Rescisão trabalhista – Cálculo online do valor da indenização

Cálculo online do valor da rescisão, e um tutorial passo a passo pra você aprender a calcular a rescisão trabalhista com base nos 40% do FGTS, proporcional de férias e décimo terceiro, saldo de salários a receber, bem como todos os aspectos da indenização na demissão.

rescisão trabalhista é um tema pouco abordado. Mas a Reforma Trabalhista trouxe com ela muitas mudanças no que diz respeito à forma de trabalho e relação entre empregador e empregado.

Neste sentido, algumas dúvidas surgem quando existe o desligamento da empresa onde se estava trabalhando. No que diz respeito aos ganhos que serão recebidos pelo trabalhador.

Se você foi demitido ou pretende pedir demissão, faça o cálculo do valor de sua indenização em caso de rescisão trabalhista:

Cálculo de rescisão online





Sobre sua rescisão, você precisa ler também:

Rescisão trabalhista calculo

Conceito de término de contrato de trabalho

O trabalho é conceituado como uma atividade humana realizada que possui o objetivo da subsistência humana. Em especial por parte daquele que presta um serviço.

O contrato de trabalho, então, é estabelecido entre as partes, empregado e empregado. No momento em que este último começa a prestar serviços para uma empresa. Sendo comércio ou indústria, e através do qual se estabelece um vínculo empregatício.

Neste sentido, o contrato de trabalho segundo a Lei 11467 de 13 de julho de 2017, reforma trabalhista, disponível através do link http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/lei/l13467.htm define em seu artigo 11 como contrato de trabalho:

Contrato de trabalho

Art. 11. A pretensão quanto a créditos resultantes das relações de trabalho prescreve em cinco anos para os trabalhadores urbanos e rurais, até o limite de dois anos após a extinção do contrato de trabalho. “

O fim de um contrato de trabalho pode se dar pelas seguintes maneiras:

  • Demissão sem justa causa:

Cuja relação entre empregado e empregador é findada sem que haja um motivo maior para tanto. E neste sentido, o trabalhador tem direito na sua Rescisão Trabalhista, ao resgate do FGTS, recebimento do valor de 40% da multa sobre o FGTS. Calculo proporcional das férias e décimo terceiro, aviso prévio, além do Seguro Desemprego. O aviso poderá ou não ser cumprido pelo trabalhador, ficando a critério da empresa.

  • Demissão por justa causa:

Numa hipótese de justa causa, a demissão do empregado, ocorre por um motivo de força maior. Assim ele não tem direito a nenhum valor em sua Rescisão Trabalhista. Nem no que diz respeito ao FGTS, multa, ou seguro desemprego.

  • Acordo de demissão sem justa causa:

Dessa forma este tipo de acordo de trabalho é bastante recente na Legislação Trabalhista, e visa em um acordo entre ambas as partes: empregado e empregador. Neste caso, o trabalhador terá direito na Rescisão Trabalhista de resgate 80% do seu FGTS. Poderá negociar o valor da multa rescisória com seu empregador, podendo receber até 20% dela, cálculo proporcional ao tempo trabalhado das férias e do décimo terceiro, porém, não terá direito ao recebimento do seguro desemprego.

Calculando o valor de uma rescisão trabalhista

Calculando a rescisão trabalhista

Para realizarmos o cálculo de uma rescisão trabalhista utilizaremos como exemplo a demissão sem justa causa. Nela o trabalhador terá direito a receber todos os benefícios.

Em uma situação hipotética, vamos supor que determinado trabalhador no cargo de porteiro, trabalhou em uma empresa por 11 meses. Do dia 02 de janeiro ao dia 30 de novembro, recebendo um salário bruto de R$ 1000,00 por mês.

Salário bruto é a quantia discriminada sem nenhum desconto, que também é registrada na carteira de trabalho. Salário líquido é a quantia recebida depois de todos os descontos.

Exemplo de cálculo de rescisão

Primeiramente, vamos calcular o valor do FGTS recolhido pela empresa em nome do trabalhador, a conta é simples:

8% do salário bruto do trabalhador ou seja R$ 1000,00 = R$ 80,00 mensais (valor que ainda será corrigido por juros, mas são tão pequenos que vamos arredondar).

Agora vamos multiplicar por 11 meses este valor = R$ 880,00, este é o valor do fundo de garantia do trabalhador.

Agora calcularemos o valor da multa a ser recebida sobre este valor que é de 40% do FGTS = R$ 352,00.

Férias

O cálculo das férias é realizado da seguinte maneira, divide-se o salário bruto por 12. Este que é quantidade de meses, e multiplica-se pelo número de meses trabalhados que é igual a 11 meses = 916,67. Acrescentando mais 1/3, sobre esse valor o total será de = 1222,23.

Assim o trabalhador ainda terá direito ao 13 º proporcional aos meses trabalhados que é calculado da seguinte maneira: divide-se o salário bruto por 12, que é quantidade de meses, e multiplica-se pelo número de meses trabalhados que é igual a 11 meses = 916,67.

Assim sobre este, também incide o desconto de 8%, segundo a tabela de cálculo do site disponível no link ttps://www.inss.gov.br/servicos-do-inss/calculo-da-guia-da-previdencia-social-gps/tabela-de-contribuicao-mensal/a quantia líquida a ser recebida então é de = R$ 843,64.

Aviso prévio

Dessa forma o valor do aviso prévio é uma média entre os últimos meses trabalhados. Sua base de cálculo é o último salário percebido pelo empregado. Neste caso, corresponde ao valor de R$ 1000,00, porém, sobre este valor incide ainda 1/12 de 13 º. Este que corresponde ao valor de R$ 83,33 e 1/12 de férias indenizadas, que corresponde ao valor de R$ 27,78.

Assim existe desconto de 8% conforme tabela, o valor líquido a receber então será de = R$ 920,00, somado aos valores de 13º e férias Indenizadas = R$ 1031,11.

Dias trabalhados

Além disso, existe o valor do salário proporcional aos dias trabalhados. Neste caso corresponderá ao mês todo, e terá desconto de 8% do INSS = R$ 920,00.

Contudo, é importante ficar atento aos descontos que podem ser realizados na sua Rescisão Trabalhista como adiantamentos e descontos de VT, VR, VA, empréstimos, pensão alimentícia, impostos de renda em casos onde são incididos. Além de outros convênios que poderão ser descontados na folha de pagamento.

Assista ao vídeo e aprenda como calcular sua indenização

Utilizando essa fórmula acima, vai ficar fácil você calcular o valor da sua rescisão trabalhista não é mesmo? Se tiver alguma dúvida, por favor, deixe uma mensagem logo abaixo.

Comente sobre Rescisão trabalhista – Cálculo online do valor da indenização

Regras para os comentários

  • Todos os comentários são moderados antes de publicados.
  • Respondemos todas as dúvidas no prazo máximo de 2 dias úteis.
  • Se postou uma pergunta, volte a essa página para ver a resposta. Não enviamos respostas por email devido ao problema com SPAM.

78 comentários em Rescisão trabalhista – Cálculo online do valor da indenização

  1. boa tarde !
    eu trabalho a 21 anos em uma empresa meu salário atual e de $ 4.000,00 , teriam mais ou menos como mim enformarem quanto teria para receber .

    muito obrigado .

  2. Quando eu peço demissão e saio sem aviso prévio, eles podem descontar da minha rescisão?
    Deu mais de 3.000 reais e só recebi 500 reais de rescisão…

    Fico no aguardo 🙁

    • Oi Samuel, sim vale para os dois lados. Quando a empresa te dispensa paga o aviso prévio, quando você pede demissão é descontado o aviso prévio de você. Coloque os valores na calculadora e verá o resultado.

  3. Oi boa tarde, pedi as contas dia 18/11, a encarregada disse que em uma semana o RH entraria em contato comigo pra dar baixa na carteira e receber minha rescisão, porém até agora nada, o que devo fazer?

    • Oi Tracy, segundo o artigo 477 parágrafo 6º da CLT, “a comunicação da extinção contratual aos órgãos competentes bem como o pagamento dos valores constantes do instrumento de rescisão ou recibo de quitação deverão ser efetuados até dez dias contados a partir do término do contrato”. Se passar desse prazo o empregador deve pagar a título de multa o equivalente a um salário mensal do empregado.

  4. Olá trabalhei do dia 18/2/2019 ao dia 18/9/2019 onde eu pedi a demissão, porém na rescisão paga antes da homologação só recebi o valor total de 59,00. Está certo isso. Oq devo fazer. Tive algumas faltas dias antes de pedir a dispensa.

    • Oi Karol, quando você pede demissão e não cumpre aviso, você tem que pagar o equivalente a um salário por não cumprir o aviso prévio, além disso você disse que tinha faltas, então os descontos são muito grandes mesmo.

  5. Olá, pedi demissão, fui cumprir meus 30 dias de aviso, porém minha chefe me dispensou antes.. Não assinei ainda minha recisão pq está errada, fui em adv fizemos as contas e deu um valor mais auto! Questionei minha chefe ela disse que está certa as contagens dela.. Mas no meu contrato está como eu receberia 600,00, já na minha carteira 690,00, porém eu recebo 909,88 (bruto 989). Deu a intender que elas fez as contas e pelo valor mais baixo, pois ela disse que os meus adicionais não são contados e o valor dela está correto! Sendo que o meu INSS é descontando proporcional aos 989… Sempre fui certo trabalhei lá 2meses e alguns dias sem registro ela não vai me pagar por fora, pelo menos então eu quero receber o valor certo em relação aos meses trabalhados…

    • Oi Gabi, se o INSS era calculado em 989,00 então é esse o salário do cálculo, até porque entra sim os ganhos com comissões, adicional noturno, insalubridade e periculosidade que tem natureza salarial.

  6. Trabalho de vendedor
    Fui admitido 18/07/18
    Demitido sem justa causa 20/11/19
    Salario do sindicato 1.200
    Meu salario oxila bastante no ultimo mes 1400 porem em setembro e agosto ja foi 2.500 nunca recebi ferias
    Mas a minha maior dificuldade e pq
    Fui submetido a cirurgias em março dia 20 e fiquei afastado ate dia 30 julho.
    Ta dificil de fazer o calculo faço em cima de todos os salarios liquidos ?
    Poderiam me dar um apoio de como calcular ? Desde ja Obrigado.
    Fiquei afastado ate

    • Oi Warlley, você precisa colocar a sua remuneração, não só o salário. Pelo visto no seu caso você recebia comissões, então tem que entrar na conta também. Na dúvida veja a conta simulada no artigo.

  7. Olá bom dia trabalhei em uma casa por oito meses mais só tenho três meses de registro na carteira agora fui manda embora os cinco meses que não está na carteira tenho direito a receber

    • Oi Olívia, você tem todos os direitos descritos no artigo. A diferença está no tempo sem registro que para ser correto deveria pagar retroativo a data da sua entrada incluindo ai os valores que deveriam ter sido depositados como FGTS, além dos normais proporcionais de férias, décimo terceiro e valores de aviso prévio.

  8. trabalhei 5 anos no quarte, 2 e meio de carteira assinada, 1 e meio de cargo comissionado e estou com 4 meses de carteira assinada. minha duvida e, tenho direito a receber PIS/PASEP?

  9. Trabalho a 1 ano mas não quis que assinasse minha carteira o patrão é meu amigo agora ele disse que vai fazer um acerto comigo qual é o valor que devo receber por esse ano trabalhando

  10. Como que faço os cálculos para rescisão online? Não consegui compreender o preenchimento do campo de inicio e termino, coloco a quantidade de dias trabalho ou o tempo em meses e ano? não tem explicação, não consegui compreender.

  11. Boa noite trabalhei do dia 01/04/2019 a 28/05/2019, com salário de 1400,00. Nenhum benefício a mais sendo que tenho 3 horas extras de 100%, e mais varias horas de banco de horas, sendo que eu pedi demissão. Tem que ser descontado aviso neste período qual seria o valor correto do meu pagamento. Recebi 288,00 está certo vcs podem me ajudar

  12. boa tarde
    registrei minha carteira dia 18/12/2018,estou cumprindo aviso e o mesmo termina dia 01/05/2019
    lembrando que não recebi o décimo proporcional de dezembro, minha carteira está registrada com RS=1.030,00
    queria saber o valor da minha rescisão, lembrando que o salário do mês de abril está todo pendente.
    queria saber também se posso untar o registro da empresa anterior que foi 20/03/2018 até 24/08/2018 com o da atual que é de 18/12/2018 até 01/05/2019 e pedir o seguro desemprego ??
    ficarei desde já muito grato se alguém poder me ceder essa resposta
    abraços, que deus abençoe a todos e fiquem todos com deus.

  13. Bom dia
    Eu trabalhei 4 anos na empresa e agora fiz acordo perdendo quarenta por cento meu salário é 1221,e tenho uma férias vencidas .
    Quanto devo receber de rescisão.

  14. Boa tarde trabalhei 3 anos na empresa fui demitido cem justa causa sendo que o salário era de 1200 o último 1300 qual valor total era pra mim pegar

  15. Trabalhei em uma casa por 4 anos como empregada doméstica, fui demitida sem justa causa, ela não descontava nada, mas também não fazia o recolhimento do inss nem fgts. Gostaria de saber se agora que fui mandada embora ela pode descontar tudo de uma vez o que ela nunca descontou , se sim qual o valor, meu último salário era 2100, e quanto ao FGTS ele é calculado pelo três últimos salários ou só pelo último . grata

    • Oi Elisangela, o FGTS é calculado em cima do valor depositado na conta do trabalhador na Caixa pelo empregador. No caso de dispensa sem justa causa o valor é liberado. Sobre os descontos penso que não, mas é melhor consultar um advogado. Boa sorte.

  16. Boa tarde, tenho uma dúvida. No mês de dissídio, quando o funcionário é mandado embora, existe alguma multa a ser paga pelo empregador?

  17. Meu ultimo salario sem desconto foi 2.192,00 (bruto) sai de férias 01/10/2018 voltei 01/11 fui demitido sem justa causa. Utilizo os 2.192,00 para calcular recisao?

  18. boa tarde foi homologada minha ação no valor de R$ 73,767.84 porem o advogado me depositou R$ 32845.16 queria saber quias foram os discontos alem do IR e os 30% do adv. muito obrigado

    • Oi Ricardo, 22130,52 são os 30% do advogado, 20286,15 dos 27,5 do IRRF, sobraria 42416,67. Não há mais descontos que justifiquem essa diferença.

    • Oi Jackson, sim essa é uma manobra que várias empresas do setor de serviços fazem para pagar salários menores, infelizmente. Outros nomes utilizados fiscal de piso, porteiro entre outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui