Ecólogo - Piso Salarial 2024, O Que Faz, Salário Ecologia

R$ 4.651,33/mês

Atualizado em

Hoje um Ecólogo ganha em média R$ 4.651,33 para uma jornada de trabalho de 42 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 264 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Ecólogo pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 4.524,30 e o teto salarial de R$ 10.695,16, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Ecólogo.

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 30 anos, formação superior em Ecologia, do sexo feminino que trabalha 44h semanais em empresas do segmento de Serviços de engenharia de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Ecólogo é Vitoria , ES.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Ecólogo, não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Ecólogo CBO 2030-05

O Ecólogo desenvolve atividades de pesquisa em ciências biológicas ambientais, planejando as atividades, definindo metodologia a ser aplicada, coletando material biológico, dados e informações, acondicionando materiais biológicos, armazenando dados e informações, realizando experimentos científicos Relata e recomenda ações com base em medições ou observações de espécimes, alimentos, solo, água, ar e outras fontes Programa e usa computadores para registrar, organizar, armazenar, processar e analisar dados e informações, inclusive os coletados por sensoriamento remoto.

Analisa resultados de pesquisa científica, formulando hipóteses e avaliando a aplicabilidade de resultados, utilizando modelos matemáticos e simulações para efeito de previsões Elabora o pré-projeto de pesquisa e o protocola para apreciação e aprovação do comitê de ética pertinente, bem como elabora termo de consentimento livre e esclarecido de participação em pesquisa Elabora projetos de pesquisa em ciências biológicas ambientais, identificando o objeto de estudo científico, realizando pesquisa bibliográfica, formulando hipóteses de trabalho, definindo a metodologia a ser aplicada, os recursos humanos, físicos e financeiros Avalia a viabilidade técnico-científica do projeto e os preceitos éticos e legais envolvidos, redigindo o projeto de pesquisa.

Identifica instituições para financiamento, submetendo o projeto a essas instituições Quando pertinente, obtém licença em instituições governamentais e privadas para a realização do projeto Coordena pesquisas em ciências biológicas, selecionando equipe de trabalho, estabelecendo parcerias e colaborações, solicitando e administrando recursos financeiros, organizando atividades de pesquisa, planejando e distribuindo as atividades entre os membros da equipe de trabalho, treinando e orientando a equipe de trabalho.

Pode atuar em equipes multidisciplinares Pesquisa e estuda as condições ambientais em áreas terrestres e hídricas, visando usos atuais e potenciais, determinando métodos de melhoria das condições ambientais ou para a produção de culturas em geral nestas áreas Divulga resultados de pesquisa em ciências biológicas ambientais, redigindo trabalhos técnicos e científicos para divulgação em meios especializados, inclusive em inglês, submetendo trabalho científico para publicação, apresentando trabalhos em eventos científicos, proferindo palestras, elaborando relatórios técnico-científicos, ministrando cursos e seminários, redigindo e submetendo patentes a registro, escrevendo artigos para sociedade não científica, concedendo entrevistas Elabora relatórios técnicos e de pesquisa, como relatórios de impacto ambiental, comunicando os resultados para os interessados na indústria, órgãos governamentais ou público em geral.

Elabora normas e procedimentos técnicos Presta assessoria e consultoria técnica e científica em ciências biológicas ambientais, elaborando planos para a gestão de recursos renováveis, biorremediação de áreas degradadas, gestão de resíduos, entre outras demandas, assessorando instituições na solução de problemas técnicos e científicos e na formulação de políticas públicas Emite parecer técnico e científico para instituições de fomento à pesquisa, pareceres técnicos e científicos sobre trabalhos submetidos à publicação Avalia monografias, dissertações, teses e cursos Desenvolve relações colaborativas entre departamentos ou com organizações externas.

Pode atuar na área do ensino, planejando aulas, cursos e eventos científicos, elaborando material didático e multimeios, preparando atividades práticas em campo e laboratório, avaliando o desempenho de alunos, divulgando cursos e eventos científicos Pode especializar-se em áreas específicas da biologia ambiental Pode atuar em curadoria e conservação, em museus e demais instalações voltadas à biologia ambiental.

Mantém-se atualizado na sua área de atuação.

Algumas funções no exercício da profissão

  • planejar aulas, cursos e eventos científicos;
  • divulgar resultados de pesquisa em ciências biológicas;
  • elaborar projetos de pesquisa em ciências biológicas;
  • coordenar pesquisas em ciências biológicas;
  • comunicar-se;
  • demonstrar competências pessoais;
  • desenvolver atividades de pesquisa em ciências biológicas;
  • prestar assessoria e consultoria técnica e científica em ciências biológicas;
  • obter licença em instituições governamentais e privadas;
  • evidenciar criatividade;
  • administrar recursos financeiros;
  • analisar aplicabilidade de resultados;
  • redigir patentes;
  • treinar equipe de trabalho;
  • revelar iniciativa;
  • ver mais...

Salário de Ecólogo CBO 2030-05 - Série histórica

Quanto ganha um Ecólogo por região do Brasil

Quanto ganha um Ecólogo nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Ecólogo na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
43 2.903,59 2.985,12 4.511,20 13,85 49
40 2.198,70 2.260,43 3.416,04 11,35 23
43 5.174,03 5.319,30 8.038,69 24,55 18
39 8.190,85 8.420,83 12.725,82 42,70 18
42 7.072,89 7.271,48 10.988,88 34,30 15
40 5.585,31 5.742,13 8.677,68 28,71 15
43 7.228,85 7.431,82 11.231,19 34,26 13
44 3.043,28 3.128,73 4.728,23 14,22 11
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a Busca Salarial.

Tabela salarial para Ecólogo

Tabela salarial referentes ao salário base do cargo e na remuneração por períodos
Período Salário Mensal Salário Anual Salário Semanal Salário/Hora
Piso Salarial 4.524 54.292 1.131 21,41
Média Salarial 4.651 55.816 1.163 22,01
1º Quartil 2.430 29.165 608 11,50
Salário Mediana 3.786 45.432 947 17,91
3º Quartil 8.157 97.879 2.039 38,59
Teto Salarial 10.695 128.342 2.674 50,60
  • Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Ecólogo negociados por sindicatos e registrados no MTE;
  • Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais CBO 2030-05 da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;
  • 1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;
  • 3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

Demanda no mercado de trabalho para Ecologia

Ecólogo é um cargo que está com altíssima demanda no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses.

No comparativo entre os meses de Maio de 2023 e Abril de 2024, tivemos um aumento de 41.18% nas contratações formais com carteira assinada em regime integral de trabalho.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Ecólogo CBO 2030-05 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Ecólogo por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Ecólogo na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
43 4.542,87 4.670,43 7.058,09 21,53 52
43 2.903,59 2.985,12 4.511,20 13,85 49
40 6.867,74 7.060,57 10.670,15 35,35 35
40 2.671,57 2.746,58 4.150,71 13,87 26
43 4.703,69 4.835,76 7.307,94 22,24 23
43 6.416,16 6.596,31 9.968,55 30,44 18
44 2.798,88 2.877,47 4.348,52 13,08 17
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
7112-0/00 Serviços de engenharia 3.590,44 3.691,25 5.578,33
7312-2/00 Agenciamento de espaços para publicidade 1.950,46 2.005,23 3.030,36
8640-2/02 Laboratórios clínicos 4.403,31 4.526,94 6.841,25
9430-8/00 Atividades de associações de defesa de direitos sociais 4.482,39 4.608,24 6.964,12
7490-1/99 Outras atividades profissionais, científicas e técnicas 4.728,44 4.861,20 7.346,39
7119-7/02 Atividades de estudos geológicos 5.585,31 5.742,13 8.677,68
7210-0/00 Pesquisa e desenvolvimento experimental em ciências físicas e naturais 6.310,81 6.488,00 9.804,86
4399-1/01 Administração de obras 6.276,20 6.452,42 9.751,09
7020-4/00 Atividades de consultoria em gestão empresarial 3.859,19 3.967,55 5.995,88
8599-6/99 Outras atividades de ensino 7.756,22 7.974,00 12.050,55
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganham profissionais de Ecologia por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 264 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Ecólogo CBO 2030-05 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
167 44 220 3.981,50 18,10
70 40 200 6.005,96 30,03
4 42 210 8.428,75 40,14
3 36 180 5.023,33 27,91
2 20 100 4.379,70 43,80
1 30 150 1.444,00 9,63

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por porte da empresa e nível profissional

Metodologia: Salários de 123 profissionais demitidos pelas empresas.
Porte da Empresa Júnior Pleno Sênior
Micro 4.955,56 5.273,57 5.825,20
Pequenas 4.316,97 4.634,98 5.186,61
Médias 4.886,58 5.204,59 5.756,22
Grandes Empresas 5.363,40 5.681,41 6.233,04
  • *Ecólogo Júnior: até 4 anos;
  • *Ecólogo Pleno: de 4 a 6 anos;
  • *Ecólogo Sênior: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Ecólogo

  • Salário Base: R$ 4.651,33
  • Salário-educação (3%): R$ 139,54
  • Sistema S (2%): R$ 93,03
  • INSS Patronal (20%): R$ 930,27
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 46,51
  • FGTS (8%): R$ 372,11
  • Férias 1/12: R$ 387,61
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 930,27
  • Periculosidade (30%): R$ 1.395,40
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 129,20
  • 13º Salário: R$ 387,61
  • FGTS sobre Férias: R$ 31,01
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 10,34
  • FGTS sobre 13º: R$ 31,01
  • Aviso Prévio: R$ 387,61
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 31,01
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 387,61

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Ecólogo pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Ecólogo