Escrevente - Salário, O Que Faz, Piso Salarial 2024

R$ 2.631,15/mês

Atualizado em

Hoje um Escrevente ganha em média R$ 2.631,15 para uma jornada de trabalho de 42 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 18.017 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Escrevente pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 2.559,29 e o teto salarial de R$ 5.812,68, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Escrevente.

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Salário por cidade

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 24 anos, ensino médio completo, do sexo feminino que trabalha 44h semanais em empresas do segmento de Cartórios de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Escrevente é São Paulo.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Escrevente, não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Escrevente CBO 3514-05

O Escrevente prepara e organiza o trabalho, estabelecendo a ordem de execução das atividades – com prioridade para a elaboração de documentos legais de urgência - e controlando a chegada de novos documentos Expede documentos em cartórios, tais como cartas precatórias e rogatórias, ofícios, certidões de nascimento, casamento e óbito, carta de arrematação e adjudicação, certidões negativas e positivas de protestos, guias de sepultamento, alvarás, cartas de sentença, entre outros Registra protestos de títulos, sustação de protestos, depósitos judiciais, penhoras e outros documentos.

Cumpre determinações legais e judiciais, lavrando e executando atos, dando publicidade a atos, remetendo autos aos tribunais e acompanhando fases de processos Coadjuva nas audiências e nas sessões de mediação e arbitragem, organizando a sala, lendo sentenças e outras peças dos autos, lavrando atas de audiência e colhendo assinaturas das partes e das testemunhas Pode elaborar relatórios estatísticos Organiza arquivos, classificando documentos e conservando cópias de segurança em diversas mídias.

Digitaliza documentos Utiliza sistemas, plataformas informatizadas, internet e redes internas de comunicação, para execução dos trabalhos Realiza pesquisa em plataformas, repositórios e bancos de dados de processos judiciais.

Presta atendimento ao público, informando andamento de processos, autenticando documentos, reconhecendo firmas, entre outros serviços Conserva o local de trabalho limpo e organizado Verifica a disponibilidade de materiais de escritório Mantém equipamentos, instrumentos e acessórios de trabalho limpos, acondicionados e em plenas condições de uso e funcionamento.

Requisita manutenção de equipamentos, quando necessário Realiza a destinação de resíduos, fazendo reaproveitamento e providenciando descarte de acordo com as normas ambientais.

Algumas funções no exercício da profissão

  • prestar atendimento ao público;
  • organizar documentação;
  • coadjuvar nas audiências e/ou sessões de mediações;
  • registrar documentos;
  • demonstrar competências pessoais;
  • gerenciar atividades técnico-administrativas do cartório, delegacia e câmara de mediação e arbitragem;
  • cumprir determinações legais e judiciais;
  • realizar diligências;
  • expedir documentos;
  • realizar casamentos;
  • demonstrar capacidade de negociação;
  • elaborar relatórios estatísticos;
  • manter registros e livros;
  • expedir cartas precatórias, rogatórias e arbitral;
  • organizar a sala de audiências/sessões de mediação;
  • registrar cargas de autos;
  • averbar atos;
  • trajar-se conforme as normas;
  • ver mais...

Salário de Escrevente CBO 3514-05 - Série histórica

Quanto ganha um Escrevente por região do Brasil

Quanto ganha um Escrevente nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Escrevente na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
São Paulo, SP 42 3.747,75 3.852,97 5.822,73 18,26 757
Rio de Janeiro, RJ 40 4.794,65 4.929,27 7.449,26 24,49 409
Manaus, AM 42 2.224,27 2.286,72 3.455,76 10,90 205
Salvador, BA 43 2.182,53 2.243,81 3.390,92 10,43 199
Belo Horizonte, MG 42 2.837,40 2.917,07 4.408,36 13,78 192
Goiânia, GO 44 2.529,59 2.600,62 3.930,13 11,95 166
Curitiba, PR 43 3.094,17 3.181,05 4.807,30 14,74 108
São Luís, MA 42 2.169,21 2.230,12 3.370,22 10,59 44
Recife, PE 41 2.271,09 2.334,86 3.528,51 11,34 29
Sorocaba, SP 41 3.476,05 3.573,65 5.400,60 17,28 27
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a nossa Pesquisa Salarial.

Tabela salarial para Escrevente

Tabela salarial referentes ao salário base do cargo e na remuneração por períodos
Período Salário Mensal Salário Anual Salário Semanal Salário/Hora
Piso Salarial 2.559 30.712 640 12,13
Média Salarial 2.631 31.574 658 12,47
1º Quartil 1.571 18.854 393 7,45
Salário Mediana 2.000 24.000 500 9,48
3º Quartil 4.433 53.196 1.108 21,01
Teto Salarial 5.813 69.752 1.453 27,55
  • Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Escrevente negociados por sindicatos e registrados no MTE;
  • Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais CBO 3514-05 da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;
  • 1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;
  • 3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

Demanda no mercado de trabalho para o cargo

Escrevente é um cargo que está com altíssima demanda no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses.

No comparativo entre os meses de Maio de 2023 e Abril de 2024, tivemos um aumento de 16.48% nas contratações formais com carteira assinada em regime integral de trabalho.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Escrevente CBO 3514-05 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Escrevente por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Escrevente na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
42 3.167,78 3.256,73 4.921,66 15,52 3.325
42 2.290,76 2.355,08 3.559,07 11,30 2.313
42 2.578,10 2.650,49 4.005,50 12,75 2.017
43 1.723,85 1.772,26 2.678,29 8,32 1.374
41 3.700,62 3.804,53 5.749,52 18,53 1.055
43 2.677,53 2.752,71 4.159,98 12,93 870
43 2.466,86 2.536,13 3.832,67 11,88 782
42 2.154,75 2.215,25 3.347,75 10,58 672
43 2.513,11 2.583,67 3.904,52 11,98 641
43 2.299,62 2.364,18 3.572,82 11,07 587
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
6912-5/00 Cartórios 2.572,65 2.644,88 3.997,03
6911-7/01 Serviços advocatícios 1.719,14 1.767,41 2.670,97
9609-2/99 Outras atividades de serviços pessoais 1.794,51 1.844,90 2.788,07
8211-3/00 Serviços combinados de escritório e apoio administrativo 2.419,83 2.487,78 3.759,60
6911-7/02 Atividades auxiliares da justiça 2.549,20 2.620,77 3.960,59
6512-0/00 Seguros não-vida 2.396,76 2.464,05 3.723,75
8299-7/99 Outras atividades de serviços prestados principalmente às empresas 2.312,89 2.377,83 3.593,45
8411-6/00 Administração pública em geral 1.826,07 1.877,35 2.837,10
8219-9/99 Preparação de documentos e serviços especializados de apoio administrativo 1.413,22 1.452,90 2.195,67
5611-2/01 Restaurantes e similares 1.738,41 1.787,22 2.700,90
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganha um Escrevente concursado

Profissionais com ensino médio completo contratados para exercer o cargo de Escrevente também podem almejar um emprego público através de concurso.

O salário de Escrevente concursado é de R$ 1.877,35 para uma jornada de 40 horas semanais, segundo dados de 12 profissionais contratados por concúrso público para órgãos municipais, estaduais ou federais.

Seguir uma carreira concursada de Escrevente não parece ser uma boa idéia, já que a remuneração no setor público é cerca de 29% menor do que a média salarial do setor privado. Talvez compense pela estabilidade e jornada de trabalho menor, mas precisaria pesar bem os prós e contras.

Quanto ganha um Escrevente por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 18.017 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Escrevente CBO 3514-05 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
11.575 44 220 2.455,45 11,16
4.203 40 200 3.119,34 15,60
562 35 175 2.594,30 14,82
289 42 210 2.842,25 13,53
237 37 185 2.819,77 15,24
220 43 215 2.976,60 13,84

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por nível profissional e porte da empresa

Metodologia: Salários de 9.569 profissionais demitidos pelas empresas.
Porte da Empresa Nível I Nível II Nível III
Micro 2.630,83 2.810,72 3.122,76
Pequenas 3.114,37 3.294,26 3.606,30
Médias 2.698,90 2.878,79 3.190,83
Grandes Empresas 2.621,67 2.801,56 3.113,60
  • *Escrevente Nível I: até 4 anos;
  • *Escrevente Nível II: de 4 a 6 anos;
  • *Escrevente Nível III: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Escrevente

  • Salário Base: R$ 2.631,15
  • Salário-educação (3%): R$ 78,93
  • Sistema S (2%): R$ 52,62
  • INSS Patronal (20%): R$ 526,23
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 26,31
  • FGTS (8%): R$ 210,49
  • Férias 1/12: R$ 219,26
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 526,23
  • Periculosidade (30%): R$ 789,35
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 73,09
  • 13º Salário: R$ 219,26
  • FGTS sobre Férias: R$ 17,54
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 5,85
  • FGTS sobre 13º: R$ 17,54
  • Aviso Prévio: R$ 219,26
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 17,54
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 219,26

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Escrevente pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Escrevente