Fisioterapia: Saiba tudo sobre o curso, preço, mercado de trabalho

A fisioterapia é uma especialidade que atua na prevenção e tratamento de lesões e doenças que causam limitações físicas nas pessoas. Durante a terapia, são utilizados técnicas e exercícios que envolvem massagem, exercícios físicos específicos e, em alguns casos, atividades na água.

Quem atua na reabilitação de pacientes portadores de algum tipo de lesão articular ou muscular é o fisioterapeuta, que tem sua profissão regulada pelo Decreto-lei nº 938/69. Para se tornar um profissional dessa área, é preciso fazer um curso de nível superior, para conseguir a graduação de bacharel em Fisioterapia.

Continue lendo esse post e saiba mais sobre o curso de Fisioterapia, desde sua grade curricular, até tempo de duração do curso e expectativas para o mercado de trabalho.

Confira!

fisioterapia

Grade Curricular do curso de Fisioterapia

A primeira coisa que precisa saber sobre o curso de Fisioterapia é que sua grade curricular é bastante diversificada.

Segundo o MEC (Ministério da Educação e Cultura), a grade curricular desse curso tem como base as disciplinas de anatomia, biologia, genética, fisiologia, neurologia, ortopedia, e várias outras, que visam a formar o aluno para atuar em diferentes áreas, como fisioterapia cardiológica, ortopédica, neurológica, respiratória e traumatológica, por exemplo.

Mas vale ressaltar que outras disciplinas também podem ser incluídas, de acordo com a instituição de ensino no qual se pretende cursar. O ideal nesse caso é que você sempre procure a instituição de ensino e tente conhecer inicialmente a grade curricular do curso, até mesmo para saber se esta é a área do seu interesse e que deseja seguir carreira.

Duração do Curso

A graduação em fisioterapia possui a duração média de 5 (cinco) anos e é dividida entre aulas teóricas e práticas, nas quais o aluno tem contato com os recursos e técnicas de reabilitação.

No último ano o estágio é obrigatório e imprescindível para que o estudante conquiste o tão sonhado diploma. O estágio pode ser realizado em hospitais, clínicas particulares ou em clínicas da própria faculdade que ministra o curso (quando estas possuírem).

Para concluir o curso, o estudante também deverá realizar um TCC (trabalho de conclusão de curso). O curso é oferecido em meio período (manhã, tarde ou noite), o que permite que o aluno consiga conciliar estudo com trabalho.

Preço médio das faculdades

O preço médio dos cursos de bacharel em fisioterapia varia bastante, de acordo com a faculdade escolhida e a modalidade de ensino, se é presencial ou semipresencial. Para ser um bom fisioterapeuta, o aluno deve passar por aulas práticas e por esse motivo, o curso não é oferecido apenas na modalidade EAD (ensino à distância).

Nos cursos semipresenciais, a parte teórica do curso é feita através de um ambiente virtual de aprendizagem, enquanto a parte prática é feita presencialmente nos laboratórios da instituição de ensino. Nessa modalidade, as provas e apresentações de trabalho também são feitas no polo de ensino, com uma frequência que pode variar entre duas a três vezes na semana.

Já nos cursos presenciais, os alunos têm aulas de segunda à sexta (em algumas instituições de ensino de segunda a sábado).

No geral, os cursos de graduação em fisioterapia possuem uma média de valores que custam entre R$ 900,00 e R$ 1.200,00, ficando bem abaixo dos demais cursos da área da saúde, como enfermagem, odontologia e medicina, por exemplo. Mas há também aquelas instituições de ensino renomadas como a UNIP (Universidade Paulista) onde o valor da mensalidade supera os R$ 4.000,00.

A seguir, preparamos uma lista das principais universidades que oferecem o curso de formação de fisioterapeutas com as mensalidades mais acessíveis, para que você possa investir em seu futuro:

Faculdades presenciais com mensalidades abaixo de R$ 1.000,00

  • Universidade Estácio de Sá (UNESA) – Teresina (PI) – Valor: R$ 660,00
  • Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) – Niterói (RJ) – Valor: R$ 700,00
  • Universidade Veiga de Almeida (UVA) – Rio de Janeiro (RJ) – Valor: R$ 983,00

Faculdades à distância (EAD) com mensalidades abaixo de R$ 1.000,00

  • Universidade Cidade de São Paulo (UNICID) – São Paulo (SP) – Semipresencial – Valor: R$ 550,00
  • Universidade Cruzeiro do Sul Virtual (UNICSUL) – Semipresencial – Valor: R$ 620,00
  • Unopar EAD – Com aulas práticas no polo de ensino – Valor: R$ 590,00

Áreas de atuação no mercado de trabalho

Mercado de Trabalho para a Fisioterapia

Depois de formado, o profissional fisioterapeuta poderá exercer a profissão em diferentes áreas de atuação, como dermatologia funcional, quiropraxia, osteopatia, cardiologia e pneumologia, acupuntura, fisioterapia do trabalho, esportiva, ortopedia e traumatologia, docência e várias outras áreas.

Essas áreas de atuação podem ser exercidas em hospitais, clínicas particulares, centros de reabilitação e até mesmo no domicílio do paciente.

Essa versatilidade toda faz com que haja sempre boa procura por fisioterapeutas, sobretudo nos grandes centros urbanos, que concentram boa parte de pessoas acometidas por dores crônicas provocadas por estresse e excesso de trabalho.

Expectativa de Carreira

Crescimento na carreira do Fisioterapeuta

O envelhecimento da população mundial e os constantes avanços tecnológicos devem aumentar a demanda por fisioterapeutas nos próximos anos.

Isso porque aumentará o número de pessoas com dores crônicas e limitações físicas impostas pelo avançar da idade, assim como o número de indivíduos com problemas posturais e inflamações de músculos e tendões provocados pelo uso excessivo de smartphones e outros dispositivos tecnológicos.

Com isso, o mercado de trabalho para fisioterapeutas será cada vez mais aquecido, principalmente se o recém-formado buscar por especializações promissoras, como a fisioterapia nas áreas de oncologia, esportiva e reabilitação cardiovascular. A gameterapia (fisioterapia com o uso de videogames) é uma ótima aliada para a melhoria da coordenação motora do indivíduo, e já é considerada o futuro da reabilitação.

Fisioterapeuta esportivo do São Paulo FC
A área da Fisioterapia Esportiva é uma das áreas mais conceituadas da profissão. Na foto o renomado fisioterapeuta do São Paulo FC Ricardo Sasaki chefe do REFFIS. (Foto: Erico Leonan – Site oficial do São Paulo FC)

Vale ressaltar que não basta apenas cursar uma faculdade de fisioterapia, passar pelo estágio obrigatório e entregar o TCC para exercer a profissão. Após tudo isso, o recém-formado deve obter o registro no CREFITO (Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional) para poder trabalhar legalmente no país.

Comente sobre Fisioterapia: Saiba tudo sobre o curso, preço, mercado de trabalho

Regras para os comentários

  • Todos os comentários são moderados antes de publicados.
  • Respondemos todas as dúvidas no prazo máximo de 2 dias úteis.
  • Se postou uma pergunta, volte a essa página para ver a resposta. Não enviamos respostas por email devido ao problema com SPAM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Please enter your name here