CBO 2030-25 - Pesquisadores das ciências biológicas - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 2030-25 é o Código Brasileiro da Ocupação de pesquisadores das ciências biológicas que pertence ao grupo dos pesquisadores, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Pesquisadores das ciências biológicas CBO 2030-25 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 2030-25

  • Profissionais das ciências e das artes.
    • Pesquisadores e profissionais policientíficos.
      • Pesquisadores.
        • Pesquisadores das ciências biológicas.

Descrição dos cargos da categoria Pesquisadores das ciências biológicas

Os Pesquisadores das ciências biológicas CBO 2030-25 os profissionais desta família desenvolvem atividades de pesquisa em ciências biológicas, elaboram projetos, coordenam equipes , coletam, tratam e analisam material biológico , dados e informações, geram conhecimentos, métodos e técnicas e divulgam resultados de pesquisa. Podem prestar serviços de assessoria e consultoria técnica e científica , como também podem dar aulas, planejar cursos e eventos científicos.

Condições de trabalho

Pesquisadores das ciências biológicas trabalham em empresas e instituições de pesquisas públicas ou privadas e em universidades, nas áreas de saúde humana, animal e vegetal e em pesquisa e desenvolvimento. O trabalho é desenvolvido, na maioria das vezes, em equipe multidisciplinar, com supervisão ocasional. Essas equipes são da própria instituição (intrainstitucionais) ou, dependendo do projeto, podem ser formadas por participantes vinculados a mais de uma instituição (interinstitucionais). O vínculo de trabalho mais freqüente é o de assalariado com carteira assinada. Trabalham em horários regulares e podem estar expostos aos efeitos de materiais tóxicos, radiação e risco biológico.

Exigências do mercado de trabalho

As ocupações requerem do profissional o curso superior completo, bem como cursos de pós-graduação e especialização, principalmente em Ciências biológicas e áreas afins. É comum o ingresso e a progressão na carreira por meio de concursos, no caso de pesquisadores vinculados à área pública.

Funções dos Pesquisadores das ciências biológicas CBO 2030-25

Pesquisadores das ciências biológicas devem:

  • comunicar-se;
  • demonstrar competências pessoais;
  • desenvolver atividades de pesquisa em ciências biológicas;
  • prestar assessoria e consultoria técnica e científica em ciências biológicas;
  • divulgar resultados de pesquisa em ciências biológicas;
  • coordenar pesquisas em ciências biológicas;
  • planejar aulas, cursos e eventos científicos;
  • elaborar projetos de pesquisa em ciências biológicas;
  • Atividades dos cargos CBO 2030-25

    Entre as principais atribuições dos Pesquisadores das ciências biológicas CBO 2030-25 estão as de:

    • evidenciar sociabilidade;
    • orçar custos do projeto;
    • solicitar recursos financeiros;
    • demonstrar sensibilidade;
    • submeter trabalho científico para publicação;
    • planejar atividades de equipe de trabalho;
    • ministrar cursos e seminários;
    • trabalhar em equipe;
    • evidenciar criatividade;
    • analisar resultados de pesquisa científica;
    • revelar iniciativa;
    • realizar experimentos científicos;
    • demonstrar persistência;
    • definir tema de aulas, cursos e eventos científicos;
    • organizar atividades de pesquisa;
    • emitir pareceres técnico-científicos sobre trabalhos submetidos à publicação;
    • desenvolver expressão escrita;
    • analisar aplicabilidade de resultados;
    • demonstrar liderança;
    • redigir projeto de pesquisa;
    • demonstrar curiosidade científica;
    • divulgar cursos e eventos científicos;
    • submeter projeto às comissões de ética;
    • apresentar trabalhos em eventos científicos;
    • proferir palestras;
    • coletar dados e informações biológicos e metodológicos;
    • identificar instituições para financiamento de pesquisa;
    • trabalhar com objetividade;
    • desenvolver fluência verbal;
    • redigir patentes;
    • administrar recursos financeiros;
    • elaborar relatórios técnico-científicos;
    • selecionar equipe de trabalho;
    • conceder entrevistas;
    • desenvolver senso crítico;
    • elaborar normas e procedimentos técnicos;
    • realizar pesquisa bibliográfica;
    • definir metodologia;
    • preparar atividades práticas em campo e laboratório;
    • obter licença em instituições governamentais e privadas;
    • avaliar preceitos éticos e legais do projeto;
    • definir nível de aulas, cursos e eventos científicos;
    • formular hipóteses de trabalho;
    • demonstrar flexibilidade;
    • avaliar monografias, dissertações, teses e cursos;
    • registrar informações e dados coletados;
    • tratar dados e informações;
    • avaliar viabilidade do projeto;
    • escrever artigos para sociedade não científica;
    • elaborar material didático;
    • assessorar instituições em formulação de políticas públicas;
    • estabelecer parcerias e colaborações;
    • organizar dados e informações;
    • desenvolver raciocínio lógico;
    • emitir parecer técnico-científico para instituições de fomento à pesquisa;
    • assessorar instituições na solução de problemas técnicos e científicos;
    • coletar dados e informações complementares;
    • redigir trabalhos técnicos e científicos para divulgação em meios especializados;
    • coletar material biológico;
    • submeter projeto a instituições para financiamento de pesquisa;
    • avaliar projetos de pesquisa em ciências biológicas;
    • definir estrutura de aulas, cursos e eventos científicos;
    • treinar equipe de trabalho;
    • submeter patentes a registro;
    • identificar objeto de estudo científico;
    • orientar equipe de trabalho;
    • armazenar dados, informações e materiais biológicos coletados;

    Cargos e salários CBO 2030-25 - Pesquisadores das ciências biológicas

    Salário Fenologista

    Fenologista: Brasil

    • 45
    • Brasil
    • 3.277 - 7.175
    • 43h
    O profissional no cargo de Fenologista CBO 2030-25 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.277 e 7.175 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 45 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2030-25.
    Salário Ficologista

    Ficologista: Brasil

    • 45
    • Brasil
    • 3.277 - 7.175
    • 43h
    O profissional no cargo de Ficologista CBO 2030-25 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.277 e 7.175 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 45 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2030-25.
    Salário Pesquisador Botânico

    Pesquisador Botânico: Brasil

    • 45
    • Brasil
    • 3.277 - 7.175
    • 43h
    O profissional no cargo de Pesquisador Botânico CBO 2030-25 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.277 e 7.175 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 45 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2030-25.
    Salário Pesquisador em Biologia Vegetal

    Pesquisador em Biologia Vegetal: Brasil

    • 45
    • Brasil
    • 3.277 - 7.175
    • 43h
    O profissional no cargo de Pesquisador em Biologia Vegetal CBO 2030-25 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.277 e 7.175 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 45 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2030-25.
    Salário Agrostólogo

    Agrostólogo: Brasil

    • 45
    • Brasil
    • 3.277 - 7.175
    • 43h
    O profissional no cargo de Agrostólogo CBO 2030-25 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.277 e 7.175 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 45 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2030-25.
    Salário Botânico

    Botânico: Brasil

    • 45
    • Brasil
    • 3.277 - 7.175
    • 43h
    O profissional no cargo de Botânico CBO 2030-25 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.277 e 7.175 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 45 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2030-25.