Salário Mínimo 2019 – Valor atual do salário mínimo no Brasil

o salário mínimo é o menor valor pago por um empregador ao seu colaborador, salvo em casos de jornada parcial de trabalho ou de atividades a título de aprendiz ou estágio.

O valor do salário mínimo 2019 foi decretado pelo Presidente Jair Bolsonaro em uma edição extra do Diário Oficial. O salário mínimo no Brasil que é regulamentado pela Lei nº 13.152 a qual dispõe sobre o valor mínimo a ser pago ao trabalhador e a sua política de aumentos e reajustes anuais.

Valor do salário mínimo em 2019 no Brasil

O decreto do salário mínimo dispõe em seu artigo primeiro que a partir de janeiro de 2019 o valor do salário mínimo será de:

R$ 998

 

Dessa forma o cálculo valor geral do salário mínimo para o ano de 2019 será de R$ 998,00 (novecentos e noventa e oito reais) pro mês o que equivale a R$ 31,80 (trinta e um reais e oitenta centavos) por dia e a um valor por hora de R$ 4,34 (quatro reais e trinta e quatro centavos).

Cálculo do valor do salário mínimo 2019

Para calcular o valor do salário mínimo 2019 por hora utiliza-se a referência 220 (998 / 220), que é o total de horas mensais regulamentadas para atividades remuneradas pelo salário mínimo, ou, 44 horas semanais, ou ainda, 8 horas diárias de segunda a sexta, mais meio período de 4 horas no sábado.

Já para o cálculo do valor do salário por dia utiliza-se a conta simples do valor mensal do salário mínimo dividido pelos 30 dias do mês (998 / 30). Dessa forma, veja como são calculados todos os benefícios em cima do valor do salário mínimo:

Salário mínimo bruto mensal
R$ 998,00 (novecentos e cinquenta e quatro reais)

Salário por dia
R$ 33,27 (trinta e três reais e vinte e sete centavos)

Salário mínimo por hora
R$ 4,54 (quatro reais e cinquenta e quatro centavos) referência 220

Desconto do INSS sobre o valor de um salário mínimo
R$ 79,84 (setenta e nove reais e oitenta e quatro centavos) 8%

FGTS mensal
R$ 79,84 (setenta e nove reais e oitenta e quatro centavos) 8%

Férias
R$ 332,67 (trezentos e trinta e dois reais e sessenta e sete centavos)

Desconto vale transporte e vale refeição
6% de vale transporte – R$ 59,88

O desconto de vale refeição e alimentação é negociado pelos sindicatos na convenção coletiva. Na média o desconto fica entre 3 e 5%, mas também há empresas que não cobram nada do funcionário.

Reajuste do salário mínimo 2019 fica abaixo da expectativa

Para o reajuste do salário mínimo 2019 foi utilizada a fórmula que determina a soma do resultado do PIB de 2017 (alta de 1%) e o INPC de 2018.

Anteriormente o valor que havia sido aprovado era de R$ 1006,00, de acordo com a LDO – Lei de Diretrizes Orçamentárias, mas no ajuste do orçamento o valor do salário para 2019 ficou em R$ 998,00 mesmo.

O valor do salário mínimo ao longo dos anos


Entenda como o valor do salário mínimo afeta sua vida

O valor do salário mínimo serve como base para o reajuste de milhões de beneficiários do INSS, sejam eles aposentados, pensionistas ou até mesmo segurados afastados temporariamente.

É a partir desse valor que é corrigido milhões de salários de profissionais que não possuem regulamentação salarial ou representatividade sindical para negociações salariais com sindicatos patronais.

O valor do salário mínimo serve também como base para o reajuste de benefícios trabalhistas como o Seguro Desemprego e o PIS.

Além do impacto direto, há também vários fatores econômicos que são afetados com o reajuste do salário mínimo.

Como por exemplo a economia da grande maioria das pequenas cidades no Brasil, que sobrevivem quase que exclusivamente de aposentadorias e pensões, além do funcionalismo público local que em sua maioria também é remunerada pelo valor do salário mínimo atual.

O valor do salário mínimo deveria ser de 4 mil reais de acordo com o DIEESE

Segundo pesquisa que é divulgada mensalmente pelo DIEESE, o valor do salário mínimo deveria ser de cerca de 4 mil reais mensais.

