Odontologia Ocupacional - Salário, O Que Faz, Piso Salarial 2024

R$ 3.456,00/mês

Atualizado em

Hoje um Odontologia Ocupacional ganha em média R$ 3.456,00 para uma jornada de trabalho de 34 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 36 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Odontologia Ocupacional pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 3.361,61 e o teto salarial de R$ 6.805,88, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Odontologia Ocupacional.

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 27 anos, ensino superior completo, do sexo feminino que trabalha 44h semanais em empresas do segmento de Regulação das atividades de saúde, educação, serviços culturais e outros serviços sociais de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Odontologia Ocupacional é Carpina , PE.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Odontologia Ocupacional, não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Odontologia Ocupacional CBO 2232-76

O Odontologia Ocupacional planeja levantamentos periódicos para identificar fatores que possam constituir risco à saúde bucal no local de trabalho, em estabelecimento ou instituição Avalia a saúde bucal de uma amostra de trabalhadores, que desempenham atividades em diferentes fases do processo de produção ou de prestação de serviço Realiza exame clínico (anamnese e exame físico) e exames complementares (radiografias, tomografias ou outros exames de imagem), para estabelecer diagnóstico.

Encaminha, a outro cirurgião-dentista, os trabalhadores com problemas de saúde bucal, para tratamento Organiza e sistematiza os dados dos diagnósticos, para identificar a frequência e analisar a gravidade das doenças e alterações detectadas Avalia o impacto dos problemas de origem bucal no desempenho do trabalhador Observa os efeitos das patologias bucais no poder de concentração.

Coleta dados do conjunto de trabalhadores, para analisar se ocorreram maiores índices de absentismo e de queda da produtividade no grupo que apresentou problemas de saúde bucal em comparação aos demais Examina as características do local de trabalho em estudo e os detalhes das atividades realizadas pelos trabalhadores, a fim de identificar fatores que podem causar o aparecimento das doenças ou alterações na saúde bucal Analisa os fatores que constituem risco, descrevendo as consequências para a saúde bucal do trabalhador.

Estuda - junto com engenheiro de segurança do trabalho, especialistas relacionados à gestão dos processos, entre outros profissionais -, alterações em leiautes, em equipamentos, em processos e organização do trabalho, e em outros fatores, para eliminar (ou, se não for possível, minimizar) os riscos existentes Elabora relatório com propostas de adequação do ambiente e do trabalho, para aprovação de gestores e implantação Utiliza abordagem de epidemiologia social para estabelecer prováveis determinantes sociais de problemas de saúde bucal de trabalhadores Estuda interações sociais em diferentes setores de trabalho, para identificar conflitos, rivalidade e outros tipos de relação que podem afetar o bem-estar e causar alterações na avaliação da saúde bucal.

Com base nos resultados, analisa com supervisores formas de diminuir os problemas constatados nas equipes de trabalho Trabalha de forma articulada com médicos e enfermeiros do trabalho, levando em conta que várias doenças sistêmicas – inclusive doenças ocupacionais - têm sua manifestação inicial na boca, o que torna possível iniciar tratamento a partir da identificação de diagnóstico de saúde bucal Atua em equipe interdisciplinar de saúde do trabalho no assessoramento técnico a gestores em matérias de saúde, de segurança, de ergonomia e de higiene no trabalho Auxilia na conscientização e na orientação de trabalhadores para uso de equipamentos de proteção individual Realiza exames odontológicos para fins trabalhistas.

Elabora e emite laudos e atestados Desenvolve atividades educacionais, planejando e implantando programas relacionados à prevenção de acidentes de trabalho, à proteção contra doenças ocupacionais, e à promoção de saúde bucal Planeja e executa pesquisas na área de odontologia do trabalho, organizando e analisando informações de morbidade e mortalidade com causa bucal de trabalhadores em agropecuária, indústrias e áreas de prestação de serviços.

Analisa a evolução das ocorrências, para identificar crescimento ou decréscimo e possíveis causas das tendências constatadas Divulga os resultados da pesquisa em periódicos para circulação na área odontológica e em setores relacionados ao mundo do trabalho Supervisiona equipe, avaliando e orientando seu desempenho.

Mantém-se atualizado na sua área de atuação, analisando inovações Aplica princípios de biossegurança, conforme as normas vigentes, promovendo o autocuidado Realiza vigilância ambiental em odontologia, acompanhando o encaminhamento de materiais à reciclagem e orientando o descarte de resíduos odontológicos de acordo com as normas ambientais.

