Secretário-executivo de Entidade Religiosa - Salário, O Que Faz, Piso Salarial 2024

R$ 4.200,01/mês

Atualizado em

Hoje um Secretário-executivo de Entidade Religiosa ganha em média R$ 4.200,01 para uma jornada de trabalho de 41 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 103 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Secretário-executivo de Entidade Religiosa pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 4.085,30 e o teto salarial de R$ 10.320,16, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Secretário-executivo de Entidade Religiosa.

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 43 anos, ensino superior completo, do sexo masculino que trabalha 44h semanais em empresas do segmento de Atividades de organizações religiosas de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Secretário-executivo de Entidade Religiosa é São Paulo , SP.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Secretário-executivo de Entidade Religiosa, não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Secretário-executivo de Entidade Religiosa CBO 1143-05

O Secretário-executivo de Entidade Religiosa prepara-se para assumir a direção e a administração da organização religiosa, pesquisando a realidade regional – inclusive usos e costumes -, definindo objetivos e metas, elaborando plano de ação e preparando projetos e programas missionários Planeja calendário religioso Pode assessorar equipe multidisciplinar responsável pela elaboração de projeto arquitetônico de espaço para cultos religiosos.

Desenvolve ações estratégicas, relacionadas à missão religiosa Define atividades a serem implementadas, tais como filantrópicas, de assistência social e educacional Elabora estratégias para o ensino religioso Pode avaliar as articulações possíveis da organização religiosa com o potencial do turismo religioso regional.

Interage com a comunidade, busca apoio institucional e estabelece parcerias Articula conselhos religiosos, consultivos e administrativos, para manter diferentes missões e debater decisões sobre problemas enfrentados pela entidade Forma grupos de estudos religiosos.

Identifica lideranças comunitárias, recruta, prepara e promove a formação de voluntários Coordena e organiza eventos, comemorações religiosas, cursos, seminários, acampamentos e retiros Pode coordenar a execução de grandes eventos religiosos, supervisionando as equipes de trabalho Promove ações sociais.

Realiza a gestão de operações administrativas e financeiras da organização religiosa Estabelece normas e procedimentos administrativos, elabora orçamento e acompanha a execução orçamentária Capta recursos financeiros e aloca recursos Acompanha a arrecadação financeira Administra o fluxo de caixa e aprova verbas.

Administra o patrimônio da organização Estimula a colaboração de profissionais da comunidade nas ações de gestão da organização religiosa Mantém avaliação contínua e permanente da compatibilidade de princípios e práticas de gestão com a missão religiosa, adotando medidas de retificação do processo, quando necessário.

Gerencia equipes, atividades sociais, assistenciais e educacionais e os serviços contratados de terceiros Supervisiona programas e projetos da instituição Pode supervisionar a administração de entidades vinculadas à organização religiosa.

Elabora e confere atas, relatórios, contratos e outros documentos formais Representa a instituição religiosa, formalmente - conforme estabelecido jurídica e legalmente - e junto aos meios de comunicação Participa de eventos e de conselhos inter-religiosos, reconhecendo a diversidade e valorizando a tolerância religiosa.

Recepciona personalidades públicas Visita projetos e entidades sociais Profere palestras Participa de conselhos políticos e comunitários Pode indicar membros da comunidade religiosa para representar a instituição em eventos.

Controla a evolução no número de pessoas que participam dos cultos e de eventos realizados pela organização Elabora estratégias e planos de comunicação para aumentar o fluxo de pessoas nas diversas atividades Planeja, desenvolve e gerencia o processo de comunicação da organização religiosa Atende o público e os órgãos de imprensa Desenvolve material de divulgação, publica boletins internos, periódicos e artigos, em meios físico e digital Participa de campanhas e de programas de rádio e televisão Promove orientação espiritual, campanhas religiosas, sociais e institucionais, e festas religiosas Pode dirigir ações relacionadas à ampliação do uso do rádio e da televisão, levando em conta estratégias específicas de comunicação das organizações religiosas Pode utilizar e promover a utilização de tecnologias digitais de informação e comunicação, incluindo redes sociais “online” na organização religiosa.

Algumas funções no exercício da profissão

  • articular recursos;
  • gerenciar operações administrativas e financeiras;
  • coordenar atividades;
  • comunicar-se;
  • demonstrar competências pessoais;
  • implementar a missão religiosa;
  • representar a instituição;
  • recrutar voluntários;
  • respeitar a diversidade;
  • formular princípios da organização;
  • participar de campanhas de utilidade pública;
  • formar comitês;
  • proferir palestras;
  • participar de conselhos políticos e comunitários;
  • demonstrar organização;
  • participar de conselhos inter-religiosos;
  • ver mais...