Esse valor seria suficiente para uma família cobrir os gastos e necessidades primordiais, como alimentação, moradia, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e Previdência Social.

Valor do salário mínimo estadual

O salário mínimo estadual é divulgado anualmente pelos Estados. Ele pode variar entre cada Unidade Federativa. Mas, obrigatoriamente, precisa seguir o salário mínimo vigente. Ou seja, ele não pode ser inferior a esse valor mínimo determinado pelo Governo Federal.

Essa quantia é reajustada todos os anos levando em conta alguns indicadores, tais como o Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) e o PIB dos anos anteriores.

Salário mínimo estadual  é igual piso salarial?

Como é definido o piso salarial
A definição do piso salarial se dá por instrumentos de negociação coletiva como acordos e convenções coletivas, além do dissídio em casos que necessitem da Justiça do Trabalho para mediação de conflitos.

Muita gente acaba fazendo confusão, mas a verdade é que o salário mínimo estadual não é igual ao piso salarial.

No caso, o salário mínimo por Estado corresponde ao valor do salário dos trabalhadores registrados que é determinado pelo Estado e que não possuam sindicatos que os represente e por consequência não possuem convenção coletiva, acordo coletivo ou dissídio.

Esse é o mínimo que as empresas devem pagar aos trabalhadores, independentemente da qualificação profissional.

Já o piso salarial é a remuneração específica para cada profissão. Ou seja, é o valor que cada profissional especifico dentro de uma área deve receber.

Além deles serem diferentes, é você ter em mente que o piso salarial mínimo sempre é maior que o salário mínimo estadual.

Tabela de pisos salariais mínimos estaduais 2019

É importante deixar claro que o salário mínimo estadual é ajustado todos os anos. Para 2019, a maioria dos Estados brasileiros ainda não anunciou qual será o valor e se haverá aumento. Contudo, algumas Unidades Federativas já divulgaram suas previsões.

Confira abaixo o salário mínimo estadual de algumas regiões que já afirmaram que haverá reajuste:

  • Paraná                 – R$ 1355,20
  • Rio Grande do Sul – R$ 1196,47
  • Santa Catarina      – Entre R$ 1110,00 e R$ 1271,00

Salário Mínimo Paulista 2019

O valor do salário mínimo Paulista é definido conforme a faixa 1 e 2 do decreto que regulamente a instituição do piso salarial mínimo regional. Veja o valor do salário de acordo com as faixas e as ocupações nela inseridas:

1ª faixa – R$ 1.163,55 (um mil e cento e sessenta e três Reais e cinquenta e cinco centavos)

Trabalhadores domésticos, serventes, trabalhadores agropecuários e florestais, pescadores, contínuos, mensageiros e trabalhadores de serviços de limpeza e conservação, trabalhadores de serviços de manutenção de áreas verdes e de logradouros públicos, auxiliares de serviços gerais de escritório, empregados não-especializados do comércio, da indústria e de serviços administrativos, cumins, “barboys”, lavadeiros, ascensoristas, “motoboys”, trabalhadores de movimentação e manipulação de mercadorias e materiais e trabalhadores não-especializados de minas e pedreiras; operadores de máquinas e implementos agrícolas e florestais, de máquinas da construção civil, de mineração e de cortar e lavrar madeira, classificadores de correspondência e carteiros, tintureiros, barbeiros, cabeleireiros, manicures e pedicures, dedetizadores, vendedores, trabalhadores de costura e estofadores, pedreiros, trabalhadores de preparação de alimentos e bebidas, de fabricação e confecção de papel e papelão, trabalhadores em serviços de proteção e segurança pessoal e patrimonial, trabalhadores de serviços de turismo e hospedagem, garçons, cobradores de transportes coletivos, “barmen”, pintores, encanadores, soldadores, chapeadores, montadores de estruturas metálicas, vidreiros e ceramistas, fiandeiros, tecelões, tingidores, trabalhadores de curtimento, joalheiros, ourives, operadores de máquinas de escritório, datilógrafos, digitadores, telefonistas, operadores de telefone e de “telemarketing”, atendentes e comissários de serviços de transporte de passageiros, trabalhadores de redes de energia e de telecomunicações, mestres e contramestres, marceneiros, trabalhadores em usinagem de metais, ajustadores mecânicos, montadores de máquinas, operadores de instalações de processamento químico e supervisores de produção e manutenção industrial.

2ª faixa – R$ 1.183,33 (um mil e cento e oitenta e três reais e trinta e três centavos)

Administradores agropecuários e florestais, trabalhadores de serviços de higiene e saúde, chefes de serviços de transportes e de comunicações, supervisores de compras e de vendas, agentes técnicos em vendas e representantes comerciais, operadores de estação de rádio e de estação de televisão, de equipamentos de sonorização e de projeção cinematográfica e técnicos em eletrônica.

Salário mínimo RJ 2019

Faixa I – R$ 1.238,11 (um mil duzentos e trinta e oito reais e onze centavos)

Auxiliar de Escritório (CBO 4110-05); Cumim (CBO 5134-15); Empregados Domésticos (CBO 5121-05); Faxineiro (CBO 5143-20); Contínuo (CBO 4122-05); Guardadores de Veículos (CBO 5199-25); Lavadores de Veículos (CBO 5199-35); Trabalhadores Agropecuários (CBO 6210-05); Trabalhadores de Serviços Veterinários (CBO 5193); Trabalhadores Florestais (CBO 6320-15); Catadores de Material Reciclável; Trabalhadores de Serviços de Conservação, Manutenção, Empresas Comerciais, Industriais, Áreas Verdes e Logradouros Públicos, não especializados;

Faixa II – R$ 1.283,73 (um mil duzentos e oitenta e três reais e setenta e três centavos) –

Ascensorista (CBO 5141-05); Barbeiros (CBO 5161-05); Cabeleireiros (CBO 5161-10); Carteiros (CBO 4152-05); Classificadores de Correspondências (CBO 4152-10); Controladores de Pragas (CBO 5199); Cozinheiros (CBO 5132); Cuidadores de Idosos (CBO 5162-10); Esteticistas (CBO 3221-30); Garçons (CBO 5134- 05); Lavadeiras e Tintureiros (CBO 5163); Manicures (CBO 5161-20) Pedicures (CBO 5161-40); Pedreiros (CBO 7152); Trabalhadores de Apostas e Jogos (CBO 4212); Trabalhadores de Fabricação de Calçados (CBO 7641); Trabalhadores de Fabricação de Papel e Papelão (CBO 8331); Fiandeiros (CBO 7612); Trabalhadores de Serviços de Embelezamento e Higiene (CBO 5161); Trabalhadores de Tratamento e Preparação de Madeira (CBO 7721); Trabalhadores do Curtimento de Couro e Peles (CBO 7622); Trabalhadores em Beneficiamento de Pedras (CBO 7122); Moto Taxistas (CBO 5191-15); Moto Fretista (CBO 5191-10); Artesãos; Auxiliar de Massagista; Auxiliares de Creche; Cortadores; Criadores de Rãs; Depiladores; Maqueiros; Merendeiras, Motoboys;, Operadores de Caixa, Inclusive de Supermercados; Operadores de Máquinas e Implementos de Agricultura, Pecuária e Exploração Florestal; Pescadores; Pintores; Sondadores; Tecelões e Tingidores; Trabalhadores da Construção Civil; Trabalhadores de Artefatos de Couro; Trabalhadores de Fabricação de Produtos de Borracha e Plástico; Trabalhadores de Minas e Pedreiras; Trabalhadores de Preparação de Alimentos e Bebidas; Trabalhadores de Serviços de Proteção e Segurança; Trabalhadores de Serviços de Turismo e Hospedagem; Trabalhadores de Transportes Coletivos – Cobradores, Despachantes e Fiscais, Exceto Cobradores de Transporte Ferroviário; Trabalhadores dos Serviços de Higiene e Saúde; Trabalhadores de Costura e Estofadores; Trabalhadores em Serviços Administrativos; Vendedores e Comerciários; Vidreiros e Ceramistas;

Faixa III – R$ 1.375,01 (um mil trezentos e setenta e cinco reais e um centavo)

