Gestor em Turismo (turismólogo) - Salário, O Que Faz, Piso Salarial 2024

R$ 2.930,71/mês

Atualizado em

Hoje um Gestor em Turismo (turismólogo) ganha em média R$ 2.930,71 para uma jornada de trabalho de 42 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 253 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Gestor em Turismo (turismólogo) pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 2.850,67 e o teto salarial de R$ 5.899,47, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Gestor em Turismo (turismólogo).

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 33 anos, ensino superior completo, do sexo feminino que trabalha 44h semanais em empresas do segmento de Agências de viagens de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Gestor em Turismo (turismólogo) é São Paulo , SP.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Gestor em Turismo (turismólogo), não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Gestor em Turismo (turismólogo) CBO 1225-20

O Gestor em Turismo (turismólogo) elabora políticas públicas de desenvolvimento do turismo, analisando legislação pertinente, elaborando planos e políticas públicas de desenvolvimento de turismo local, regional e internacional Incentiva a participação da comunidade no turismo local Pode atuar no setor público, em secretarias de turismo, divulgando patrimônios históricos e culturais ou cuidando do calendário de eventos.

Traça plano operacional, utilizando-se de sistema de gestão integrado e sistemas de inteligência empresarial Elabora programas turísticos, cronogramas de viagens e informação turística Planeja roteiros turísticos e estabelece parcerias para viabilizá-los Organiza a logística terrestre, aérea e aquaviária.

Elabora plano de negócios e plano de marketing turístico, estabelecendo estratégias comerciais, definindo preços de produtos e serviços e formas de pagamento Elabora projetos e programas turísticos, culturais e ambientais bem como planos de lazer e de entretenimento Participa da elaboração de planos de manejo e de processo de licenciamento ambiental.

Coordena a elaboração de planos de uso de espaços e equipamentos públicos Desenvolve roteiros personalizados ao perfil e ao objetivo de indivíduos ou de grupos de turistas, programando passeios que aproveitem a região da melhor forma, otimizando o tempo, o conforto e a experiência dos usuários Identifica o potencial turístico de uma região, planejando e gerindo o turismo a partir de práticas orientadas para a sustentabilidade, considerando a inclusão social, os aspectos econômicos, políticos, culturais e sociais Executa planos de negócios, pesquisando, contatando e negociando com fornecedores, clientes e parceiros, firmando contratos de compras e de seguros.

Supervisiona contratos firmados, controla o histórico de reservas e acompanha o desenvolvimento das viagens, avaliando o desempenho dos parceiros Aprova orçamentos, eventos e campanhas de marketing, escolhendo produtos para veiculação de propaganda, definindo formas de divulgação e programando promoções Controla a divulgação de produtos e o retorno nas vendas Controla resultados, monitorando metas e indicadores de desempenho, avaliando vendas e margem de lucro analisando histórico dos resultados, monitorando projetos e eventos, avaliando relatórios, alterando produtos conforme oscilação de custos e de preço final.

Presta contas a superiores, apresentando relatórios de acompanhamento das atividades Adequa estratégias e planos Supervisiona contratos de serviços turísticos.

Coordena equipes de trabalho, selecionando e orientando seus membros Capacita pessoas envolvidas Pode elaborar conteúdo programático para treinamento em turismo.

Realiza atividades de controle de garantia de qualidade de produtos e serviços turísticos, solicita pesquisa de satisfação do cliente e analisa os resultados, zelando pelo funcionamento e pela imagem da organização Cobra a padronização dos serviços, realizando visitas de inspeção e corrigindo desvios Supervisiona a qualidade e segurança de atividades, serviços e espaços turísticos, classificando estabelecimentos e prestadores de serviços turísticos.

Realiza análise de mercado, acompanhando a concorrência, identificando tendências de mercado, analisando oferta e demanda turística, empregando sistemas de inteligência empresarial e de mercado Realiza pesquisas, identificando nichos de mercado, realizando diagnósticos do setor, inventariando oferta turística, identificando público-alvo, avaliando impactos socioambientais e econômicos Realiza ações de comunicação externa, recebendo visitantes, atendendo a franqueados e parceiros, concedendo entrevistas, representando a empresa em eventos, visitando parceiros e participando de feiras nacionais e internacionais, emitindo declaração de interesse e relevância turística, coordenando cerimonial Pode lecionar em instituições de ensino técnico que oferecem cursos de turismo ou a ele correlacionados, caso seja portador de licenciatura.

Algumas funções no exercício da profissão

  • produzir resultados;
  • coordenar equipes;
  • garantir qualidade de produtos e serviços;
  • demonstrar competências pessoais;
  • realizar pesquisas;
  • comunicar-se;
  • definir planos, políticas e diretrizes;
  • analisar mercado;
  • executar planos de negócios;
  • traçar plano operacional;
  • captar recursos, patrocínios e apoio;
  • visualizar futuro;
  • avaliar desempenho dos parceiros;
  • acompanhar concorrência;
  • controlar divulgação de produtos;
  • firmar contratos de compras;
  • implementar projetos;
  • aprovar orçamentos;
  • orientar equipes;
  • participar de processo de licenciamento ambiental;
  • zelar pela imagem da organização;
  • definir estratégias de vendas;
  • ver mais...

