37 23,68 2.561
42 7.076,75 7.275,45 10.994,88 34,31 1.208
40 3.946,20 4.057,00 6.131,06 20,40 887
38 3.334,59 3.428,21 5.180,82 17,82 487
42 3.657,75 3.760,45 5.682,90 18,01 457
42 4.015,17 4.127,91 6.238,22 19,55 235
41 3.297,71 3.390,30 5.123,52 16,64 187
42 3.246,51 3.337,67 5.043,99 15,79 177
41 4.807,47 4.942,46 7.469,19 24,18 177
34 3.215,79 3.306,08 4.996,25 19,43 165
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
8599-6/99 Outras atividades de ensino 5.753,64 5.915,19 8.939,21
5611-2/03 Lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares 1.611,23 1.656,47 2.503,30
7820-5/00 Locação de mão-de-obra temporária 4.556,22 4.684,14 7.078,82
8599-6/04 Treinamento em desenvolvimento profissional e gerencial 3.185,89 3.275,35 4.949,80
9411-1/00 Atividades de organizações associativas patronais e empresariais 7.535,59 7.747,17 11.707,76
9430-8/00 Atividades de associações de defesa de direitos sociais 2.655,70 2.730,27 4.126,06
7490-1/99 Outras atividades profissionais, científicas e técnicas 3.359,88 3.454,22 5.220,12
7112-0/00 Serviços de engenharia 3.415,52 3.511,42 5.306,56
4211-1/01 Construção de rodovias e ferrovias 4.864,71 5.001,31 7.558,12
8593-7/00 Ensino de idiomas 2.613,73 2.687,12 4.060,86
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganha um Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial concursado

Profissionais com ensino superior completo contratados para exercer o cargo de Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial também podem almejar um emprego público através de concurso.

O salário de Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial concursado é de R$ 2.466,07 para uma jornada de 39 horas semanais, segundo dados de 7 profissionais contratados por concúrso público para órgãos municipais, estaduais ou federais.

Seguir uma carreira concursada de Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial não parece ser uma boa idéia, já que a remuneração no setor público é cerca de 46% menor do que a média salarial do setor privado. Talvez compense pela estabilidade e jornada de trabalho menor, mas precisaria pesar bem os prós e contras.

Quanto ganha um Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 9.737 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial CBO 2332-10 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
4.056 44 220 4.164,84 18,93
2.184 40 200 5.879,64 29,40
569 20 100 3.021,53 30,22
109 42 210 4.104,04 19,54
71 30 150 4.292,38 28,62
63 36 180 7.611,24 42,28

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por nível profissional e porte da empresa

Metodologia: Salários de 4.665 profissionais demitidos pelas empresas.
Porte da Empresa Júnior Pleno Sênior
Micro 4.250,82 4.562,54 5.103,26
Pequenas 4.747,72 5.059,44 5.600,17
Médias 5.361,05 5.672,77 6.213,50
Grandes Empresas 4.655,67 4.967,39 5.508,11
  • *Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial Júnior: até 4 anos;
  • *Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial Pleno: de 4 a 6 anos;
  • *Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial Sênior: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

Quanto ganha um aprendiz de Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial

Em um total de 232 aprendizes contratados e demitidos durante o período da pesquisa, o salário médio de um aprendiz no cargo de Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial é de R$ 756,79 para uma jornada de trabalho de cerca de 23 horas semanais.

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial

  • Salário Base: R$ 4.559,39
  • Salário-educação (3%): R$ 136,78
  • Sistema S (2%): R$ 91,19
  • INSS Patronal (20%): R$ 911,88
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 45,59
  • FGTS (8%): R$ 364,75
  • Férias 1/12: R$ 379,95
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 911,88
  • Periculosidade (30%): R$ 1.367,82
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 126,65
  • 13º Salário: R$ 379,95
  • FGTS sobre Férias: R$ 30,40
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 10,13
  • FGTS sobre 13º: R$ 30,40
  • Aviso Prévio: R$ 379,95
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 30,40
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 379,95

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Instrutor de Aprendizagem e Treinamento Industrial