Avícola - Empregador - Salário, O Que Faz, Piso Salarial 2024

R$ 1.652,76/mês

Atualizado em

Hoje um Avícola - Empregador ganha em média R$ 1.652,76 para uma jornada de trabalho de 44 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 3.528 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Avícola - Empregador pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 1.607,62 e o teto salarial de R$ 2.659,78, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Avícola - Empregador.

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Salário por cidade

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 18 anos, ensino médio completo, do sexo masculino que trabalha 44h semanais em empresas do segmento de Produção de ovos de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Avícola - Empregador é São Paulo.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Avícola - Empregador, não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Avícola - Empregador CBO 6133-05

O Avícola - Empregador planeja atividades de criação de aves - incluindo as de raças híbridas e melhoradas geneticamente – para a produção, basicamente, de carne e ovos Atua em sistemas tradicionais ou mecanizados, fazendo uso, inclusive, de máquinas automatizadas Utiliza programas informatizados para planejamento e controle.

Estabelece metas e estima custos Recebe e inspeciona lotes de aves jovens, adequando ambientes conforme direcionamento da criação para corte (carne) ou postura (ovos) Providencia sexagem das aves Adota sistema de criação extensivo, semi-intensivo ou intensivo.

Planeja alimentação das aves, levando em conta os vários fatores – tais como raça e tempo de vida – que podem alterar as exigências nutricionais Adquire ração, analisando sua qualidade Pode produzir ração, selecionando matérias-primas.

Monitora a distribuição de rações e alimentos “in natura” – como grãos de milho moído, farelo de soja e plantas forrageiras - em comedouros e a distribuição de água em bebedouros Controla e registra ganho de peso Armazena alimentos Controla a saúde e o bem-estar das aves, em todas as etapas da criação.

Identifica problemas de saúde das aves, passando as informações ao veterinário Pode auxiliar o veterinário na coleta de material biológico das aves para exames laboratoriais e na aplicação de medicamentos Programa vacinação e vermifugação Remove do aviário as aves descartadas ou mortas, para evitar contaminação das aves saudáveis Controla taxas e ocorrências de mortalidade.

Orienta a execução de procedimentos sanitários Pode isolar granja e plantéis com barreiras sanitárias Pode promover o vazio sanitário, deixando o galpão aviário vazio por um período determinado, após a retirada das aves para abate e depois de limpeza e desinfecção do local.

Organiza a reprodução de aves, propiciando boas condições nutricionais para matrizes e reprodutores selecionados, e agendando acasalamento ou programando inseminação artificial Monitora a coleta de ovos Orienta a observação de tamanho, formato e condições externas da casca para decisão sobre o destino - consumo imediato, incubação, venda ou descarte - do ovo.

Pode adotar a ovoscopia, que permite a análise detalhada da casca e do interior do ovo Prepara os ovos para comercialização, classificando-os – de acordo com peso, integridade, aspecto externo, entre outros critérios – e os colocando em embalagens Calcula custo de produção e venda de ovos e aves.

Comercializa aves e ovos, estabelecendo público-alvo, verificando preços de mercado, negociando preços e condições de venda, e firmando contratos Supervisiona acondicionamento e expedição de ovos e aves Mantém-se atualizado, pesquisando, adaptando e adotando novas tecnologias na criação de aves Administra propriedade rural, controlando estoques de insumos, programando logística de transporte de insumos e produtos, e gerenciando recursos financeiros Documenta e registra aves e ovos, procedimentos e dados zootécnicos.

Encaminha documentação para os órgãos competentes Supervisiona atividades das equipes de trabalho, distribuindo tarefas e avaliando o desempenho dos trabalhadores Proporciona programas de treinamento às equipes Coordena a montagem da infraestrutura da propriedade e a construção – ou reforma - de instalações Supervisiona a instalação dos equipamentos e acessórios Pode instalar galpões avícolas climatizados e com iluminação artificial, controlada automaticamente Monitora limpeza, higienização e desinfecção nas instalações Controla animais invasores Providencia manutenção de instalações, veículos, máquinas, equipamentos e implementos Promove práticas – tais como arborização da granja e proteção de nascentes - para mitigação de danos ambientais Zela pela segurança no trabalho, usando e monitorando o uso, pela equipe, de equipamentos de proteção individual, controlando adoção de protocolos de biossegurança, e prevenindo acidentes.

Algumas funções no exercício da profissão

  • demonstrar competências pessoais;
  • administrar recursos humanos;
  • comercializar aves, ovos, coelhos e derivados;
  • preparar produtos para comercialização;
  • programar logística de transporte de insumos e produtos;
  • gerir recursos financeiros da granja;
  • comunicar-se;
  • coordenar manejo da produção de aves, ovos e coelhos;
  • prover alimentação de aves e coelhos;
  • implantar granja;
  • controlar sanidade dos animais;
  • desinfetar instalações;
  • estabelecer público-alvo;
  • distribuir funções;
  • monitorar arraçoamento dos animais;
  • formular rações;
  • registrar horário de trabalho dos trabalhadores;
  • instalar rede de água e energia elétrica;
  • verificar produto embalado;
  • comprar matérias-primas e ração comercial;
  • realizar muda forçada;
  • analisar qualidade das matérias-primas e rações;
  • ver mais...

Salário de Avícola - Empregador CBO 6133-05 - Série histórica

Quanto ganha um Avícola - Empregador por região do Brasil

Quanto ganha um Avícola - Empregador nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Avícola - Empregador na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
São Paulo, SP 44 1.452,91 1.493,71 2.257,34 6,84 65
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a nossa Pesquisa Salarial.

Tabela salarial para Avícola - Empregador

Tabela salarial referentes ao salário base do cargo e na remuneração por períodos
Período Salário Mensal Salário Anual Salário Semanal Salário/Hora
Piso Salarial 1.608 19.291 402 7,33
Média Salarial 1.653 19.833 413 7,54
1º Quartil 1.360 16.315 340 6,20
Salário Mediana 1.550 18.600 388 7,07
3º Quartil 2.028 24.342 507 9,25
Teto Salarial 2.660 31.917 665 12,13
  • Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Avícola - Empregador negociados por sindicatos e registrados no MTE;
  • Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais CBO 6133-05 da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;
  • 1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;
  • 3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

Demanda no mercado de trabalho para o cargo

Avícola - Empregador é um cargo que está com baixa demanda no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses.

No comparativo entre os meses de Abril de 2023 e Março de 2024, tivemos uma queda de 7.82% nas contratações formais com carteira assinada em regime integral de trabalho.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Avícola - Empregador CBO 6133-05 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Avícola - Empregador por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Avícola - Empregador na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
44 1.741,99 1.790,90 2.706,47 8,14 709
44 1.576,98 1.621,26 2.450,09 7,39 454
44 1.560,03 1.603,84 2.423,77 7,29 352
44 1.554,59 1.598,24 2.415,31 7,32 345
44 1.700,13 1.747,86 2.641,42 7,94 282
44 1.791,15 1.841,44 2.782,84 8,41 214
44 1.563,11 1.606,99 2.428,54 7,30 120
44 1.388,50 1.427,49 2.157,26 6,53 116
44 1.405,85 1.445,32 2.184,22 6,61 105
44 1.402,45 1.441,83 2.178,93 6,55 100
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
0155-5/05 Produção de ovos 1.634,94 1.680,84 2.540,14
0155-5/01 Criação de frangos para corte 1.555,91 1.599,59 2.417,35
1099-6/99 Fabricação de outros produtos alimentícios 1.575,05 1.619,27 2.447,10
0155-5/04 Criação de aves 1.541,49 1.584,78 2.394,96
0155-5/03 Criação de outros galináceos 1.697,13 1.744,78 2.636,76
0161-0/99 Atividades de apoio à agricultura 1.421,68 1.461,60 2.208,82
0151-2/01 Criação de bovinos para corte 1.687,50 1.734,88 2.621,80
0162-8/99 Atividades de apoio à pecuária 1.992,85 2.048,80 3.096,21
1012-1/03 Frigorífico - abate de suínos 2.050,37 2.107,94 3.185,58
0151-2/03 Criação de bovinos 1.285,03 1.321,11 1.996,50
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganha um Avícola - Empregador por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 3.528 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Avícola - Empregador CBO 6133-05 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
3.164 44 220 1.649,88 7,50
95 40 200 1.760,59 8,80
6 43 215 1.562,67 7,27
4 32 160 1.695,82 10,60
3 42 210 1.780,00 8,48
3 34 170 1.314,00 7,73

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por nível profissional e porte da empresa

Metodologia: Salários de 1.559 profissionais demitidos pelas empresas.
Porte da Empresa Nível I Nível II Nível III
Micro 1.689,65 1.802,65 1.998,66
Pequenas 1.684,68 1.797,68 1.993,69
Médias 1.700,21 1.813,21 2.009,22
Grandes Empresas 1.699,79 1.812,78 2.008,79
  • *Avícola - Empregador Nível I: até 4 anos;
  • *Avícola - Empregador Nível II: de 4 a 6 anos;
  • *Avícola - Empregador Nível III: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Avícola - Empregador

  • Salário Base: R$ 1.652,76
  • Salário-educação (3%): R$ 49,58
  • Sistema S (2%): R$ 33,06
  • INSS Patronal (20%): R$ 330,55
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 16,53
  • FGTS (8%): R$ 132,22
  • Férias 1/12: R$ 137,73
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 330,55
  • Periculosidade (30%): R$ 495,83
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 45,91
  • 13º Salário: R$ 137,73
  • FGTS sobre Férias: R$ 11,02
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 3,67
  • FGTS sobre 13º: R$ 11,02
  • Aviso Prévio: R$ 137,73
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 11,02
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 137,73

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Avícola - Empregador pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Avícola – Empregador