Salário de Gestor em Turismo (turismólogo) CBO 1225-20 - Série histórica

Quanto ganha um Gestor em Turismo (turismólogo) por região do Brasil

Quanto ganha um Gestor em Turismo (turismólogo) nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Gestor em Turismo (turismólogo) na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
44 3.570,49 3.670,75 5.547,34 16,73 47
42 3.117,71 3.205,24 4.843,86 15,26 32
40 2.644,99 2.719,26 4.109,42 13,52 27
40 2.185,86 2.247,23 3.396,09 11,24 14
44 1.852,86 1.904,88 2.878,72 8,66 13
36 3.838,10 3.945,87 5.963,11 22,23 10
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a Busca Salarial.

Tabela salarial para Gestor em Turismo (turismólogo)

Tabela salarial referentes ao salário base do cargo e na remuneração por períodos
Período Salário Mensal Salário Anual Salário Semanal Salário/Hora
Piso Salarial 2.851 34.208 713 13,51
Média Salarial 2.931 35.169 733 13,89
1º Quartil 1.925 23.098 481 9,12
Salário Mediana 2.379 28.548 595 11,28
3º Quartil 4.499 53.990 1.125 21,32
Teto Salarial 5.899 70.794 1.475 27,96
  • Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Gestor em Turismo (turismólogo) negociados por sindicatos e registrados no MTE;
  • Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais CBO 1225-20 da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;
  • 1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;
  • 3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

Demanda no mercado de trabalho para o cargo

Gestor em Turismo (turismólogo) é um cargo que está com baixíssima demanda no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses.

No comparativo entre os meses de Junho de 2023 e Maio de 2024, tivemos uma queda de 12.5% nas contratações formais com carteira assinada em regime integral de trabalho.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Gestor em Turismo (turismólogo) CBO 1225-20 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Gestor em Turismo (turismólogo) por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Gestor em Turismo (turismólogo) na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
43 3.159,46 3.248,17 4.908,73 15,11 108
42 1.782,15 1.832,18 2.768,85 8,68 34
40 2.636,32 2.710,34 4.095,95 13,39 29
44 2.361,45 2.427,75 3.668,89 11,11 14
44 2.978,00 3.061,61 4.626,80 14,01 14
36 3.838,10 3.945,87 5.963,11 22,23 10
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
7911-2/00 Agências de viagens 3.031,05 3.116,16 4.709,23
5510-8/02 Hotéis 2.627,45 2.701,22 4.082,16
7912-1/00 Operadores turísticos 1.996,36 2.052,41 3.101,66
7820-5/00 Locação de mão-de-obra temporária 2.178,70 2.239,87 3.384,96
8220-2/00 Atividades de teleatendimento 2.498,31 2.568,46 3.881,53
9430-8/00 Atividades de associações de defesa de direitos sociais 3.746,57 3.851,77 5.820,91
7990-2/00 Serviços de reservas e outros serviços de turismo 2.497,68 2.567,81 3.880,55
7020-4/00 Atividades de consultoria em gestão empresarial 1.769,60 1.819,29 2.749,36
8411-6/00 Administração pública em geral 3.282,50 3.374,67 5.099,90
8800-6/00 Serviços de assistência social sem alojamento 6.386,95 6.566,28 9.923,16
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganha um Gestor em Turismo (turismólogo) concursado

Profissionais com ensino superior completo contratados para exercer o cargo de Gestor em Turismo (turismólogo) também podem almejar um emprego público através de concurso.

O salário de Gestor em Turismo (turismólogo) concursado é de R$ 3.374,67 para uma jornada de 37 horas semanais, segundo dados de 6 profissionais contratados por concúrso público para órgãos municipais, estaduais ou federais.

Sem dúvidas seguir uma carreira concursada de Gestor em Turismo (turismólogo) é uma ótima pedida, já que o salário no setor público é cerca de 13% maior do que a média salarial do setor privado.

Quanto ganha um Gestor em Turismo (turismólogo) por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 253 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Gestor em Turismo (turismólogo) CBO 1225-20 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
155 44 220 2.710,48 12,32
38 42 210 3.134,22 14,92
36 40 200 3.764,04 18,82
11 36 180 2.471,12 13,73
3 21 105 2.773,00 26,41
3 30 150 3.373,00 22,49

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por nível profissional e porte da empresa

Metodologia: Salários de 132 profissionais demitidos pelas empresas.
Porte da Empresa Júnior Pleno Sênior
Micro 2.788,92 2.989,29 3.336,86
Pequenas 3.087,52 3.287,89 3.635,46
Médias 3.244,56 3.444,93 3.792,51
Grandes Empresas 2.832,85 3.033,22 3.380,79
  • *Gestor em Turismo (turismólogo) Júnior: até 4 anos;
  • *Gestor em Turismo (turismólogo) Pleno: de 4 a 6 anos;
  • *Gestor em Turismo (turismólogo) Sênior: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Gestor em Turismo (turismólogo)

  • Salário Base: R$ 2.930,71
  • Salário-educação (3%): R$ 87,92
  • Sistema S (2%): R$ 58,61
  • INSS Patronal (20%): R$ 586,14
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 29,31
  • FGTS (8%): R$ 234,46
  • Férias 1/12: R$ 244,23
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 586,14
  • Periculosidade (30%): R$ 879,21
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 81,41
  • 13º Salário: R$ 244,23
  • FGTS sobre Férias: R$ 19,54
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 6,51
  • FGTS sobre 13º: R$ 19,54
  • Aviso Prévio: R$ 244,23
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 19,54
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 244,23

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Gestor em Turismo (turismólogo) pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Gestor em Turismo (turismólogo)