CBO 2234-40 - Farmacêutico toxicologista - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos farmacêuticos

O profissional no cargo de Farmacêutico toxicologista CBO 2234-40 realiza análises para identificar e quantificar poluentes, fármacos, saneantes e demais agentes tóxicos - nas áreas ambiental, desportiva, ocupacional, entre outras -, selecionando métodos analíticos, coletando amostras, efetuando análise crítica dos resultados, e emitindo laudos Executa ações de orientação e de prevenção em relação às intoxicações.

Atua no planejamento e na disponibilização de antídotos, em casos de intoxicações agudas Chefia e orienta pesquisas científicas, clínicas e experimentais Exerce responsabilidade técnica de laboratórios que realizam exames toxicológicos.

Prepara documentação técnica Supervisiona o trabalho de equipe Atua com ética profissional e mantém a confidencialidade das informações.

Cumpre legislação, normas técnicas e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, de biossegurança e de preservação ambiental

CBO 2234-40 é o Código Brasileiro da Ocupação de farmacêuticos que pertence ao grupo dos profissionais das ciências biológicas, da saúde, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Farmacêutico toxicologista, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Farmacêuticos CBO 2234-40 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 2234-40

  • Profissionais das ciências e das artes.
    • Farmacêuticos.
      • Profissionais das ciências biológicas, da saúde.

O que faz um Farmacêutico toxicologista

O Farmacêutico toxicologista CBO 2234-40 planeja as análises toxicológicas a serem realizadas em laboratório Seleciona método de análise.

Participa do processo de aquisição de insumos e produtos industrializados utilizados em análises toxicológicas.

Define especificações técnicas de reagentes, materiais, equipamentos e instalações Seleciona e qualifica fornecedores dos insumos utilizados.

Efetua a coleta de amostras, monitorando sua cadeia de custódia e/ou sua rastreabilidade, de forma a garantir a qualidade, a confiabilidade e a integralidade dos resultados Realiza avaliação do risco de substâncias para definição de limites de exposição seguros.

Aplica Boas Práticas de Laboratório durante a execução das análises toxicológicas.

Pode atuar em laboratórios com automação dos recursos usados nas análises toxicológicas, supervisionando e controlando o sistema de rastreamento de amostras, a gestão de fluidos, os processos de replicação e filtração, entre outros recursos Realiza análises para identificar e quantificar poluentes, fármacos, medicamentos, praguicidas, metais, saneantes, solventes, gases e vapores, toxinas, venenos, produtos naturais, plantas, drogas de abuso e demais agentes tóxicos, com finalidades de controles ocupacional, ambiental, alimentar e terapêutico, controle de “doping”, controle de dependência, identificação de intoxicações, análises forenses, e avaliação toxicológica.

Pode fazer detecção, identificação e notificação de Novas Substâncias Psicoativas (NSP).

Efetua análise crítica dos resultados e emite laudos Atua no planejamento, na aquisição, no controle de estoque e na dispensação de antídotos para assegurar o tratamento adequado de intoxicações agudas Realiza ações de orientação e de prevenção relacionadas às intoxicações, em programas de educação em saúde e políticas públicas.

Executa procedimentos de avaliação do risco de produtos para a saúde Chefia e orienta pesquisas científicas, clínicas e experimentais em instituições de ensino superior, institutos de pesquisas e organizações similares Pode atuar como consultor, assessor, analista, perito judicial, perito “ad hoc” e gestor de garantia e controle de qualidade em processos, análises, orientações e avaliações na área da toxicologia.

Mantém-se atualizado na área de toxicologia, acompanhando avanços da ciência – como em nanotoxicologia (ramo da bionanociência) - e analisando resultados de estudos científicos, como determinação de biomarcadores de exposições ocupacional e ambiental Exerce responsabilidade técnica em laboratórios que realizam exames toxicológicos, emitem laudos e pareceres e prestam consultoria técnica.

Prepara ou supervisiona a preparação de documentação técnica, elaborando relatórios, laudos e pareceres técnicos, participando da elaboração e da atualização de normas e marcos regulatórios relacionados a desenvolvimento, produção, importação, armazenamento, transporte, distribuição, comercialização e uso de substâncias passíveis de avaliações toxicológicas, supervisionando e elaborando normas e procedimentos relativos a recepção, estocagem, guarda, conservação e controle dos estoques de insumos utilizados nas análises toxicológicas, em obediência aos preceitos das Boas Práticas de Armazenamento Participa do desenvolvimento de sistema de toxicovigilância, atuando em Centro de Informação e Assistência Toxicológica, que tem como objetivos fornecer informações toxicológicas e realizar diagnóstico, tratamento e registro dos casos de intoxicação e envenenamento por substâncias potencialmente agressivas para o ser humano Participa no desenvolvimento de sistemas de informação e na montagem de bancos de dados relacionados à área de toxicologia.

.

Funções do cargo

O funcionário CBO 2234-40 deve produzir em escala industrial e magistral produtos farmacêuticos, dispensar produtos e serviços farmacêuticos, gerenciar armazenamento, distribuição e transporte de produtos farmacêuticos, administrar estabelecimentos farmacêuticos, realizar análises - clínicas, toxicológicas, fisico-químicas, biológicas, microbiológicas e bromatológicas, desenvolver produtos e serviços farmacêuticos, controlar qualidade de produtos e serviços farmacêuticos, coordenar política de assistência farmacêutica, efetuar pesquisas técnico-científicas, atuar na regulação e fiscalização de estabelecimentos, produtos e serviços farmacêuticos, demonstrar competências pessoais, prestar serviços farmacêuticos.

Condições de trabalho dessas profissões

Farmacêuticos trabalham em instituições públicas ou privadas, em farmácias e redes de distribuição de remédios, nas indústrias de produtos farmacêuticos e correlatos, nas indústrias de produtos alimentares, de cosméticos, dentre outras. Trabalham majoritariamente com carteira assinada, mas também podem trabalhar por conta própria ou como empregador.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 2234-40

O exercício dos cargos de Farmacêuticos requer curso superior em Farmácia. Atualmente a formação é única, substituindo as duas formações anteriores: a de farmácia e a de bioquímica.

Atividades exercidas por um Farmacêutico toxicologista CBO 2234-40

Um Farmacêutico toxicologista (ou sinônimo) deve interagir com prescritor e equipe de saúde, trabalhar em equipe, demonstrar criatividade, qualificar fornecedores, demonstrar habilidade técnico analítico, instituir normas de fiscalização, analisar indicadores de qualidade, demonstrar empatia, mostrar capacidade de liderança, eleger método de análise, efetuar análise crítica dos resultados, validar produtos, processos, áreas e equipamentos, adquirir matéria prima, materiais e equipamentos, avaliar conformidades de produtos e equipamentos, definir especificações técnicas de matéria prima, embalagem, materiais, equipamentos e instalações, definir indicadores de qualidade, participar da apuração de denúncias, participar em comissões técnicas, orientar coleta de amostras, emitir laudo de resultados de análises, demonstrar credibilidade, comprovar origem dos produtos, estudar viabilidade de pesquisa, coletar amostras, administrar recursos humanos, financeiros e materiais, fornecer informações técnicas para registro de produto, sugerir mudança de processos, emitir laudos, pareceres e relatórios, desenvolver método analítico e bioanalítico, desenvolver fórmula padrão, inspecionar estabelecimentos, produtos e serviços, analisar resultados, demonstrar capacidade de organização, participar de comitê / comissão de ética em pesquisa, diagnosticar áreas de interesse, definir especificações da embalagem, validar método de análise, tomar decisões, montar equipe, monitorar processos, captar recursos, demonstrar habilidade de comunicação, selecionar fornecedores, prestar assessoria e consultoria, fracionar produtos, executar análises, desenvolver métodos e procedimentos de produção, administrar estoques, estruturar protocolo, determinar descarte de produtos, participar de pesquisa clínica, corrigir procedimentos, demonstrar destreza manual, preparar amostras, elaborar procedimento operacional padrão, colher dados, operar equipamentos, demonstrar capacidade de atentar para detalhe, cultivar microorganismos, elaborar projetos, orientar no cumprimento das normas, avaliar conformidades de instalações físicas - certificar área, contornar situações adversas, preparar reagentes, equipamentos e vidraria, coordenar centros de informação de medicamentos e toxicológicos.

Cargos e salários CBO 2234-40 - Farmacêuticos

Salário Farmacêutico em Toxicologia Clínica

Farmacêutico em Toxicologia Clínica: Brasil

  • 16
  • Brasil
  • 6.253 - 14.515
  • 41h
O profissional no cargo de Farmacêutico em Toxicologia Clínica CBO 2234-40 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.253 e 14.515 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2234-40.
Salário Farmacêutico em Toxicologia de Alimentos

Farmacêutico em Toxicologia de Alimentos: Brasil

  • 16
  • Brasil
  • 6.253 - 14.515
  • 41h
O profissional no cargo de Farmacêutico em Toxicologia de Alimentos CBO 2234-40 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.253 e 14.515 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2234-40.
Salário Farmacêutico em Toxicologia de Cosméticos

Farmacêutico em Toxicologia de Cosméticos: Brasil

  • 16
  • Brasil
  • 6.253 - 14.515
  • 41h
O profissional no cargo de Farmacêutico em Toxicologia de Cosméticos CBO 2234-40 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.253 e 14.515 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2234-40.
Salário Farmacêutico em Toxicologia de Emergência

Farmacêutico em Toxicologia de Emergência: Brasil

  • 16
  • Brasil
  • 6.253 - 14.515
  • 41h
O profissional no cargo de Farmacêutico em Toxicologia de Emergência CBO 2234-40 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.253 e 14.515 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2234-40.
Salário Farmacêutico em Toxicologia de Medicamentos

Farmacêutico em Toxicologia de Medicamentos: Brasil

  • 16
  • Brasil
  • 6.253 - 14.515
  • 41h
O profissional no cargo de Farmacêutico em Toxicologia de Medicamentos CBO 2234-40 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.253 e 14.515 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2234-40.
Salário Farmacêutico em Toxicologia Desportiva

Farmacêutico em Toxicologia Desportiva: Brasil

  • 16
  • Brasil
  • 6.253 - 14.515
  • 41h
O profissional no cargo de Farmacêutico em Toxicologia Desportiva CBO 2234-40 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.253 e 14.515 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2234-40.
Salário Farmacêutico Toxicologista

Farmacêutico Toxicologista: Brasil

  • 16
  • Brasil
  • 6.253 - 14.515
  • 41h
O profissional no cargo de Farmacêutico Toxicologista CBO 2234-40 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.253 e 14.515 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2234-40.
Salário Farmacêutico em Toxicologia Forense

Farmacêutico em Toxicologia Forense: Brasil

  • 16
  • Brasil
  • 6.253 - 14.515
  • 41h
O profissional no cargo de Farmacêutico em Toxicologia Forense CBO 2234-40 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.253 e 14.515 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2234-40.
Salário Farmacêutica Criminalista

Farmacêutica Criminalista: Brasil

  • 16
  • Brasil
  • 6.253 - 14.515
  • 41h
O profissional no cargo de Farmacêutica Criminalista CBO 2234-40 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.253 e 14.515 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2234-40.
Salário Farmacêutico em Toxicologia Ocupacional

Farmacêutico em Toxicologia Ocupacional: Brasil

  • 16
  • Brasil
  • 6.253 - 14.515
  • 41h
O profissional no cargo de Farmacêutico em Toxicologia Ocupacional CBO 2234-40 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.253 e 14.515 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2234-40.
Salário Farmacêutico em Análise de Solo

Farmacêutico em Análise de Solo: Brasil

  • 16
  • Brasil
  • 6.253 - 14.515
  • 41h
O profissional no cargo de Farmacêutico em Análise de Solo CBO 2234-40 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.253 e 14.515 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2234-40.
Salário Farmacêutico em Toxicologia Veterinária

Farmacêutico em Toxicologia Veterinária: Brasil

  • 16
  • Brasil
  • 6.253 - 14.515
  • 41h
O profissional no cargo de Farmacêutico em Toxicologia Veterinária CBO 2234-40 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.253 e 14.515 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2234-40.
Salário Farmacêutico em Toxicologia Ambiental

Farmacêutico em Toxicologia Ambiental: Brasil

  • 16
  • Brasil
  • 6.253 - 14.515
  • 41h
O profissional no cargo de Farmacêutico em Toxicologia Ambiental CBO 2234-40 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.253 e 14.515 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2234-40.
Salário Farmacêutico em Toxicologia Analítica

Farmacêutico em Toxicologia Analítica: Brasil

  • 16
  • Brasil
  • 6.253 - 14.515
  • 41h
O profissional no cargo de Farmacêutico em Toxicologia Analítica CBO 2234-40 trabalhando no Brasil, ganha entre 6.253 e 14.515 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 16 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2234-40.