CBO 8481-10 - Salgador de alimentos - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos trabalhadores artesanais na conservação de alimentos

O profissional no cargo de Salgador de alimentos CBO 8481-10 realiza o processo de salga de alimentos diversos – tais como charque, bacalhau, entre outros - com o objetivo de aumentar o tempo de preservação dos produtos, preparando local de trabalho, equipamentos, instrumentos e utensílios, selecionando alimentos e ingredientes, controlando a quantidade de sal, e verificando a temperatura, o tempo de salga e a umidade do alimento Inspeciona a qualidade dos produtos salgados.

Embala e armazena os produtos Cumpre normas e procedimentos técnicos, normas de higiene, normas de qualidade e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental

CBO 8481-10 é o Código Brasileiro da Ocupação de trabalhadores artesanais na conservação de alimentos que pertence ao grupo dos trabalhadores da fabricação de alimentos, bebidas e fumo, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Salgador de alimentos, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Trabalhadores artesanais na conservação de alimentos CBO 8481-10 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 8481-10

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Trabalhadores artesanais na conservação de alimentos.
      • Trabalhadores da fabricação de alimentos, bebidas e fumo.

O que faz um Salgador de alimentos

O Salgador de alimentos CBO 8481-10 planeja o trabalho, interpretando a ordem de produção e programando as etapas das atividades a serem realizadas Prepara o local de trabalho para o processo de salga de alimentos, inspecionando o ambiente, registrando irregularidades e solicitando ações corretiva e preventiva.

Higieniza e organiza o ambiente.

Seleciona os equipamentos, os utensílios e os instrumentos de trabalho necessários, higienizando-os e realizando sua organização Testa o funcionamento dos equipamentos, solicitando serviço de manutenção, quando necessário.

Requisita material para embalagem Define o tipo de sal, as matérias-primas e os ingredientes necessários ao processo de salga, fazendo sua requisição.

Recebe e inspeciona carnes, pescados e outros alimentos, além dos demais ingredientes adquiridos, verificando sua data de validade e seus aspectos físicos e sensoriais.

Limpa os alimentos Faz os cortes específicos de cada alimento.

Pesa os alimentos para determinar as quantidades de sal e ingredientes.

Salga carnes, pescados e outros alimentos, colocando-os nos tanques, grades, estaleiros e secadores Controla a quantidade de sal, o tempo de salga, a temperatura e a umidade do alimento Inspeciona a qualidade dos produtos salgados, examinando-os visualmente.

Pesa os produtos Embala os produtos salgados, fechando a embalagem a vácuo, colocando a data de fabricação, o peso, a validade e o lote Encaixota ou ensaca os produtos embalados.

Armazena os produtos salgados em câmara fria ou em temperatura ambiente, conforme sua necessidade de conservação Monitora a temperatura da câmara.

Limpa os utensílios, os instrumentos, os equipamentos e o local de trabalho após as operações de salga de alimentos Preenche boletins com dados de produção e com registro das ocorrências que afetam o processo produtivo e a qualidade do produto Presta informações técnicas oralmente e por escrito, principalmente nas trocas de turno.

Faz descarte de resíduos, seguindo os procedimentos estabelecidos pela empresa para o atendimento às normas ambientais Zela pelas condições de segurança, cumprindo as normas internas, utilizando os equipamentos de proteção individual, identificando e informando as condições inseguras de trabalho, e prevenindo acidentes.

Funções do cargo

O funcionário CBO 8481-10 deve demonstrar competências pessoais, preparar as máquinas para processamento de alimentos, preparar matéria-prima e ingredientes, preparar o local de trabalho para processamento de alimentos, armazenar produto, embalar produto - salsichas, lingüiças, carnes e pescados, processar produto.

Condições de trabalho dessas profissões

Trabalhadores artesanais na conservação de alimentos atuam na fabricação de produtos alimentares como empregados com carteira assinada. O trabalho é individual, sob supervisão ocasional, em ambiente fechado e no horário diurno. Podem desenvolver sua atividades por conta própria ou como autônomos (como ocorre com o salsicheiro) com total autonomia em relação às condições de trabalho.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 8481-10

Para o exercício dessas ocupações requer-se a quarta série do ensino fundamental e prática profissional no posto de trabalho. O pleno desempenho das atividades ocorre com aproximadamente um ano de experiência profissional.

Atividades exercidas por um Salgador de alimentos CBO 8481-10

Um Salgador de alimentos (ou sinônimo) deve grampear salsichas, lingüiças, carnes e pescados, requisitar material para embalagem, higienizar o ambiente, requisitar carnes, pescados e ingredientes, monitorar temperatura das câmaras, colocar salsichas, lingüiças, carnes e pescados em cabides, atuar em equipe, colocar na estufa ou forno, solicitar ação corretiva e preventiva, organizar os utensílios, pesar salsichas, lingüiças, carnes e pescados, demonstrar criatividade, limpar carnes e pescados, ensacar salsichas, lingüiças, carnes e pescados, acoplar peças e utensílios, misturar carnes e ingredientes, registrar irregularidades, acionar as máquinas, demonstrar senso crítico, verificar data de validade, inspecionar o ambiente, triturar carnes, demonstrar dinamismo, demonstrar iniciativa, encaixotar salsichas, lingüiças, carnes e pescados, pesar carnes, pescados e ingredientes, fechar a vácuo salsichas, lingüiças, carnes e pescados, colocar data de fabricação, validade e lote, demonstrar flexibilidade às mudanças, colocar nas varetas, realizar controle de qualidade de salsichas, lingüiças, carnes e pescados, higienizar equipamentos e utensílios, manter salsichas, lingüiças, carnes e pescados em temperatura ambiente, regular as máquinas, receber carnes, pescados e ingredientes, amarrar e cortar salsichas e lingüiças, agir com ética, desacoplar peças e utensílios, empilhar salsichas, lingüiças, carnes e pescados, colocar salsichas, lingüiças, carnes e pescados na câmara de congelamento, colocar salsichas, lingüiças, carnes e pescados na câmara fria, verificar aspectos físicos e sensoriais, definir carnes, pescados e ingredientes, embutir salsichas e lingüiças, testar as máquinas, selecionar peças e utensílios, extrair o ar dos embutidos.

Cargos e salários CBO 8481-10 - Trabalhadores artesanais na conservação de alimentos

Salário Salgador de Alimentos

Salgador de Alimentos: Brasil

  • 3.283
  • Brasil
  • 1.669 - 2.703
  • 43h
O profissional no cargo de Salgador de Alimentos CBO 8481-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.669 e 2.703 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 3.283 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8481-10.
Salário Manteador na Conservação de Alimentos

Manteador na Conservação de Alimentos: Brasil

  • 3.283
  • Brasil
  • 1.669 - 2.703
  • 43h
O profissional no cargo de Manteador na Conservação de Alimentos CBO 8481-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.669 e 2.703 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 3.283 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8481-10.
Salário Salgador - em Charqueada

Salgador - em Charqueada: Brasil

  • 3.283
  • Brasil
  • 1.669 - 2.703
  • 43h
O profissional no cargo de Salgador - em Charqueada CBO 8481-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.669 e 2.703 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 3.283 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8481-10.
Salário Salgador de Pescados

Salgador de Pescados: Brasil

  • 3.283
  • Brasil
  • 1.669 - 2.703
  • 43h
O profissional no cargo de Salgador de Pescados CBO 8481-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.669 e 2.703 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 3.283 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8481-10.
Salário Salgador de Tripas

Salgador de Tripas: Brasil

  • 3.283
  • Brasil
  • 1.669 - 2.703
  • 43h
O profissional no cargo de Salgador de Tripas CBO 8481-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.669 e 2.703 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 3.283 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8481-10.
Salário Salmorador na Conservação de Alimentos

Salmorador na Conservação de Alimentos: Brasil

  • 3.283
  • Brasil
  • 1.669 - 2.703
  • 43h
O profissional no cargo de Salmorador na Conservação de Alimentos CBO 8481-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.669 e 2.703 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 3.283 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8481-10.
Salário Toucinheiro na Conservação de Alimentos

Toucinheiro na Conservação de Alimentos: Brasil

  • 3.283
  • Brasil
  • 1.669 - 2.703
  • 43h
O profissional no cargo de Toucinheiro na Conservação de Alimentos CBO 8481-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.669 e 2.703 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 3.283 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8481-10.
Salário Salgador de Alimentos Brasília

Salgador de Alimentos: Brasília, DF

  • 149
  • Brasília, DF
  • 1.652 - 2.616
  • 43h
O profissional no cargo de Salgador de Alimentos CBO 8481-10 trabalhando em Brasília - DF, ganha entre 1.652 e 2.616 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 149 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8481-10.
Salário Salgador de Alimentos São Paulo

Salgador de Alimentos: São Paulo, SP

  • 227
  • São Paulo, SP
  • 1.821 - 2.649
  • 43h
O profissional no cargo de Salgador de Alimentos CBO 8481-10 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 1.821 e 2.649 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 227 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8481-10.
Salário Salgador de Alimentos Rio de Janeiro

Salgador de Alimentos: Rio de Janeiro, RJ

  • 61
  • Rio de Janeiro, RJ
  • 1.707 - 2.512
  • 43h
O profissional no cargo de Salgador de Alimentos CBO 8481-10 trabalhando em Rio de Janeiro - RJ, ganha entre 1.707 e 2.512 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 61 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 8481-10.