Arquiteto da Paisagem - Piso Salarial 2024, O Que Faz, Salário Arquitetura

R$ 4.458,94/mês

Atualizado em

Hoje um Arquiteto da Paisagem ganha em média R$ 4.458,94 para uma jornada de trabalho de 42 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 415 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Arquiteto da Paisagem pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 4.337,16 e o teto salarial de R$ 10.949,32, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Arquiteto da Paisagem.

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 27 anos, formação superior em Arquitetura, do sexo feminino que trabalha 44h semanais em empresas do segmento de Comércio varejista de plantas e flores naturais de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Arquiteto da Paisagem é São Paulo , SP.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Arquiteto da Paisagem, não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Arquiteto da Paisagem CBO 2141-20

O Arquiteto da Paisagem planeja, projeta e desenha plantas, cortes e vistas de jardins, praças, parques ecológicos, jardins de interiores e jardinagem geral, em empreendimentos de diferentes portes, em diferentes áreas de zoneamento urbano e rural, realizando estudos do solo, taxas de ocupação, tamanho das construções (gabaritos) e números de ocupantes, tendo em vista a organização e o fomento de desenvolvimento da paisagem urbana de municípios, cidades, bairros e áreas de ocupação humana Determina viabilidade de projetos paisagísticos de empreendimentos de construção e de manutenção de edificações e obras de infraestrutura, analisando impactos urbanísticos, sociais, culturais, econômicos e ecológicos, considerando plano diretor, planejamento urbanístico e desenho urbano definido para a região, tendo em vista transformações possíveis no ecossistema da área e outros aspectos políticos e econômicos positivos e negativos que resultarão dos efeitos deste tipo de empreendimento no local Elabora projetos arquitetônicos paisagísticos em conformidade com a demanda, desenhando plantas, cortes e vistas conforme conceito projetual, pré-dimensionando o empreendimento proposto, compatibilizando projetos complementares e elaborando estudos multidisciplinares em diálogo constante com engenheiros das áreas envolvidas, podendo utilizar recursos do BIM – “Building Information Modeling” (Modelagem da Informação da Construção), bem como tecnologias de inovação, conforme especificações do contratante.

Executa detalhamento técnico construtivo de jardins, praças, parques ecológicos, jardins de interiores e jardinagem geral, definindo materiais e metodologias de aplicação, a partir estudos preliminares e alternativas disponíveis, buscando aprovação do projeto junto aos órgãos competentes e registrando responsabilidade técnica da obra a ser construída ou reformada Supervisiona obras e serviços de projetos paisagísticos em empreendimentos de edificações e de infraestrutura quanto ao andamento físico, financeiro e legal, monitorando controle de qualidade dos materiais e atividades, ajustando situações imprevistas, conferindo medições e assegurando fidedignidade em relação ao projeto demandado Realiza consultoria e assessoria para projetos arquitetônicos de paisagismo e para obras de infraestrutura, avaliando métodos e soluções técnicas para a promoção da integração entre comunidade, paisagem sustentável e ativos edificados, realizando estudo de pós-ocupação e coordenando equipes de planejamento, programas e projetos de empreendimentos, conforme plano diretor, planejamento e desenho urbanístico da área de zoneamento Administra a execução de projetos arquitetônicos de paisagismo para empreendimentos de edificações e de obras de infraestrutura, definindo cronograma físico e financeiro, selecionando prestadores de serviço, mão de obra e fornecedores, acompanhando e aprovando execução das atividades no canteiro de obras, executando “as built” (projeto conforme construído), compatibilizando projetos federados, processos de execução e atividades realizadas, podendo utilizar recursos do BIM – “Building Information Modeling” (Modelagem da Informação da Construção) e entregando o ativo de acordo com as especificações projetadas.

Participa da formulação de políticas públicas de gestão e ocupação de empreendimentos paisagísticos e obras de infraestrutura, estabelecendo diretrizes para legislação ambiental e urbanística, monitorando implementação e estabelecimento de programas de segurança, manutenção e controle dos espaços territoriais e estruturas edificadas, promovendo a comunicação entre a sociedade e entidades públicas e privadas, tendo em vista a aderência ao projeto arquitetônico paisagístico, seu caráter de patrimônio histórico cultural, considerando sua interferência em áreas urbanas e rurais.

Algumas funções no exercício da profissão

  • ordenar uso e ocupação do terrritório;
  • desenvolver estudos de viabilidade;
  • fiscalizar obras e serviços;
  • elaborar planos, programas e projetos;
  • prestar serviços de consultoria e assessoria;
  • gerenciar execução de obras e serviços;
  • estabelecer políticas de gestão;
  • fomentar prestação de serviços de arquitetura e urbanismo;
  • demonstrar competências pessoais;
  • elaborar orçamento do projeto;
  • identificar alternativas de operacionalização;
  • dar garantia dos serviços prestados;
  • ajustar projeto a imprevistos;
  • manifestar comprometimento social;
  • elaborar laudos, perícias e pareceres técnicos;
  • elaborar manual do usuário;
  • ver mais...

Salário de Arquiteto da Paisagem CBO 2141-20 - Série histórica

Quanto ganha um Arquiteto da Paisagem por região do Brasil

Quanto ganha um Arquiteto da Paisagem nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Arquiteto da Paisagem na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
42 6.009,07 6.177,79 9.336,06 29,30 77
42 4.153,35 4.269,97 6.452,90 20,35 31
43 6.558,43 6.742,58 10.189,58 31,49 17
43 1.957,57 2.012,53 3.041,39 9,30 17
41 4.859,62 4.996,06 7.550,20 24,30 16
42 2.393,50 2.460,71 3.718,69 11,61 16
44 3.372,67 3.467,36 5.239,98 15,89 11
44 4.651,40 4.782,00 7.226,70 21,74 11
44 2.663,90 2.738,70 4.138,81 12,56 10
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a Busca Salarial.

Tabela salarial para Arquiteto da Paisagem

Tabela salarial referentes ao salário base do cargo e na remuneração por períodos
Período Salário Mensal Salário Anual Salário Semanal Salário/Hora
Piso Salarial 4.337 52.046 1.084 20,58
Média Salarial 4.459 53.507 1.115 21,16
1º Quartil 2.178 26.135 544 10,33
Salário Mediana 3.000 36.000 750 14,24
3º Quartil 8.350 100.205 2.088 39,62
Teto Salarial 10.949 131.392 2.737 51,96
  • Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Arquiteto da Paisagem negociados por sindicatos e registrados no MTE;
  • Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais CBO 2141-20 da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;
  • 1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;
  • 3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

Demanda no mercado de trabalho para Arquitetura

Arquiteto da Paisagem é um cargo que está com altíssima demanda no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses.

No comparativo entre os meses de Junho de 2023 e Maio de 2024, tivemos um aumento de 12.5% nas contratações formais com carteira assinada em regime integral de trabalho.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Arquiteto da Paisagem CBO 2141-20 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Arquiteto da Paisagem por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Arquiteto da Paisagem na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
43 5.307,96 5.457,00 8.246,78 25,63 137
41 4.625,76 4.755,64 7.186,86 23,01 36
40 4.004,70 4.117,15 6.221,96 20,51 27
42 5.497,49 5.651,84 8.541,24 27,10 27
41 2.528,40 2.599,39 3.928,28 12,73 26
43 3.519,27 3.618,08 5.467,75 16,94 25
43 3.583,91 3.684,54 5.568,19 17,01 24
43 3.095,40 3.182,32 4.809,21 14,97 19
44 4.371,64 4.494,38 6.792,05 20,43 13
39 2.583,24 2.655,77 4.013,48 13,73 13
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
4789-0/02 Comércio varejista de plantas e flores naturais 2.646,63 2.720,95 4.111,97
4120-4/00 Construção de edifícios 4.929,38 5.067,79 7.658,60
8130-3/00 Atividades paisagísticas 2.992,14 3.076,16 4.648,78
7111-1/00 Serviços de arquitetura 3.185,31 3.274,74 4.948,89
7820-5/00 Locação de mão-de-obra temporária 5.395,08 5.546,56 8.382,13
8112-5/00 Condomínios prediais 3.276,50 3.368,50 5.090,58
7112-0/00 Serviços de engenharia 7.801,27 8.020,31 12.120,53
4110-7/00 Incorporação de empreendimentos imobiliários 5.220,29 5.366,87 8.110,57
4754-7/01 Comércio varejista de móveis 2.196,22 2.257,89 3.412,19
7020-4/00 Atividades de consultoria em gestão empresarial 5.096,69 5.239,80 7.918,54
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganham profissionais de Arquitetura por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 415 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Arquiteto da Paisagem CBO 2141-20 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
306 44 220 4.150,97 18,87
57 40 200 6.078,25 30,39
7 30 150 5.510,57 36,74
4 43 215 6.665,00 31,00
3 41 205 6.200,00 30,24
3 20 100 2.950,00 29,50

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por porte da empresa e nível profissional

Metodologia: Salários de 209 profissionais demitidos pelas empresas.
Porte da Empresa Júnior Pleno Sênior
Micro 4.106,85 4.411,70 4.940,51
Pequenas 4.944,18 5.249,03 5.777,84
Médias 6.208,99 6.513,84 7.042,65
Grandes Empresas 5.566,20 5.871,06 6.399,87
  • *Arquiteto da Paisagem Júnior: até 4 anos;
  • *Arquiteto da Paisagem Pleno: de 4 a 6 anos;
  • *Arquiteto da Paisagem Sênior: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Arquiteto da Paisagem

  • Salário Base: R$ 4.458,94
  • Salário-educação (3%): R$ 133,77
  • Sistema S (2%): R$ 89,18
  • INSS Patronal (20%): R$ 891,79
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 44,59
  • FGTS (8%): R$ 356,72
  • Férias 1/12: R$ 371,58
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 891,79
  • Periculosidade (30%): R$ 1.337,68
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 123,86
  • 13º Salário: R$ 371,58
  • FGTS sobre Férias: R$ 29,73
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 9,91
  • FGTS sobre 13º: R$ 29,73
  • Aviso Prévio: R$ 371,58
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 29,73
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 371,58

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Arquiteto da Paisagem pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Arquiteto da Paisagem