Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno - Salário, O Que Faz, Piso Salarial 2024

R$ 1.716,51/mês

Atualizado em

Hoje um Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno ganha em média R$ 1.716,51 para uma jornada de trabalho de 42 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 23.362 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 1.669,63 e o teto salarial de R$ 2.720,01, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno.

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Salário por cidade

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 24 anos, ensino médio completo, do sexo masculino que trabalha 44h semanais em empresas do segmento de de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno é São Paulo.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno, não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno CBO 9513-15

O Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno prepara-se para monitorar sistemas eletrônicos de segurança analisando programas, procedimentos ou práticas de segurança – com base em sistemas eletrônicos, capazes de garantir ou orientar resposta a eventos de alarmes recebidos na central de monitoramento Checa equipamentos e sistemas da central de monitoramento – tais como GPRS-Serviços Gerais de Pacote por Rádio (General Packet Radio Services), receptores e outros aparelhos de telefonia – e analisa imagens e eventos recebidos do sistema Aplica escala de prioridades.

Checa histórico dos eventos recebidos da central de alarme monitorada Aciona monitor externo, em função dos eventos recebidos e seguindo a escala de prioridades Identifica o problema após verificação do monitor externo Aciona órgãos competentes – tais como Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), dentre outros, tendo em vista o problema identificado.

Entra em contato com cliente ou responsável da instalação, orientando-o na identificação e na resolução de problemas Encaminha ocorrências ao setor responsável Em função dos eventos de alarmes recebidos, inspeciona o sistema de segurança, para analisar “status” ou condições momentâneas do sistema.

Identifica - valendo-se dos equipamentos disponíveis na central de monitoramento – os defeitos nos sistemas eletroeletrônicos de segurança e suas causas, para providenciar a manutenção corretiva do sistema Confirma testes de funcionamento dos sistemas com a equipe técnica, para ativar os sistemas eletroeletrônicos de segurança Agenda ordens de serviço – de instalação ou de manutenção de sistemas eletroeletrônicos de segurança, objetivando o planejamento desses serviços, tendo em conta dados e informações do processo de monitoramento remoto ou de acordo com as demandas de serviço Mantém-se atualizado sobre novos produtos e desenvolvimentos na área de segurança eletrônica, buscando informações com fornecedores, assistindo a programas de treinamento ou participando de eventos de divulgação tecnológica.

Acompanha o processo de inovação por meio de publicações técnicas especializadas, em diversos tipos de mídias Pode sugerir melhorias nos sistemas ou procedimentos de segurança, com base nos dados e históricos do processo de monitoramento remoto Elabora documentação técnica, abrindo ordens de serviço, aplicando lista de verificação (“checklist”) em troca de plantão e gerando relatórios operacionais Elabora registros de ocorrências, tais como falhas e acidentes Salva – em arquivos eletrônicos – imagens recebidas dos sistemas de segurança.

Colabora na preparação de documentação para relatos de casos ou processos judiciais Atualiza cadastro de clientes Organiza o local de trabalho, dispondo os aparelhos e equipamentos em posições de fácil acesso e visualização.

Mantém em boas condições de uso os materiais e os recursos de trabalho Solicita manutenção ou substituição de aparelhos e equipamentos, sempre que necessário Trabalha com segurança, obedecendo a normas de higiene e segurança no trabalho e utilizando Equipamentos de Proteção Individual (EPI) e Equipamentos de Proteção Coletiva (EPC).

.

Algumas funções no exercício da profissão

  • inspecionar instalações dos sistemas eletroeletrônicos de segurança;
  • realizar manutenções corretiva e preventiva dos sistemas eletroeletrônicos de segurança;
  • planejar serviços de instalação e manutenção de sistemas eletroeletrônicos de segurança;
  • elaborar documentos;
  • monitorar sistemas eletrônicos de segurança;
  • demonstrar competências pessoais;
  • ativar sistemas eletroeletrônicos de segurança;
  • demonstrar diligência;
  • demonstrar capacidade de observação;
  • demonstrar autocontrole;
  • ver mais...

Salário de Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno CBO 9513-15 - Série histórica

Quanto ganha um Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno por região do Brasil

Quanto ganha um Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
São Paulo, SP 43 1.829,14 1.880,50 2.841,86 8,71 5.556
Curitiba, PR 42 1.693,65 1.741,20 2.631,36 8,33 995
Goiânia, GO 40 1.471,45 1.512,77 2.286,14 7,51 865
Rio de Janeiro, RJ 42 1.642,76 1.688,88 2.552,29 7,96 612
Campinas, SP 43 1.883,46 1.936,34 2.926,26 9,09 484
Recife, PE 41 1.709,49 1.757,49 2.655,97 8,64 453
Santo André, SP 43 1.753,59 1.802,83 2.724,49 8,40 367
Porto Alegre, RS 43 1.627,37 1.673,07 2.528,39 7,83 367
Belo Horizonte, MG 43 1.592,05 1.636,75 2.473,51 7,57 276
São José dos Campos, SP 43 1.660,49 1.707,11 2.579,84 7,89 275
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a nossa Pesquisa Salarial.

Tabela salarial para Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno

Tabela salarial referentes ao salário base do cargo e na remuneração por períodos
Período Salário Mensal Salário Anual Salário Semanal Salário/Hora
Piso Salarial 1.670 20.036 417 7,89
Média Salarial 1.717 20.598 429 8,11
1º Quartil 1.478 17.732 369 6,98
Salário Mediana 1.650 19.800 413 7,79
3º Quartil 2.074 24.893 519 9,80
Teto Salarial 2.720 32.640 680 12,85
  • Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno negociados por sindicatos e registrados no MTE;
  • Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais CBO 9513-15 da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;
  • 1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;
  • 3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

Demanda no mercado de trabalho para o cargo

Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno é um cargo que está com altíssima demanda no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses.

No comparativo entre os meses de Maio de 2023 e Abril de 2024, tivemos um aumento de 14.64% nas contratações formais com carteira assinada em regime integral de trabalho.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno CBO 9513-15 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
43 1.808,17 1.858,94 2.809,29 8,68 10.512
42 1.592,54 1.637,26 2.474,27 7,79 2.717
42 1.502,70 1.544,89 2.334,69 7,40 1.725
41 1.463,03 1.504,11 2.273,05 7,38 1.203
43 1.647,96 1.694,23 2.560,38 7,95 990
42 1.616,86 1.662,26 2.512,05 7,88 905
43 1.685,89 1.733,22 2.619,30 8,07 805
41 1.661,43 1.708,08 2.581,30 8,33 555
42 1.446,14 1.486,74 2.246,81 7,04 477
41 1.582,19 1.626,62 2.458,20 7,96 440
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
8011-1/01 Atividades de vigilância e segurança privada 1.760,40 1.809,83 2.735,07
8111-7/00 Serviços combinados para apoio a edifícios 1.672,30 1.719,26 2.598,19
8211-3/00 Serviços combinados de escritório e apoio administrativo 1.737,75 1.786,54 2.699,87
4753-9/00 Comércio varejista especializado de eletrodomésticos e equipamentos de áudio e vídeo 1.610,19 1.655,40 2.501,70
7820-5/00 Locação de mão-de-obra temporária 1.711,23 1.759,28 2.658,67
8299-7/99 Outras atividades de serviços prestados principalmente às empresas 1.824,40 1.875,62 2.834,50
4321-5/00 Instalação e manutenção elétrica 1.627,52 1.673,21 2.528,61
5223-1/00 Estacionamento de veículos 1.502,96 1.545,16 2.335,09
8121-4/00 Limpeza em prédios e em domicílios 1.949,97 2.004,72 3.029,59
4752-1/00 Comércio varejista especializado de equipamentos de telefonia e comunicação 1.591,43 1.636,11 2.472,54
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganha um Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno concursado

Profissionais com ensino médio completo contratados para exercer o cargo de Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno também podem almejar um emprego público através de concurso.

O salário de Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno concursado é de R$ 1.764,09 para uma jornada de 39 horas semanais, segundo dados de 16 profissionais contratados por concúrso público para órgãos municipais, estaduais ou federais.

Sem dúvidas seguir uma carreira concursada de Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno é uma ótima pedida, já que o salário no setor público é cerca de 3% maior do que a média salarial do setor privado.

Quanto ganha um Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 23.362 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno CBO 9513-15 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
18.041 44 220 1.717,55 7,81
3.740 36 180 1.694,53 9,41
413 40 200 1.787,87 8,94
253 42 210 1.802,36 8,58
235 38 190 1.745,50 9,19
67 35 175 1.714,06 9,79

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por nível profissional e porte da empresa

Metodologia: Salários de 10.861 profissionais demitidos pelas empresas.
Porte da Empresa Nível I Nível II Nível III
Micro 1.754,89 1.872,25 2.075,82
Pequenas 1.728,11 1.845,47 2.049,04
Médias 1.786,49 1.903,85 2.107,42
Grandes Empresas 1.822,69 1.940,05 2.143,62
  • *Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno Nível I: até 4 anos;
  • *Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno Nível II: de 4 a 6 anos;
  • *Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno Nível III: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

Quanto ganha um Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno PCD

Num levantamento com 145 salários de Instaladores e mantenedores de sistemas eletroeletrônicos de segurança PCDs - Pessoas Com Deficiência no cargo de Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno, a média salarial em todo o Brasil é de R$ 1.656,78 para uma jornada de trabalho de 42 horas semanais.

O salário médio aqui mostrado não difere o tipo de deficiência do trabalhador, podendo esta ser permanente, ou até mesmo um trabalhador readaptado que retorna de afastamento do trabalho pelo INSS.

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno

  • Salário Base: R$ 1.716,51
  • Salário-educação (3%): R$ 51,50
  • Sistema S (2%): R$ 34,33
  • INSS Patronal (20%): R$ 343,30
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 17,17
  • FGTS (8%): R$ 137,32
  • Férias 1/12: R$ 143,04
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 343,30
  • Periculosidade (30%): R$ 514,95
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 47,68
  • 13º Salário: R$ 143,04
  • FGTS sobre Férias: R$ 11,44
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 3,81
  • FGTS sobre 13º: R$ 11,44
  • Aviso Prévio: R$ 143,04
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 11,44
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 143,04

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Monitor de Sistemas Eletrônicos de Segurança Interno