Viveirista Florestal - Salário, O Que Faz, Piso Salarial 2024

R$ 1.571,45/mês

Atualizado em

Hoje um Viveirista Florestal ganha em média R$ 1.571,45 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 4.105 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Viveirista Florestal pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 1.528,53 e o teto salarial de R$ 2.447,05, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Viveirista Florestal.

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Salário por cidade

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 21 anos, ensino médio completo, do sexo masculino que trabalha 44h semanais em empresas do segmento de Cultivo de mudas em viveiros florestais de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Viveirista Florestal é São Paulo.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Viveirista Florestal, não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Viveirista Florestal CBO 6320-15

O Viveirista Florestal participa no planejamento da construção de viveiro florestal, estabelecendo as ações e a priorização das tarefas Colabora na definição das instalações tecnicamente adequadas para a quantidade de mudas que se projeta produzir Auxilia na seleção das espécies florestais, analisando os objetivos a serem atingidos pelo viveiro, tais como recuperação de áreas degradadas e plantio de floresta para extração de celulose, madeira e outras matérias-primas com potencial econômico.

Seleciona equipamentos, ferramentas e materiais Escolhe recipientes, tais como sacos plásticos de polietileno, tubetes de polipropileno reutilizáveis e vasos de polipropileno Participa na definição do local para a construção do viveiro, analisando aspectos do ambiente, tais como a inclinação do terreno, drenagem, fonte de água, e proximidade das áreas de plantio definitivo Constrói instalações para produção de mudas seminais e clonais.

Coloca a cobertura apropriada no viveiro Instala controle de parâmetros ambientais de jardim de miniclonagem e de viveiros em estufas – como temperatura, umidade, irrigação, luminosidade ou sombreamento, entre outros -, com instrumentos de medição manuais ou por meio de painéis de controle semiautomático ou automático Faz o preparo de substrato, usando componente mineral e componentes orgânicos inertes (como casca de arroz carbonizada e fibra de coco) ou biologicamente ativos (como composto orgânico e húmus de minhoca), acrescidos de fertilizantes e corretivos, como calcário e gesso.

Prepara sementeiras e canteiros Distribui camadas de brita, areia, terra bruta, terra misturada ou substratos Coleta sementes em árvores matrizes adultas, vigorosas, com copa sadia, que não apresentem sinais de ataque de pragas e doenças Recolhe sementes do maior número de árvores possível, para garantir representatividade e diversidade.

Marca e faz o georreferenciamento das matrizes - com uso do GPS-Sistema de Posicionamento Global (Global Position System) -, para facilitar o encontro das mesmas árvores em futuras coletas Efetua o beneficiamento das sementes Realiza processo de quebra de dormência de sementes florestais Executa semeadura direta - colocando as sementes diretamente nos recipientes definitivos – ou indireta, pondo sementes para germinar na sementeira e, depois de germinadas, fazendo sua transferência, por meio de repicagem, para os recipientes definitivos, onde irão se desenvolver no viveiro Realiza propagação vegetativa, com a reprodução de plantas-filhas (clone) por enxertia, estaquia, mergulhia, entre outros métodos.

Durante a fase em que as mudas crescem no viveiro, executa os tratamentos necessários, como poda, fertirrigação, adubação, controle de pragas e doenças, entre outros Faz a moveção (ou “dança das mudas”), trocando as mudas de um local para outro dentro do próprio canteiro ou entre canteiros, para evitar possíveis desequilíbrios de competição, principalmente por luz Controla os parâmetros de temperatura, umidade e sombreamento, nas várias etapas do desenvolvimento da planta.

Executa etapa de endurecimento ou rustificação das mudas, podendo eliminar o sombreamento parcial, reduzir a irrigação ou adotar outras medidas, a fim de preparar as mudas para as condições adversas no local definitivo do plantio Faz a seleção das mudas a serem transplantadas no campo, dando preferência a aquelas saudáveis e com boa aparência Acondiciona as mudas produzidas para transporte, fazendo ensacamento, usando tubetes ou adotando outros tipos de embalagem.

Conserva a limpeza e a organização do viveiro e dos recipientes Mantém ferramentas, instrumentos e acessórios limpos, desinfetados, organizados, acondicionados e em plenas condições de uso e funcionamento Executa ações para proteção do meio ambiente, realizando programas de educação ambiental.

Trabalha com segurança, prevenindo acidentes e usando equipamentos de proteção individual Executa procedimentos de primeiros socorros.

Algumas funções no exercício da profissão

  • guiar pessoas em florestas e campos;
  • manejar recursos naturais;
  • demonstrar competências pessoais;
  • disponibilizar serviços e produtos;
  • manipular plantas medicinais;
  • realizar manutenção de plantas;
  • produzir mudas;
  • aquecer sementes;
  • indicar espécies de flora e fauna;
  • colher folhas, flores e frutos;
  • regar sementes e mudas;
  • colocar placas de identificação em plantas;
  • adubar mudas;
  • ver mais...

Salário de Viveirista Florestal CBO 6320-15 - Série histórica

Quanto ganha um Viveirista Florestal por região do Brasil

Quanto ganha um Viveirista Florestal nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Viveirista Florestal na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
São Paulo, SP 44 1.797,39 1.847,86 2.792,54 8,40 28
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a nossa Pesquisa Salarial.

Tabela salarial para Viveirista Florestal

Tabela salarial referentes ao salário base do cargo e na remuneração por períodos
Período Salário Mensal Salário Anual Salário Semanal Salário/Hora
Piso Salarial 1.529 18.342 382 7,01
Média Salarial 1.571 18.857 393 7,21
1º Quartil 1.389 16.664 347 6,37
Salário Mediana 1.500 18.000 375 6,88
3º Quartil 1.866 22.395 467 8,56
Teto Salarial 2.447 29.365 612 11,22
  • Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Viveirista Florestal negociados por sindicatos e registrados no MTE;
  • Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais CBO 6320-15 da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;
  • 1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;
  • 3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

Demanda no mercado de trabalho para o cargo

Viveirista Florestal é um cargo que está com baixíssima demanda no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses.

No comparativo entre os meses de Maio de 2023 e Abril de 2024, tivemos uma queda de 11.48% nas contratações formais com carteira assinada em regime integral de trabalho.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Viveirista Florestal CBO 6320-15 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Viveirista Florestal por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Viveirista Florestal na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
44 1.431,96 1.472,16 2.224,78 6,77 775
44 1.366,15 1.404,51 2.122,53 6,44 627
44 1.722,69 1.771,06 2.676,47 8,06 618
44 1.637,74 1.683,73 2.544,50 7,72 606
44 1.608,20 1.653,36 2.498,61 7,52 396
44 1.557,13 1.600,85 2.419,26 7,30 214
44 1.470,28 1.511,57 2.284,32 6,89 184
42 1.519,14 1.561,79 2.360,22 7,41 169
44 1.377,09 1.415,75 2.139,53 6,44 127
44 1.472,29 1.513,63 2.287,44 6,92 92
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
0210-1/06 Cultivo de mudas em viveiros florestais 1.445,66 1.486,25 2.246,06
0142-3/00 Produção de mudas e outras formas de propagação vegetal, certificadas 1.481,18 1.522,77 2.301,26
0210-1/01 Cultivo de eucalipto 1.556,25 1.599,95 2.417,89
4623-1/06 Comércio atacadista de sementes, flores, plantas e gramas 1.741,32 1.790,21 2.705,42
7112-0/00 Serviços de engenharia 1.404,47 1.443,91 2.182,08
0122-9/00 Cultivo de flores e plantas ornamentais 1.633,54 1.679,41 2.537,97
4744-0/02 Comércio varejista de madeira e artefatos 1.395,42 1.434,60 2.168,01
0230-6/00 Atividades de apoio à produção florestal 1.402,56 1.441,94 2.179,11
1710-9/00 Fabricação de celulose e outras pastas para a fabricação de papel 1.471,11 1.512,42 2.285,61
4789-0/02 Comércio varejista de plantas e flores naturais 1.567,88 1.611,90 2.435,95
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganha um Viveirista Florestal por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 4.105 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Viveirista Florestal CBO 6320-15 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
3.588 44 220 1.567,33 7,12
301 40 200 1.641,51 8,21
38 42 210 1.394,53 6,64
10 36 180 1.423,10 7,91
9 41 205 1.774,89 8,66
3 43 215 1.508,42 7,02

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por nível profissional e porte da empresa

Metodologia: Salários de 1.851 profissionais demitidos pelas empresas.
Porte da Empresa Nível I Nível II Nível III
Micro 1.623,83 1.731,27 1.917,64
Pequenas 1.598,96 1.706,40 1.892,77
Médias 1.596,49 1.703,93 1.890,30
Grandes Empresas 1.571,87 1.679,31 1.865,68
  • *Viveirista Florestal Nível I: até 4 anos;
  • *Viveirista Florestal Nível II: de 4 a 6 anos;
  • *Viveirista Florestal Nível III: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

Quanto ganha um aprendiz de Viveirista Florestal

Em um total de 107 aprendizes contratados e demitidos durante o período da pesquisa, o salário médio de um aprendiz no cargo de Viveirista Florestal é de R$ 696,80 para uma jornada de trabalho de cerca de 23 horas semanais.

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Viveirista Florestal

  • Salário Base: R$ 1.571,45
  • Salário-educação (3%): R$ 47,14
  • Sistema S (2%): R$ 31,43
  • INSS Patronal (20%): R$ 314,29
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 15,71
  • FGTS (8%): R$ 125,72
  • Férias 1/12: R$ 130,95
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 314,29
  • Periculosidade (30%): R$ 471,44
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 43,65
  • 13º Salário: R$ 130,95
  • FGTS sobre Férias: R$ 10,48
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 3,49
  • FGTS sobre 13º: R$ 10,48
  • Aviso Prévio: R$ 130,95
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 10,48
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 130,95

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Viveirista Florestal pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Viveirista Florestal