CBO 2525-05 - Administrador de fundos e carteiras de investimento - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos profissionais de administração ecônomico-financeira

O profissional no cargo de Administrador de fundos e carteiras de investimento CBO 2525-05 Administra e acompanha o desempenho de fundos e carteiras de investimento, identificando perfil dos clientes, analisando conjuntura econômica e política e projetando retorno de ativos disponíveis no mercado com base no risco Analisa operações por intermédio de relatórios gerenciais, submetendo-as a alçadas decisórias, quando necessário.

Elabora relatórios e documentos contendo informações gerenciais, apurando resultado das agências, banco, carteiras e produtos Consulta informações da mídia impressa e eletrônica, interpreta textos econômico-financeiros e participa de reuniões internas e externas Atua em conformidade com as legislações do Sistema Financeiro Nacional (SFN), especialmente do Banco Central do Brasil (Bacen), cumprindo normas técnicas, regulamentadoras, de saúde e segurança no trabalho e de proteção ao meio ambiente, com observância aos preceitos do sigilo de informações.

CBO 2525-05 é o Código Brasileiro da Ocupação de profissionais de administração ecônomico-financeira que pertence ao grupo dos profissionais das ciências sociais e humanas, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Administrador de fundos e carteiras de investimento, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Profissionais de administração ecônomico-financeira CBO 2525-05 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 2525-05

  • Profissionais das ciências e das artes.
    • Profissionais de administração ecônomico-financeira.
      • Profissionais das ciências sociais e humanas.

O que faz um Administrador de fundos e carteiras de investimento

O Administrador de fundos e carteiras de investimento CBO 2525-05 administra fundos e carteiras de investimentos, estabelecendo seus objetivos e regulamentos Identifica perfil do cliente, analisa conjuntura econômica e política e projeta retorno de ativos disponíveis no mercado, realizando análise com base no risco da operação, de forma imparcial e sem conflito de interesses.

Identifica oportunidades de ganho financeiro, define estratégias de investimento da carteira ou fundo, acompanha seu desempenho, administra sua liquidez e reavalia estratégias.

Presta apoio à área comercial das instituições, aloca recursos em mercados específicos e adequa carteira às restrições do cliente Ajusta produtos à legislação do Sistema Financeiro Nacional (SFN), em especial aos documentos normativos expedidos pelos seus órgãos reguladores - Conselho Monetário Nacional (CMN), Banco Central do Brasil (Bacen) e Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Acompanha fluxos de caixa e realiza prestações de contas aos cotistas, atuando na defesa de seus interesses e objetivos de curto, médio e longo prazos Gerencia recursos, realiza marcações a mercado, organiza o repasse dos rendimentos aos cotistas e efetua registro do fundo de investimentos na CVM.

Verifica o cumprimento dos limites por parte dos gestores dos fundos, de acordo com a categoria do investimento.

Mantém contato direto com os gestores dos fundos de investimento, recebendo informações sobre as movimentações financeiras, controlando o capital investido, calculando valores das cotas e do patrimônio líquido e repassando a informação ao mercado Analisa relatórios da gerência comercial e submete operações financeiras a alçadas decisórias.

Apura resultado gerencial das agências, banco, carteiras e produtos.

Prepara relatório do fundo e da carteira de investimento e elabora atas das assembleias Consulta mídia impressa e eletrônica, informa saldo devedor e participa de reuniões internas e externas Desenvolve raciocínios lógicos consistentes, interpreta textos econômico-financeiros e elabora pareceres, relatórios e textos.

Utiliza o instrumental econômico para analisar situações históricas concretas e realiza formulações matemáticas e estatísticas na análise dos fenômenos socioeconômicos Aborda problemas e oportunidades de forma sistêmica, considerando as dimensões humana, social, política, ambiental, legal, ética e econômico-financeira, modelando os processos de gestão de fundos e carteiras de investimento com base em diversos cenários Exerce suas atividades de acordo com as legislações do SFN, em especial do CMN, cumprindo normas técnicas, regulamentadoras, de saúde e segurança no trabalho e de proteção ao meio ambiente.

Administra, de forma responsável, os ativos e recursos a ele confiados, com observância aos preceitos do sigilo de informações.

Funções do cargo

O funcionário CBO 2525-05 deve analisar operações de crédito e de cobrança, comunicar-se, demonstrar competências pessoais, preparar informações gerenciais, administrar fundos e carteiras de investimentos.

Condições de trabalho dessas profissões

Profissionais de administração ecônomico-financeira o trabalho é exercido em instituições financeiras, seguros e previdência privada, administração pública, defesa e seguridade social e outras atividades empresariais. Os profissionais são assalariados com carteira assinada. Trabalham em equipe, sob supervisão permanente. O trabalho é presencial, realizado em ambiente fechado, no período diurno. As atividades são executadas sob pressão, levando a situação de estresse constante.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 2525-05

O exercício dessas ocupações requer nível superior completo e curso de especialização na área com duração de até duzentas horas-aula. O exercício pleno das ocupações se dá após três ou quatro anos de experiência.

Atividades exercidas por um Administrador de fundos e carteiras de investimento CBO 2525-05

Um Administrador de fundos e carteiras de investimento (ou sinônimo) deve demonstrar visão estratégica, ajustar produtos a legislação - banco central, previdência, cvm, susep, realizar análise de risco-retorno, antever cenários futuros, acompanhar desempenho do fundo e da carteira, submeter operações de crédito a alçadas decisórias, informar saldo devedor, demonstrar capacidade de síntese, projetar retorno de ativos disponíveis no mercado, demonstrar capacidade de manter sigilo, apoiar área comercial, demonstrar capacidade de comunicação oral e escrita, conduzir reuniões internas e externas, analisar relatórios da gerência comercial, participar de reuniões internas e externas, administrar liquidez do fundo e ou da carteira, estabelecer objetivos da carteira ou fundo de investimentos, identificar perfil do cliente, reavaliar estratégias, demonstrar agilidade, demonstrar visão crítica, demonstrar raciocínio lógico, demonstrar capacidade de análise, definir estratégias de investimento da carteira ou fundo, alocar recursos em mercados específicos, apurar resultado gerencial das agências, banco, carteiras e produtos, ajustar carteira às restrições do cliente, analisar conjuntura econômica e política, identificar oportunidades de ganho financeiro, preparar relatório do fundo e carteira, demonstrar tempestividade, demonstrar capacidade de relacionamento interpessoal, demonstrar objetividade, consultar mídia impressa e eletrônica, demonstrar capacidade de concentração, demonstrar capacidade de atentar a detalhes.

Cargos e salários CBO 2525-05 - Profissionais de administração ecônomico-financeira

Salário Administrador de Fundos e Carteiras de Investimento

Administrador de Fundos e Carteiras de Investimento: Brasil

  • 1.006
  • Brasil
  • 8.328 - 21.585
  • 41h
O profissional no cargo de Administrador de Fundos e Carteiras de Investimento CBO 2525-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 8.328 e 21.585 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 1.006 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2525-05.
Salário Administrador de Fundos e Carteiras de Investimento São Paulo

Administrador de Fundos e Carteiras de Investimento: São Paulo, SP

  • 485
  • São Paulo, SP
  • 9.991 - 23.894
  • 42h
O profissional no cargo de Administrador de Fundos e Carteiras de Investimento CBO 2525-05 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 9.991 e 23.894 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 485 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2525-05.
Salário Administrador de Fundos e Carteiras de Investimento

Administrador de Fundos e Carteiras de Investimento: São Paulo

  • 520
  • São Paulo
  • 9.707 - 23.275
  • 42h
O profissional no cargo de Administrador de Fundos e Carteiras de Investimento CBO 2525-05 trabalhando em São Paulo, ganha entre 9.707 e 23.275 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 520 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2525-05.