CBO 2321-05 - Professores do ensino médio - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 2321-05 é o Código Brasileiro da Ocupação de professores do ensino médio que pertence ao grupo dos profissionais do ensino, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Professores do ensino médio CBO 2321-05 em todos os estados e cidades do Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 2321-05

  • Profissionais das ciências e das artes.
    • Professores do ensino médio.
      • Profissionais do ensino.

Funções

participar de atividades institucionais, ensinar, comunicar-se, acompanhar a produção da Área educacional e cultural, preparar aulas, demonstrar competências pessoais, planejar o curso, a disciplina e o projeto pedagógico, avaliar o processo de ensino e aprendizagem.

Atividades

requisitar material pedagógico, selecionar material didático e pedagógico a ser trabalhado na aula, atentar para reações dos alunos na sala, intervir na definição de orçamentos municipais, estaduais e federais com relação à educação, ler jornais, revistas, periódicos e livros, adequar o planejamento às aulas, medir o conhecimento específico, estruturar a transmissão do conhecimento, escolher livro didático, interagir com os alunos, reunir-se com pais, mães ou responsáveis pelos alunos, contribuir para o estabelecimento de relações democráticas na escola, tomar parte nas atividades de formação de professores realizadas pela escola, pesquisar sobre o conteúdo a ser trabalhado em cada aula, concorrer em certames literários, científicos e esportivos, indicar os avanços da aprendizagem, administrar conflitos, rever procedimentos e estratégias de ensino com base nos resultados, frequentar cursos de atualização na disciplina ou áreas afins, discriminar especificações do material didático e pedagógico para aquisição, propor a aquisição e manutenção de equipamentos e instalações, corrigir provas, trabalhos e outros instrumentos de avaliação, desenvolver atividades para a produção do conhecimento pelos alunos, tomar conhecimento da proposta pedagógica da escola e da disciplina, subsidiar os alunos para autoavaliação, aplicar instrumentos de avaliação, demandar das instâncias competentes as condições para atualização do professor nas novas tecnologias, modificar estratégias durante a aula para maior aprendizagem, solicitar atendimento dos profissionais especializados em orientação educacional e pedagógica, determinar temas e conteúdos da disciplina, dialogar com os alunos, conceber o projeto pedagógico da escola, orientar alunos para participação em concursos literários, científicos, artísticos e esportivos, demandar da escola condições de acesso às publicações de interesse docente, desenvolver atividades para raciocínio abstrato e reflexão crítica dos alunos, solicitar manutenção de materiais, equipamentos e salas, ministrar aulas teóricas e práticas, manter um ambiente que possibilite o aprendizado na sala de aula, ajustar a proposta da disciplina à proposta da escola, atualizar-se no uso de novas tecnologias de informação, diagnosticar os problemas do processo de aprendizagem, estabelecer empatia com os alunos, zelar pela manutenção das conquistas e direitos do professor, informar-se sobre exigências e necessidades da sociedade relacionadas com áreas de conhecimento, expressar-se com clareza, levantar bibliografia de material didático e pedagógico, assumir cargos de coordenação, representação, direção, eleger estratégias, metodologias e abordagens de ensino, estimular o aluno para a aprendizagem contínua, definir objetivos para a área de conhecimento, adequar material pedagógico aos objetivos da aula, estimular a continuidade da escolaridade, comentar os resultados das avaliações com os alunos, preencher diários de classe: frequência, conteúdos e avaliação, instrumentalizar os alunos para as atividades de estudo, zelar por uma postura ética na ação pedagógica, produzir material didático e pedagógico de acordo com a proposta pedagógica da escola, avaliar o desenvolvimento dos alunos através de registros específicos, dominar os conhecimentos da área específica e da área pedagógica, refletir continuamente sobre a própria prática docente, adequar o conteúdo programático ao tempo de aula disponível, desenvolver atividades para estabelecimento de relações entre conteúdos e práticas, relacionar-se com a comunidade escolar, preparar-se para concursos docentes, manter registros atualizados sobre o desenvolvimento dos alunos, influir na definição dos planos de carreira, selecionar textos e bibliografia da aula, definir conteúdos e atividades interdisciplinares, atuar nas associações sindicais e acadêmicas, incentivar a capacidade criadora dos alunos, solicitar verbas e pessoal para a realização de eventos na escola, estimular as vocações profissionais através do conteúdo das disciplinas, manter linhas de comunicação com os órgãos dirigentes, desenvolver atividades para inserção nas linguagens específicas e códigos de cada disciplina, sondar a situação socioeconômica e cultural dos alunos, definir o calendário, diagnosticar conhecimento e habilidades prévias dos alunos, levantar necessidades e interesses do aluno quanto ao material didático, desenvolver atividades para compreensão política dos problemas da sociedade, atender pais e alunos, informar aos pares sobre os encaminhamentos sindicais e assuntos de interesse da categoria docente, informar o aluno sobre a relevância do conhecimento para o desenvolvimento humano, informar-se sobre a produção científica, cultural, artística, filosófica, solicitar apoio dos pais na resolução de questões de aprendizagem dos alunos, encaminhar memorandos para a direção e para a coordenação, analisar a adequação do material didático ao projeto pedagógico, intervir na definição dos orçamentos da escola, discutir questões pedagógicas com os pares, garantir o desenvolvimento do conteúdo das disciplinas, discutir os sistemas de avaliação utilizados na escola, acompanhar processo de aprendizagem, reunir-se com os pares da disciplina e da área para discussões de questões pedagógicas, estimular a participação do aluno nas atividades, sensibilizar os alunos para a importância do conteúdo para o desenvolvimento humano, transformar os resultados das avaliações em estímulo ao avanço da aprendizagem, solicitar participação dos pais nos eventos da escola, indicar compra de material didático e pedagógico, redigir relatórios de atividades docentes e discentes, organizar eventos e estudos culturais, científicos, esportivos e filosóficos, informar-se sobre as tendências relativas ao ensino do campo específico de conhecimento, escolher material didático e pedagógico, apropriar o conteúdo aos objetivos pré-definidos e ao conhecimento prévio do aluno, respeitar as diferenças culturais, econômicas e sociais da comunidade escolar, frequentar teatro, cinema, exposições e bibliotecas, examinar os parâmetros curriculares nacionais para a definição da proposta pedagógica da escola, realizar o retorno contínuo das atividades desenvolvidas para os alunos, elaborar instrumentos de avaliação, selecionar informações científicas, filosóficas e culturais divulgadas pela mídia para análise em aula, desenvolver atividades relacionadas à produção científica, filosófica e artística contemporânea, transpor o conhecimento para as situações de ensino e aprendizagem, desenvolver as percepções estética, ética e política nos alunos, discutir a prática docente em reuniões pedagógicas, coletar diferentes recursos didáticos para a aula, solicitar serviços de apoio técnico e legal para o exercício da profissão docente.

Cargos e salários CBO 2321-05 - Professores do ensino médio

Salário Professor de Artes no Ensino Médio

Professor de Artes no Ensino Médio: Brasil

  • 1.439
  • Brasil
  • 3.886 - 10.026
  • 28h
O profissional no cargo de Professor de Artes no Ensino Médio CBO 2321-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.886 e 10.026 para uma jornada de trabalho média de 28h semanais de acordo com dados salariais de 1.439 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2321-05.
Salário Professor de Artes no Ensino Médio

Professor de Artes no Ensino Médio: São Paulo

  • 342
  • São Paulo
  • 4.411 - 10.530
  • 27h
O profissional no cargo de Professor de Artes no Ensino Médio CBO 2321-05 trabalhando em São Paulo, ganha entre 4.411 e 10.530 para uma jornada de trabalho média de 27h semanais de acordo com dados salariais de 342 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2321-05.