Agentes de Trânsito (CBO 5172-20); Auxiliares de Biblioteca (CBO 3711-05); Auxiliares de Enfermagem (CBO 3222-30) com regime de 30 (trinta) horas; Auxiliares Técnicos de Telecom Nível 1 a 3; Barman (CBO 5134-20); Bombeiros Civis Nível Básico (CBO 5171-10); Compradores (CBO 3542-05); Datilógrafos (CBO 4121-05); Doulas (CBO 3221-35); Eletromecânico de Manutenção de Elevadores (CBO 9541-05); Estenógrafos (CBO 3515-10); Frentistas (CBO 5211-35); Guias de Turismo (CBO 5114); Joalheiros (CBO 7510); Lubrificadores de Veículos (CBO 9191-10); Maitres de Hotel (CBO 5101-35); Marceneiros (CBO 7711); Mordomos e Governantas (CBO 5131); Músicos (CBO 2626 e CBO 2627); Ourives (CBO 7511-25); Porteiros de Edifícios e Condomínios (CBO 5174-10); Radiotelegrafista (CBO 3722- 10); Representantes Comerciais (CBO 3541-45); Sommeliers (CBO 5134-10); Supervisor de Vendas (CBO 5201); Supervisores de Compras (CBO 3542-10); Supervisores de Manutenção Industrial (CBO 9503-05); Técnicos de Imobilização Ortopédica (CBO 3226-05); Técnicos de Vendas (CBO 3541-35 e CBO 3541-40); Terapeutas Holísticos (CBO 3132-25); Trabalhadores de Confecção de Instrumentos Musicais (CBO 7421); Trabalhadores de Soldagem e Ligas Metálicas (CBO 7243); Zeladores de Edifícios e Condomínios (CBO 5141-20); Administradores e Capatazes de Explorações Agropecuárias ou Florestais; Agentes de Cobrança; Agentes de Marketing; Agentes de Mestria; Agentes de Saúde e Endemias, Agentes de Venda; Ajustadores Mecânicos; Assistentes de Serviços Nível 1 A 3; Atendentes de Cadastro; Atendentes de Call Center; Atendentes de Consultório, Clínica Médica e Serviço Hospitalar; Atendentes de Retenção; Caldeireiros; Chapeadores; Chefes de Serviços de Transportes e Comunicações; Condutores de Veículos de Transportes; Contramestres; Eletricistas; Eletrônicos; Guarda-Parques, com curso de Formação Específica, em Nível de Ensino Médio; Guardiões de Piscina; Mestre; Monitores; Montadores de Estruturas Metálicas; Montadores e Mecânicos de Máquinas, Veículos e Instrumentos de Precisão; Operadores de Atendimento Nível 1 a 3; Operadores de Call Center; Operadores de Estação de Rádio, Televisão, Equipamentos de Sonorização e de Projeção Cinematográfica; Operadores de Instalações de Processamento Químico; Operadores de Máquinas da Construção Civil e Mineração; Operadores de Máquinas de Lavrar Madeira; Operadores de Máquinas de Processamento Automático de Dados; Operadores de Máquinas Fixas e de Equipamentos Similares; Operadores de Suporte CNS; Práticos de Farmácia e Empregados em Empresas Prestadoras de Serviços de Brigada de Incêndio (Nível Básico); Representantes de Serviços 103; Representantes de Serviços Empresariais; Representantes de Serviços; Supervisor de Produção e Manutenção Industrial; Supervisores de Produção Industrial; Técnicos de Administração; Técnicos em Reabilitação de Dependentes Químicos; Técnicos Estatísticos; Telefonistas e Operadores de Telefone; Telemarketing; Tele atendentes; Tele operador Nível 1 a 10; Telemarketing Ativo e Receptivo; Trabalhadores da Rede de Energia e Telecomunicações; Trabalhadores de Artes Gráficas; Trabalhadores de Confecção de Produtos de Vime e Similares; Trabalhadores de Derivados de Minerais não Metálicos; Trabalhadores de Movimentação e Manipulação de Mercadorias e Materiais; Trabalhadores de Serventia e Comissários (nos Serviços de Transporte de Passageiros); Trabalhadores de Serviços de Contabilidade; Trabalhadores de Tratamentos de Fumo e de Fabricação de Charutos e Cigarros; Trabalhadores em Podologia; Trabalhadores Metalúrgicos e Siderúrgicos, Barista (CBO 5134-40); Auxiliar de Logística (CBO 4141-40);

Faixa  IV – R$ 1.665,93 (um mil seiscentos e sessenta e cinco reais e noventa e três centavos)

Educador Social (CBO 5153-05); Técnicos em Contabilidade (CBO 3511); Técnicos de Transações Imobiliárias (CBO 3546); Técnicos em Farmácia (CBO 3251-10 E CBO 3251-15); Técnicos em Laboratório (CBO 3242); Técnicos em Podologia (CBO 3221-10); Técnicos em Enfermagem (CBO 3222-05) com regime de 30 (trinta) horas semanais; Técnicos em Secretariado (CBO 3515-05); Técnicos de Biblioteca (CBO 3711-10); Bombeiro Civil Líder, Formado como Técnico em Prevenção e Combate a Incêndio, em Nível de Ensino Médio; Técnicos em Higiene Dental e Empregados em Empresas Prestadoras de Serviços de Brigada de Incêndio (Nível Médio); Trabalhadores de Nível Técnico, devidamente registrados nos conselhos de suas áreas ou órgãos competentes: Técnico de Enfermagem Socorrista; Entrevistador Social (CBO 4241-30);

Faixa V – R$ 2.512,59 (dois mil quinhentos e doze reais e cinquenta e nove centavos)

motoristas de ambulância (CBO 7823-20); taxistas profissionais reconhecidos pela Lei Federal nº 12.468, de 26 de agosto de 2011 (CBO 7823-15), bem como aqueles que se encontrem em contrato celebrado com empresas de locação de veículos, excetuando-se os permissionários autônomos que possuem motorista auxiliar; técnico de instrumentalização cirúrgica (CBO 3222-25); técnico de telecomunicações (CBO 3133); técnicos de eletrônica (CBO 3132); técnicos de segurança do trabalho (CBO 3516); técnicos em mecatrônica (CBO 3001), bem como os técnicos de nível médio regularmente inscritos nos Conselhos Regionais de Engenharia, Arquitetura e Agronomia, técnicos industriais inscritos no Conselho Regional de Técnicos Industriais, tradutor e intérprete da Língua Brasileira de Sinais ? LIBRAS (CBO 2614-25); técnicos em eletrotécnica, marinheiro de esportes e recreio; fotógrafos (CBO 2618-05); Técnicos em Radiografia (CBO 3241-15);

Faixa VI – R$ 3.158,96 (três mil cento e cinquenta e oito reais e noventa e seis centavos)

Administradores de Empresas (CBO 2521-05); Advogados (CBO 2410); Arquitetos (CBO 2141); Arquivistas (CBO 2613-05); Assistentes Sociais (CBO 2516-05); Bibliotecários (CBO 2612-05); Biólogos (CBO 2211); Biomédicos (CBO 2212); Enfermeiros (CBO 2235); com regime de 30 (trinta) horas semanais; Estatísticos (CBO 2212); Farmacêuticos (CBO 2234); Fisioterapeutas (CBO 2236); Fonoaudiólogos (CBO 2238); Nutricionistas (CBO 2237-10); Profissionais de Educação Física (CBO 2241); Psicólogos (CBO 2515) exceto Psicanalistas (CBO 2515-50); Secretários Executivos (CBO 2523) exceto Tecnólogos em Secretariado Escolar (CBO 2523-20); Sociólogos (CBO 2511-20); Terapeutas Ocupacionais (CBO 2239-05); Turismólogos (CBO 1225-20); Bombeiro Civil Mestre, Formado em Engenharia com especialização em prevenção e combate a incêndio e Empregados em empresas prestadoras de serviços de Brigada de Incêndio (nível superior); Contadores; Documentalista (CBO 2612-10); Analista de Informações (CBO 2612-15); Pedagogos (CBO 2394-15); Economistas (CBO 2512-05); Sanitarista; professores de Educação Infantil e de Ensino Fundamental (1º ao 5º ano), com regime de 40 (quarenta) horas semanais.

Quais são os tributos e descontos cobrados sobre o salário mínimo estadual?

Além de saber o valor do salário mínimo estadual, é importante também entender quais são os tributos cobrados sobre eles.

Muitas pessoas confundem o salário bruto com o líquido. E no final do mês isso acaba gerando surpresas.

O salário bruto é o valor sem os descontos da folha de pagamento que são obrigatórios, como o INSS.

Já o salário líquido é o quer você realmente recebe após serem descontados todos os impostos.

Confira abaixo quais são os tributos que são cobrados sobre o salário mínimo estadual 2019:

INSS

Esse é o principal imposto cobrado sobre o salário mínimo por Estado. É através do INSS que você terá todas as garantias previdenciárias como auxílio doença, salário maternidade e, claro a aposentadoria.

O valor desse tributo varia entre 8% e 10% sobre o seu salário. Essa porcentagem irá depender de quanto você ganha.

Contribuição sindical

A contribuição sindical não é um imposto em si. Na verdade, ela é uma taxa que você paga para ter o aporte do sindicado da sua categoria.

Antes todos os trabalhadores precisavam fazer essa contribuição, mas com a Reforma Trabalhista ela passou a ser opcional.

Vale transporte

Se você precisa usar transporte público ou privado para se deslocar até o trabalho, necessariamente você terá direito ao Vale Transporte, ele também é descontado do seu salário mínimo estadual. Claro que não de forma integral.

É descontado 6% sobre o total que você ganha.

Vale alimentação

O vale alimentação também é um benefício descontado em folha. Nesse caso a porcentagem é de até 20% sobre o seu salário.

Esse são apenas alguns dos impostos e descontos que podem ser cobrados do seu salário.

Tabela do salário mínimo

AnoData da VigênciaSalário Mínimo
201901/01/2019R$998,00
201801/01/2018R$954,00
201701/01/2017R$937,00
201601/01/2016R$880,00
201501/01/2015R$788,00
201401/01/2014R$724,00
201301/01/2013R$678,00
201201/01/2012R$622,00
201101/03/2011R$545,00
201101/01/2011R$540,00
201001/01/2010R$510,00
200901/02/2009R$465,00
200801/03/2008R$415,00
200701/04/2007R$380,00
200601/04/2006R$350,00
200501/05/2005R$300,00
200401/05/2004R$260,00
200301/04/2003R$240,00
200201/04/2002R$200,00
200101/04/2001R$180,00
200003/04/2000R$151,00
199901/05/1999R$136,00
199801/05/1998R$130,00
199701/05/1997R$120,00
199601/05/1996R$112,00
199501/05/1995R$100,00
199401/09/1994R$70,00

Profissões remuneradas com um salário mínimo

Abaixo está uma lista com algumas das profissões remuneradas pelo valor do salário mínimo 2019.

Geralmente algumas dessas profissões recebem acima do salário mínimo vigente, mas em muitos casos o salário mínimo é a base em grande parte do Brasil, principalmente fora dos grandes centros urbanos.

CBO: Código Brasileiro de Ocupações | Cargo / Ocupação: Nome oficial da profissão - Período: de 02/2019 até 09/2019 - Fonte: MTE / Salario.com.br | Atualização:
CBOCargo
521110Vendedor interno
514320Auxiliar de limpeza
514320Faxineiro
514320Servente de limpeza
717020Ajudante de saneamento
717020Ajudante de obras
717020Servente (construção civil)
717020Auxiliar de pedreiro
411005Auxiliar de escritório
411005Auxiliar administrativo
513435Ajudante
521125Repositor - em supermercados
521125Repositor de mercadorias
513435Balconista de lanchonete
513435Chapista de lanchonete
513435Cantineiro (escola)
513435Servente de lanche
513435Atendente de lanchonete
513435Atendente de balcão de café
422105Recepcionista
521140Balconista
521140Atendente balconista
521140Atendente do setor de vinhos
521140Atendente de balcão
521140Atendente de peixaria
513505Auxiliar de pizzaiolo
513505Auxiliar de churrasqueiro
513505Ajudante de churrasqueiro

3 COMENTÁRIOS

  1. Uma vergonha esses salário do nosso Brasil, deixa eu explicar o quanto eu ganho um salário mínimo por mês,com $998 eu pago $500 50 por mês de aluguel de luz eu pago $ 110 ou 120 por mês de água eu pago $80 por mês de gás eu pago 70 sobrou $170 reais pra fazer compras,e com três filhos fica difícil passa o mês com $170 reais tem que fazer milagre,
    e quando o salário sobe aí as coisas tudo sobe o valor então da na mesma

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Please enter your name here