CBO 1311-20 - Gerente de serviços sociais - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos diretores e gerentes de operações em empresa de serviços pessoais, sociais e culturais

O profissional no cargo de Gerente de serviços sociais CBO 1311-20 Planeja, organiza, dirige, coordena, controla e avalia as atividades operacionais relacionadas aos serviços sociais e projetos de intervenção social em departamentos ou empresas, organizações, entidades e serviços públicos e privados no âmbito da cultura, assistência, educação, saúde, geração de renda, entre outros, sob a direção de um diretor ou gerente geral, visando ao exercício pleno da cidadania em diferentes campos de atuação, com inserção criativa e propositiva de usuários do Serviço Social no conjunto das relações sociais Orienta e elabora projetos e propostas para submissão a órgãos e editais de fomento e captação de recursos.

Atua conforme normas técnicas e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, de qualidade e de conservação ambiental

CBO 1311-20 é o Código Brasileiro da Ocupação de diretores e gerentes de operações em empresa de serviços pessoais, sociais e culturais que pertence ao grupo dos diretores e gerentes em empresa de serviços de saúde, da educação, ou de serviços culturais, sociais ou pessoais, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Gerente de serviços sociais, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Diretores e gerentes de operações em empresa de serviços pessoais, sociais e culturais CBO 1311-20 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 1311-20

  • Membros superiores do poder público, dirigentes de organizações de interesse público e de empresas, gerentes.
    • Diretores e gerentes de operações em empresa de serviços pessoais, sociais e culturais.
      • Diretores e gerentes em empresa de serviços de saúde, da educação, ou de serviços culturais, sociais ou pessoais.

O que faz um Gerente de serviços sociais

O Gerente de serviços sociais CBO 1311-20 planeja, organiza, dirige, coordena, controla e avalia atividades das equipes de produção e operação relacionadas aos serviços sociais e projetos de intervenção social em departamentos ou empresas, organizações, entidades e serviços públicos e privados no âmbito da cultura, assistência, educação, saúde, geração de renda, entre outros, garantindo que todas as tarefas, operações e processos sigam os procedimentos estabelecidos, com o objetivo de maximizar os resultados estabelecidos em metas Presta assistência à direção da empresa ou aos seus departamentos, durante a elaboração de plano estratégico e da negociação de metas de produção do planejamento tático.

Define estratégias operacionais e plano de divulgação, elabora programa anual de trabalho e realiza o planejamento, gestão e avaliação de recursos, cronograma estratégico financeiro e das atividades, assim como a alocação de recursos humanos, físicos e tecnológicos envolvidos nas atividades institucionais, incluindo a negociação com fornecedores e prestadores de serviços.

Conduz reuniões de trabalho e acompanha auditorias Estabelece interface com setores internos e com clientes e fornecedores externos.

Estabelece rede de relações institucionais, administrando, monitorando e avaliando projetos, ações e programas relacionados aos serviços sociais e projetos de intervenção social, promovidos e ou patrocinados pela organização, em diferentes aspectos, tais como logístico, operacional, financeiro, artístico etc, elaborando relatórios de resultados, quando necessário.

Define critérios de contratação de serviços e seleciona recursos humanos, participando da definição de cargos, salários e benefícios, responsabilizando-se pela implementação de estratégias e atividades de treinamento.

Administra pessoas, finanças, suprimentos, operações de produção e fornece meios para a garantia de segurança no trabalho, de saúde dos trabalhadores e de preservação ambiental Estabelece canais, espaços e momentos de compartilhamento de informações com a equipe de trabalho, organizando reuniões de avaliação, acompanhamento e planejamento, bem como zelando pelas condições de exercício profissional.

Coordena atividades de trabalho voluntário, eventos e ações na área social, desenvolvendo ações de relacionamento com a comunidade, incluindo a organização de atividades comunitárias, campanhas de conscientização e de mobilização social.

Analisa cenários e desenvolve propostas de intervenções sociais com foco em indivíduos, famílias, grupos, comunidades e instituições, visando o exercício pleno da cidadania em diferentes campos de atuação, com inserção criativa e propositiva de usuários do Serviço Social no conjunto das relações sociais Participa do planejamento e supervisiona ações, projetos e intervenções no território em diferentes frentes de apoio à promoção à assistência social, saúde, justiça, educação, habitação, relações de trabalho e geração de renda, entre outras, atuando em organizações da administração pública, privada, organizações não governamentais, movimentos sociais, assim como em ações de empreendedorismo social Gerencia contratos e projetos, observando conformidade de especificações e de prazos.

Orienta e elabora projetos e propostas de serviços sociais e intervenção social para submissão a órgãos e editais de fomento e captação de recursos, promovidos por entidades públicas, privadas e ou de organizações sociais da sociedade civil, definindo objetivos, escopo, público-alvo, detalhamento de ações e dimensionamento do trabalho, análise de viabilidade do projeto, orçamento, bem como estabelecendo indicadores de avaliação e parceiros e potenciais financiadores necessários à implementação da iniciativa Promove o desenvolvimento tecnológico e as inovações para o incremento da produtividade Atua considerando princípios de ética profissional e normas técnicas e legais, assim como normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de conservação ambiental.

.

Funções do cargo

O funcionário CBO 1311-20 deve demonstrar competências pessoais, coordenar equipes de trabalho, captar recursos para projetos culturais e sociais, definir política institucional, fomentar ações culturais na comunidade, orientar a elaboração de projetos, definir política de recursos humanos, planejar atividades, administrar projetos sociais e culturais.

Condições de trabalho dessas profissões

Diretores e gerentes de operações em empresa de serviços pessoais, sociais e culturais exercem suas funções em instituições, associações e empresas dos ramos de atividades culturais, sociais, recreativas, de saúde e serviços sociais. São contratados na condição de empregados com carteira e também atuam como autônomos. Trabalham em equipe, sob supervisão ocasional, em ambientes fechados, no período diurno. Em algumas de suas atividades podem trabalhar sob pressão, levando-os à situação de estresse.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 1311-20

Para o exercício dessas ocupações requer-se curso superior. O exercício pleno das funções ocorre após o período de cinco anos de experiência profissional.

Atividades exercidas por um Gerente de serviços sociais CBO 1311-20

Um Gerente de serviços sociais (ou sinônimo) deve demonstrar capacidade de relacionamento interpessoal, orçar projeto, demonstrar capacidade de discernimento, participar na definição de cargos e salários, definir benefícios, elaborar programa anual de trabalho, compartilhar informações com equipe de trabalho, delegar responsabilidades, elaborar cronograma de atividades, promover a organização de campanhas de mobilização social, avaliar desempenho da equipe, demonstrar sociabilidade, definir estratégias operacionais, definir escopo de projeto, negociar com fornecedores de serviços, objetivar comunicação, estabelecer critérios de contratação de serviços, zelar pelas condições de trabalho, elaborar relatórios de resultados do projeto, organizar logística, identificar potenciais financiadores, avaliar execução do projeto, estabelecer metodologias, elaborar relatórios técnicos, liderar equipe, selecionar recursos humanos, planejar agenda de reuniões, definir plano de divulgação, analisar viabilidade do projeto, priorizar atividades, organizar reuniões de avaliação, acompanhamento e planejamento, atualizar-se tecnicamente, coordenar atividades de trabalho voluntário, redimensionar atividades, demonstrar capacidade de persuasão, apresentar soluções criativas, administrar conflitos, tomar decisão, demonstrar clareza de expressão verbal, enquadrar projetos na legislação vigente, definir objetivos do projeto, promover a organização de campanhas de conscientização, trabalhar com determinação, coordenar ações na área social, agir com dinamismo, promover a organização de atividades comunitárias, monitorar projetos em comunidades, implementar atividades de treinamento, demonstrar motivação, agir com iniciativa, estabelecer rede de relações institucionais, estabelecer indicadores de avaliação de projeto, estabelecer parceiros na implementação do projeto, ponderar opiniões divergentes, alocar recursos, coordenar eventos, definir público alvo, avaliar execução do cronograma físico-financeiro, dimensionar equipe de trabalho, estabelecer canais de comunicação interna.

Cargos e salários CBO 1311-20 - Diretores e gerentes de operações em empresa de serviços pessoais, sociais e culturais

Salário Gerente de Organização Social de Interesse Público

Gerente de Organização Social de Interesse Público: Brasil

  • 3.685
  • Brasil
  • 5.219 - 11.931
  • 39h
O profissional no cargo de Gerente de Organização Social de Interesse Público CBO 1311-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 5.219 e 11.931 para uma jornada de trabalho média de 39h semanais de acordo com dados salariais de 3.685 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.
Salário Gerente de Pesquisas no Ibge (instituto Brasileiro de Geografia e Estatística)

Gerente de Pesquisas no Ibge (instituto Brasileiro de Geografia e Estatística): Brasil

  • 3.685
  • Brasil
  • 5.219 - 11.931
  • 39h
O profissional no cargo de Gerente de Pesquisas no Ibge (instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) CBO 1311-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 5.219 e 11.931 para uma jornada de trabalho média de 39h semanais de acordo com dados salariais de 3.685 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.
Salário Diretor de Futebol

Diretor de Futebol: Brasil

  • 3.685
  • Brasil
  • 5.219 - 11.931
  • 39h
O profissional no cargo de Diretor de Futebol CBO 1311-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 5.219 e 11.931 para uma jornada de trabalho média de 39h semanais de acordo com dados salariais de 3.685 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.
Salário Gerente de Serviços Sociais

Gerente de Serviços Sociais: Brasil

  • 3.685
  • Brasil
  • 5.219 - 11.931
  • 39h
O profissional no cargo de Gerente de Serviços Sociais CBO 1311-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 5.219 e 11.931 para uma jornada de trabalho média de 39h semanais de acordo com dados salariais de 3.685 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.
Salário Chefe de Serviço de Pesquisa e Estatística

Chefe de Serviço de Pesquisa e Estatística: Brasil

  • 3.685
  • Brasil
  • 5.219 - 11.931
  • 39h
O profissional no cargo de Chefe de Serviço de Pesquisa e Estatística CBO 1311-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 5.219 e 11.931 para uma jornada de trabalho média de 39h semanais de acordo com dados salariais de 3.685 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.
Salário Coordenador de Projetos Sociais

Coordenador de Projetos Sociais: Brasil

  • 3.685
  • Brasil
  • 5.219 - 11.931
  • 39h
O profissional no cargo de Coordenador de Projetos Sociais CBO 1311-20 trabalhando no Brasil, ganha entre 5.219 e 11.931 para uma jornada de trabalho média de 39h semanais de acordo com dados salariais de 3.685 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.
Salário Gerente de Serviços Sociais

Gerente de Serviços Sociais: São Paulo

  • 1.194
  • São Paulo
  • 5.854 - 11.939
  • 40h
O profissional no cargo de Gerente de Serviços Sociais CBO 1311-20 trabalhando em São Paulo, ganha entre 5.854 e 11.939 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 1.194 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.
Salário Gerente de Serviços Sociais São Paulo

Gerente de Serviços Sociais: São Paulo, SP

  • 710
  • São Paulo, SP
  • 6.657 - 13.077
  • 39h
O profissional no cargo de Gerente de Serviços Sociais CBO 1311-20 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 6.657 e 13.077 para uma jornada de trabalho média de 39h semanais de acordo com dados salariais de 710 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.
Salário Gerente de Serviços Sociais Rio de Janeiro

Gerente de Serviços Sociais: Rio de Janeiro, RJ

  • 248
  • Rio de Janeiro, RJ
  • 7.084 - 16.478
  • 40h
O profissional no cargo de Gerente de Serviços Sociais CBO 1311-20 trabalhando em Rio de Janeiro - RJ, ganha entre 7.084 e 16.478 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 248 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.
Salário Gerente de Serviços Sociais Belo Horizonte

Gerente de Serviços Sociais: Belo Horizonte, MG

  • 184
  • Belo Horizonte, MG
  • 5.420 - 10.351
  • 38h
O profissional no cargo de Gerente de Serviços Sociais CBO 1311-20 trabalhando em Belo Horizonte - MG, ganha entre 5.420 e 10.351 para uma jornada de trabalho média de 38h semanais de acordo com dados salariais de 184 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.
Salário Chefe de Serviço de Pesquisa e Estatística

Chefe de Serviço de Pesquisa e Estatística: São Paulo

  • 1.194
  • São Paulo
  • 5.854 - 11.939
  • 40h
O profissional no cargo de Chefe de Serviço de Pesquisa e Estatística CBO 1311-20 trabalhando em São Paulo, ganha entre 5.854 e 11.939 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 1.194 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.
Salário Chefe de Serviço de Pesquisa e Estatística São Paulo

Chefe de Serviço de Pesquisa e Estatística: São Paulo, SP

  • 710
  • São Paulo, SP
  • 6.657 - 13.077
  • 39h
O profissional no cargo de Chefe de Serviço de Pesquisa e Estatística CBO 1311-20 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 6.657 e 13.077 para uma jornada de trabalho média de 39h semanais de acordo com dados salariais de 710 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.
Salário Coordenador de Projetos Sociais Belo Horizonte

Coordenador de Projetos Sociais: Belo Horizonte, MG

  • 184
  • Belo Horizonte, MG
  • 5.420 - 10.351
  • 38h
O profissional no cargo de Coordenador de Projetos Sociais CBO 1311-20 trabalhando em Belo Horizonte - MG, ganha entre 5.420 e 10.351 para uma jornada de trabalho média de 38h semanais de acordo com dados salariais de 184 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.
Salário Coordenador de Projetos Sociais

Coordenador de Projetos Sociais: Minas Gerais

  • 620
  • Minas Gerais
  • 4.412 - 9.037
  • 38h
O profissional no cargo de Coordenador de Projetos Sociais CBO 1311-20 trabalhando em Minas Gerais, ganha entre 4.412 e 9.037 para uma jornada de trabalho média de 38h semanais de acordo com dados salariais de 620 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.
Salário Coordenador de Projetos Sociais Betim

Coordenador de Projetos Sociais: Betim, MG

  • 16
  • Betim, MG
  • 2.964 - 4.626
  • 35h
O profissional no cargo de Coordenador de Projetos Sociais CBO 1311-20 trabalhando em Betim - MG, ganha entre 2.964 e 4.626 para uma jornada de trabalho média de 35h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.
Salário Coordenador de Projetos Sociais

Coordenador de Projetos Sociais: São Paulo

  • 1.194
  • São Paulo
  • 5.854 - 11.939
  • 40h
O profissional no cargo de Coordenador de Projetos Sociais CBO 1311-20 trabalhando em São Paulo, ganha entre 5.854 e 11.939 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 1.194 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.
Salário Coordenador de Projetos Sociais Salvador

Coordenador de Projetos Sociais: Salvador, BA

  • 77
  • Salvador, BA
  • 4.102 - 8.854
  • 39h
O profissional no cargo de Coordenador de Projetos Sociais CBO 1311-20 trabalhando em Salvador - BA, ganha entre 4.102 e 8.854 para uma jornada de trabalho média de 39h semanais de acordo com dados salariais de 77 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.
Salário Coordenador de Projetos Sociais Campinas

Coordenador de Projetos Sociais: Campinas, SP

  • 47
  • Campinas, SP
  • 6.076 - 12.043
  • 38h
O profissional no cargo de Coordenador de Projetos Sociais CBO 1311-20 trabalhando em Campinas - SP, ganha entre 6.076 e 12.043 para uma jornada de trabalho média de 38h semanais de acordo com dados salariais de 47 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1311-20.