Analise e Desenvolvimento de Sistemas: Conheça o curso para se tornar um profissional de TI

A faculdade de Análise e Desenvolvimento de Sistemas tem como objetivo principal capacitar o profissional para desenvolver, documentar, implantar, testar e realizar a manutenção de sistemas tecnológicos, sejam eles feitos para computadores, dispositivos móveis ou ambos.

Atualmente, é possível se tornar um analista de sistemas através de dois tipos diferentes de cursos de graduação, o bacharelado, que dura em média 4 (quatro) anos e o tecnológico, que possui metade do tempo de duração do anterior, apenas 2 anos.

Saiba mais sobre o curso de Análise e desenvolvimento de sistemas conferindo esse post na íntegra.

 

Grade curricular do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas

A faculdade de Análise e Desenvolvimento de Sistemas possui uma grade curricular bem diversificada, como disciplinas que envolvem cálculos, engenharia de software, banco de dados, linguagem de programação e comércio eletrônico. Para que o aluno consiga dominar todas as disciplinas, o curso é dividido entre aulas teóricas e práticas.

Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Para obter o diploma, o estágio é obrigatório, assim como o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso).  O estágio pode ser realizado em empresas de TI, prestação de serviços, comércio e várias outras, desde que o recém-formado trabalhe em áreas nas quais seja possível praticar o que foi aprendido em sala de aula.

Veja também:

Duração do curso

O curso de Bacharel em Análise e Desenvolvimento de Sistemas tem a duração de 4 (quatro anos) e se mostra como um curso de nível superior bem abrangente, podendo o analista ocupar diversas áreas no mercado de trabalho.

Já o curso de tecnólogo em análise de sistemas possui duração média de 2 (dois) anos e é focado em disciplinas práticas, capazes de formar rapidamente um bom profissional para o mercado de trabalho.

Na faculdade tecnológica, as matérias giram em torno de lógica, programação, desenvolvimento de sistemas e gestão.

Preço médio das faculdades

Os valores do curso diferem bastante, de acordo com a faculdade escolhida, o turno e a modalidade de estudo. Turmas noturnas são sempre mais caras, enquanto aulas semipresenciais e EAD (Ensino à distância/online) costumam ser mais baratas.

No geral, as mensalidades do curso de Bacharel em Análise e Desenvolvimento de Sistemas ficam entre R$ 750,00 – R$ 1.500,00 por mês.

Veja a seguir uma comparação que fizemos entre três faculdades diferentes, porém renomadas, para você começar a preparar o bolso para se tornar um bom analista de sistemas:

Instituições de ensino com cursos presenciais

  • Centro Educacional Anhanguera – Valores a partir de R$ 680,00 dependendo do polo de ensino escolhido
  • Universidade Estácio de Sá – Valores a partir de R$ 790,00 dependendo do polo de ensino
  • Instituto INFNET (Rio de Janeiro) – Valores a partir de R$ 1.559,39

Instituições de ensino com cursos EAD (Ensino à distância)

  • Instituto INFNET (Rio de Janeiro) – Valores a partir de 788,39
  • Universidade Cruzeiro do Sul – R$ 420,00
  • Universidade Estácio de Sá – Valores a partir de R$ 385,00

Vale lembrar que todas as universidades acima aceitam a nota do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) como ingresso, que pode ser utilizada para conquistar uma bolsa total ou parcial do curso.

Portanto, se você realizou a última edição do ENEM, não perca tempo, entre em contato com a instituição de ensino para verificar o que pode ser feito pelo seu maior sonho.

Faixa salarial de um Analista de Sistemas

Faixas salariais em que se encontra um Analista de Sistemas atualmente. os salários são divididos entre os níveis trainee, júnior, pleno, sênior e master:

Porte da EmpresaTraineeJúniorPlenoSêniorMaster
MEI e Micro empresa
(Até 4 funcionários)
3.775,113.872,564.342,984.601,506.171,63
Micro empresa
(5 a 9 funcionários)
3.251,763.637,254.008,794.294,405.039,12
Micro empresa
(10 a 19 funcionários)
3.592,933.940,274.232,714.777,306.253,77
Pequena empresa
(20 a 49 funcionários)
4.134,264.462,254.874,265.306,626.850,88
Pequena empresa
(50 a 99 funcionários)
4.664,435.149,805.439,135.590,046.753,00
Média empresa
(100 a 249 funcionários)
4.974,745.547,676.233,806.690,568.479,10
Média empresa
(250 a 499 funcionários)
5.668,415.903,726.324,097.266,219.003,72
Grande empresa
(500 a 999 funcionários)
6.307,186.488,336.696,927.168,019.136,71
Grande empresa
(1000 ou mais funcionários)
5.852,476.090,107.609,128.138,2010.456,77

Acesse a página com todas as informações salariais atualizadas para o Analista de Sistemas.

Áreas de atuação no mercado de trabalho

O conhecimento de uma pessoa formada em análise de sistemas é bem amplo: vai desde a compreensão da estrutura física de computadores e equipamentos tecnológicos até o desenvolvimento de programas destinados a aumentarem a produtividade dos funcionários de uma organização.

Sendo assim, é possível afirmar que o analista de sistemas é um profissional versátil, que pode ocupar diferentes áreas do mercado de trabalho. Ele pode exercer a profissão em empresas de diferentes ramos, como prestação de serviços, suporte e manutenção e desenvolvimento de sistemas para empresas e para a web.

Além de poder atuar como funcionário de uma empresa, o analista de sistemas também pode atuar como autônomo e trabalhar por conta própria, prestando serviços para pessoas físicas e jurídicas no que diz respeito a análise, manutenção e desenvolvimento de sistemas.

Expectativa de Carreira

Curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas

Devido o desenvolvimento tecnológico, a profissão de analista de sistemas está em alta no mercado de trabalho. A procura por profissionais que entendam das tecnologias e suas linguagens tende a ser cada vez maior no futuro.

Até o presente momento, não há regulamentação para a profissão de análise e desenvolvimento de sistemas, podendo a atividade ser exercida por técnicos e tecnólogos entendidos do assunto, além dos próprios analistas.

Contudo, existe um projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados e que se aprovado for, regulamentará as profissões da área de TI (Tecnologia da Informação).

O projeto de lei n.º 5.101, de 2016 estabelece as responsabilidades e competências de técnicos de informática e de analistas de sistemas. Essa aprovação significa valorização do profissional de TI com curso superior. Esse diferencial aumenta substancialmente a expectativa de carreira dos recém-formados em todos os estados brasileiros.

Agora que você já sabe o bastante sobre a faculdade de Análise e Desenvolvimento de Sistemas, que tal efetuar a sua matrícula para o próximo semestre letivo?

Comente sobre Analise e Desenvolvimento de Sistemas: Conheça o curso para se tornar um profissional de TI

Regras para os comentários

  • Todos os comentários são moderados antes de publicados.
  • Respondemos todas as dúvidas no prazo máximo de 2 dias úteis.
  • Se postou uma pergunta, volte a essa página para ver a resposta. Não enviamos respostas por email devido ao problema com SPAM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Please enter your name here