Professor de Alunos com Deficiência Múltipla - Piso Salarial 2024, O Que Faz, Salário Licenciatura e/ou Pedagogia

R$ 3.042,06/mês

Atualizado em

Hoje um Professor de Alunos com Deficiência Múltipla ganha em média R$ 3.042,06 para uma jornada de trabalho de 32 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 4.292 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Professor de Alunos com Deficiência Múltipla pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 2.958,97 e o teto salarial de R$ 5.939,22, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Professor de Alunos com Deficiência Múltipla.

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 41 anos, formação superior em Licenciatura e/ou Pedagogia, do sexo feminino que trabalha 20h semanais em empresas do segmento de Atividades de associações de defesa de direitos sociais de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Professor de Alunos com Deficiência Múltipla é Imbituba , SC.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Professor de Alunos com Deficiência Múltipla, não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Professor de Alunos com Deficiência Múltipla CBO 2392-20

O Professor de Alunos com Deficiência Múltipla participa de projetos de pesquisas sobre temas de interesse da área de educação especial, com focalização na educação de alunos com deficiência múltipla, levando em conta a legislação educacional, o uso de tecnologias – incluindo tecnologias assistivas, bem como temas de experiência visual e espacial de surdo-cegos Pesquisa bibliografia sobre síndromes e patologias Estuda abordagens de comunicação aumentativa, que promove e apoia a fala, e de comunicação alternativa, que se baseia em formas de comunicação sem fala.

Pode elaborar projetos de pesquisa sobre temas da área Participa da elaboração do currículo escolar, fazendo a adequação do currículo às necessidades educacionais de cada aluno e realizando o planejamento de componentes curriculares de acordo com o período letivo No planejamento curricular, leva em conta o talento, a criatividade, as habilidades e os interesses do estudante com deficiência múltipla Planeja o ensino, a aprendizagem e a avaliação da educação especial para alunos com deficiência múltipla.

Analisa propostas pedagógicas e bibliografias, inclusive sobre síndromes e patologias Elabora planos de ensino, definindo conteúdos formativos, estratégias, atividades e recursos Elabora planos de aulas.

Planeja a avaliação do processo de ensino e de aprendizagem, utilizando critérios que consideram as singularidades dos alunos com deficiência múltipla Prepara materiais pedagógicos específicos para a educação especial de alunos com deficiência múltipla Cria materiais para comunicação alternativa Elabora material visual.

Cria e confecciona material didático-pedagógico diversificado Grava textos em diferentes suportes Interpreta e transcreve materiais, por meio de Braille e linguagem de sinais Prepara pistas visuais para contextualização de ambientes Realiza a ação docente, ensinando atividades de vida diária e de vida autônoma – de higiene, de segurança, de preparação de alimentos, entre outras, ministrando aulas de educação especial para o trabalho, ensinando conteúdos formativos.

Negocia com os alunos as regras de comportamento Atua desde a educação infantil até o ensino médio Desenvolve plano individualizado de atendimento especializado.

Ensina em língua portuguesa e em Libras Ensina língua portuguesa Ensina sorobã, para cálculos matemáticos.

Trabalha com comunicação aumentativa e alternativa Fornece e instrui sobre o uso de recursos diversificados de acessibilidade e de tecnologia assistiva para estudantes com deficiência múltipla Avalia o processo de ensino e de aprendizagem, com focalização nas necessidades educacionais dos alunos.

Avalia estilos e ritmos de aprendizagem, avalia comunicação expressiva, comunicação receptiva, e rendimento escolar Participa do desenvolvimento de programas de atendimento educacional – em educação especial – para alunos com deficiência múltipla, atuando na elaboração e na execução das atividades Estabelece parcerias com famílias e equipes multidisciplinares Participa de atividades pedagógico-administrativas, como reuniões pedagógicas e conselhos de classe Encaminha alunos com deficiência múltipla para o ensino profissional em oficinas protegidas.

