CBO 2123-10 - Administradores de tecnologia da informação - Salário, o que faz, descrição do cargo

CBO 2123-10 é o Código Brasileiro da Ocupação de administradores de tecnologia da informação que pertence ao grupo dos profissionais da informática, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Administradores de tecnologia da informação CBO 2123-10 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 2123-10

  • Profissionais das ciências e das artes.
    • Profissionais das ciências exatas, físicas e da engenharia.
      • Profissionais da informática.
        • Administradores de tecnologia da informação.

Descrição dos cargos da categoria Administradores de tecnologia da informação

Os Administradores de tecnologia da informação CBO 2123-10 administram ambientes computacionais, implantando e documentando rotinas e projetos e controlando os níveis de serviço de sistemas operacionais, banco de dados e redes. Fornecem suporte técnico no uso de equipamentos e programas computacionais e no apoio a usuários, configuram e instalam recursos e sistemas computacionais, controlam a segurança do ambiente computacional.

Condições de trabalho

Administradores de tecnologia da informação exercem suas atividades em qualquer setor da atividade econômica, tais como a indústria, o comércio, os serviços, a agropecuária ou a administração pública. Podem trabalhar em empresas públicas ou privadas, em geral de médio e grande portes. Seu trabalho se desenvolve, majoritariamente em equipe, de forma cooperativa, com supervisão ocasional. Não há predominância de um tipo de vínculo de trabalho: os profissionais podem ser assalariados ou trabalhador por conta-própria e trabalham em período diurno.

Exigências do mercado de trabalho

Para o exercício profissional dessas ocupações, requer-se curso superior completo, em nível de baharelado ou tecnologia. Podem, também, obter formação específica por meio de cursos de qualificação, com carga horária entre duzentas e quatrocentas horas. A experiência profissional prévia requerida dos titulares para o exercício pleno das atividades é de um a dois anos, exceto para o Administrador de Bancos de Dados, que é de aproximadamente quatro anos, em todos os casos incluindo o tempo de estágio.

Funções dos Administradores de tecnologia da informação CBO 2123-10

Administradores de tecnologia da informação devem:

  • administrar ambiente computacional;
  • demonstrar competências pessoais;
  • configurar recursos do ambiente computacional;
  • fornecer suporte no uso de recursos computacionais;
  • instalar recursos computacionais;
  • controlar ambiente computacional;
  • Atividades dos cargos CBO 2123-10

    Entre as principais atribuições dos Administradores de tecnologia da informação CBO 2123-10 estão as de:

    • trabalhar em equipe;
    • instalar serviços de rede de computadores;
    • auditorar uso de ambiente computacional;
    • documentar ocorrência de problemas e soluções;
    • estabelecer métricas de controle do uso de recursos computacionais;
    • controlar contratos de manutenção, programas de computadores e equipamentos;
    • instalar correções de sistemas computacionais;
    • controlar níveis de serviço;
    • subsidiar discussões sobre nível de serviços;
    • elaborar procedimentos de cópia de segurança e recuperação;
    • configurar sistema operacional;
    • demonstrar capacidade de raciocinar logicamente;
    • monitorar métricas de controle do uso de recursos computacionais;
    • acompanhar solução de problemas;
    • diagnosticar problemas;
    • demonstrar iniciativa;
    • manter sigilo;
    • configurar parâmetros e perfis de usuários de redes locais;
    • definir parâmetros de desempenho e disponibilidade de ambiente computacional;
    • analisar parâmetros de disponibilidade, indicadores de capacidade e de desempenho;
    • mapear riscos de segurança de recursos tecnológicos;
    • configurar equipamentos e sistemas de conectividade;
    • configurar aplicativos;
    • demonstrar paciência;
    • negociar contratação de serviços e produtos;
    • projetar arquitetura de redes computacionais;
    • padronizar tipos de autenticação de usuário;
    • inventariar recursos computacionais;
    • configurar mecanismos de segurança;
    • implantar projetos de redes;
    • trabalhar sob pressão;
    • instalar placas, componentes e periféricos;
    • corrigir falhas;
    • pesquisar recursos computacionais;
    • demonstrar criatividade;
    • configurar placas, componentes e periféricos;
    • orientar usuários;
    • executar procedimentos de migração e interface de dados;
    • fornecer suporte ao desenvolvimento de projetos;
    • demonstrar atenção concentrada;
    • contornar situações adversas;
    • instalar ´sgbd´;
    • instalar equipamentos de conectividade;
    • fornecer informações de problemas diagnosticados para outras áreas;
    • instalar sistema operacional;
    • automatizar rotinas;
    • demonstrar capacidade de se colocar no lugar do usuário;
    • configurar parâmetros e perfis de usuários de sistemas operacionais;
    • documentar ambiente computacional;
    • especificar recursos computacionais;
    • instalar aplicativos;
    • ministrar treinamentos;
    • executar rotinas de cópia de segurança e recuperação;
    • desenvolver soluções para apoio ao usuário;
    • testar recursos computacionais para homologação;
    • padronizar nomenclatura de usuários e grupos;

    Cargos e salários CBO 2123-10 - Administradores de tecnologia da informação

    Salário Administrador de Redes

    Administrador de Redes: Brasil

    • 3.793
    • Brasil
    • 4.430 - 12.153
    • 42h
    O profissional no cargo de Administrador de Redes CBO 2123-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 4.430 e 12.153 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 3.793 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.
    Salário Administrador de Rede e de Sistemas Computacionais

    Administrador de Rede e de Sistemas Computacionais: Brasil

    • 3.793
    • Brasil
    • 4.430 - 12.153
    • 42h
    O profissional no cargo de Administrador de Rede e de Sistemas Computacionais CBO 2123-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 4.430 e 12.153 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 3.793 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.
    Salário Administrador de Sistema Operacional de Rede

    Administrador de Sistema Operacional de Rede: Brasil

    • 3.793
    • Brasil
    • 4.430 - 12.153
    • 42h
    O profissional no cargo de Administrador de Sistema Operacional de Rede CBO 2123-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 4.430 e 12.153 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 3.793 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.
    Salário Tecnólogo em Redes de Computadores

    Tecnólogo em Redes de Computadores: Brasil

    • 3.793
    • Brasil
    • 4.430 - 12.153
    • 42h
    O profissional no cargo de Tecnólogo em Redes de Computadores CBO 2123-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 4.430 e 12.153 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 3.793 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.
    Salário Administrador de Redes Rio de Janeiro

    Administrador de Redes: Rio de Janeiro, RJ

    • 193
    • Rio de Janeiro, RJ
    • 5.032 - 11.865
    • 41h
    O profissional no cargo de Administrador de Redes CBO 2123-10 trabalhando em Rio de Janeiro - RJ, ganha entre 5.032 e 11.865 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 193 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.
    Salário Administrador de Redes Barueri

    Administrador de Redes: Barueri, SP

    • 210
    • Barueri, SP
    • 7.796 - 15.717
    • 41h
    O profissional no cargo de Administrador de Redes CBO 2123-10 trabalhando em Barueri - SP, ganha entre 7.796 e 15.717 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 210 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.
    Salário Administrador de Redes Belo Horizonte

    Administrador de Redes: Belo Horizonte, MG

    • 162
    • Belo Horizonte, MG
    • 3.328 - 8.062
    • 41h
    O profissional no cargo de Administrador de Redes CBO 2123-10 trabalhando em Belo Horizonte - MG, ganha entre 3.328 e 8.062 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 162 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.
    Salário Administrador de Redes Recife

    Administrador de Redes: Recife, PE

    • 45
    • Recife, PE
    • 2.973 - 6.805
    • 41h
    O profissional no cargo de Administrador de Redes CBO 2123-10 trabalhando em Recife - PE, ganha entre 2.973 e 6.805 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 45 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.
    Salário Administrador de Redes Curitiba

    Administrador de Redes: Curitiba, PR

    • 101
    • Curitiba, PR
    • 3.723 - 8.737
    • 41h
    O profissional no cargo de Administrador de Redes CBO 2123-10 trabalhando em Curitiba - PR, ganha entre 3.723 e 8.737 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 101 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.
    Salário Administrador de Redes Brasília

    Administrador de Redes: Brasília, DF

    • 121
    • Brasília, DF
    • 5.281 - 11.819
    • 42h
    O profissional no cargo de Administrador de Redes CBO 2123-10 trabalhando em Brasília - DF, ganha entre 5.281 e 11.819 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 121 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.
    Salário Administrador de Redes São Paulo

    Administrador de Redes: São Paulo, SP

    • 1.005
    • São Paulo, SP
    • 5.986 - 13.999
    • 42h
    O profissional no cargo de Administrador de Redes CBO 2123-10 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 5.986 e 13.999 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.005 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.
    Salário Administrador de Redes Goiânia

    Administrador de Redes: Goiânia, GO

    • 47
    • Goiânia, GO
    • 4.252 - 9.225
    • 43h
    O profissional no cargo de Administrador de Redes CBO 2123-10 trabalhando em Goiânia - GO, ganha entre 4.252 e 9.225 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 47 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.
    Salário Administrador de Redes Salvador

    Administrador de Redes: Salvador, BA

    • 17
    • Salvador, BA
    • 3.191 - 7.247
    • 43h
    O profissional no cargo de Administrador de Redes CBO 2123-10 trabalhando em Salvador - BA, ganha entre 3.191 e 7.247 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 17 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.
    Salário Administrador de Redes Campinas

    Administrador de Redes: Campinas, SP

    • 145
    • Campinas, SP
    • 3.586 - 8.002
    • 40h
    O profissional no cargo de Administrador de Redes CBO 2123-10 trabalhando em Campinas - SP, ganha entre 3.586 e 8.002 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 145 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.
    Salário Administrador de Redes Porto Alegre

    Administrador de Redes: Porto Alegre, RS

    • 63
    • Porto Alegre, RS
    • 4.251 - 10.523
    • 40h
    O profissional no cargo de Administrador de Redes CBO 2123-10 trabalhando em Porto Alegre - RS, ganha entre 4.251 e 10.523 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 63 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.
    Salário Administrador de Redes Vitoria

    Administrador de Redes: Vitoria, ES

    • 16
    • Vitoria, ES
    • 2.794 - 6.766
    • 41h
    O profissional no cargo de Administrador de Redes CBO 2123-10 trabalhando em Vitoria - ES, ganha entre 2.794 e 6.766 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.
    Salário Administrador de Redes Fortaleza

    Administrador de Redes: Fortaleza, CE

    • 62
    • Fortaleza, CE
    • 3.779 - 9.270
    • 42h
    O profissional no cargo de Administrador de Redes CBO 2123-10 trabalhando em Fortaleza - CE, ganha entre 3.779 e 9.270 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 62 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.
    Salário Administrador de Rede e de Sistemas Computacionais

    Administrador de Rede e de Sistemas Computacionais: Brasil

    • 1.810
    • Brasil
    • 5.404 - 5.921
    • 42h
    O profissional no cargo de Administrador de Rede e de Sistemas Computacionais CBO 2123-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 5.404 e 5.921 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.810 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2123-10.