Charqueador (comércio Varejista) - Salário, O Que Faz, Piso Salarial 2024

R$ 1.987,56/mês

Atualizado em

Hoje um Charqueador (comércio Varejista) ganha em média R$ 1.987,56 para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 28.438 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Charqueador (comércio Varejista) pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 1.933,27 e o teto salarial de R$ 3.571,51, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Charqueador (comércio Varejista).

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 20 anos, ensino médio completo, do sexo masculino que trabalha 44h semanais em empresas do segmento de Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - supermercados de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Charqueador (comércio Varejista) é São Paulo , SP.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Charqueador (comércio Varejista), não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Charqueador (comércio Varejista) CBO 1414-10

O Charqueador (comércio Varejista) planeja, organiza, dirige, coordena, controla e avalia atividades das equipes de operação varejista, garantindo que todas as tarefas, operações e processos sigam os procedimentos estabelecidos, com o objetivo de maximizar os resultados estabelecidos em metas Gerencia o estoque, regula o fornecimento da cadeia de suprimentos, realiza a gestão de inventário, de merchandising, de precificação e coordena a gestão de promoções Elabora de plano estratégico e de negociação de metas de produção do planejamento tático.

Conduz reuniões de trabalho e acompanha auditorias Estabelece interface com setores internos e com clientes e fornecedores externos Administra pessoas, realizando a gestão de equipes, promovendo motivação, atuando na resolução de conflitos e no treinamento e desenvolvimento de funcionários Administra finanças, realizando a gestão da contabilidade, da orçamentação, da análise financeira e de indicadores de desempenho, tais como o valor do tíquete médio por cliente, de modo a atingir metas e objetivos da empresa, mantendo a saúde financeira do estabelecimento, controlando custos e potencializando os lucros.

Administra suprimentos e operações de produção, garantindo o funcionamento varejista e comercial do estabelecimento, alinhando-se às dinâmicas de mercado, às tendências de consumo, atuando estratégica e taticamente com competitividade em relação à concorrência e às regulamentações específicas do setor e em conformidade com o projeto, objetivos e metas estabelecidos no plano de negócios Administra as melhores práticas de atendimento ao cliente, estratégias para criar uma experiência positiva de compra, gerenciamento de reclamações e resolução de problemas relacionados ao atendimento ao cliente e fornece meios para a garantia de segurança no trabalho, de saúde dos trabalhadores e de preservação ambiental Gerencia contratos e projetos de compra e venda, reposição e devolução, operação e manutenção, observando conformidade de especificações e de prazos.

Gerencia projetos de marketing, analisando e captando dados e informações de segmentação de mercado, de identificação de público-alvo, de eficiência e eficácia das estratégias de promoção, da marca e da comunicação de marketing, auxiliando na elaboração de estratégias eficazes para aumentar a visibilidade e atrair clientes para o estabelecimento Promove o desenvolvimento tecnológico e as inovações para o incremento da produtividade, implementando projetos de utilização de novas tecnologias do setor varejista, como sistemas de ponto de venda, sistemas de gestão de estoque, análise de dados, comércio eletrônico e tendências tecnológicas relevantes para o varejo.

Algumas funções no exercício da profissão

  • promover condições de segurança, saúde, meio ambiente e qualidade;
  • administrar equipe de vendas, de compras, de reparos, de caixas e de apoio administrativo;
  • gerir recursos materiais e financeiros;
  • atender aos clientes;
  • planejar atividades nos comércios varejista, atacadista e de assistência técnica;
  • assessorar diretoria e setores da empresa;
  • demonstrar competências pessoais;
  • estruturar equipes de trabalho;
  • gerenciar contratos e projetos - comercialização e serviços;
  • expressar-se gestualmente;
  • planejar o envio de mercadorias para assistência técnica;
  • analisar tendências do mercado;
  • cobrar resultados;
  • averiguar comportamento dos concorrentes;
  • promover programas prevencionistas;
  • estabelecer roteiros e áreas de atendimento;
  • examinar currículos;
  • definir perfil do consumidor final;
  • captar recursos;
  • ver mais...

Salário de Charqueador (comércio Varejista) CBO 1414-10 - Série histórica

Quanto ganha um Charqueador (comércio Varejista) por região do Brasil

Quanto ganha um Charqueador (comércio Varejista) nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Charqueador (comércio Varejista) na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
44 2.042,31 2.099,66 3.173,06 9,61 3.533
43 2.386,12 2.453,12 3.707,22 11,42 933
44 1.893,29 1.946,45 2.941,54 8,88 763
44 1.822,42 1.873,59 2.831,42 8,52 526
43 1.546,50 1.589,92 2.402,74 7,32 511
43 1.787,85 1.838,04 2.777,71 8,50 489
44 2.050,64 2.108,21 3.186,00 9,67 386
43 2.030,53 2.087,55 3.154,76 9,77 346
43 1.985,57 2.041,32 3.084,91 9,44 327
44 2.201,86 2.263,68 3.420,94 10,40 327
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a Busca Salarial.

Tabela salarial para Charqueador (comércio Varejista)

Tabela salarial referentes ao salário base do cargo e na remuneração por períodos
Período Salário Mensal Salário Anual Salário Semanal Salário/Hora
Piso Salarial 1.933 23.199 483 8,89
Média Salarial 1.988 23.851 497 9,14
1º Quartil 1.550 18.603 388 7,13
Salário Mediana 1.784 21.408 446 8,21
3º Quartil 2.724 32.685 681 12,53
Teto Salarial 3.572 42.858 893 16,43
  • Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Charqueador (comércio Varejista) negociados por sindicatos e registrados no MTE;
  • Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais CBO 1414-10 da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;
  • 1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;
  • 3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

Demanda no mercado de trabalho para o cargo

Charqueador (comércio Varejista) é um cargo que está em alta no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses.

No comparativo entre os meses de Junho de 2023 e Maio de 2024, tivemos um aumento de 3.78% nas contratações formais com carteira assinada em regime integral de trabalho.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Charqueador (comércio Varejista) CBO 1414-10 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Charqueador (comércio Varejista) por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Charqueador (comércio Varejista) na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
44 1.974,02 2.029,44 3.066,95 9,30 12.851
43 2.025,29 2.082,16 3.146,62 9,72 2.520
43 1.772,15 1.821,91 2.753,33 8,48 2.091
44 1.947,12 2.001,79 3.025,16 9,19 1.666
43 1.875,38 1.928,04 2.913,71 8,87 1.615
43 2.077,98 2.136,33 3.228,48 9,86 1.059
44 1.698,98 1.746,68 2.639,64 7,97 813
43 1.847,85 1.899,74 2.870,94 8,75 749
43 1.551,53 1.595,09 2.410,55 7,35 537
43 2.239,49 2.302,37 3.479,40 10,59 525
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
0000000 Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - supermercados 1.881,40 1.934,23 2.923,06
4771-7/01 Comércio varejista de produtos farmacêuticos, sem manipulação de fórmulas 2.898,14 2.979,51 4.502,73
4771-7/01 Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - minimercados, mercearias e armazéns 1.680,17 1.727,34 2.610,41
4781-4/00 Comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios 1.865,39 1.917,76 2.898,18
4781-4/00 Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - hipermercados 2.527,92 2.598,89 3.927,53
7820-5/00 Locação de mão-de-obra temporária 1.791,74 1.842,05 2.783,77
4789-0/02 Comércio varejista de plantas e flores naturais 1.826,99 1.878,28 2.838,52
4744-0/99 Comércio varejista de materiais de construção em geral 1.750,93 1.800,09 2.720,35
8211-3/00 Serviços combinados de escritório e apoio administrativo 1.837,94 1.889,55 2.855,54
4724-5/00 Comércio varejista de hortifrutigranjeiros 1.807,12 1.857,86 2.807,66
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganha um Charqueador (comércio Varejista) por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 28.438 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Charqueador (comércio Varejista) CBO 1414-10 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
24.789 44 220 1.992,57 9,06
1.752 40 200 1.990,70 9,95
347 36 180 1.816,34 10,09
260 42 210 1.989,11 9,47
113 43 215 1.927,60 8,97
37 38 190 1.994,90 10,50

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por nível profissional e porte da empresa

Metodologia: Salários de 14.670 profissionais demitidos pelas empresas.
Porte da Empresa Nível I Nível II Nível III
Micro 2.004,81 2.140,69 2.376,41
Pequenas 2.057,05 2.192,94 2.428,65
Médias 2.108,73 2.244,62 2.480,33
Grandes Empresas 2.103,97 2.239,86 2.475,58
  • *Charqueador (comércio Varejista) Nível I: até 4 anos;
  • *Charqueador (comércio Varejista) Nível II: de 4 a 6 anos;
  • *Charqueador (comércio Varejista) Nível III: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

Quanto ganha um aprendiz de Charqueador (comércio Varejista)

Em um total de 367 aprendizes contratados e demitidos durante o período da pesquisa, o salário médio de um aprendiz no cargo de Charqueador (comércio Varejista) é de R$ 877,80 para uma jornada de trabalho de cerca de 28 horas semanais.

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Charqueador (comércio Varejista)

  • Salário Base: R$ 1.987,56
  • Salário-educação (3%): R$ 59,63
  • Sistema S (2%): R$ 39,75
  • INSS Patronal (20%): R$ 397,51
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 19,88
  • FGTS (8%): R$ 159,00
  • Férias 1/12: R$ 165,63
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 397,51
  • Periculosidade (30%): R$ 596,27
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 55,21
  • 13º Salário: R$ 165,63
  • FGTS sobre Férias: R$ 13,25
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 4,42
  • FGTS sobre 13º: R$ 13,25
  • Aviso Prévio: R$ 165,63
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 13,25
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 165,63

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Charqueador (comércio Varejista) pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Charqueador (comércio Varejista)