CBO 3771-35 - Atletas profissionais - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 3771-35 é o Código Brasileiro da Ocupação de atletas profissionais que pertence ao grupo dos técnicos em nivel médio dos serviços culturais, das comunicações e dos desportos, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Atletas profissionais CBO 3771-35 em todos os estados e cidades do Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 3771-35

  • Técnicos de nível médio.
    • Atletas profissionais.
      • Técnicos em nivel médio dos serviços culturais, das comunicações e dos desportos.

Funções

participar de competições desportivas oficiais, desenvolver estratégias e táticas para a competição, atualizar o preparo técnico, demonstrar competências pessoais, preparar o físico para as competições, preparar-se psicologicamente para competições, definir metas e objetivos de carreira na modalidade, conhecer regras e regulamentos do desporto, manter o preparo nutricional.

Atividades

treinar visualização, simular situações de jogos e competições, anular os pontos fortes do adversário, trabalhar em equipe, simular jogadas em treinamento, submeter-se a avaliação física e médica, explorar os pontos fracos do adversário, preparar o equipamento automobilístico para competição, seguir as instruções técnicas atualizadas, enviar implemento para aferição, definir as competições alvo, respeitar as regras, analisar tecnicamente o adversário, ter garra, praticar treinamento físico específico da modalidade, adequar-se ao estilo de vida exigido pela profissão, acompanhar eventos esportivos de alto nível, analisar os obstáculos naturais do local da competição, submeter-se a exames específicos para identificar carências de minerais e vitaminas, manter autoconfiança, fazer inscrição em tempo hábil, controlar o peso, atualizar-se periodicamente, ser ético, ter perseverança, ser sociável, buscar incentivos e patrocínios, usar o material esportivo adequado às características do local da competição, planejar cronograma de treinamento, participar de congressos técnicos da modalidade, conhecer a pontuação da modalidade, treinar concentração, praticar treinamento de flexibilidade, participar de cursos e palestras da modalidade esportiva, analisar o comportamento do adversário, desenvolver os meios específicos para execução da estratégia, utilizar implementos específicos da modalidade, preparar-se psicologicamente para as competições, treinar relaxamento, ser disciplinado, ter espírito de liderança, explorar o melhor posicionamento para atuação dentro da área de competição, seguir programa de preparação física com orientação profissional, diagnosticar as deficiências técnicas, treinar memorização, manter autoestima, definir o estilo de competição próprio, submeter-se a acompanhamento do psicólogo esportivo, ser dedicado, ter humildade, participar de programas de intercâmbio, ser filiado às entidades responsáveis pela modalidade esportiva (conf., feder., associações.), treinar respiração, conhecer o tipo de piso do local da competição, ser determinado, corrigir as deficiências técnicas, fixar metas de resultados para curto, médio e longo prazo, utilizar as regras, praticar exercícios de resistência muscular, usar o material adequado à modalidade esportiva, ter capacidade de lidar com a derrota, submeter-se à pesagem oficial, manter boa relação com os meios de comunicação, conhecer o local da competição, participar de torneios e competições não oficiais, participar de programas sociais, avaliar o tipo da raia e da pista do autódromo, repor líquido durante e após treinamento e competição, respeitar técnico, árbitros e atletas, conhecer o regulamento da competição, treinar sob pressão psicológica, tomar decisões, submeter-se a avaliação psicológica, cumprir os horários pré-determinados pela comissão organizadora, praticar os fundamentos técnicos da modalidade desportiva, periodizar o treinamento, analisar o calendário de competição da modalidade, praticar treinamento de reflexo, consultar nutricionista, conhecer as penalidades da modalidade, seguir o programa nutricional fixado pelo nutricionista, analisar as condições físicas e climáticas do local da competição, treinar com assiduidade, evitar a ingestão de substâncias prejudiciais à prática desportiva, preparar-se para reagir às situações adversas, ter seriedade, manter o equilíbrio emocional, dominar o idioma português.

Cargos e salários CBO 3771-35 - Atletas profissionais

Salário Piloto de Competição Automobilística

Piloto de Competição Automobilística: Brasil

  • 12
  • Brasil
  • 2.291 - 4.032
  • 42h
O profissional no cargo de Piloto de Competição Automobilística CBO 3771-35 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.291 e 4.032 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 12 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 3771-35.