CBO 5162-15 - Cuidadores de crianças, jovens, adultos e idosos - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 5162-15 é o Código Brasileiro da Ocupação de cuidadores de crianças, jovens, adultos e idosos que pertence ao grupo dos trabalhadores nos serviços de embelezamento e cuidados pessoais, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Cuidadores de crianças, jovens, adultos e idosos CBO 5162-15 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 5162-15

  • Trabalhadores dos serviços, vendedores do comércio em lojas e mercados.
    • Trabalhadores dos serviços.
      • Trabalhadores nos serviços de embelezamento e cuidados pessoais.
        • Cuidadores de crianças, jovens, adultos e idosos.

Descrição dos cargos da categoria Cuidadores de crianças, jovens, adultos e idosos

Os Cuidadores de crianças, jovens, adultos e idosos CBO 5162-15 cuidam de bebês, crianças, jovens, adultos e idosos, a partir de objetivos estabelecidos por instituições especializadas ou responsáveis diretos, zelando pelo bem-estar, saúde, alimentação, higiene pessoal, educação, cultura, recreação e lazer da pessoa assistida.

Condições de trabalho

Cuidadores de crianças, jovens, adultos e idosos o trabalho é exercido em domicílios ou instituições cuidadoras de crianças, jovens, adultos e idosos. As atividades são exercidas com alguma forma de supervisão, na condição de trabalho autônomo ou assalariado. Os horários de trabalho são variados: tempo integral, revezamento de turno ou períodos determinados. No caso de cuidadores de indivíduos com alteração de comportamento, estão sujeitos a lidar com situações de agressividade.

Exigências do mercado de trabalho

Essas ocupações são acessíveis a pessoas formadas em cursos livres com carga horária de 80/160 horas com idade mínima de 18 anos e ensino fundamental completo. Atuam em domicílios ou instituições cuidadoras públicas, privadas ou ongs, cuidando de pessoas das mais variadas idades. O acesso ao emprego também ocorre por meio de cursos e treinamentos de formação profissional básicos, concomitante ou após a formação mínima que varia da quarta série do ensino fundamental até o ensino médio.

Funções dos Cuidadores de crianças, jovens, adultos e idosos CBO 5162-15

Cuidadores de crianças, jovens, adultos e idosos devem:

  • demonstrar competências pessoais;
  • cuidar da saúde da pessoa (cjai);
  • acompanhar pessoa (cjai) em atividades externas( passeios, viagens e férias);
  • incentivar a cultura e educação;
  • cuidar da alimentação da pessoa (cjai);
  • cuidar do ambiente domiciliar e institucional;
  • promover o bem-estar da pessoa (cjai);
  • cuidar da pessoa;
  • Atividades dos cargos CBO 5162-15

    Entre as principais atribuições dos Cuidadores de crianças, jovens, adultos e idosos CBO 5162-15 estão as de:

    • preparar a mala de remédios;
    • ajudar a pessoa na alimentação;
    • ensinar boas maneiras;
    • demonstrar paciência;
    • levantar informações sobre a pessoa;
    • preparar a alimentação;
    • ouvir cjai respeitando sua necessidade individual de falar;
    • manter o ambiente organizado e limpo;
    • ajudar a recuperação da auto-estiva, dos valores e da afetividade;
    • promover atividades de estímulo a afetividade;
    • manusear adequadamente cjai;
    • lidar com comportamentos compulsivos;
    • respeitar a privacidade da cjai;
    • prevenir acidentes;
    • passar informações do dia a dia da pessoa;
    • controlar horários das atividades diárias da pessoa;
    • demonstrar honestidade;
    • observar a qualidade do sono;
    • respeitar a pessoa em seus hábitos, gostos e valores;
    • preparar documentos e lista de telefones úteis;
    • dar apoio emocional;
    • prestar cuidados especiais a pessoas com limitações e/ou dependência física;
    • educar a criança e o adolescente nos deveres da casa e comunitários;
    • demonstrar discrição;
    • arrumar a bagagem;
    • acondicionar alimentação para atividades externas;
    • cuidar da aparência e higiene da pessoa;
    • fazer as compras conforme lista e cardápio;
    • estimular a ingestão de líquidos e de alimentos variados;
    • selecionar jornais, livros e revistas de acordo com a idade;
    • estar atento às ações da pessoa;
    • acompanhar pessoa em atividades sociais, culturais, lazer e religiosas;
    • relatar o dia-a-dia da pessoa aos responsáveis;
    • demonstrar criatividade;
    • participar na elaboração do cardápio;
    • ajudar a pessoa nas atividades diárias (banho, necessidades fisiológicas);
    • controlar a ingestão de líquidos e alimentos;
    • seguir orientação de profissionais da saúde;
    • estimular o gosto pela música, dança e esporte;
    • ajudar nas tarefas escolares;
    • listar objetos de viagem;
    • transmitir valores a partir do próprio exemplo e pela fala;
    • ler estórias e textos para cjai;
    • ajudar nas terapias ocupacionais e físicas;
    • manter a calma em situações críticas;
    • observar alterações físicas (manchas, inchaço, ferimentos);
    • cuidar da roupa e objetos pessoais da cjai;
    • observar a qualidade e a validade dos alimentos;
    • servir a refeição em ambientes e em porções adequadas;
    • verificar a despensa;
    • orientar cjai na sua necessidade espiritual e religiosa;
    • verificar informações, sinais dados pela pessoa;
    • observar as alterações de comportamento;
    • controlar guarda, horário e ingestão de medicamentos;
    • cuidar dos afazeres domésticos;
    • administrar o dinheiro recebido (per-capita);
    • preparar o leito de acordo com as necessidade do cjai;
    • estimular a independência;
    • observar temperatura, urina, fezes e vômitos;
    • planejar passeios;
    • recomendar adequação ambiental;
    • reeducar os hábitos alimentares da cjai;

    Cargos e salários CBO 5162-15 - Cuidadores de crianças, jovens, adultos e idosos

    Salário Mae Social

    Mae Social: Brasil

    • 4.836
    • Brasil
    • 1.425 - 2.497
    • 41h
    O profissional no cargo de Mae Social CBO 5162-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.425 e 2.497 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 4.836 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.
    Salário Mãe Crecheira

    Mãe Crecheira: Brasil

    • 4.836
    • Brasil
    • 1.425 - 2.497
    • 41h
    O profissional no cargo de Mãe Crecheira CBO 5162-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.425 e 2.497 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 4.836 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.
    Salário Mãe Substituta

    Mãe Substituta: Brasil

    • 4.836
    • Brasil
    • 1.425 - 2.497
    • 41h
    O profissional no cargo de Mãe Substituta CBO 5162-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.425 e 2.497 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 4.836 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.
    Salário Mae Social Salvador

    Mae Social: Salvador, BA

    • 75
    • Salvador, BA
    • 1.142 - 1.577
    • 44h
    O profissional no cargo de Mae Social CBO 5162-15 trabalhando em Salvador - BA, ganha entre 1.142 e 1.577 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 75 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.
    Salário Mae Social Brasília

    Mae Social: Brasília, DF

    • 122
    • Brasília, DF
    • 1.726 - 2.647
    • 42h
    O profissional no cargo de Mae Social CBO 5162-15 trabalhando em Brasília - DF, ganha entre 1.726 e 2.647 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 122 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.
    Salário Mae Social Curitiba

    Mae Social: Curitiba, PR

    • 113
    • Curitiba, PR
    • 1.637 - 2.365
    • 43h
    O profissional no cargo de Mae Social CBO 5162-15 trabalhando em Curitiba - PR, ganha entre 1.637 e 2.365 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 113 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.
    Salário Mae Social Sorocaba

    Mae Social: Sorocaba, SP

    • 19
    • Sorocaba, SP
    • 1.234 - 1.587
    • 44h
    O profissional no cargo de Mae Social CBO 5162-15 trabalhando em Sorocaba - SP, ganha entre 1.234 e 1.587 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 19 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.
    Salário Mae Social São Paulo

    Mae Social: São Paulo, SP

    • 380
    • São Paulo, SP
    • 1.273 - 2.057
    • 40h
    O profissional no cargo de Mae Social CBO 5162-15 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 1.273 e 2.057 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 380 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.
    Salário Mae Social

    Mae Social: Paraná

    • 428
    • Paraná
    • 1.566 - 1.644
    • 42h
    O profissional no cargo de Mae Social CBO 5162-15 trabalhando em Paraná, ganha entre 1.566 e 1.644 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 428 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.
    Salário Mae Social Porto Alegre

    Mae Social: Porto Alegre, RS

    • 91
    • Porto Alegre, RS
    • 2.016 - 3.259
    • 43h
    O profissional no cargo de Mae Social CBO 5162-15 trabalhando em Porto Alegre - RS, ganha entre 2.016 e 3.259 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 91 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.
    Salário Mae Social

    Mae Social: São Paulo

    • 1.636
    • São Paulo
    • 1.486 - 1.560
    • 42h
    O profissional no cargo de Mae Social CBO 5162-15 trabalhando em São Paulo, ganha entre 1.486 e 1.560 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.636 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.
    Salário Mãe Crecheira Valinhos

    Mãe Crecheira: Valinhos, SP

    • 1
    • Valinhos, SP
    • 1100 - 0
    • 44h
    O profissional no cargo de Mãe Crecheira CBO 5162-15 trabalhando em Valinhos - SP, ganha entre 1100 e 0 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 1 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.
    Salário Mãe Crecheira São Paulo

    Mãe Crecheira: São Paulo, SP

    • 371
    • São Paulo, SP
    • 1.273 - 2.071
    • 40h
    O profissional no cargo de Mãe Crecheira CBO 5162-15 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 1.273 e 2.071 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 371 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.
    Salário Mãe Crecheira Brasília

    Mãe Crecheira: Brasília, DF

    • 115
    • Brasília, DF
    • 1.712 - 2.571
    • 41h
    O profissional no cargo de Mãe Crecheira CBO 5162-15 trabalhando em Brasília - DF, ganha entre 1.712 e 2.571 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 115 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.
    Salário Mãe Substituta São Paulo

    Mãe Substituta: São Paulo, SP

    • 371
    • São Paulo, SP
    • 1.273 - 2.071
    • 40h
    O profissional no cargo de Mãe Substituta CBO 5162-15 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 1.273 e 2.071 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 371 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.
    Salário Mãe Substituta Porto Alegre

    Mãe Substituta: Porto Alegre, RS

    • 81
    • Porto Alegre, RS
    • 1.953 - 3.213
    • 43h
    O profissional no cargo de Mãe Substituta CBO 5162-15 trabalhando em Porto Alegre - RS, ganha entre 1.953 e 3.213 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 81 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.
    Salário Mãe Substituta Belo Horizonte

    Mãe Substituta: Belo Horizonte, MG

    • 71
    • Belo Horizonte, MG
    • 1.418 - 2.280
    • 42h
    O profissional no cargo de Mãe Substituta CBO 5162-15 trabalhando em Belo Horizonte - MG, ganha entre 1.418 e 2.280 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 71 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.
    Salário Mãe Substituta

    Mãe Substituta: São Paulo

    • 1.547
    • São Paulo
    • 1.456 - 1.528
    • 42h
    O profissional no cargo de Mãe Substituta CBO 5162-15 trabalhando em São Paulo, ganha entre 1.456 e 1.528 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.547 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5162-15.