Salário de Secretário-executivo de Entidade Religiosa CBO 1143-05 - Série histórica

Quanto ganha um Secretário-executivo de Entidade Religiosa por região do Brasil

Quanto ganha um Secretário-executivo de Entidade Religiosa nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Secretário-executivo de Entidade Religiosa na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
37 7.576,90 7.789,64 11.771,94 42,68 12
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a Busca Salarial.

Tabela salarial para Secretário-executivo de Entidade Religiosa

Tabela salarial referentes ao salário base do cargo e na remuneração por períodos
Período Salário Mensal Salário Anual Salário Semanal Salário/Hora
Piso Salarial 4.085 49.024 1.021 19,97
Média Salarial 4.200 50.400 1.050 20,53
1º Quartil 1.894 22.727 473 9,26
Salário Mediana 3.189 38.262 797 15,58
3º Quartil 7.871 94.447 1.968 38,47
Teto Salarial 10.320 123.842 2.580 50,44
  • Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Secretário-executivo de Entidade Religiosa negociados por sindicatos e registrados no MTE;
  • Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais CBO 1143-05 da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;
  • 1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;
  • 3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

Demanda no mercado de trabalho para o cargo

Secretário-executivo de Entidade Religiosa é um cargo que está estagnado no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses.

No comparativo entre os meses de Maio de 2023 e Abril de 2024, tivemos igualdade nas contratações e demissões formais com carteira assinada em regime integral de trabalho.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Secretário-executivo de Entidade Religiosa CBO 1143-05 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Secretário-executivo de Entidade Religiosa por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Secretário-executivo de Entidade Religiosa na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
38 5.424,02 5.576,32 8.427,10 29,35 21
39 3.682,95 3.786,36 5.722,07 19,46 11
42 3.839,79 3.947,60 5.965,73 18,93 10
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
9491-0/00 Atividades de organizações religiosas 4.487,94 4.613,95 6.972,74
9430-8/00 Atividades de associações de defesa de direitos sociais 3.180,37 3.269,67 4.941,22
8219-9/99 Preparação de documentos e serviços especializados de apoio administrativo 1.563,60 1.607,50 2.429,30
8800-6/00 Serviços de assistência social sem alojamento 3.973,19 4.084,75 6.173,00
9420-1/00 Atividades de organizações sindicais 1.283,95 1.320,00 1.994,82
8730-1/99 Atividades de assistência social prestadas em residências coletivas e particulares 3.901,46 4.011,00 6.061,54
8513-9/00 Ensino fundamental 5.848,29 6.012,50 9.086,27
8730-1/02 Albergues assistenciais 2.431,72 2.500,00 3.778,08
6201-5/01 Desenvolvimento de programas de computador e software em geral 1.446,04 1.486,64 2.246,65
4744-0/99 Comércio varejista de materiais de construção 1.604,94 1.650,00 2.493,53
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganha um Secretário-executivo de Entidade Religiosa por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 103 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Secretário-executivo de Entidade Religiosa CBO 1143-05 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
41 44 220 3.530,61 16,05
32 40 200 4.651,15 23,26
5 41 205 3.123,00 15,23
3 30 150 3.807,38 25,38
2 42 210 14.029,00 66,80
2 20 100 4.657,00 46,57

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por nível profissional e porte da empresa

Metodologia: Salários de 40 profissionais demitidos pelas empresas.
Porte da Empresa Júnior Pleno Sênior
Micro 3.921,68 4.208,84 4.706,94
Pequenas 4.451,81 4.738,96 5.237,07
Médias 5.965,10 6.252,26 6.750,36
Grandes Empresas 2.888,15 3.175,30 3.673,41
  • *Secretário-executivo de Entidade Religiosa Júnior: até 4 anos;
  • *Secretário-executivo de Entidade Religiosa Pleno: de 4 a 6 anos;
  • *Secretário-executivo de Entidade Religiosa Sênior: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Secretário-executivo de Entidade Religiosa

  • Salário Base: R$ 4.200,01
  • Salário-educação (3%): R$ 126,00
  • Sistema S (2%): R$ 84,00
  • INSS Patronal (20%): R$ 840,00
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 42,00
  • FGTS (8%): R$ 336,00
  • Férias 1/12: R$ 350,00
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 840,00
  • Periculosidade (30%): R$ 1.260,00
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 116,67
  • 13º Salário: R$ 350,00
  • FGTS sobre Férias: R$ 28,00
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 9,33
  • FGTS sobre 13º: R$ 28,00
  • Aviso Prévio: R$ 350,00
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 28,00
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 350,00

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Secretário-executivo de Entidade Religiosa pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Secretário-executivo de Entidade Religiosa