Engenheiro de Aplicativos em Computação - Piso Salarial 2024, O Que Faz, Salário Engenharia da Computação

R$ 12.282,95/mês

Atualizado em

Hoje um Engenheiro de Aplicativos em Computação ganha em média R$ 12.282,95 para uma jornada de trabalho de 41 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 4.703 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Engenheiro de Aplicativos em Computação pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 11.947,49 e o teto salarial de R$ 27.155,94, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Engenheiro de Aplicativos em Computação.

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Salário por cidade

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 27 anos, formação superior em Engenharia da Computação, do sexo masculino que trabalha 40h semanais em empresas do segmento de Desenvolvimento de programas de computador e software em geral de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Engenheiro de Aplicativos em Computação é São Paulo.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Engenheiro de Aplicativos em Computação, não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Engenheiro de Aplicativos em Computação CBO 2122-05

O Engenheiro de Aplicativos em Computação realiza pesquisas técnicas, buscando identificar problemas ou demandas em tecnologia de informação que possam ensejar oportunidades de soluções por meio de aplicativos (programas destinados a atender demandas de utilização de computadores e equipamentos relacionados à computação, em determinadas tarefas) Identifica perfis de usuários Concebe aplicativos, definindo interação entre usuários e computador e interfaces com redes e máquinas.

Define características dos dados e dos serviços prestados pelo aplicativo Valida tecnologias emergentes a fim de incorporá-las ao projeto, com base em legislação, normas técnicas e conhecimentos de engenharia da computação Identifica restrições e dificuldades de projeto Identifica equipamentos e sistemas nos quais os aplicativos - a serem desenvolvidos - irão rodar.

Projeta aplicativos, considerando aspectos de “design” e definindo algoritmos, fluxogramas, módulos, funções, dados, variáveis, objetos e outros elementos de programação Define portabilidade, usabilidade, entre outros aspectos Avalia custo, benefício e suas relações, referentes às soluções propostas.

Dimensiona recursos físicos e financeiros Define equipe e cronograma de trabalho Trabalha em equipe, aplicando conceitos de engenharia simultânea em projetos de aplicativos Pode gerenciar grupo de trabalho.

Pode apresentar soluções propostas para aprovação, negociando variantes de projeto, conforme requerido Desenvolve aplicativos, criando e implementando código fonte de programas, e empregando ferramentas, metodologias e linguagens de programação de médio e/ou de alto nível Define e especifica os transdutores necessários ao processamento de sinais e à integração da computação ao mundo físico Cria protótipos de aplicativos para testes Testa os aplicativos desenvolvidos, usando técnicas e “software” de depuração, avaliando desempenho em domínios específicos e aplicações avançadas, nas situações de grande volume de solicitações e fluxo de dados, e considerando requisitos de qualidade e segurança de “software”.

Implanta os aplicativos desenvolvidos, providenciando rotinas de instalação, procedimentos de avaliação de desempenho em situações reais de utilização, e outros recursos para o efetivo uso dos programas Gerencia ambiente operacional em que os aplicativos são empregados, configurando ambiente, definindo ações de controle operacional e de recursos, monitorando nível de utilização de recursos e utilizando conjunto de dados e de informações gerado nessas atividades, para subsidiar o processo de concepção de novos aplicativos Atualiza aplicativos, conforme solicitações de manutenção e de requisitos de inovação tecnológica, dentre outras demandas.

Elabora documentação técnica de aplicativos, descrevendo as soluções projetadas, detalhando os métodos e os processos de trabalho envolvidos, e registrando problemas, soluções, processos, intervenções e outros eventos relacionados ao ciclo de vida dos aplicativos Elabora relatórios e manuais técnicos de uso, funcionamento, instalação e manutenção de aplicativos Fornece suporte técnico referente aos aplicativos, utilizando ferramentas específicas de “software” e outros meios adequados, para equipes técnicas e usuários.

Identifica e classifica problemas Define prazos e prioridades de atendimento Orienta equipes técnicas no que se refere à melhor forma de correção de falhas e corrige falhas de aplicativos.

Pode orientar usuários Supervisiona o trabalho de equipe, avaliando seu desempenho e ministrando treinamentos Prepara e aplica testes para avaliação de resultados de aprendizagem, a fim de avaliar a eficácia do treinamento Organiza treinamento de usuários, especificando recursos, elaborando material didático e definindo estratégias Atua com ética profissional em todas as atividades.

Aplica e segue preceitos de ergonomia, de saúde e segurança no trabalho, e de preservação do meio ambiente, na concepção de aplicativos e nas demais atividades.

Algumas funções no exercício da profissão

  • implementar soluções em tecnologia de informação;
  • elaborar documentação;
  • organizar treinamento de usuários;
  • fornecer suporte técnico;
  • gerenciar ambiente operacional;
  • demonstrar competências pessoais;
  • projetar soluções em tecnologia de informação;
  • comunicar-se;
  • realizar manutenção técnica - preventiva e corretiva;
  • realizar pesquisas técnicas;
  • codificar aplicativos;
  • implantar solução projetada;
  • elaborar relatórios técnicos;
  • ver mais...

Salário de Engenheiro de Aplicativos em Computação CBO 2122-05 - Série histórica

Quanto ganha um Engenheiro de Aplicativos em Computação por região do Brasil

Quanto ganha um Engenheiro de Aplicativos em Computação nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Engenheiro de Aplicativos em Computação na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
São Paulo, SP 41 14.461,45 14.867,50 22.468,21 72,34 1.678
Recife, PE 40 7.088,06 7.287,07 11.012,44 36,63 347
Belo Horizonte, MG 40 10.908,25 11.214,54 16.947,74 55,69 252
Osasco, SP 41 15.982,83 16.431,60 24.831,92 79,92 225
Brasília, DF 40 9.723,45 9.996,46 15.106,95 49,93 223
Rio de Janeiro, RJ 41 9.582,90 9.851,97 14.888,59 48,61 165
Campinas, SP 41 9.088,65 9.343,84 14.120,68 46,04 136
Florianópolis, SC 41 15.801,34 16.245,01 24.549,94 79,70 94
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a nossa Pesquisa Salarial.

Tabela salarial para Engenheiro de Aplicativos em Computação

Tabela salarial referentes ao salário base do cargo e na remuneração por períodos
Período Salário Mensal Salário Anual Salário Semanal Salário/Hora
Piso Salarial 11.947 143.370 2.987 58,41
Média Salarial 12.283 147.395 3.071 60,05
1º Quartil 6.776 81.309 1.694 33,13
Salário Mediana 10.730 128.760 2.683 52,46
3º Quartil 20.710 248.523 5.178 101,25
Teto Salarial 27.156 325.871 6.789 132,76
  • Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Engenheiro de Aplicativos em Computação negociados por sindicatos e registrados no MTE;
  • Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais CBO 2122-05 da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;
  • 1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;
  • 3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

Demanda no mercado de trabalho para Engenharia da Computação

Engenheiro de Aplicativos em Computação é um cargo que está com altíssima demanda no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses.

No comparativo entre os meses de Maio de 2023 e Abril de 2024, tivemos um aumento de 21.36% nas contratações formais com carteira assinada em regime integral de trabalho.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Engenheiro de Aplicativos em Computação CBO 2122-05 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Engenheiro de Aplicativos em Computação por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Engenheiro de Aplicativos em Computação na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
41 13.566,64 13.947,56 21.077,98 67,89 2.388
40 7.088,06 7.287,07 11.012,44 36,63 347
40 10.112,65 10.396,59 15.711,64 51,93 309
40 9.723,45 9.996,46 15.106,95 49,93 223
40 9.559,01 9.827,41 14.851,48 48,54 191
41 15.525,59 15.961,52 24.121,53 77,46 124
41 8.319,78 8.553,39 12.926,13 41,27 123
44 11.756,88 12.086,99 18.266,23 55,04 105
41 9.491,77 9.758,28 14.747,01 47,62 82
41 11.745,30 12.075,08 18.248,23 58,56 71
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
6201-5/01 Desenvolvimento de programas de computador e software em geral 13.129,95 13.498,61 20.399,51
6204-0/00 Consultoria em tecnologia da informação 11.377,48 11.696,94 17.676,76
6202-3/00 Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador customizáveis 8.605,15 8.846,76 13.369,50
6209-1/00 Suporte técnico, manutenção e outros serviços em tecnologia da informação 9.026,75 9.280,20 14.024,52
7490-1/04 Atividades de intermediação e agenciamento de serviços e negócios em geral 14.477,40 14.883,90 22.492,99
6319-4/00 Portais, provedores de conteúdo e outros serviços de informação na internet 13.071,06 13.438,07 20.308,02
6203-1/00 Desenvolvimento e licenciamento de programas de computador não-customizáveis 12.624,47 12.978,93 19.614,15
6311-9/00 Tratamento de dados, provedores de serviços de aplicação e serviços de hospedagem na internet 14.946,06 15.365,71 23.221,13
7210-0/00 Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais 8.363,12 8.597,94 12.993,46
7020-4/00 Atividades de consultoria em gestão empresarial 15.844,32 16.289,19 24.616,71
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganham profissionais de Engenharia da Computação por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 4.703 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Engenheiro de Aplicativos em Computação CBO 2122-05 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
2.946 40 200 12.209,00 61,05
1.055 44 220 12.783,67 58,11
15 42 210 10.823,33 51,54
14 30 150 5.154,86 34,37
13 32 160 8.063,74 50,40
6 35 175 7.732,17 44,18

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por porte da empresa e nível profissional

Metodologia: Salários de 2.140 profissionais demitidos pelas empresas.
Porte da Empresa Júnior Pleno Sênior
Micro 12.850,71 13.690,48 15.147,19
Pequenas 11.744,70 12.584,47 14.041,18
Médias 12.485,47 13.325,25 14.781,95
Grandes Empresas 12.863,17 13.702,94 15.159,65
  • *Engenheiro de Aplicativos em Computação Júnior: até 4 anos;
  • *Engenheiro de Aplicativos em Computação Pleno: de 4 a 6 anos;
  • *Engenheiro de Aplicativos em Computação Sênior: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Engenheiro de Aplicativos em Computação

  • Salário Base: R$ 12.282,95
  • Salário-educação (3%): R$ 368,49
  • Sistema S (2%): R$ 245,66
  • INSS Patronal (20%): R$ 2.456,59
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 122,83
  • FGTS (8%): R$ 982,64
  • Férias 1/12: R$ 1.023,58
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 2.456,59
  • Periculosidade (30%): R$ 3.684,88
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 341,19
  • 13º Salário: R$ 1.023,58
  • FGTS sobre Férias: R$ 81,89
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 27,30
  • FGTS sobre 13º: R$ 81,89
  • Aviso Prévio: R$ 1.023,58
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 81,89
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 1.023,58

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Engenheiro de Aplicativos em Computação pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Engenheiro de Aplicativos em Computação