Motorista de caminhão é a profissão com mais demissões por morte no Brasil

Motorista de caminhão foi a profissão com mais ocorrências de desligamentos por morte no ano passado segundo levantamento do Portal Salario junto a dados oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web no período de 01/2021 a 12/2021 no Brasil.

Demissões por morte de caminhoneiros no Brasil

No total, foram 5.237 registros de vínculos trabalhistas encerrados por mortes de caminhoneiros no período da pesquisa.

O levantamento leva em consideração somente profissionais registrados em regime CLT de todo o Brasil.

São Paulo e Paraná são os estados com mais desligamentos desse tipo

O levantamento mostra também que os estados de São Paulo e Santa Catarina lideram o ranking de empresas com profissionais que foram demitidos nessa condição. Veja a lista:

  1. São Paulo – 1.789;
  2. Paraná – 633;
  3. Minas Gerais – 580;
  4. Santa Catarina – 454;
  5. Rio Grande do Sul – 365.

Jornada exaustiva, descanso inadequado e pressão das cargas horárias podem ser algumas das causas

Jornadas exaustivas dirigindo por longas horas, pouco descanso e a pressão por entregas no horário são algumas das causas prováveis de acidentes com caminhoneiros no Brasil.

Muitas dessas cargas são perecíveis, com horário estipulado de coleta e entrega, o que traz uma pressão adicional de algumas empresas com seus colaboradores para a descarga rápida e o caminhão vazio para o próximo carregamento.

Com autônomos, números seriam bem maiores

Levando em consideração que grande parte dos motoristas de caminhão no Brasil trabalham como autônomos ou MEIs, e que portanto não entram nesse levantamento, o número de mortes na categoria deve ser bem maior.

Não é possível mensurar na pesquisa quantas dessas mortes foram no trânsito, na estrada, de causas naturais ou devido a pandemia por exemplo, já que motoristas de caminhão pertence a uma das categorias que prestaram serviços essenciais durante a pandemia e não puderam parar.

Mas podemos observar que proporcionalmente o motorista de caminhão é o mais vulnerável a acidentes com morte no Brasil, já que caminhoneiros não estão no topo das profissões mais contratadas pelo mercado de trabalho brasileiro segundo o Novo CAGED.

Comente sobre Motorista de caminhão é a profissão com mais demissões por morte no Brasil

Regras para os comentários

  • Todos os comentários são moderados antes de publicados.
  • Comentário todo em letra maiúscula não será aprovado.
  • Respondemos todas as dúvidas no prazo máximo de 2 dias úteis.
  • Se postou uma pergunta, volte a essa página para ver a resposta. Não enviamos respostas por email devido ao problema com SPAM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui