Jornada de trabalho noturna – Veja como funciona o cômputo de horas

A jornada de trabalho noturna é uma das modalidades que possui regras bem específicas em nossas leis trabalhistas. Isso porque, o ser humano possui hábitos diurnos, logo, trabalhar a noite acaba alterando uma série de fatores no organismo.

Por conta disso, quem trabalha nesse período, tem direito há alguns benefícios. Mas, a reforma trabalhista trouxe algumas pequenas mudanças envolvendo a jornada de trabalho noturna.

E nesse post vamos explicar algumas delas para você, tais como:

  • O período da jornada de trabalho noturna em atividades urbanas e rurais;
  • Quais os direitos do trabalhador que atua em jornada de trabalho noturna;
  • Como é feita a computação de horas trabalhadas;
  • O que mudou na jornada de trabalho noturna com a reforma trabalhista.

Confira!

jornada de trabalho noturna

Qual o período da jornada de trabalho noturna urbana e rural?

A jornada de trabalho noturna, que é o período de trabalho exercido à noite, é diferente para trabalhadores que atuam com atividades urbanas e para aqueles que trabalham com tarefas rurais.

No caso do trabalhador urbano, ela tem início às 22h, e se estende até as 5h do dia seguinte. Por sua vez, no caso do trabalhador rural esse período muda. Para quem trabalha na lavoura ele começa as 21h e vai até às 5h do dia seguinte. Já na pecuária, esse período é das 20h até as 4h do dia seguinte.

Quais são os direitos do trabalhador que atua em jornada de trabalho a noite? Como é feito o cômputo de horas trabalhadas?

Jornada de Trabalho na Reforma Trabalhista
Os tipos de jornadas de trabalho ficaram mais flexíveis para atender demandas de novas profissões.

Quem atua com jornada de trabalho a noite tem direito a receber um adicional de no mínimo 20% sobre as horas trabalhadas, incluindo extras. Além disso, a computação de horas nesse período é diferente.

Isso porque, ele tem uma redução de hora trabalhada. Ao trabalhar 52 minutos e 30 segundos, será computado uma hora inteira de 60 minutos. Ou seja, ao trabalhar 7 horas, serão computados um período completo de oito.

Essa diferença ocorre justamente por conta do desgaste proporcionado pela atuação nesse tipo de período. Vamos supor que a hora diurna na empresa seja de R$ 10. Com o adicional noturno, o cálculo ficaria dessa maneira:

10 + 20% = 12

No caso de quem trabalha na jornada de trabalho noturna, esse valor irá subir para R$ 12.

Uma coisa importante é que esse adicional só é válido para as horas que englobam a jornada de trabalho noturna. Se o trabalhador começa o trabalho antes ou termina depois dela, será usado para base de cálculo o valor da hora diurna, no tempo fora da jornada.

Por exemplo, se o trabalhador começou a trabalhar 0h, e seu período se encerrou às 8h, as últimas três horas (entre 5h e 8h) serão computadas como hora normal.

O que mudou nessa modalidade de trabalho com a reforma trabalhista

exemplos de intervalos na jornada de trabalho

A mudança que ocorreu após a reforma trabalhista na jornada de trabalho a noite é em relação ao descanso. Assim como os trabalhadores diurnos, os empregados noturnos têm direito a uma hora de intervalo para alimentação/repouso, quando exercer jornada superior a de 6h.

Por sua vez, com as novas leis, esse horário de descanso pode ter no mínimo 30 minutos, ao invés de 60, desde que seja negociado entre trabalhador e empresa. Além disso, caso essa redução seja feita, o empregado terá direito a receber uma indenização no valor de 50% da hora trabalhada, sobre o tempo que foi reduzido.

Contudo, mesmo assim se mantém a jornada máxima de 44 horas semanais.

jornada 44h semanais 220h mensais 5x2 e 6x1 na CLT
A jornada de trabalho de 44h semanais é a mais utilizada pelas empresas no Brasil por ser o limite máximo de horas de trabalho sem pagamento de horas extras.

A jornada de trabalho noturna é um formato de trabalho muito comum no Brasil. Por isso, é importante saber como é feita a computação de horas nessa modalidade, até mesmo para não ter nenhum tipo de problema trabalhista no futuro.

Gostou do post? Ficou com alguma dúvida? Comente!

Comente sobre Jornada de trabalho noturna – Veja como funciona o cômputo de horas

Regras para os comentários

  • Todos os comentários são moderados antes de publicados.
  • Respondemos todas as dúvidas no prazo máximo de 2 dias úteis.
  • Se postou uma pergunta, volte a essa página para ver a resposta. Não enviamos respostas por email devido ao problema com SPAM.

27 comentários em Jornada de trabalho noturna – Veja como funciona o cômputo de horas

  1. Trabalho numa empresa de ônibus
    E sou segurança noturno

    12×36 de 19h as 07h
    Meu salário 1453
    Meu adicional só vem 100 reais.
    Acho muito pouco
    Tem mais de 3 anos que recebo só 100 reais
    Sera que tá certo?