Elabora relatórios e registros de avanços dos alunos Coordena a colocação de alunos em classes regulares Pode coordenar cursos e exercer a direção ou a coordenação pedagógica de instituições de educação especial Divulga conhecimentos da área de educação especial, concedendo entrevistas aos meios de comunicação de massa e participando da organização de seminários, fóruns e outros eventos Forma profissionais – professores para classes de inclusão, instrutores da formação profissional de aprendizes e profissionais de apoio – para atuação na área de educação especial de alunos com deficiência múltipla Prepara profissionais para atuação educacional em hospitais Forma guia-intérprete para surdo-cegos Instrui e monitora alunos no uso e cuidados de equipamentos e materiais, para evitar acidentes.

Algumas funções no exercício da profissão

  • preparar materiais pedagógicos e recursos específicos;
  • divulgar conhecimentos da Área;
  • participar de atividades pedagógico-administrativas;
  • atuar no processo de ensino-aprendizagem;
  • participar da elaboração do projeto político-pedagógico da escola;
  • participar do desenvolvimento de diferentes programas de atendimento educacional;
  • pesquisar sobre temas de interesse da Área;
  • demonstrar competências pessoais;
  • avaliar as necessidades educacionais dos alunos;
  • formar profissionais para atuação na Área;
  • preparar materiais com adaptações motoras e posturais;
  • criar texturas, relevos que transmitam conhecimentos;
  • divulgar a língua escrita de sinais para a comunidade;
  • corrigir trabalhos dos alunos;
  • orientar estágios dos alunos;
  • pesquisar bibliografia sobre síndromes e patologias;
  • coordenar pedagogicamente instituições de atendimento de alunos com necessidades especiais de aprend;
  • ministrar aulas de orientação para o trabalho;
  • participar da avaliação da comunicação expressiva dos alunos;
  • pesquisar o uso de tecnologias;
  • adequar o currículo às necessidades dos alunos;
  • atuar em programas de estimulação essencial;
  • pesquisar língua escrita de sinais;
  • preparar a comunidade para interagir com pessoas com necessidades educacionais especiais;
  • preparar instrutores para atuação na formação profissionalizante do aprendiz;
  • ver mais...

Salário de Professor de Alunos com Deficiência Múltipla CBO 2392-20 - Série histórica

Quanto ganha um Professor de Alunos com Deficiência Múltipla por região do Brasil

Quanto ganha um Professor de Alunos com Deficiência Múltipla nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Professor de Alunos com Deficiência Múltipla na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
30 3.572,13 3.672,42 5.549,88 24,44 271
36 2.439,21 2.507,70 3.789,71 13,88 229
24 3.301,49 3.394,19 5.129,40 28,32 139
36 2.126,41 2.186,11 3.303,72 12,03 138
44 1.770,66 1.820,38 2.751,01 8,27 85
30 3.144,57 3.232,87 4.885,60 21,55 84
33 4.262,36 4.382,04 6.622,27 26,69 75
44 1.486,57 1.528,31 2.309,63 6,95 71
25 2.522,48 2.593,31 3.919,09 20,69 71
27 2.183,33 2.244,63 3.392,15 16,61 62
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a Busca Salarial.

Tabela salarial para Professor de Alunos com Deficiência Múltipla

Tabela salarial referentes ao salário base do cargo e na remuneração por períodos
Período Salário Mensal Salário Anual Salário Semanal Salário/Hora
Piso Salarial 2.959 35.508 740 18,78
Média Salarial 3.042 36.505 761 19,31
1º Quartil 2.059 24.703 515 13,07
Salário Mediana 2.751 33.012 688 17,46
3º Quartil 4.530 54.354 1.132 28,75
Teto Salarial 5.939 71.271 1.485 37,69
  • Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Professor de Alunos com Deficiência Múltipla negociados por sindicatos e registrados no MTE;
  • Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais CBO 2392-20 da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;
  • 1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;
  • 3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

Demanda no mercado de trabalho para Licenciatura e/ou Pedagogia

Professor de Alunos com Deficiência Múltipla é um cargo que está com altíssima demanda no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses.

No comparativo entre os meses de Maio de 2023 e Abril de 2024, tivemos um aumento de 32.73% nas contratações formais com carteira assinada em regime integral de trabalho.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Professor de Alunos com Deficiência Múltipla CBO 2392-20 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Professor de Alunos com Deficiência Múltipla por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Professor de Alunos com Deficiência Múltipla na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
30 3.048,86 3.134,47 4.736,90 20,83 1.397
33 3.665,79 3.768,72 5.695,40 22,52 740
25 2.681,34 2.756,63 4.165,90 21,62 422
36 2.226,08 2.288,58 3.458,57 12,74 264
27 2.897,62 2.978,98 4.501,92 22,35 185
27 2.344,04 2.409,86 3.641,85 17,60 115
42 2.233,49 2.296,20 3.470,08 10,84 101
30 2.169,31 2.230,22 3.370,37 14,97 100
31 3.318,54 3.411,71 5.155,88 22,24 99
43 1.821,12 1.872,26 2.829,41 8,66 97
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
9430-8/00 Atividades de associações de defesa de direitos sociais 3.015,22 3.099,88 4.684,63
8411-6/00 Administração pública em geral 3.377,76 3.472,60 5.247,90
8512-1/00 Educação infantil - pré-escola 2.194,20 2.255,81 3.409,05
8513-9/00 Ensino fundamental 2.485,98 2.555,78 3.862,37
8800-6/00 Serviços de assistência social sem alojamento 2.843,20 2.923,03 4.417,37
8511-2/00 Educação infantil - creche 2.143,26 2.203,44 3.329,91
7830-2/00 Fornecimento e gestão de recursos humanos para terceiros 2.119,16 2.178,66 3.292,46
4120-4/00 Construção de edifícios 1.375,79 1.414,42 2.137,52
9499-5/00 Atividades associativas 3.075,59 3.161,95 4.778,43
8520-1/00 Ensino médio 3.012,54 3.097,13 4.680,47
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganha um Professor de Alunos com Deficiência Múltipla concursado

Profissionais com formação superior em Licenciatura e/ou Pedagogia contratados para exercer o cargo de Professor de Alunos com Deficiência Múltipla também podem almejar um emprego público através de concurso.

O salário de Professor de Alunos com Deficiência Múltipla concursado é de R$ 3.463,91 para uma jornada de 30 horas semanais, segundo dados de 948 profissionais contratados por concúrso público para órgãos municipais, estaduais ou federais.

Sem dúvidas seguir uma carreira concursada de Professor de Alunos com Deficiência Múltipla é uma ótima pedida, já que o salário no setor público é cerca de 12% maior do que a média salarial do setor privado.

Quanto ganham profissionais de Licenciatura e/ou Pedagogia por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 4.292 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Professor de Alunos com Deficiência Múltipla CBO 2392-20 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
819 20 100 2.334,02 23,34
804 40 200 4.181,34 20,91
635 44 220 2.652,65 12,06
558 30 150 3.389,70 22,60
213 24 120 3.137,02 26,14
153 41 205 2.842,89 13,87

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por porte da empresa e nível profissional

Metodologia: Salários de 1.483 profissionais demitidos pelas empresas.
Porte da Empresa Júnior Pleno Sênior
Micro 3.039,20 3.247,18 3.607,96
Pequenas 3.114,01 3.322,00 3.682,77
Médias 3.217,82 3.425,81 3.786,58
Grandes Empresas 3.070,89 3.278,87 3.639,64
  • *Professor de Alunos com Deficiência Múltipla Júnior: até 4 anos;
  • *Professor de Alunos com Deficiência Múltipla Pleno: de 4 a 6 anos;
  • *Professor de Alunos com Deficiência Múltipla Sênior: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Professor de Alunos com Deficiência Múltipla

  • Salário Base: R$ 3.042,06
  • Salário-educação (3%): R$ 91,26
  • Sistema S (2%): R$ 60,84
  • INSS Patronal (20%): R$ 608,41
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 30,42
  • FGTS (8%): R$ 243,36
  • Férias 1/12: R$ 253,50
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 608,41
  • Periculosidade (30%): R$ 912,62
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 84,50
  • 13º Salário: R$ 253,50
  • FGTS sobre Férias: R$ 20,28
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 6,76
  • FGTS sobre 13º: R$ 20,28
  • Aviso Prévio: R$ 253,50
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 20,28
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 253,50

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Professor de Alunos com Deficiência Múltipla pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Professor de Alunos com Deficiência Múltipla