CBO 1425-10 - Gerente de desenvolvimento de sistemas - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos gerentes de tecnologia da informação

O profissional no cargo de Gerente de desenvolvimento de sistemas CBO 1425-10 planeja, organiza, coordena e controla as atividades da área de desenvolvimento de sistemas e afins, de empresa, sob a direção de diretor ou gerente geral Provê recursos para o desenvolvimento de sistemas, por meio de técnicas de análise estruturada, engenharia de “software”, modelagem de dados, algoritmos avançados, tecnologia multimídia e de Internet, e novos avanços em linguagens de programação.

Gerencia escopo de projetos de desenvolvimentos de sistemas Gerencia adaptações em pacotes de aplicativos já existentes ou em fase de desenvolvimento, para ambientes operacionais diversos Avalia as atividades realizadas na área.

Gerencia relacionamento com prestadores de serviços Administra equipe de trabalho e recursos materiais e financeiros Cumpre normas técnicas, normas de qualidade e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental.

CBO 1425-10 é o Código Brasileiro da Ocupação de gerentes de tecnologia da informação que pertence ao grupo dos gerentes, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Gerente de desenvolvimento de sistemas, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Gerentes de tecnologia da informação CBO 1425-10 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 1425-10

  • Membros superiores do poder público, dirigentes de organizações de interesse público e de empresas, gerentes.
    • Gerentes de tecnologia da informação.
      • Gerentes.

O que faz um Gerente de desenvolvimento de sistemas

O Gerente de desenvolvimento de sistemas CBO 1425-10 presta assistência à direção da empresa, durante a elaboração de plano estratégico e a negociação de metas do planejamento tático Elabora planejamento operacional da área de desenvolvimento de sistemas e afins.

Prepara propostas de projetos e serviços.

Define metas Estabelece acordo de nível de serviços.

Elabora orçamento Traça planos de comunicação e de contingência.

Participa do planejamento da simulação e da execução de planos de contingência.

Para o desenvolvimento de sistemas, provê recursos de tecnologia que permitem a construção de soluções complexas, por meio de técnicas de análise estruturada, engenharia de “software”, modelagem de dados, algoritmos avançados, tecnologia multimídia e de Internet, e novos avanços em linguagens de programação Promove a atualização constante dos ambientes de desenvolvimento de “software”, com recursos que facilitam o trabalho dos desenvolvedores.

Leva em conta novos desenvolvimentos na área de periféricos, memórias, redes e processos de armazenamento (“nuvens”) computacionais, que proporcionam maior diversidade de entradas e saídas de dados a serem considerados no projeto de sistemas.

Organiza a atuação das equipes de apoio da área de desenvolvimento de sistemas e afins em diferentes atividades econômicas – como em empresas industriais, empresas comerciais, empresas de serviços de suporte e manutenção, empresas de tecnologia de informação e comunicação de dados, entre outras -, garantindo que todas as tarefas, as operações e os processos sigam os procedimentos estabelecidos, com o objetivo de maximizar os resultados Gerencia escopo de projeto de desenvolvimento de sistema, incluindo aplicação cliente-servidor utilizada em sistema de arquitetura distribuída Negocia mudanças de escopo, custos e prazos com clientes.

Negocia com fornecedores Aprova alterações de escopo do projeto Gerencia contratos e projetos, observando conformidade de especificações e de prazos.

Identifica necessidades de clientes, incluindo suas demandas de aplicações para compartilhamento de informações entre sistemas, com diferentes estruturas de dados e formas de comunicação Prospecta soluções tecnológicas e aplica as melhores práticas e tecnologias em desenvolvimento de sistemas.

Analisa qualidade de soluções propostas, estimando benefícios de soluções Apresenta soluções alternativas Gerencia adaptações em pacotes de aplicativos (programas para aplicações bem específicas) já existentes ou em fase de desenvolvimento, para ambientes operacionais diversos, de acordo com necessidades de clientes e usuários.

Avalia as atividades realizadas na área de desenvolvimento de sistemas e afins Promove o desenvolvimento tecnológico e as inovações para o incremento da produtividade Gerencia o relacionamento com prestadores de serviços.

Administra equipe de trabalho, identificando necessidade de contratação, definindo perfis profissionais para a área, e participando de processo de seleção de pessoal Avalia desempenho e promove a capacitação da equipe Fornece meios para a garantia de segurança no trabalho, de saúde dos trabalhadores e de conservação ambiental.

Identifica necessidade de demissões Administra recursos materiais e financeiros da área Homologa equipamentos e “softwares” Acompanha execução orçamentária Subsidia elaboração de orçamento de outras áreas.

Acompanha processos de auditoria interna e externa Conduz reuniões de trabalho Estabelece interface com setores internos e com clientes e fornecedores externos.

Funções do cargo

O funcionário CBO 1425-10 deve gerenciar operação de serviços de tecnologia da informação, planejar atividades de tecnologia da informação, identificar oportunidades de aplicação de tecnologia da informação, demonstrar competências pessoais, gerir projetos de tecnologia da informação, interargir com outras Áreas, administrar equipes.

Condições de trabalho dessas profissões

Gerentes de tecnologia da informação os cargos dessa família CBO podem exercer suas funções em instituições financeiras, em empresas de teleprocessamento, de segurança, de suporte e manutenção à informática, de manutenção e expansão de redes, de processamento e comunicação de dados, em setores empresariais de desenvolvimento e produção de tecnologia da informação empresarial, entre outros. São contratados, na condição de trabalhadores empregados, com carteira assinada, organizam-se em equipes, atuam com supervisão ocasional, desenvolvem suas atividades em ambiente fechado, geralmente no período diurno. Devido ao trabalho sob pressão podem estar sujeitos a estresse.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 1425-10

Essas ocupações são exercidas por pessoas com escolaridade de ensino superior, tanto em nível de bacharelado quanto de tecnologia. Podem seguir ainda cursos básicos, além de constantes cursos de especialização e aperfeiçoamento. O exercício pleno das funções ocorre após o período de cinco anos de experiência profissional.

Atividades exercidas por um Gerente de desenvolvimento de sistemas CBO 1425-10

Um Gerente de desenvolvimento de sistemas (ou sinônimo) deve gerir recursos humanos, materiais e tecnológicos, demonstrar capacidade de adaptar-se a novas tecnologias, garantir qualidade de serviços e projetos, demonstrar capacidade de administrar conflitos, analisar escopo do negócio, participar da definição de padrões de desenvolvimento de projetos, participar da definição de metodologias, definir padrões de performance e qualidade, promover capacitação da equipe, demonstrar capacidade de trabalhar em equipe, elaborar orçamento e cronograma, aprovar programação de férias de funcionários, acompanhar execução orçamentária, divulgar resultados da área, estimar prazo e custo de soluções propostas, aprovar homologação de equipamentos e/ou softwares, subsidiar elaboração de orçamento de outras áreas, participar do planejamento da simulação e execução de plano de contingência, tratar correção dos desvios, garantir segurança da informação, demonstrar capacidade de liderança, distinguir talentos e potencialidades individuais, gerir produtividade da equipe, antever cenários futuros, cobrar resultados, definir necessidades de recursos humanos, definir matriz de responsabilidades, estimar benefícios de soluções, participar da simulação de plano de contingência, negociar mudanças de escopo, custos e prazos com clientes, participar da avaliação de impactos de novas tecnologias, promover integração da equipe, participar da definição da estratégia de desenvolvimento, demonstrar capacidade de contornar situações adversas, disponibilizar equipe, traçar plano de comunicação, identificar necessidades de clientes, demonstrar capacidade de organização, traçar plano de contingência, definir escopo do projeto e serviço, relatar andamento de projetos, delegar atribuições a equipe, apresentar cases de sucessos, divulgar planos e metas da área, analisar desvios na execução de projetos e serviços, demonstrar capacidade de delegação, demonstrar capacidade de pró-atividade, prever impactos de projetos e serviços, acompanhar o desempenho dos canais de suporte de operação, estabelecer acordo de nível de serviços, acompanhar atividades de gestão de mudanças, demonstrar capacidade de raciocínio lógico, participar da elaboração da análise de risco, demonstrar capacidade de persuasão, motivar equipes, prospectar soluções tecnológicas, aprovar alteração de escopo do projeto, orientar equipe para atingir resultados, elaborar propostas de projetos e serviços, demonstrar capacidade de identificar talentos, monitorar resultados, demonstrar capacidade de tomar decisões, assegurar cumprimento de normas e padrões, apresentar soluções e alternativas, gerir escopo do projeto, demonstrar capacidade de adaptar-se a mudanças, estabelecer prioridades, aprovar seleção de funcionários, gerir prestação de serviços terceirizados, definir perfis dos profissionais da área, gerir custos e prazos de execução, analisar qualidade de soluções propostas, estabelecer metas e prazos, garantir integração dos produtos, gerir andamento do projeto, coordenar implantação do projeto, realizar reuniões de acompanhamento com a equipe, demonstrar capacidade de agir sob pressão, participar da criação de normas e procedimentos, demonstrar capacidade de negociação, gerenciar o resultado das pesquisas de satisfação dos clientes, negociar com fornecedores, demonstrar capacidade de relacionamento interpessoal, identificar necessidades de contratação e demissão, representar a empresa em fóruns, congressos, academias e eventos, avaliar desempenho da equipe, aplicar melhores práticas e tecnologias, demonstrar capacidade de comunicação, demonstrar capacidade de conduzir reuniões, demonstrar capacidade de resiliência, acompanhar processos de auditoria interna e externa, monitorar operacionalização de projetos - operação assistida.

