Jogador Profissional de Tênis - Salário, O Que Faz, Piso Salarial 2024

R$ 2.661,62/mês

Atualizado em

Hoje um Jogador Profissional de Tênis ganha em média R$ 2.661,62 para uma jornada de trabalho de 39 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 55 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Jogador Profissional de Tênis pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 2.588,92 e o teto salarial de R$ 5.648,47, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Jogador Profissional de Tênis.

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 25 anos, ensino superior completo, do sexo masculino que trabalha 44h semanais em empresas do segmento de Ensino de esportes de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Jogador Profissional de Tênis é São Paulo , SP.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Jogador Profissional de Tênis, não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Jogador Profissional de Tênis CBO 3771-25

O Jogador Profissional de Tênis planeja sua participação em competições de tênis, analisando calendário de competições e selecionando de quais participará Busca incentivos e patrocínios Define cronograma de treinamento.

Segue programa nutricional estabelecido por nutricionista Submete-se a exames específicos para identificar carências de minerais e vitaminas Controla seu peso Repõe líquido durante e após treinamento e competição.

Não faz ingestão de substâncias prejudiciais à prática desportiva Prepara-se fisicamente para competições, seguindo orientação profissional Realiza exercícios de resistência muscular e treinamentos de explosão, flexibilidade, velocidade, agilidade, reflexo e força.

Submete-se a avaliações física e médica periodicamente Atualiza e aperfeiçoa seu preparo técnico, praticando os fundamentos da modalidade desportiva, corrigindo suas deficiências técnicas e simulando jogadas, sob a orientação de um técnico Pode participar de torneios e competições não oficiais, para melhorar seu desempenho Prepara-se psicologicamente para competições, treinando visualização, memorização, respiração, concentração e relaxamento.

Treina sob pressão psicológica, preparando-se para reagir às situações adversas Submete-se à avaliação psicológica, sendo acompanhado por psicólogo esportivo Toma conhecimento do regulamento da competição Verifica o tipo de piso e outras características do local da competição, para selecionar o material esportivo adequado Participa da competição, desenvolvendo estratégias e táticas e apresentando seu estilo de jogar.

Procura anular os pontos fortes e explorar os pontos fracos do adversário Avalia seu desempenho na competição - utilizando, inclusive, estatísticas da partida geradas com uso de Inteligência Artificial - para identificar seus erros e acertos Planeja, com seu técnico, novos programas de treinamento, para melhorar continuamente sua atuação.

Participa de congressos técnicos sobre tênis Acompanha eventos desportivos de alto nível e participa de cursos e palestras da modalidade desportiva Identifica e aproveita oportunidades de marketing pessoal em ambientes digitais.

Zela pela organização e conservação dos materiais e equipamentos usados nos treinos e nas competições Acondiciona raquetes e bolas, após treinos e competições, para melhor conservação.

Algumas funções no exercício da profissão

  • demonstrar competências pessoais;
  • definir metas e objetivos de carreira na modalidade;
  • participar de competições desportivas oficiais;
  • manter o preparo nutricional;
  • desenvolver estratégias e táticas para a competição;
  • atualizar o preparo técnico;
  • conhecer regras e regulamentos do desporto;
  • preparar-se psicologicamente para competições;
  • preparar o físico para as competições;
  • praticar treinamento de reflexo;
  • definir o estilo de competição próprio;
  • participar de programas sociais;
  • usar o material adequado a modalidade esportiva;
  • submeter-se a pesagem oficial;
  • ser filiado às entidades responsáveis pela modalidade esportiva - conf., feder., associações.;
  • praticar treinamento de agilidade;
  • dominar o idioma português;
  • utilizar implementos específicos da modalidade;
  • ver mais...

Salário de Jogador Profissional de Tênis CBO 3771-25 - Série histórica

Quanto ganha um Jogador Profissional de Tênis por região do Brasil

Quanto ganha um Jogador Profissional de Tênis nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Jogador Profissional de Tênis na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a Busca Salarial.

Tabela salarial para Jogador Profissional de Tênis

Tabela salarial referentes ao salário base do cargo e na remuneração por períodos
Período Salário Mensal Salário Anual Salário Semanal Salário/Hora
Piso Salarial 2.589 31.067 647 13,11
Média Salarial 2.662 31.939 665 13,48
1º Quartil 1.707 20.488 427 8,65
Salário Mediana 2.206 26.466 551 11,17
3º Quartil 4.308 51.693 1.077 21,82
Teto Salarial 5.648 67.782 1.412 28,61
  • Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Jogador Profissional de Tênis negociados por sindicatos e registrados no MTE;
  • Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais CBO 3771-25 da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;
  • 1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;
  • 3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Jogador Profissional de Tênis CBO 3771-25 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Jogador Profissional de Tênis por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Jogador Profissional de Tênis na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
40 2.609,06 2.682,32 4.053,60 13,52 28
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
8591-1/00 Ensino de esportes 2.475,82 2.545,33 3.846,58
9313-1/00 Atividades de condicionamento físico 2.114,84 2.174,22 3.285,75
9311-5/00 Gestão de instalações de esportes 2.396,95 2.464,25 3.724,05
5510-8/02 Hotéis 2.044,45 2.101,86 3.176,39
4763-6/02 Comércio varejista de artigos esportivos 3.209,87 3.300,00 4.987,06
8599-6/99 Outras atividades de ensino 3.138,54 3.226,67 4.876,24
9312-3/00 Clubes sociais, esportivos e similares 1.617,58 1.663,00 2.513,18
8800-6/00 Serviços de assistência social sem alojamento 4.863,45 5.000,00 7.556,15
9430-8/00 Atividades de associações de defesa de direitos sociais 8.754,20 9.000,00 13.601,07
4723-7/00 Comércio varejista de bebidas 3.492,93 3.591,00 5.426,83
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganha um Jogador Profissional de Tênis por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 55 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Jogador Profissional de Tênis CBO 3771-25 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
32 44 220 3.018,16 13,72
6 40 200 2.236,33 11,18
5 30 150 2.095,00 13,97
3 36 180 2.363,00 13,13
2 27 135 2.041,00 15,12
1 22 110 2.266,00 20,60

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por nível profissional e porte da empresa

Metodologia: Salários de 22 profissionais demitidos pelas empresas.
Porte da Empresa Júnior Pleno Sênior
Micro 2.712,44 2.894,41 3.210,07
Pequenas 2.218,17 2.400,14 2.715,80
Médias 5.886,67 6.068,64 6.384,30
Grandes Empresas 2.437,60 2.619,57 2.935,22
  • *Jogador Profissional de Tênis Júnior: até 4 anos;
  • *Jogador Profissional de Tênis Pleno: de 4 a 6 anos;
  • *Jogador Profissional de Tênis Sênior: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Jogador Profissional de Tênis

  • Salário Base: R$ 2.661,62
  • Salário-educação (3%): R$ 79,85
  • Sistema S (2%): R$ 53,23
  • INSS Patronal (20%): R$ 532,32
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 26,62
  • FGTS (8%): R$ 212,93
  • Férias 1/12: R$ 221,80
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 532,32
  • Periculosidade (30%): R$ 798,48
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 73,93
  • 13º Salário: R$ 221,80
  • FGTS sobre Férias: R$ 17,74
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 5,91
  • FGTS sobre 13º: R$ 17,74
  • Aviso Prévio: R$ 221,80
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 17,74
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 221,80

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Jogador Profissional de Tênis pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Jogador Profissional de Tênis