Engenheiro de Celulose e Papel - Salário, O Que Faz, Piso Salarial 2024

R$ 9.102,89/mês

Atualizado em

Hoje um Engenheiro de Celulose e Papel ganha em média R$ 9.102,89 para uma jornada de trabalho de 43 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 23 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Engenheiro de Celulose e Papel pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 8.854,28 e o teto salarial de R$ 17.296,57, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Engenheiro de Celulose e Papel.

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 29 anos, ensino superior completo, do sexo masculino que trabalha 44h semanais em empresas do segmento de Fabricação de papel de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Engenheiro de Celulose e Papel é Suzano , SP.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Engenheiro de Celulose e Papel, não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Engenheiro de Celulose e Papel CBO 2145-20

O Engenheiro de Celulose e Papel projeta sistemas e equipamentos para a produção de celulose e papel, verificando a viabilidade técnica e econômica do projeto, gerando projeto conceitual e projeto de engenharia básica Detalha o projeto construtivo, consultando normas técnicas, de segurança e a legislação, dimensionando os equipamentos e sistemas Elabora cronograma físico e financeiro do projeto, supervisionando a implantação do projeto.

Desenvolve processos e sistemas químicos, para indústria de celulose e papel, realizando pesquisas e estudos relacionados aos materiais e aos equipamentos, executando testes e ensaios de materiais e calculando o balanço de massa e de energia e a quantidade de movimento em plantas industriais e observando o uso exclusivo de madeira proveniente de florestas plantadas Desenvolve simuladores de processos, testando-os e validando-os Gerencia custos e indicadores de processos, modificando as variáveis, validando os processos e avaliando o custo-benefício Controla processos químicos, físicos e biológicos, definindo materiais e equipamentos, nível de estoque de materiais, parâmetros de controle de processos, procedimentos operacionais, padrões, métodos analíticos, sistema de amostragem, entre outros, a fim de produzir celulose de fibras longas e celulose fluff (pinus) e de fibras curtas (eucalipto), bem como vários tipos de papel.

Controla os processos de recuperação e reutilização dos resíduos Monitora os requisitos de segurança e de funcionamento de equipamentos, requisitando a manutenção, se necessário Coleta e analisa amostras, efetuando a análise estatística de dados e verificando a conformidade de resultados, a fim de assegurar a qualidade do produto.

Pode utilizar sistemas de monitoramento e análise automatizados Registra as ocorrências Participa do desenvolvimento de automação e integração de processos, prospectando soluções tecnológicas, selecionando fornecedores de equipamentos, instalações e insumos, alterando o fluxograma a fim de melhorar o desempenho Monitora a implantação de processos, sistemas e equipamentos.

Analisa aspectos e impactos ambientais para implantação sistemas de gestão ambiental, especificando e executando ações de controle, quantificando os impactos e implementando ações de controle ambiental e processos para recuperação e reutilização de rejeitos, inclusive com a implementação de tecnologias que geram diminuição de custos e redução do impacto ambiental em suas atividades Elabora planos ambientais de contingência e emergência Coordena equipe de trabalho, programando as atividades, estabelecendo metas e procedimentos, selecionando a equipe e delegando tarefas Coordena as atividades de desenvolvimento técnico da equipe, avaliando o desempenho individual e coletivo Assessora na elaboração de plano de carreira.

Divulga planos de metas e resultados, avaliando seu cumprimento Promove eventos e seminários técnicos Participa de perícias técnicas e auditoria.

Presta consultorias e assistência técnica e avalia relatórios Elabora documentação técnica, emitindo normas e laudos técnicos, redigindo relatórios e manuais, padronizando documentos, registrando memórias técnicas e não conformidades Elabora mapas de riscos ambientais e de segurança, fichas de segurança de materiais e de produtos químicos e prepara documentação.

Submete pedido de patentes de produtos e processos Implementa segurança de processos e procedimentos de trabalho, classificando perigos e riscos de segurança, elaborando plano e procedimentos de segurança no trabalho, realizando inspeções periódicas e fiscalizando procedimentos e a utilização de equipamentos de segurança Diagnostica causas de acidentes de trabalho.

Verifica a observância de normas técnicas e de segurança, comunicando acidentes e incidentes, participando de treinamento de segurança no trabalho Cumpre normas técnicas e regulamentadoras de biossegurança, saúde e segurança no trabalho, de combate a incêndio e de preservação ambiental.

Algumas funções no exercício da profissão

  • desenvolver processos e sistemas;
  • demonstrar competências pessoais;
  • implantar sistemas de gestão ambiental;
  • implementar segurança de processos e procedimentos de trabalho;
  • elaborar documentação técnica;
  • controlar processos químicos, físicos e biológicos;
  • coordenar equipe e atividades de trabalho;
  • projetar sistemas e equipamentos;
  • avaliar custo benefício de processos;
  • realizar testes e ensaios de materiais;
  • gerar projetos de engenharia básica;
  • demonstrar capacidade de negociação;
  • demonstrar capacidade de raciocínio dedutivo;
  • especificar ações de controle ambiental;
  • elaborar ficha de segurança de materiais e produtos químicos;
  • avaliar cumprimento de metas;
  • ver mais...

Salário de Engenheiro de Celulose e Papel CBO 2145-20 - Série histórica

Quanto ganha um Engenheiro de Celulose e Papel por região do Brasil

Quanto ganha um Engenheiro de Celulose e Papel nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Engenheiro de Celulose e Papel na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a Busca Salarial.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Engenheiro de Celulose e Papel CBO 2145-20 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Engenheiro de Celulose e Papel por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Engenheiro de Celulose e Papel na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
42 7.353,04 7.559,50 11.424,14 36,00 10
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
1721-4/00 Fabricação de papel 8.128,86 8.357,10 12.629,50
1710-9/00 Fabricação de celulose e outras pastas para a fabricação de papel 11.378,19 11.697,67 17.677,86
1742-7/99 Fabricação de produtos de papel para uso doméstico e higiênico-sanitário 9.290,80 9.551,67 14.434,77
2019-3/99 Fabricação de outros produtos químicos 7.167,10 7.368,33 11.135,25
1733-8/00 Fabricação de chapas e de embalagens de papelão ondulado 3.850,88 3.959,00 5.982,96
1813-0/01 Impressão de material para uso publicitário 7.544,18 7.756,00 11.721,10
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganha um Engenheiro de Celulose e Papel por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 23 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Engenheiro de Celulose e Papel CBO 2145-20 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
13 44 220 9.007,15 40,94
7 40 200 8.544,43 42,72
1 43 215 14.256,71 66,31

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por nível profissional e porte da empresa

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Engenheiro de Celulose e Papel

  • Salário Base: R$ 9.102,89
  • Salário-educação (3%): R$ 273,09
  • Sistema S (2%): R$ 182,06
  • INSS Patronal (20%): R$ 1.820,58
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 91,03
  • FGTS (8%): R$ 728,23
  • Férias 1/12: R$ 758,57
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 1.820,58
  • Periculosidade (30%): R$ 2.730,87
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 252,86
  • 13º Salário: R$ 758,57
  • FGTS sobre Férias: R$ 60,69
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 20,23
  • FGTS sobre 13º: R$ 60,69
  • Aviso Prévio: R$ 758,57
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 60,69
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 758,57

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Engenheiro de Celulose e Papel pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Engenheiro de Celulose e Papel