Cargos e salários CBO 1425-10 - Gerentes de tecnologia da informação

Salário Gerente de Desenvolvimento de Sistemas

Gerente de Desenvolvimento de Sistemas: Brasil

  • 5.328
  • Brasil
  • 16.230 - 35.025
  • 41h
O profissional no cargo de Gerente de Desenvolvimento de Sistemas CBO 1425-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 16.230 e 35.025 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 5.328 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1425-10.
Salário Gerente de Programação de Sistema

Gerente de Programação de Sistema: Brasil

  • 5.328
  • Brasil
  • 16.230 - 35.025
  • 41h
O profissional no cargo de Gerente de Programação de Sistema CBO 1425-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 16.230 e 35.025 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 5.328 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1425-10.
Salário Gerente de Desenvolvimento de Sistemas

Gerente de Desenvolvimento de Sistemas: São Paulo

  • 2.532
  • São Paulo
  • 18.285 - 34.914
  • 42h
O profissional no cargo de Gerente de Desenvolvimento de Sistemas CBO 1425-10 trabalhando em São Paulo, ganha entre 18.285 e 34.914 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 2.532 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1425-10.
Salário Gerente de Desenvolvimento de Sistemas

Gerente de Desenvolvimento de Sistemas: Minas Gerais

  • 337
  • Minas Gerais
  • 13.030 - 26.417
  • 41h
O profissional no cargo de Gerente de Desenvolvimento de Sistemas CBO 1425-10 trabalhando em Minas Gerais, ganha entre 13.030 e 26.417 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 337 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1425-10.
Salário Gerente de Desenvolvimento de Sistemas Brasília

Gerente de Desenvolvimento de Sistemas: Brasília, DF

  • 83
  • Brasília, DF
  • 11.925 - 20.494
  • 42h
O profissional no cargo de Gerente de Desenvolvimento de Sistemas CBO 1425-10 trabalhando em Brasília - DF, ganha entre 11.925 e 20.494 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 83 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1425-10.
Salário Gerente de Desenvolvimento de Sistemas Curitiba

Gerente de Desenvolvimento de Sistemas: Curitiba, PR

  • 123
  • Curitiba, PR
  • 16.148 - 28.791
  • 41h
O profissional no cargo de Gerente de Desenvolvimento de Sistemas CBO 1425-10 trabalhando em Curitiba - PR, ganha entre 16.148 e 28.791 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 123 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1425-10.
Salário Gerente de Desenvolvimento de Sistemas Belo Horizonte

Gerente de Desenvolvimento de Sistemas: Belo Horizonte, MG

  • 197
  • Belo Horizonte, MG
  • 13.997 - 27.439
  • 40h
O profissional no cargo de Gerente de Desenvolvimento de Sistemas CBO 1425-10 trabalhando em Belo Horizonte - MG, ganha entre 13.997 e 27.439 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 197 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1425-10.
Salário Gerente de Desenvolvimento de Sistemas Rio de Janeiro

