CBO 1237-05 - Diretores de pesquisa e desenvolvimento - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 1237-05 é o Código Brasileiro da Ocupação de diretores de pesquisa e desenvolvimento que pertence ao grupo dos diretores de Áreas de apoio, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Diretores de pesquisa e desenvolvimento CBO 1237-05 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 1237-05

  • Membros superiores do poder público, dirigentes de organizações de interesse público e de empresas, gerentes.
    • Dirigentes de empresas e organizações (exceto de interesse público).
      • Diretores de Áreas de apoio.
        • Diretores de pesquisa e desenvolvimento.

Descrição dos cargos da categoria Diretores de pesquisa e desenvolvimento

Os Diretores de pesquisa e desenvolvimento CBO 1237-05 participam do planejamento estratégico, traçam diretrizes científicas e tecnológicas, estabelecem políticas de gestão de p&d, promovem a inovação tecnológica e científica e coordenam a política de comunicação e divulgação na área de p&d, para dar suporte à empresa, instituto de pesquisa ou organização no cumprimento de sua missão. Orientam e dirigem equipes de p&d na execução do planejamento estratégico da instituição.

Condições de trabalho

Diretores de pesquisa e desenvolvimento o trabalho pode ser exercido em vários setores de atividade, sendo mais comum em empresas de grande porte ou em instituições de pesquisas vinculadas às áreas pública ou privada, suas atividades se desenvolvem em equipe e, dependendo do tipo de pesquisa de que participam, podem estar submetidos a condições especiais de trabalho (exposição a substâncias nocivas à saúde, fadiga mental etc). Seu vínculo de trabalho mais comum é como empregado com carteira.

Exigências do mercado de trabalho

Dos profissionais da família espera-se que tenham concluído, no mínimo, o nível superior completo ou freqüentado cursos de pósgraduação. É desejável que tenham experiência em função gerencial por mais de cinco anos.

Funções dos Diretores de pesquisa e desenvolvimento CBO 1237-05

Diretores de pesquisa e desenvolvimento devem:

  • comunicar-se;
  • traçar diretrizes científicas, tecnológicas e de gestão;
  • definir planos táticos;
  • demonstrar competências pessoais;
  • gerir recursos humanos e materiais;
  • participar do planejamento estratégico da instituição;
  • promover a inovação tecnológica e científica;
  • coordenar política de comunicação e divulgação na Área de p&d;
  • estabelecer políticas de gestão da qualidade em processos de p&d;
  • Atividades dos cargos CBO 1237-05

    Entre as principais atribuições dos Diretores de pesquisa e desenvolvimento CBO 1237-05 estão as de:

    • demonstrar liderança;
    • acompanhar execução e desempenho técnico e econômico de planos e projetos;
    • harmonizar linhas de p&d;
    • participar de comitês;
    • promover condições para a geração de ideias inovadoras;
    • identificar tecnologias críticas e estratégicas;
    • delinear visão;
    • definir objetivos permanentes e atuais;
    • desenvolver expressão escrita;
    • melhorar a gestão das interfaces interna e externa;
    • monitorar desenvolvimento científico e tecnológico;
    • definir missão;
    • desenvolver capacidade de síntese;
    • dimensionar recursos;
    • definir estratégias;
    • estudar cenários e conjuntura;
    • definir grandes linhas de p&d;
    • cultivar a capacidade de ouvir;
    • exercer ações de ´marketing´ tecnológico;
    • avaliar fatores de impacto;
    • cultivar autoconhecimento;
    • desenvolver pensamento estratégico;
    • demonstrar persistência;
    • analisar resultados de pesquisas de clima organizacional;
    • identificar fontes de financiamento;
    • participar de eventos (seminários, congressos, feiras).;
    • negociar financiamento para pesquisa;
    • demonstrar dinamismo;
    • desenvolver habilidade para lidar com conflito;
    • analisar o comportamento do mercado e da concorrência;
    • elaborar orçamento;
    • avaliar execução do plano tático;
    • avaliar desempenho dos recursos;
    • avaliar resultados dos projetos;
    • identificar fornecedores;
    • evidenciar vivência em p&d;
    • exercer ações de ´endo-marketing´;
    • acompanhar desempenho do processo produtivo;
    • desenvolver visão holística;
    • demonstrar objetividade;
    • estabelecer mecanismos de avaliação de desempenho de fornecedores;
    • identificar demandas científicas e tecnológicas;
    • demonstrar criatividade;
    • garantir o cumprimento dos aspectos legais e ambientais;
    • definir sistemas de reconhecimento e recompensa;
    • promover a formação de grupos multidisciplinares;
    • demonstrar habilidade de tomar decisões;
    • demonstrar espírito crítico;
    • definir indicadores de desempenho;
    • garantir a análise crítica e periódica;
    • propor orçamento;
    • priorizar o uso dos recursos;
    • otimizar a alocação de recursos;
    • estabelecer canais de comunicação com o usuário;
    • negociar com os gerentes as metas dos indicadores;
    • analisar portfólios de projetos, atividades e produtos;
    • promover a capacitação de recursos humanos;
    • avaliar planos e projetos elaborados pela equipe;
    • coordenar proteção da propriedade intelectual;
    • demonstrar capacidade de delegar;
    • definir política de divulgação interna e externa;
    • desenvolver habilidade de negociação;
    • cuidar do relacionamento interpessoal;
    • identificar necessidades de mudança;
    • implantar novas metodologias de gestão;
    • estabelecer políticas de parcerias;
    • representar a instituição;
    • promover a transferência de soluções tecnológicas para o setor de produção;
    • analisar relatórios do serviço de atendimento ao cliente;
    • definir ações de melhoria;
    • aprovar metas para os indicadores;
    • analisar resultados das pesquisas de opinião;
    • autorizar a aplicação de recursos;
    • definir portfólio de projetos;
    • acompanhar orçamento;
    • aprovar plano de ação de projeto;
    • participar da definição dos planos estratégicos;
    • facilitar a interação entre setores;
    • trabalhar em equipe;
    • desenvolver expressão verbal;

    Cargos e salários CBO 1237-05 - Diretores de pesquisa e desenvolvimento

    Salário Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D)

    Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D): Brasil

    • 482
    • Brasil
    • 18.838 - 52.074
    • 42h
    O profissional no cargo de Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) CBO 1237-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 18.838 e 52.074 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 482 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1237-05.
    Salário Diretor de Tecnologia (pesquisa e Desenvolvimento)

    Diretor de Tecnologia (pesquisa e Desenvolvimento): Brasil

    • 482
    • Brasil
    • 18.838 - 52.074
    • 42h
    O profissional no cargo de Diretor de Tecnologia (pesquisa e Desenvolvimento) CBO 1237-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 18.838 e 52.074 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 482 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1237-05.
    Salário Diretor Técnico (pesquisa e Desenvolvimento)

    Diretor Técnico (pesquisa e Desenvolvimento): Brasil

    • 482
    • Brasil
    • 18.838 - 52.074
    • 42h
    O profissional no cargo de Diretor Técnico (pesquisa e Desenvolvimento) CBO 1237-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 18.838 e 52.074 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 482 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1237-05.
    Salário Superintendente de Desenvolvimento de Produtos e Processos

    Superintendente de Desenvolvimento de Produtos e Processos: Brasil

    • 482
    • Brasil
    • 18.838 - 52.074
    • 42h
    O profissional no cargo de Superintendente de Desenvolvimento de Produtos e Processos CBO 1237-05 trabalhando no Brasil, ganha entre 18.838 e 52.074 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 482 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 1237-05.