Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica - Piso Salarial 2024, O Que Faz, Salário Farmácia

R$ 5.690,25/mês

Atualizado em

Hoje um Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica ganha em média R$ 5.690,25 para uma jornada de trabalho de 39 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 201 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 5.534,84 e o teto salarial de R$ 13.734,93, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica.

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 36 anos, formação superior em Farmácia, do sexo feminino que trabalha 40h semanais em empresas do segmento de Outras atividades de atenção à saúde humana de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica é São Paulo , SP.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica, não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica CBO 2234-30

O Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica realiza ações no gerenciamento da assistência farmacêutica, no âmbito do sistema público de saúde Participa na elaboração de plano de saúde, em sua esfera de atuação Utiliza ferramentas de controle, monitoramento e avaliação para o acompanhamento da implementação do plano de saúde e para a tomada de decisões a respeito de alterações – como revisão de metas, mudanças de prioridades diante da constatação de eventos não previstos, entre outras - nos caminhos traçados.

Contribui na realização de estudos sobre a qualidade dos serviços de saúde pública, acompanhando o acesso de pacientes ao atendimento e analisando o impacto das políticas públicas de saúde na melhoria da qualidade de vida da população Participa do processo de seleção de medicamentos, elaborando a programação da sua aquisição Desenvolve ações para a promoção do uso racional de medicamentos Avalia sistematicamente o armazenamento, o transporte e a distribuição de medicamentos, examinando a logística adotada, analisando a eficácia dos processos – decorrente de estratégias como o uso de sistemas informatizados e outros recursos tecnológicos para localização e movimentação de itens, assegurando as condições adequadas de conservação dos produtos, e verificando o atendimento às normas sanitárias vigentes.

Participa das atividades relacionadas ao gerenciamento de resíduos dos serviços de saúde, conforme legislação Coordena programas e ações de assistência farmacêutica Participa dos processos de gestão da informação, infraestrutura física e tecnológica, bem como da gestão de recursos humanos.

Estabelece, em conjunto com outros profissionais, um sistema eficiente, eficaz e seguro de distribuição e dispensação de medicamentos e demais tecnologias em saúde, garantindo a rastreabilidade desde a entrada na unidade até o uso no paciente Supervisiona as atividades operacionais e regulatórias, para assegurar o cumprimento das normas sanitárias e legais pertinentes Pode supervisionar equipes de trabalho, avaliando seu desempenho Pode atuar na regulação e na fiscalização de unidades, produtos e serviços farmacêuticos em saúde pública.

Presta assistência farmacêutica aos pacientes do sistema público de saúde, visando contribuir no processo de proteção e recuperação da saúde, por meio da promoção do uso seguro e racional de medicamentos e outras tecnologias Faz atendimento farmacêutico de urgência e emergência Realiza dispensação de medicamentos Implementa ações de farmacovigilância, prevenindo reações adversas a medicamentos ou quaisquer outros possíveis problemas relacionados a fármacos Executa ações de atenção farmacêutica, atuando como corresponsável na prevenção de doenças e em promoção e recuperação da saúde, de forma integrada às equipes.

Atua na vigilância epidemiológica, monitorando, avaliando e planejando os serviços e a vigilância de surtos, epidemias e endemias Participa em programas de imunização Pode atuar em Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), realizando atendimento a usuários com transtornos mentais e a dependentes do uso de álcool ou drogas.

Promove atenção extra-hospitalar em saúde mental Pode atuar nos laboratórios oficiais de saúde pública, planejando e coordenando ações em pesquisa e produção de fármacos, soros e vacinas Pode atuar em estratégias de saúde da família, realizando visitas domiciliares e prestando assistência farmacêutica.

Discute casos em reuniões da equipe de saúde da família, analisando as situações de vida – nas dimensões social, econômica, entre outras – que podem estar afetando as condições física e mental das pessoas da localidade e deliberando sobre ações de atendimento a serem adotadas Promove ações educativas, participando da capacitação permanente das equipes de trabalho e dos demais profissionais da saúde Arquiva informações sobre pacientes e respectivos prontuários, utilizando sistemas informatizados do setor público de saúde.

.

Algumas funções no exercício da profissão

  • coordenar política de assistência farmacêutica;
  • atuar na regulação e fiscalização de estabelecimentos, produtos e serviços farmacêuticos;
  • demonstrar competências pessoais;
  • participar em comissões técnicas;
  • mostrar capacidade de liderança;
  • demonstrar empatia;
  • participar de ações de políticas de saúde;
  • ver mais...

Salário de Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica CBO 2234-30 - Série histórica

Quanto ganha um Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica por região do Brasil

Quanto ganha um Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
40 7.663,29 7.878,45 11.906,16 39,07 66
42 6.815,24 7.006,60 10.588,58 33,69 10
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a Busca Salarial.

Tabela salarial para Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica

Tabela salarial referentes ao salário base do cargo e na remuneração por períodos
Período Salário Mensal Salário Anual Salário Semanal Salário/Hora
Piso Salarial 5.535 66.418 1.384 28,75
Média Salarial 5.690 68.283 1.423 29,55
1º Quartil 2.645 31.742 661 13,74
Salário Mediana 4.090 49.080 1.023 21,24
3º Quartil 10.475 125.698 2.619 54,41
Teto Salarial 13.735 164.819 3.434 71,34
  • Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica negociados por sindicatos e registrados no MTE;
  • Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais CBO 2234-30 da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;
  • 1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;
  • 3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

Demanda no mercado de trabalho para Farmácia

Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica é um cargo que está com altíssima demanda no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses.

No comparativo entre os meses de Abril de 2023 e Março de 2024, tivemos um aumento de 55.56% nas contratações formais com carteira assinada em regime integral de trabalho.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica CBO 2234-30 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
39 6.222,84 6.397,57 9.668,20 32,66 105
32 3.865,16 3.973,69 6.005,15 24,84 15
42 6.374,74 6.553,73 9.904,19 31,34 11
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
7820-5/00 Locação de mão-de-obra temporária 3.930,42 4.040,78 6.106,55
8660-7/00 Atividades de apoio à gestão de saúde 5.372,10 5.522,93 8.346,42
8411-6/00 Administração pública em geral 3.679,98 3.783,31 5.717,45
8690-9/99 Outras atividades de atenção à saúde humana 9.325,86 9.587,71 14.489,24
4644-3/01 Comércio atacadista de medicamentos e drogas de uso humano 10.906,47 11.212,70 16.944,97
8800-6/00 Serviços de assistência social sem alojamento 3.129,63 3.217,50 4.862,38
8610-1/02 Atividades de atendimento em pronto-socorro e unidades hospitalares para atendimento a urgências 2.938,25 3.020,75 4.565,05
8630-5/02 Atividade médica ambulatorial com recursos para realização de exames complementares 4.492,93 4.619,08 6.980,50
2121-1/01 Fabricação de medicamentos alopáticos para uso humano 10.723,90 11.025,00 16.661,31
8412-4/00 Regulação das atividades de saúde, educação, serviços culturais e outros serviços sociais 2.970,27 3.053,67 4.614,79
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganha um Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica concursado

Profissionais com formação superior em Farmácia contratados para exercer o cargo de Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica também podem almejar um emprego público através de concurso.

O salário de Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica concursado é de R$ 3.592,97 para uma jornada de 35 horas semanais, segundo dados de 23 profissionais contratados por concúrso público para órgãos municipais, estaduais ou federais.

Seguir uma carreira concursada de Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica não parece ser uma boa idéia, já que a remuneração no setor público é cerca de 37% menor do que a média salarial do setor privado. Talvez compense pela estabilidade e jornada de trabalho menor, mas precisaria pesar bem os prós e contras.

Quanto ganham profissionais de Farmácia por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 201 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica CBO 2234-30 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
89 40 200 6.676,19 33,38
35 44 220 5.030,14 22,86
12 36 180 4.827,71 26,82
11 30 150 3.913,83 26,09
10 20 100 2.585,50 25,86
1 22 110 1.984,00 18,04

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por porte da empresa e nível profissional

Metodologia: Salários de 77 profissionais demitidos pelas empresas.
Porte da Empresa Júnior Pleno Sênior
Micro 5.638,37 6.027,40 6.702,24
Pequenas 6.315,54 6.704,58 7.379,42
Médias 6.251,74 6.640,78 7.315,62
Grandes Empresas 5.859,45 6.248,49 6.923,33
  • *Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica Júnior: até 4 anos;
  • *Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica Pleno: de 4 a 6 anos;
  • *Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica Sênior: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica

  • Salário Base: R$ 5.690,25
  • Salário-educação (3%): R$ 170,71
  • Sistema S (2%): R$ 113,81
  • INSS Patronal (20%): R$ 1.138,05
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 56,90
  • FGTS (8%): R$ 455,22
  • Férias 1/12: R$ 474,19
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 1.138,05
  • Periculosidade (30%): R$ 1.707,08
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 158,06
  • 13º Salário: R$ 474,19
  • FGTS sobre Férias: R$ 37,94
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 12,65
  • FGTS sobre 13º: R$ 37,94
  • Aviso Prévio: R$ 474,19
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 37,94
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 474,19

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Farmacêutico em Vigilância Epidemiológica