  2. Boa noite!
    Gostaria de saber como calcula as horas noturna na escala 5×2.
    Tipo sendo das 22hs até 5h, tenho direito a intervalo? Nessa escala já pago sábado?

    • Oi César, o intervalo intrajornada é obrigatório em cargas horárias superiores a 4h diárias, se não concedido, a empresa precisa pagar esse período como hora extra 50%. As horas que você deve calcular são somente as efetivamente trabalhadas, descontando as pausas que no seu caso são 7h diárias. Sobre pagar o sábado ou não precisaria saber sua jornada mensal e como a empresa faz o fechamento de folha.

  3. No domingo das 22:00 as 00:00 da segunda, tem que pagar 100% + 20% do adicional noturno? Gostaria de ENTENDER? Trabalho de domingo a sexta. Só folgo no sábado.

    • Oi Renato, sua questão é bem particular e me levou a pesquisar jurisprudências em questões trabalhistas sobre o assunto já que não há previsão disso na CLT. No seu caso essas 2 horas do domingo teriam que ser pagas como hora extra noturna 100% sim, já que o entendimento trabalhista diz que a jornada inicia-se no dia em que ela começa e não no dia que ela termina. Outro exemplo contrário disso é o de você começar a jornada de trabalho num dia útil e terminar num feriado, nesse caso todas as horas são normais já que a jornada iniciou-se em dia útil.

  4. Boa noite, entao eu nao tenho hora de descanso faço 12 horas direto , mas ate ai eu nao reclamo o que eu acho qui esta errado eh a forma de pgto que eles estao fazendo descontando oas finais de semana depois que mim registrou , hj faco 1 ano que estou aqui nunca faltei. .

    Obrigado!

  5. Bom dia. Eu trabalho 12 horas por dia de segunda a sexta das 18 as 6h . Eu fui registrada por hora so que quando eu entrei estipulei meu salario depois de 7 mesrs sem registro me registrou so que recebo muito menos . Quando entrei fiquei responsavel em contratar mais 2 pessoas pra ficar uma de dia e a outr de final de semana. So que depois q me registrou esta descontando finais de semana e feriado gostaria de saber se isso esta certo…pork antes de registrar nao tava sendo descontado porem nso estava mim pagando conducao nem hora adicional.

    • Oi Eliane, supondo que você tenha uma hora de intervalo diário você trabalha 55h semanais, dessas, pelo menos 11 deveriam ser horas extras pra fechar 44h semanais, sendo que mesmo assim essa jornada seria ilegal, porque não há carga horária de 12h diária fixa sem permissão do MTE e acordo coletivo. Sobre descontar finais de semana se entendi bem só seria possível em caso de faltas injustificadas.

  6. Trabalho das 19 as 7 da manhã, NÃO faço nenhuma refeição e nem pausa para descanso, gostaria de saber se eu tenho direito sobre essas horas, pois segundo a empresa trabalho 180 horas mensais e eu acho que ultrapassar esse valor chegando a 210, se eu realmente estiver certo como eu faço pra conseguir meus direitos ?

  7. Olá,
    Tenho uma hora de almoço, porém pra chegar no local de almoço demoro 10 minutos para chegar, ou seja:
    Do posto de trabalho X Refeitório =10min
    Do refeitório X posto de trabalho = 10min
    Pergunta: Então tenho que almoçar em 40 minutos para respeitar as 1 hora prevista?

    • Oi Jonatas, sim, normal. Trajeto pro almoço continua sendo hora de intervalo. Se o local é muito longe mesmo o ideal é conversar com a empresa e tentar um ajuste no horário, mas não será obrigatória a mudança.

  8. Boa tarde, gostaria de saber se já está incluso no adicional noturno o valor da hora reduzida? Exemplo adicional noturno 20% = 200 e hora reduzida X.
    Ou não teria influencia essa hora reduzida no salário?
    Desde já agradeço

    • Oi Felipe, hora reduzida é o período de tempo contado no adicional noturno só isso. Veja a explicação do texto acima:
      “Ao trabalhar 52 minutos e 30 segundos, será computado uma hora inteira de 60 minutos. Ou seja, ao trabalhar 7 horas, serão computados um período completo de oito.
      Essa diferença ocorre justamente por conta do desgaste proporcionado pela atuação nesse tipo de período. Vamos supor que a hora diurna na empresa seja de R$ 10. Com o adicional noturno, o cálculo ficaria dessa maneira:
      10 + 20% = 12

      No caso de quem trabalha na jornada de trabalho noturna, esse valor irá subir para R$ 12.”

  9. Ola, eu trabalho em uma instituição hospitalar, em que meu horário é das 06:hs as 12:hs, sendo seis horas trabalhada. Porém as vezes sou escalada para trabalhar das 18hs as 06hs sendo doze horas noturna. Gostaria de saber como fica a minha folga após ter trabalhado durante doze horas a noite, é de dois dias de descanso para após volta, novamente para o dia.

  10. Ola, eu trabalho das 17h as 02h. Tenho uma grande duvida, Eu devo ganhar adicional noturno a partir das 22h ? minha hora a partir das 22h deve ter o acressimo de 20% ?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui