CBO 8485-15 - Magarefes - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 8485-15 é o Código Brasileiro da Ocupação de magarefes que pertence ao grupo dos trabalhadores artesanais na agroindústria, na indústria de alimentos e do fumo, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Magarefes CBO 8485-15 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 8485-15

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Trabalhadores da fabricação de alimentos, bebidas e fumo.
      • Trabalhadores artesanais na agroindústria, na indústria de alimentos e do fumo.
        • Magarefes.

Descrição dos cargos da categoria Magarefes

Os Magarefes CBO 8485-15 abatem bovinos e aves controlando a temperatura e velocidade de máquinas. Preparam carcaças de animais (aves, bovinos, caprinos, ovinos e suínos) limpando, retirando vísceras, depilando, riscando pequenos cortes e separando cabeças e carcaças para análises laboratoriais. Tratam vísceras limpando e escaldando. Preparam carnes para comercialização desossando, identificando tipos, marcando, fatiando, pesando e cortando. Realizam tratamentos especiais em carnes, salgando, secando, prensando e adicionando conservantes. Acondicionam carnes em embalagens individuais, manualmente ou com o auxílio de máquinas de embalagem a vácuo. Trabalham em conformidade a normas e procedimentos técnicos e de qualidade, segurança, higiene, saúde e preservação ambiental.

Condições de trabalho

Magarefes atuam na fabricação de produtos alimentares como empregados com carteira assinada. O trabalho é individual, sob supervisão permanente, em ambiente fechado e no sistema de rodízio de turnos (diurno/noturno). A exceção fica por conta do açougueiro que trabalha como autônomo ou por conta própria, com total autonomia em relação às condições de trabalho. O abatedor desenvolve as suas atividades sob pressão e permanece exposto a ruído intenso, altas temperaturas e riscos orgânicos.

Exigências do mercado de trabalho

Para o exercício dessas ocupações requer-se ensino fundamental e curso básico de qualificação profissional com até duzentas horas-aula. O pleno desempenho das atividades ocorre entre um e dois anos de experiência profissional.

Funções dos Magarefes CBO 8485-15

Magarefes devem:

  • demonstrar competências pessoais;
  • realizar tratamentos especiais em carnes;
  • tratar vísceras;
  • preparar carnes para comercialização;
  • acondicionar carnes;
  • preparar carcaças de animais (aves, bovinos, caprinos, ovinos e suínos);
  • Atividades dos cargos CBO 8485-15

    Entre as principais atribuições dos Magarefes CBO 8485-15 estão as de:

    • separar amostras de vísceras para análise;
    • demonstrar paciência;
    • dar provas de higiene;
    • cortar peças de aves e carnes bovinas (bife, lombo e outras peças);
    • controlar tempo de salgamento;
    • prender argolas no mocotó de bovinos, caprinos, ovinos e suínos;
    • separar carcaças de animais para análise em laboratório;
    • controlar temperatura para embalagem a vácuo;
    • demonstrar habilidade manual;
    • manter atenção concentrada;
    • fatiar carnes;
    • identificar tipos de carnes;
    • serrar partes conforme embalagens;
    • marcar tipos de carnes;
    • trocar posições das carnes na salmoura;
    • adicionar conservantes (carne de charque);
    • secar peças ao relento (sol e sereno);
    • mostrar força física;
    • organizar pedaços de carnes em embalagens individuais;
    • riscar (pequenos cortes) couro de bovinos, caprinos, ovinos e suínos;
    • embalar as diferentes peças de carnes;
    • desossar carnes;
    • processar choque térmico no frango;
    • dar provas de coragem;
    • prensar carnes;
    • salgar carnes;
    • atuar com persistência;
    • retirar excesso de sal das peças de carnes;
    • separar cabeças de animais para análise em laboratório;
    • dimensionar cortes de peças;
    • limpar carnes;

    Cargos e salários CBO 8485-15 - Magarefes

    Salário Operador de Máquina de Escarnar

    Operador de Máquina de Escarnar: Brasil

    • 16.215
    • Brasil
    • 1.568 - 2.702
    • 43h
    O profissional no cargo de Operador de Máquina de Escarnar CBO 8485-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.568 e 2.702 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 16.215 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.
    Salário Desossador

    Desossador: Brasil

    • 16.215
    • Brasil
    • 1.568 - 2.702
    • 43h
    O profissional no cargo de Desossador CBO 8485-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.568 e 2.702 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 16.215 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.
    Salário Açougueiro Desossador

    Açougueiro Desossador: Brasil

    • 16.215
    • Brasil
    • 1.568 - 2.702
    • 43h
    O profissional no cargo de Açougueiro Desossador CBO 8485-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.568 e 2.702 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 16.215 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.
    Salário Auxiliar de Desossador

