CBO 7911-60 - Artesão rendeiro - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos artesãos

O profissional no cargo de Artesão rendeiro CBO 7911-60 realiza criação e confecção artesanal de renda – com estilo que marca sua identidade como artesão e características estéticas que podem retratar a cultura local ou regional -, selecionando o tipo de renda a ser confeccionada, definindo tipo, espessura e cores de fios, riscando desenho ou diagrama, para orientar a confecção, efetuando processos de conduzir fios com agulhas, trançar fios com bilros e fazer nós com fios, para confeccionar a renda, e executando o acabamento Planeja a confecção de renda, para atender às demandas de clientes.

Controla a qualidade do processo e do produto Comercializa a renda confeccionada Gerencia o próprio negócio.

Realiza manutenção básica de equipamentos Cumpre normas técnicas, normas de qualidade e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental

CBO 7911-60 é o Código Brasileiro da Ocupação de artesãos que pertence ao grupo dos trabalhadores do artesanato, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Artesão rendeiro, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Artesãos CBO 7911-60 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 7911-60

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Artesãos.
      • Trabalhadores do artesanato.

O que faz um Artesão rendeiro

O Artesão rendeiro CBO 7911-60 planeja a confecção artesanal de produtos de renda (como toalhas de mesa, vestidos de noiva, colchas, entre outros) e de peças de renda a serem aplicadas em produtos de tecido (como gola e punhos de blusa, barra de toalha, entre outras), para atendimento às demandas de cliente Pesquisa tendências e características culturais.

Seleciona equipamentos, ferramentas, instrumentos e acessórios.

Define o produto ou a peça de renda, elaborando desenhos e detalhando especificações Incorpora, à renda a ser confeccionada, características artísticas pessoais.

Pode agregar, à renda, características típicas da cultura local ou regional, que são transmitidas de geração em geração Prepara a confecção manual da peça ou do produto, selecionando os tipos de renda, tais como renascença, irlandesa, nhanduti, frivoleté, labirinto, macramê, entre outros.

Escolhe fios - como de algodão, linho, seda, dentre outros, definindo sua espessura e suas cores.

Seleciona o tipo e o tamanho da agulha e define naveta (espécie de lançadeira) a ser utilizada Risca desenho ou diagrama em papel manteiga, papel cartão ou em outro material, para orientar a confecção da renda.

Confecciona a renda, normalmente usando os processos de conduzir o fio com agulhas, trançar o fio com bilros – instrumentos de madeira ou metal, e usar naveta ou agulhas para fazer nós com fios.

Segue padrões e desenhos para compor a trama e a padronagem das rendas, tecendo, trançando, laçando e entrelaçando fios, e desfiando tecido, a fim de separar os fios em pequenos grupos e entrelaçá-los por nós Executa acabamento, costurando as diversas partes que compõem um produto de renda ou preparando peças de renda para serem aplicadas como partes de um produto de tecido Faz arremates na renda.

Pode aplicar adornos e acessórios Pode engomar peça de renda Controla a qualidade do processo e do produto, verificando a sinuosidade dos desenhos e a confecção da trama da renda.

Inspeciona as formas, as cores e a dimensão da peça ou do produto Verifica a união e o agrupamento das partes.

Identifica imperfeições, efetuando ajustes ou reparos Analisa a resistência da peça ou do produto à umidade, à exposição solar e a outros efeitos externos Coloca etiquetas nas rendas confeccionadas, preparando-as para a comercialização.

Pode usar logomarca, para identificação dos produtos Adota procedimentos para acondicionamento, limpeza e conservação de peças e produtos artesanais de renda, para evitar avarias e deformação Comercializa peças e produtos artesanais de renda, desenvolvendo embalagens, calculando custos e estabelecendo preços de venda.

Pesquisa mercado consumidor Divulga peças e produtos, podendo fazer uso inclusive de “sites” e redes sociais Participa de feiras e eventos, expondo as rendas.

Aplica estratégias de venda, negocia valores e prazos com cliente, e embala peças e produtos Gerencia o próprio negócio, organizando produção, controlando estoques e administrando orçamento Define o leiaute de oficina ou ateliê Estabelece parcerias e seleciona fornecedores Pode capacitar artesãos.

Pode vincular-se a uma associação de classe Realiza manutenção básica de equipamentos, fazendo sua limpeza e lubrificação Providencia serviços de manutenção corretiva Mantém a limpeza e a organização do local de trabalho Organiza e acondiciona materiais, ferramentas, instrumentos e acessórios Evita desperdícios, separando sobras de materiais para reaproveitamento Realiza descarte de resíduos, de maneira ambientalmente adequada Segue normas e procedimentos de saúde e segurança no trabalho Identifica e elimina condições inseguras no local de trabalho, prevenindo acidentes Observa princípios básicos de ergonomia.

Funções do cargo

O funcionário CBO 7911-60 deve preparar matéria prima, finalizar produtos artesanais.

Condições de trabalho dessas profissões

Artesãos os profissionais desta família ocupacional desenvolvem suas atividades em suas próprias residências ou nas associações de classe a que estão vinculados. São profissionais autônomos e trabalham predominantemente de forma individual, sendo que, em alguns casos, contam com a ajuda de seus familiares. Trabalham sem supervisão em ambiente fechado em horários irregulares e de forma presencial. Dependendo da tipologia da matéria prima que manuseam, ficam expostos a fagulhas, materiais tóxicos e ruídos intensos. Para uma grande maioria que colhe matérias primas em lagoas, rios e outros locais naturais há o risco de insalubridade.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 7911-60

Para os profissionais desta família ocupacional não é exigido escolaridade, experiência ou formação profissional. As técnicas do artesanato são tradicionais e aprendidas de pai para filho. Atualmente há entidades que ministram treinamentos relativos a comercialização e administração de negócios.

Atividades exercidas por um Artesão rendeiro CBO 7911-60

Um Artesão rendeiro (ou sinônimo) deve arrematar materiais, lavar matéria prima, fiar matéria prima, passar materiais, tingir matéria prima, desfiar matéria prima, engomar materiais.

Cargos e salários CBO 7911-60 - Artesãos

Salário Artesão Rendeiro

Artesão Rendeiro: Brasil

  • 9
  • Brasil
  • 1.757 - 4.416
  • 43h
O profissional no cargo de Artesão Rendeiro CBO 7911-60 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.757 e 4.416 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 9 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7911-60.