.

Algumas funções no exercício da profissão

  • comunicar-se;
  • demonstrar competências pessoais;
  • demonstrar habilidade manual;
  • demonstrar capacidade de saber ouvir;
  • ver mais...

Salário de Odontologia Ocupacional CBO 2232-76 - Série histórica

Quanto ganha um Odontologia Ocupacional por região do Brasil

Quanto ganha um Odontologia Ocupacional nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Odontologia Ocupacional na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
27 2.723,53 2.800,00 4.231,44 20,90 10
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a Busca Salarial.

Tabela salarial para Odontologia Ocupacional

Tabela salarial referentes ao salário base do cargo e na remuneração por períodos
Período Salário Mensal Salário Anual Salário Semanal Salário/Hora
Piso Salarial 3.362 40.339 840 19,58
Média Salarial 3.456 41.472 864 20,13
1º Quartil 2.207 26.482 552 12,86
Salário Mediana 2.824 33.888 706 16,45
3º Quartil 5.190 62.285 1.298 30,24
Teto Salarial 6.806 81.671 1.701 39,65
  • Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Odontologia Ocupacional negociados por sindicatos e registrados no MTE;
  • Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais CBO 2232-76 da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;
  • 1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;
  • 3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Odontologia Ocupacional CBO 2232-76 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Odontologia Ocupacional por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Odontologia Ocupacional na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
25 2.600,79 2.673,82 4.040,75 21,01 11
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
8412-4/00 Regulação das atividades de saúde, educação, serviços culturais e outros serviços sociais 2.723,53 2.800,00 4.231,44
8630-5/04 Atividade odontológica com recursos para realização de procedimentos cirúrgicos 2.963,98 3.047,20 4.605,02
7820-5/00 Locação de mão-de-obra temporária 6.413,59 6.593,67 9.964,55
3250-7/06 Serviços de prótese dentária 3.259,48 3.351,00 5.064,13
9430-8/00 Atividades de associações de defesa de direitos sociais 3.836,29 3.944,00 5.960,29
8630-5/01 Atividade médica ambulatorial com recursos para realização de procedimentos cirúrgicos 3.812,94 3.920,00 5.924,02
8640-2/08 Serviços de diagnóstico por registro gráfico - ecg, eeg e outros exames análogos 1.373,44 1.412,00 2.133,86
1351-1/00 Fabricação de artefatos têxteis para uso doméstico 3.276,31 3.368,30 5.090,28
8650-0/99 Atividades de profissionais da área de saúde 1.459,03 1.500,00 2.266,85
4721-1/03 Comércio varejista de laticínios e frios 3.851,85 3.960,00 5.984,47
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganha um Odontologia Ocupacional concursado

Profissionais com ensino superior completo contratados para exercer o cargo de Odontologia Ocupacional também podem almejar um emprego público através de concurso.

O salário de Odontologia Ocupacional concursado é de R$ 2.800,00 para uma jornada de 27 horas semanais, segundo dados de 10 profissionais contratados por concúrso público para órgãos municipais, estaduais ou federais.

Seguir uma carreira concursada de Odontologia Ocupacional não parece ser uma boa idéia, já que a remuneração no setor público é cerca de 19% menor do que a média salarial do setor privado. Talvez compense pela estabilidade e jornada de trabalho menor, mas precisaria pesar bem os prós e contras.

Quanto ganha um Odontologia Ocupacional por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 36 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Odontologia Ocupacional CBO 2232-76 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
12 44 220 3.801,67 17,28
9 30 150 3.081,89 20,55
4 40 200 4.465,66 22,33
4 20 100 2.964,08 29,64
2 24 120 2.800,00 23,33
1 35 175 3.960,00 22,63

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por nível profissional e porte da empresa

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Odontologia Ocupacional

  • Salário Base: R$ 3.456,00
  • Salário-educação (3%): R$ 103,68
  • Sistema S (2%): R$ 69,12
  • INSS Patronal (20%): R$ 691,20
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 34,56
  • FGTS (8%): R$ 276,48
  • Férias 1/12: R$ 288,00
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 691,20
  • Periculosidade (30%): R$ 1.036,80
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 96,00
  • 13º Salário: R$ 288,00
  • FGTS sobre Férias: R$ 23,04
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 7,68
  • FGTS sobre 13º: R$ 23,04
  • Aviso Prévio: R$ 288,00
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 23,04
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 288,00

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Odontologia Ocupacional pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Odontologia Ocupacional