    Auxiliar de Desossador: Brasil

    • 16.215
    • Brasil
    • 1.568 - 2.702
    • 43h
    O profissional no cargo de Auxiliar de Desossador CBO 8485-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.568 e 2.702 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 16.215 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.
    Salário Cabeceiro em Matadouro

    Cabeceiro em Matadouro: Brasil

    • 16.215
    • Brasil
    • 1.568 - 2.702
    • 43h
    O profissional no cargo de Cabeceiro em Matadouro CBO 8485-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.568 e 2.702 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 16.215 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.
    Salário Desnucador em Matadouro

    Desnucador em Matadouro: Brasil

    • 16.215
    • Brasil
    • 1.568 - 2.702
    • 43h
    O profissional no cargo de Desnucador em Matadouro CBO 8485-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.568 e 2.702 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 16.215 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.
    Salário Desorelhador em Matadouro

    Desorelhador em Matadouro: Brasil

    • 16.215
    • Brasil
    • 1.568 - 2.702
    • 43h
    O profissional no cargo de Desorelhador em Matadouro CBO 8485-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.568 e 2.702 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 16.215 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.
    Salário Desqueixador em Matadouro

    Desqueixador em Matadouro: Brasil

    • 16.215
    • Brasil
    • 1.568 - 2.702
    • 43h
    O profissional no cargo de Desqueixador em Matadouro CBO 8485-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.568 e 2.702 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 16.215 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.
    Salário Dessebador em Matadouro e Açougues

    Dessebador em Matadouro e Açougues: Brasil

    • 16.215
    • Brasil
    • 1.568 - 2.702
    • 43h
    O profissional no cargo de Dessebador em Matadouro e Açougues CBO 8485-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.568 e 2.702 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 16.215 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.
    Salário Escarnador em Matadouro e Açougue

    Escarnador em Matadouro e Açougue: Brasil

    • 16.215
    • Brasil
    • 1.568 - 2.702
    • 43h
    O profissional no cargo de Escarnador em Matadouro e Açougue CBO 8485-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.568 e 2.702 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 16.215 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.
    Salário Fateiro em Matadouro

    Fateiro em Matadouro: Brasil

    • 16.215
    • Brasil
    • 1.568 - 2.702
    • 43h
    O profissional no cargo de Fateiro em Matadouro CBO 8485-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.568 e 2.702 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 16.215 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.
    Salário Desossador

    Desossador: Mato Grosso do Sul

    • 1.276
    • Mato Grosso do Sul
    • 1.598 - 1.677
    • 42h
    O profissional no cargo de Desossador CBO 8485-15 trabalhando em Mato Grosso do Sul, ganha entre 1.598 e 1.677 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.276 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.
    Salário Desossador Itajuba

    Desossador: Itajuba, MG

    • 28
    • Itajuba, MG
    • 2.748 - 5.644
    • 44h
    O profissional no cargo de Desossador CBO 8485-15 trabalhando em Itajuba - MG, ganha entre 2.748 e 5.644 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 28 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.
    Salário Desossador Contagem

    Desossador: Contagem, MG

    • 160
    • Contagem, MG
    • 1.711 - 2.947
    • 44h
    O profissional no cargo de Desossador CBO 8485-15 trabalhando em Contagem - MG, ganha entre 1.711 e 2.947 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 160 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.
    Salário Desossador

    Desossador: Santa Catarina

    • 1.695
    • Santa Catarina
    • 1.572 - 1.650
    • 41h
    O profissional no cargo de Desossador CBO 8485-15 trabalhando em Santa Catarina, ganha entre 1.572 e 1.650 para uma jornada de trabalho média de 41h semanais de acordo com dados salariais de 1.695 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.
    Salário Desossador Várzea Grande

    Desossador: Várzea Grande, MT

    • 450
    • Várzea Grande, MT
    • 1.568 - 2.362
    • 44h
    O profissional no cargo de Desossador CBO 8485-15 trabalhando em Várzea Grande - MT, ganha entre 1.568 e 2.362 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 450 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.
    Salário Desossador Curitiba

    Desossador: Curitiba, PR

    • 330
    • Curitiba, PR
    • 1.298 - 1.867
    • 44h
    O profissional no cargo de Desossador CBO 8485-15 trabalhando em Curitiba - PR, ganha entre 1.298 e 1.867 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 330 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.
    Salário Desossador Goiânia

    Desossador: Goiânia, GO

    • 209
    • Goiânia, GO
    • 1.455 - 2.550
    • 44h
    O profissional no cargo de Desossador CBO 8485-15 trabalhando em Goiânia - GO, ganha entre 1.455 e 2.550 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 209 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8485-15.