Gerente de Desenvolvimento de Sistemas: Rio de Janeiro, RJ

  • 199
  • Rio de Janeiro, RJ
  • 15.536 - 29.620
  • 40h
O profissional no cargo de Gerente de Desenvolvimento de Sistemas CBO 1425-10 trabalhando em Rio de Janeiro - RJ, ganha entre 15.536 e 29.620 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 199 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1425-10.
Salário Gerente de Desenvolvimento de Sistemas Porto Alegre

Gerente de Desenvolvimento de Sistemas: Porto Alegre, RS

  • 81
  • Porto Alegre, RS
  • 16.886 - 31.134
  • 41h
O profissional no cargo de Gerente de Desenvolvimento de Sistemas CBO 1425-10 trabalhando em Porto Alegre - RS, ganha entre 16.886 e 31.134 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 81 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1425-10.
Salário Gerente de Desenvolvimento de Sistemas Barueri

Gerente de Desenvolvimento de Sistemas: Barueri, SP

  • 222
  • Barueri, SP
  • 15.765 - 28.739
  • 40h
O profissional no cargo de Gerente de Desenvolvimento de Sistemas CBO 1425-10 trabalhando em Barueri - SP, ganha entre 15.765 e 28.739 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 222 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1425-10.
Salário Gerente de Desenvolvimento de Sistemas São Paulo

Gerente de Desenvolvimento de Sistemas: São Paulo, SP

  • 1.719
  • São Paulo, SP
  • 19.350 - 36.053
  • 41h
O profissional no cargo de Gerente de Desenvolvimento de Sistemas CBO 1425-10 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 19.350 e 36.053 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 1.719 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1425-10.
Salário Gerente de Desenvolvimento de Sistemas Campinas

Gerente de Desenvolvimento de Sistemas: Campinas, SP

  • 123
  • Campinas, SP
  • 16.601 - 29.750
  • 40h
O profissional no cargo de Gerente de Desenvolvimento de Sistemas CBO 1425-10 trabalhando em Campinas - SP, ganha entre 16.601 e 29.750 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 123 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1425-10.
Salário Gerente de Programação de Sistema Porto Alegre

Gerente de Programação de Sistema: Porto Alegre, RS

  • 81
  • Porto Alegre, RS
  • 16.886 - 31.134
  • 41h
O profissional no cargo de Gerente de Programação de Sistema CBO 1425-10 trabalhando em Porto Alegre - RS, ganha entre 16.886 e 31.134 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 81 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1425-10.
Salário Gerente de Programação de Sistema

Gerente de Programação de Sistema: São Paulo

  • 2.532
  • São Paulo
  • 18.285 - 34.914
  • 42h
O profissional no cargo de Gerente de Programação de Sistema CBO 1425-10 trabalhando em São Paulo, ganha entre 18.285 e 34.914 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 2.532 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1425-10.
Salário Gerente de Programação de Sistema São Paulo

Gerente de Programação de Sistema: São Paulo, SP

  • 1.719
  • São Paulo, SP
  • 19.350 - 36.053
  • 41h
O profissional no cargo de Gerente de Programação de Sistema CBO 1425-10 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 19.350 e 36.053 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 1.719 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1425-10.
Salário Gerente de Programação de Sistema Rio de Janeiro

Gerente de Programação de Sistema: Rio de Janeiro, RJ

  • 199
  • Rio de Janeiro, RJ
  • 15.536 - 29.620
  • 40h
O profissional no cargo de Gerente de Programação de Sistema CBO 1425-10 trabalhando em Rio de Janeiro - RJ, ganha entre 15.536 e 29.620 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 199 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1425-10.
Salário Gerente de Programação de Sistema Belo Horizonte

Gerente de Programação de Sistema: Belo Horizonte, MG

  • 197
  • Belo Horizonte, MG
  • 13.997 - 27.439
  • 40h
O profissional no cargo de Gerente de Programação de Sistema CBO 1425-10 trabalhando em Belo Horizonte - MG, ganha entre 13.997 e 27.439 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 197 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1425-10.