Plano de metas: Saiba como criar um na sua empresa

Um planejamento de metas bem elaborado trará o suporte necessário para sua empresa crescer da maneira certa e no tempo certo.

Se você já tem um negócio próprio, ou está pensando em abrir um, saiba que o plano de metas ou business plan, é uma ferramenta que lhe dará um grande suporte. Até algumas décadas atrás, a grande maioria dos empreendedores abriam seus empreendimentos apenas seguindo sua intuição.

Basicamente, eles levavam em consideração o que acreditavam ser uma grande ideia e, com isso, investiam recursos e se aventuravam em um mercado repleto de concorrentes.

Em muitos casos esse tipo de estratégia até dava certo, mas na maioria deles, essa aventura resultava em um verdadeiro fracasso, fazendo com que muitos empreendedores perdessem tempo e dinheiro.

Hoje, essa realidade mudou. Todo empreendedor que deseja ter um negócio lucrativo, precisa contar não só com seu instinto empreendedor para boas ideias, mas também com um plano de metas.

É através dele que o dono do negócio terá uma base sólida para saber quais os passos que a sua empresa precisa dar para alcançar o sucesso. 

Como criar um plano de metas

Porque o plano de metas é importante para empresas de qualquer negócio?

Não importa se você tem uma grande empresa, ou ainda se acabou de se tornar um Micro Empreendedor Individual, o plano de metas irá lhe ajudar. Esse planejamento dará a você uma visão geral sobre o seu negócio. Além disso, ele também proporcionará outros benefícios, tais como:

  • Permite acompanhar o desempenho do seu negócio

Com o plano de metas, é possível acompanhar o seu negócio, verificando se ele está obtendo os resultados previstos, ou se é necessário mudar a estratégia.

  • Foco em objetivos

Outra vantagem do plano de metas é que você consegue estabelecer objetivos e focar neles. Dessa forma, evita-se que ações sejam tomadas de forma desnecessária, fazendo com que você perca tempo e dinheiro.

  • Aperfeiçoamento do negócio

Esse planejamento permite que você aperfeiçoe o seu empreendimento. Com base em ações e também nos resultados anteriores, e possível estabelecer ações que melhorem o desempenho do empreendimento no futuro.

Passo a passo para criar um plano de metas

Um plano de metas não é algo complexo de se criar como muitos pensam. Seguindo alguns passos simples é possível desenvolver esse planejamento de forma fácil e prática. E a primeira delas é:

  1. Faça uma análise do seu negócio

O primeiro passo para elaborar essa estratégia é fazer uma análise completa do seu negócio. Você precisa entender todos os pontos dele, bem como o nicho no qual está inserido.

Procure compreender quais as necessidades do segmento em que você está atuando, e de que maneira o seu empreendimento pode supri-las.

Essas necessidades podem ir desde uma demanda reprimida por determinado produto, até a criação de planos de cargos e salários para negócios que para crescer, precisa de mão de obra específica e altamente qualificada, como seria o caso de um escritório de arquitetura, ou uma agência de marketing por exemplo.

Além disso, também é preciso levantar quais são os pontos fracos do seu empreendimento, que precisam ser melhorados para que ele se torne mais competitivo.

  1. Estudo de mercado

A segunda etapa para elaborar o seu programa de metas é estudar o mercado. Além das informações do passo anterior, você também precisa entender qual o seu público-alvo.

Busque saber também quais os principais desafios e avanços do setor, de modo a criar soluções que sejam adequadas a essas demandas.

  1. Estabeleça metas a curto, médio e longo prazo

Quando estiver fazendo o seu planejamento de metas, é necessário pensar a curto, médio e longo prazo. Dessa forma, você saberá quanto tempo terá para colocar ações em prática para conseguir concretizar os seus objetivos.

Pense, por exemplo, aonde você deseja ver o seu empreendimento daqui um, três e cinco anos. Esse tipo de exercício te auxiliará a pensar melhor nas ações, bem como estabelecer um ritmo para o seu negócio.

Outra dica para criar o seu plano de metas é colocar objetivos detalhados e alcançáveis. De nada adianta colocar apenas “que o meu negócio cresça”. Você precisa ser específico para que hajam resultados.

Ao invés de colocar algo vago, crie uma meta como “aumentar o número de vendas em 20% em 12 meses”. Dessa forma você saberá exatamente quanto precisa crescer, e qual o prazo máximo para isso.

Os 4 pilares para criar um plano de metas eficiente

– Objetivo (a meta que você quer atingir);
– Medida (como você vai medir se atingiu a meta);
– Target (alvo da meta: melhora no produto, prazo de entrega, atendimento ao cliente);
– Iniciativas organizacionais (o que será feito para atingir o objetivo).

  1. Estabeleça as ações que serão colocadas em prática

O próximo passo para criar o plano de metas é estabelecer as ações que serão realizadas para que os objetivos sejam concretizados.

Mais do que simplesmente apontar o que será feito, também é necessário estabelecer o investimento que será realizado, assim como definir as pessoas que estarão envolvidas e o tempo para execução.

Assim como no tópico anterior, quanto mais detalhadas as ações forem, mais fácil será executá-las. Pense também na proporção dessas estratégias, quais os setores que elas levarão em conta para darem certo.

  1. Faça a mensuração de resultados

O plano de metas não é algo que você cria uma única vez e deixa como está. Ele precisa ser atualizado constantemente. Para isso, você precisa mensurar constantemente os resultados obtidos.

É por meio dessa mensuração que será possível quais as ações que estão dando certo, e aquelas que precisam ser alteradas. Além disso, é através desse levantamento e análise de resultados que também é possível indicar novas demandas para o seu negócio.

Como o mercado vive em constante mudança, provavelmente novos objetivos irão surgir ao longo do caminho.

Metodologia PDCA

Segundo o SEBRAE é uma metodologia gerada nos Programas de Qualidade Total, que orienta a organização a traçar estratégias seguindo as etapas de:

  • P – Plan – Planejamento: é o momento de localizar problemas e estabelecer planos de ação.
  • D – Do – Executar: é o momento de executar aquilo que foi planejado.
  • C – Check – Controle: é o momento de verificar se as metas foram atingidas e de acompanhar os indicadores.
  • A – Act – Agir: é o momento de fazer as correções necessárias e padronizar tudo aquilo que deu certo nos processos anteriores.
Planejando metas
Imagem: SEBRAE

Como fazer o plano de metas dar certo?

Muitos empreendedores que criam um planejamento de metas não conseguem fazê-lo dar certo. Isso acontece porque alguns erros simples podem acontecer durante o percurso, prejudicando a sua eficácia.

Veja abaixo o que você deve fazer ou não para que essa estratégia seja realmente eficaz.

  • Aplique seu plano de metas diariamente

O programa de metas não é algo que você cria e deixa de lado. Ele precisa ser aplicado diariamente no seu negócio para que hajam resultados.

  • Todos precisam saber desse planejamento

Não adianta criar um planejamento realmente detalhado se os outros colaboradores do negócio não souberem dos objetivos que precisam ser alcançados.

Faça reuniões com os gestores e demais funcionários. E explique qual é o plano de metas do negócio.

  • Não levar em conta mudanças do mercado

Para que o seu programa de metas dê certo, você precisa levar em conta todas as mudanças no mercado. Se adaptar elas é fundamental para se manter competitivo, pois, apenas com essas transformações você conseguirá atender as novas demandas que surgem.

Lembre-se, o plano de metas é uma estratégia para qualquer empresa, então não importa o porte ou segmento. Se executado de forma correta, ele só irá te ajudar a crescer.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Please enter your name here