Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química - CNAE 8720-4/99 - Pesquisa Cargos e Salários 2021 do Segmento

Pesquisa cargos e salários de empresas do segmento de Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química em todo Brasil. Confira dados salariais de empresas de pequeno, médio e grande porte com estatísticas oficiais de profissionais em cargos gerenciais e operacionais admitidos e desligados por empresas registradas pelo CNAE 8720-4/99 de acordo com dados oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web.

04/2021
atualização

Dados salariais de Maio de 2020 a Abril de 2021 segundo pesquisa do Salario.com.br junto ao Novo CAGED, eSocial e Empregador Web.

6.924
colaboradores

Salários de 6.924 profissionais contratados com carteira assinada em regime CLT integral.

3.764
admitidos

Total de funcionários admitidos pelas empresas desse segmento nos últimos meses.

3.160
desligados

Total de funcionários demitidos pelas empresas desse setor nos últimos meses.

Peça já o seu

Empresas do segmento de Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química contrataram 3.764 profissionais com carteira assinada em regime CLT e demitiram 3.160 segundo levantamento do Salario.com.br junto a dados oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web divulgados pela Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química é um setor que está com altíssima demanda no que diz respeito à contratações formais com carteira assinada nos últimos meses.

No comparativo entre os meses de Maio de 2020 e Abril de 2021, tivemos um aumento de 36.41% nas contratações com carteira assinada em regime integral de trabalho via CLT.

Nesta página você pode conferir dados salariais oficiais de 6.924 cargos gerenciais e operacionais de empresas do segmento de Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química, além de todos os aspectos do mercado de trabalho no setor.

Todos esses dados salariais podem ser utilizados na abertura de novas empresas do segmento de Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química, decisões estratégicas empresariais, análise do mercado de trabalho no setor, ou até mesmo para implantação e reajuste de políticas salariais e planos de cargos e salários.

Entenda como é feita a pesquisa salarial do Salario.com.br e porque ela é totalmente gratuita acessando este link.

3.508
pequenas empresas

Dados salariais de 3.508 profissionais admitidos e desligados por micro e pequenas empresas.

3.446
médias empresas

Salários de 3.446 profissionais contratados e demitidos de empresas de porte médio.

635
grandes empresas

Informações de 635 profissionais admitidos e demitidos de grandes empresas do setor.

Classificação do porte da empresa

  • MEI: permitido no máximo 1 funcionário;
  • Micro: até 19 funcionários;
  • Pequena: 20 a 99 funcionários;
  • Média: 100 a 499 funcionários;
  • Grande: mais de 500 empregados, seja comércio, serviços ou indústria.

Setores relacionados:

Orfanatos, Albergues Assistenciais, Atividades de Assistência Social Prestadas em Residências Coletivas e Particulares, Clínicas e Residências Geriátricas, Instituições de Longa Permanência para Idosos.

Cargos e Salários Gerenciais do Setor de Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química

Tabela com os salários dos cargos gerenciais mais contratados para o setor de Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química. São administradores, gerentes, diretores, analistas e pessoal administrativo em cargos de liderança.

No levantamento você encontra média salarial do cargo contratado por empresas desse segmento, piso salarial, jornada de trabalho, total de colaboradores admitidos e desligados, teto salarial, salário por hora de cada um dos cargos da lista, excelente para sabermos todos os aspectos dos cargos gerenciais em empresas no segmento de Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química registradas pelo CNAE 8720-4/99.

Nas tabelas de cargos gerenciais e operacionais a seguir, você encontra o CBO e o nome do cargo. No setor de Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química os cargos podem ter nomenclaturas diferentes que nada mais são do que sinônimos dos cargos da lista, portanto uma dica para encontrar o salário de um cargo que não está na lista é procurar pelo CBO nas tabelas.

Tabela de salários gerenciais do segmento

Índice (Cargos gerenciais mais contratados no setor):
CBO: Código da ocupação | Cargo/Profissão: Nome oficial da ocupação | Jornada: Carga horária média semanal | Piso Salarial: Salário base mínimo | Média Salarial: Salário médio | Teto Salarial: Média dos maiores salários | Salário/Hora: Valor do salário por hora calculado de acordo com a jornada | Total: Total de salários na amostragem da pesquisa
CBO Cargo/Profissão Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
1421-05 Gerente administrativo 41 2.155,48 2.361,69 3.569,05 11,52 35
1311-20 Gerente de serviços sociais 39 1.531,30 1.677,79 2.535,52 8,60 16
1312-10 Gerente de serviços de saúde 40 3.992,74 4.374,70 6.611,17 21,97 12
1231-05 Diretor administrativo 44 4.068,01 4.457,17 6.735,80 20,26 6
1210-10 Diretor geral de empresa e organizações (exceto de interesse público) 43 5.205,28 5.703,23 8.618,90 26,78 5
1422-10 Gerente de departamento pessoal 44 1.303,93 1.428,67 2.159,04 6,49 3
Você pode ver a pesquisa salarial completa de cada cargo utilizando a busca no topo do site ou acessando a página Busca Salarial

Cargos e Salários Operacionais do Setor de Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química

Tabela com os salários dos cargos operacionais mais contratados para o setor de Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química. São auxiliares, ajudantes, atendentes, agentes, vendedores, assistentes, operadores, técnicos, supervisores e todo pessoal de apoio.

Tabela de salários operacionais do segmento

Índice (Cargos operacionais mais contratados no setor):
CBO: Código da ocupação | Cargo/Profissão: Nome oficial da ocupação | Jornada: Carga horária média semanal | Piso Salarial: Salário base mínimo | Média Salarial: Salário médio | Teto Salarial: Média dos maiores salários | Salário/Hora: Valor do salário por hora calculado de acordo com a jornada | Tempo: Tempo médio de empresa (em meses) | Total: Total de salários na amostragem da pesquisa
CBO Cargo/Profissão Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
3222-05 Técnico de enfermagem 39 1.373,02 1.504,36 2.273,44 7,76 701
5153-15 Monitor de dependente químico 42 1.238,41 1.356,88 2.050,56 6,41 665
5162-20 Cuidador em saúde 41 1.195,43 1.309,79 1.979,39 6,37 404
5162-10 Cuidador de idosos 41 1.237,81 1.356,22 2.049,56 6,58 379
2235-05 Enfermeiro 39 2.465,48 2.701,33 4.082,34 14,00 372
5143-20 Faxineiro 41 1.135,75 1.244,40 1.880,58 6,01 369
5132-05 Cozinheiro geral 43 1.175,95 1.288,45 1.947,14 6,03 331
5153-05 Educador social 43 1.398,46 1.532,24 2.315,57 7,17 288
3222-30 Auxiliar de enfermagem 41 1.608,93 1.762,84 2.664,06 8,58 278
4110-05 Auxiliar de escritório 42 1.305,86 1.430,78 2.162,24 6,78 252
2515-10 Psicólogo clínico 34 2.017,94 2.210,98 3.341,30 13,19 209
2516-05 Assistente social 32 1.850,81 2.027,86 3.064,56 12,72 180
3222-20 Técnico de enfermagem psiquiátrica 41 1.415,53 1.550,94 2.343,83 7,53 152
4110-10 Assistente administrativo 42 1.472,59 1.613,46 2.438,31 7,69 125
4221-05 Recepcionista, em geral 41 1.215,91 1.332,23 2.013,30 6,57 101
2239-05 Terapeuta ocupacional 29 2.367,53 2.594,02 3.920,16 17,90 94
5135-05 Auxiliar nos serviços de alimentação 41 1.116,10 1.222,87 1.848,04 6,02 89
4101-05 Supervisor administrativo 42 1.845,38 2.021,91 3.055,57 9,56 85
5162-05 Babá 43 1.201,06 1.315,96 1.988,71 6,19 84
5142-25 Trabalhador de serviços de limpeza e conservação de áreas públicas 44 1.081,04 1.184,46 1.789,99 5,43 69
2235-50 Enfermeiro psiquiátrico 36 3.533,09 3.871,08 5.850,09 21,35 62
3714-05 Recreador de acantonamento 36 1.538,99 1.686,22 2.548,26 9,27 62
5173-35 Guarda portuário 43 1045,00 1.059,26 1.600,78 4,92 54
2515-30 Psicólogo social 32 1.813,64 1.987,14 3.003,02 12,29 52
5143-10 Auxiliar de manutenção predial 43 1.177,51 1.290,15 1.949,71 6,00 49
5174-20 Vigia 38 1.284,32 1.407,18 2.126,57 7,48 49
3714-10 Recreador 43 3.528,32 3.865,85 5.842,19 18,11 41
5143-25 Trabalhador da manutenção de edificações 42 1.236,31 1.354,58 2.047,08 6,48 40
2238-10 Fonoaudiólogo geral 31 2.339,13 2.562,90 3.873,13 16,34 37
5141-20 Zelador de edifício 44 1.216,74 1.333,14 2.014,68 6,12 37
Confira dados salariais completos de cada cargo utilizando a busca no topo do site (a lupinha) ou acessando a página Busca Salarial

Cargos e Salários de Funcionários Parciais (Horistas)

Lista de cargos e salários de colaboradores mais contratados em regime parcial de trabalho no setor de Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química no mercado de trabalho brasileiro.

Segundo a CLT, o empregado que está registrado em regime parcial tem o direito a mesma remuneração por hora daquele que trabalha em tempo integral, mudando apenas a proporção de horas trabalhadas. Saiba mais sobre a Jornada de Trabalho Parcial (Horista).

Tabela de salários trabalhos parciais do segmento

Índice:
CBO: Código da ocupação | Cargo/Profissão: Nome oficial da ocupação | Jornada: Carga horária média semanal | Piso Salarial: Salário base mínimo | Média Salarial: Salário médio | Teto Salarial: Média dos maiores salários | Salário/Hora: Valor do salário por hora calculado de acordo com a jornada | Tempo: Tempo médio de empresa (em meses) | Total: Total de salários na amostragem da pesquisa
CBO Cargo/Profissão Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
2516-05 Assistente social 26 1.483,18 1.590,00 2.402,85 12,18 18
2236-05 Fisioterapeuta geral 25 2.604,87 2.792,47 4.220,07 22,05 15
2515-10 Psicólogo clínico 19 1.699,16 1.821,53 2.752,75 19,06 9
2515-30 Psicólogo social 23 1.309,53 1.403,84 2.121,53 12,01 8
2238-10 Fonoaudiólogo geral 23 1.643,04 1.761,38 2.661,84 15,32 8
4110-10 Assistente administrativo 27 799,89 857,50 1.295,88 6,35 6
2239-05 Terapeuta ocupacional 23 1.735,77 1.860,78 2.812,07 16,18 6
4110-05 Auxiliar de escritório 22 623,73 668,65 1.010,49 6,08 5
2251-33 Médico psiquiatra 20 7.942,49 8.514,51 12.867,38 84,09 4
3222-05 Técnico de enfermagem 3 323,69 347,00 524,40 23,13 4
5153-15 Monitor de dependente químico 28 1.004,39 1.076,73 1.627,18 7,69 3
2235-05 Enfermeiro 25 1.598,44 1.713,56 2.589,58 13,89 3
3222-30 Auxiliar de enfermagem 27 895,66 960,17 1.451,04 7,20 3
2234-05 Farmacêutico 28 1.822,08 1.953,31 2.951,90 13,79 3
Veja estatísticas da Jornada de Trabalho Parcial (Horista) e Intermitente no mercado de trabalho brasileiro.

Cargos e Salários de Funcionários Intermitentes

Tabela salarial com cargos e salários dos profissionais mais contratados em regime de jornada de trabalho intermitente por empresas do segmento de Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química em todo mercado de trabalho brasileiro.

É considerado como contrato de trabalho intermitente a prestação de serviços, com subordinação não contínua, onde se ocorre a alternância de períodos de atividades e inatividades, que podem ser determinados por horas, dias ou meses. Saiba mais sobre o trabalho intermitente.

Tabela de salários trabalhos intermitentes do segmento

Índice:
CBO: Código da ocupação | Cargo/Profissão: Nome oficial da ocupação | Piso Salarial: Salário base mínimo | Média Salarial: Salário médio | Teto Salarial: Média dos maiores salários | Tempo: Tempo médio de empresa até ser demitido (em meses) | Total: Total de salários na amostragem da pesquisa
CBO Cargo/Profissão Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Total
2516-05 Assistente social 118,06 126,58 178,64 6
2515-30 Psicólogo social 715,99 767,67 1.083,35 3
5162-10 Cuidador de idosos 427,61 458,47 647,00 3
2235-05 Enfermeiro 18.805,81 20.163,00 28.454,63 3
Confira também estatísticas do mercado de trabalho brasileiro para o Trabalho Intermitente

Cargos e Salários de Aprendiz e Menor Aprendiz

Tabela com os salários de aprendizes e jovens aprendizes mais contratados por empresas do setor de Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química.

É considerado jovem aprendiz o contratado cuja idade esteja entre 14 e 18 anos, no qual a jornada de trabalho não exceda 6 horas diárias para quem esteja ainda no ensino fundamental e 8 horas diárias para quem esteja cursando o ensino médio. Saiba mais.

Tabela de salários aprendizes e jovens aprendizes no setor

Índice:
CBO: Código da ocupação | Cargo/Profissão: Nome oficial da ocupação | Jornada: Carga horária média semanal | Piso Salarial: Salário base mínimo | Média Salarial: Salário médio | Teto Salarial: Média dos maiores salários | Salário/Hora: Valor do salário por hora calculado de acordo com a jornada | Tempo: Tempo médio de empresa até ser demitido (em meses) | Total: Total de salários na amostragem da pesquisa
CBO Cargo/Profissão Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
4110-10 Assistente administrativo 29 868,51 921,31 1.115,91 6,40 42
4110-05 Auxiliar de escritório 28 844,76 896,11 1.085,40 6,32 26

Salários do setor por cidade e estado

Você pode ver todos os aspectos da pesquisa salarial de cada uma das localidades clicando no link de cada uma delas ou por cargos, cidade e estado utilizando a Busca Salarial

Pesquisa salarial nas cidades

Cidade Total
451
447
364
295
262
257
242
213
183
115
111
111
109
107
106
93
84
73
69
67
62
61
59
53
53
51

Pesquisa salarial por estado

UF Total
2.998
771
708
542
393
336
257
242
198
189
82
61
60

Tipos de contratos de trabalho na admissão e demissão

Tipos de admissões e demissões do setor de Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química informados ao CAGED. É possível observar os principais motivos de demissões e admissões, os contratos de trabalho celebrados e homologados, bem como saber os principais tipos de contratações realizados no segmento.

Tipos de admissão e demissão
Total Relação Salário
3.612 Admissão por Reemprego R$ 1.666,16
1.776 Desligamento por demissão sem justa causa R$ 1.718,16
963 Pedido de Demissão R$ 1.768,85
252 Término do Contrato de Trabalho de Prazo Determinado R$ 1.649,62
149 Admissão ao Primeiro Emprego R$ 1.558,88
57 Desligamento por Acordo Empregado/Empregador R$ 1.850,85
49 Desligamento por demissão com justa causa R$ 1.525,56
29 Demissão por Término de Contrato R$ 1.595,21
17 Desligamento por Morte R$ 1.419,20
7 Culpa recíproca R$ 1.903,00
5 Desligamento por Aposentadoria R$ 1.656,80
5 Desligamento por motivo ignorado R$ 3.336,23
Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química

Toda essa pesquisa salarial pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui.

Comente sobre Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química

Regras para os comentários

  • Todos os comentários são moderados antes de publicados.
  • Respondemos todas as dúvidas no prazo máximo de 2 dias úteis.
  • Se postou uma pergunta, volte a essa página para ver a resposta. Não enviamos respostas por email devido ao problema com SPAM.

1 comentário em Assistência Psicossocial a Portadores de Distúrbios Psíquicos, Deficiência Mental e Dependência Química

  1. Olá a todos.
    Ótima orientação e atualização dos valores a serem pagos a esses profissionais, tendo em vista que muitos pagam corretamente e outros não.
    Essas informações tem nível relevante aos que acham que ganham pouco e a outros cobram muito por acharem que tem o direito de cobrar sem ao menos ter nível médio.
    E aos que tem nível superior sua devida remuneração.
    Parabéns aos desenvolvedores.

    Att;
    Émerson Aquino e Souza.
    Coordenador Geral da CTCL.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui