Técnico de Ortopedia - Salário, O Que Faz, Piso Salarial 2024

R$ 2.458,02/mês

Atualizado em

Hoje um Técnico de Ortopedia ganha em média R$ 2.458,02 para uma jornada de trabalho de 42 horas semanais de acordo com pesquisa do Portal Salario junto a dados de 414 profissionais admitidos e desligados em regime CLT nos últimos 12 meses divulgados pelo Novo CAGED.

Em 2024 a remuneração para Técnico de Ortopedia pode variar entre o piso salarial mínimo de R$ 2.390,89 e o teto salarial de R$ 4.910,31, dependendo do segmento da empresa, localidade, formação, experiência na função e política de cargos e salários da empresa.

Você pode conferir logo abaixo na tabela salarial, mais dados da pesquisa como piso salarial 2024, salário mediana, salário por hora, mensal e anual para saber exatamente quanto ganha um Técnico de Ortopedia.

Tópicos dessa pesquisa salarial:

Perfil Profissional

De acordo com nosso levantamento o perfil profissional mais recorrente é o de um trabalhador com 26 anos, ensino médio completo, do sexo masculino que trabalha 44h semanais em empresas do segmento de Fabricação de aparelhos e utensílios para correção de defeitos físicos e aparelhos ortopédicos em geral sob encomenda de todo o Brasil.

A cidade com mais ocorrências de contratações no estado e por consequência com mais vagas de emprego para Técnico de Ortopedia é Rio de Janeiro , RJ.

Metodologia

Essa pesquisa salarial leva em consideração somente o salário base de Técnico de Ortopedia, não entram no cálculo nenhum adicional salarial como bônus, comissões, horas extras, adicional noturno, periculosidade, insalubridade nem nada do tipo. Somente o salário base registrado em carteira e no contrato de trabalho entram na amostragem.

Os dados salariais são atualizados mensalmente de acordo com divulgação dos dados pelo Ministério do Trabalho e Emprego.

O que faz um Técnico de Ortopedia CBO 3225-05

O Técnico de Ortopedia planeja as atividades, participando da elaboração de projeto de confecção de prótese - peça ou aparelho de substituição dos membros ou órgãos do corpo - e órtese, peça ou aparelho de correção ou complementação de membros ou órgãos do corpo Organiza o cronograma de trabalho Avalia diferentes recursos materiais, para escolher e elaborar as especificações para aquisição de materiais e componentes.

Seleciona equipamentos, ferramentas e instrumentos Realiza, sob supervisão de profissional de nível superior, exames e avaliação física a fim de tomar medidas para órteses e próteses Efetua a anamnese Pode encaminhar solicitação e pedidos de exames complementares.

Determina o design da órtese e prótese, considerando as necessidades do paciente, as prescrições médicas e as inovações em materiais e tecnologias assistivas Apresenta, ao paciente, órteses ou próteses adequadas ao seu caso, considerando assim a sua escolha na definição do tipo a ser confeccionado Confecciona órtese ou prótese, interpretando as medidas tomadas e obtendo molde negativo e molde positivo.

Confecciona a interface entre o corpo do paciente e a órtese ou prótese Monta, realiza prova e ajusta órtese e prótese, conforme protocolos e procedimentos padronizados Faz acabamento e entrega órtese e prótese aos pacientes Pode usar prototipagem e impressão 3D na confecção de próteses e órteses.

Realiza acompanhamento dos pacientes, fornecendo assistência técnica durante a fase de adaptação Atende a eventuais necessidades de ajustes ou adaptação de órtese ou prótese, por solicitação médica ou fisioterapêutica Revisa periodicamente, conserta e reforma órtese e prótese Pode apresentar novas tecnologias em órtese e prótese ao paciente, sugerindo substituição, diante das melhorias introduzidas nas novas opções Pode, sob a supervisão de profissionais de nível superior, realizar tomada de medidas e executar confecção, ajuste e avaliação de meios auxiliares de locomoção, tais como bengalas, muletas canadenses, muletas axilares, andadores e cadeiras de rodas.

Orienta os pacientes sobre uso, conservação e higiene de órtese, prótese e meios auxiliares de locomoção Gerencia ateliê de órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção, participando na elaboração do projeto físico (leiaute) do local, coordenando atividades administrativas e financeiras, controlando estoque, e providenciando a manutenção de máquinas, ferramentas e instalações Subsidia tecnicamente a elaboração de orçamentos.

Zela pela qualidade dos produtos e do atendimento prestado Promove a segurança e a salubridade no ateliê Orienta a aplicação de novas tecnologias para a melhoria da qualidade de vida do paciente.

Administra pessoal, participando de seleção, atribuindo tarefas e acompanhando registros de faltas e atrasos Supervisiona trabalho da equipe, avaliando desempenho e promovendo programas de treinamento Elabora pareceres e relatórios técnicos de qualidade e segurança.

Pode participar em projetos de equipe multidisciplinar para promover processos de reabilitação e de readaptação, contribuindo com os serviços de atenção à saúde e com os processos de inclusão social e laboral da pessoa com deficiência Arquiva e armazena, em sistemas analógicos ou digitais, diagnósticos e pareceres sobre saúde de pacientes Compila informações e documentação técnica e mantém registros de produção Orienta o descarte de resíduos – em especial os gerados durante o processo de confecção de órteses e próteses -, de acordo com normas ambientais Trabalha com segurança, utilizando Equipamentos de Proteção Individual (EPI), analisando mapa de risco e prevenindo acidentes.

.

Algumas funções no exercício da profissão

  • confeccionar Órteses e próteses;
  • demonstrar competências pessoais;
  • avaliar o paciente e a prescrição;
  • gerenciar o ateliê de Órteses e próteses;
  • comunicar-se;
  • planejar a construção das Órteses e próteses - op;
  • realizar acompanhamento de Órteses e próteses;
  • usar epi;
  • trabalhar em equipe;
  • dar acabamento em órtese e prótese;
  • sugerir ao paciente diferentes tipos de órteses e próteses;
  • consertar órtese e prótese;
  • promover a segurança e salubridade no ateliê de órtese e prótese;
  • ver mais...

Salário de Técnico de Ortopedia CBO 3225-05 - Série histórica

Quanto ganha um Técnico de Ortopedia por região do Brasil

Quanto ganha um Técnico de Ortopedia nas principais cidades

Clique em uma cidade para ver a pesquisa salarial completa para Técnico de Ortopedia na localidade
Cidade Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
43 2.846,23 2.926,15 4.422,08 13,77 36
42 2.494,69 2.564,73 3.875,90 12,28 34
44 2.308,17 2.372,98 3.586,12 10,91 24
43 2.399,04 2.466,40 3.727,30 11,48 23
41 2.707,83 2.783,86 4.207,06 13,70 17
44 1.826,28 1.877,55 2.837,42 8,63 17
44 3.965,69 4.077,04 6.161,34 18,53 11
43 1.889,55 1.942,60 2.935,72 8,99 10
35 1.981,37 2.037,00 3.078,38 11,64 10
44 1.399,70 1.439,00 2.174,66 6,54 10
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada uma das cidades da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outras cidades além dessas utilize a Busca Salarial.

Tabela salarial para Técnico de Ortopedia

Tabela salarial referentes ao salário base do cargo e na remuneração por períodos
Período Salário Mensal Salário Anual Salário Semanal Salário/Hora
Piso Salarial 2.391 28.691 598 11,33
Média Salarial 2.458 29.496 615 11,65
1º Quartil 1.656 19.875 414 7,85
Salário Mediana 2.018 24.216 505 9,56
3º Quartil 3.745 44.938 936 17,74
Teto Salarial 4.910 58.924 1.228 23,27
  • Piso Salarial: Média do salário base de acordos, convenções coletivas e dissídios coletivos com menções ao cargo de Técnico de Ortopedia negociados por sindicatos e registrados no MTE;
  • Média Salarial: A soma de todos os salários dividido pelo total de salários de profissionais CBO 3225-05 da amostragem. Cálculo de média aritmética simples;
  • 1° Quartil: Primeiro quartil é o cálculo que separa 25% dos menores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Salário Mediana: Mediana é o valor que mostra o salário bem ao centro da amostragem. o cálculo separa os dados de modo que 50% dos salários informados são superiores a esse nível e 50% são inferiores;
  • 3º Quartil: Cálculo que separa 25% dos maiores salários e obtém a média salarial entre eles;
  • Teto Salarial: Corresponde aos maiores salários no cargo, observando-se ponderações e filtros exclusivos do nosso algoritmo de pesquisa salarial.

Demanda no mercado de trabalho para o cargo

Técnico de Ortopedia é um cargo que está com altíssima demanda no mercado de trabalho brasileiro nos últimos meses.

No comparativo entre os meses de Maio de 2023 e Abril de 2024, tivemos um aumento de 37.5% nas contratações formais com carteira assinada em regime integral de trabalho.

Dentro da pesquisa, logo abaixo, você pode conferir um gráfico completo mês a mês com o número de contratações e demissões de Técnico de Ortopedia CBO 3225-05 pelo mercado de trabalho brasileiro segundo levantamento estatístico do Salario.com.br junto a dados salariais oficiais do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web nos últimos 12 meses.

Quanto ganha um Técnico de Ortopedia por estado

Clique em um estado para ver a pesquisa salarial completa para Técnico de Ortopedia na localidade
UF Jornada Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial Salário/Hora Total
41 2.731,27 2.807,95 4.243,47 13,73 132
42 2.662,11 2.736,86 4.136,02 12,93 47
43 2.331,33 2.396,79 3.622,10 11,15 45
43 2.360,71 2.427,00 3.667,75 11,30 31
44 2.152,17 2.212,60 3.343,74 10,06 20
44 1.797,16 1.847,62 2.792,18 8,48 20
43 1.960,44 2.015,48 3.045,86 9,42 13
43 1.877,64 1.930,36 2.917,22 8,92 11
42 1.665,73 1.712,50 2.587,98 8,08 10
43 2.135,20 2.195,16 3.317,39 10,16 10
Para ver a pesquisa salarial completa para o cargo em cada um dos estados da tabela, clique nos links das localidades da lista. Para ver o salário em outros estados além desses utilize a Busca Salarial.

Tipos de empresas que mais contratam

Salários por setores de empresas
CNAE Segmento da Empresa Piso Salarial Média Salarial Teto Salarial
3250-7/03 Fabricação de aparelhos e utensílios para correção de defeitos físicos e aparelhos ortopédicos em geral sob encomenda 2.182,00 2.243,27 3.390,10
4773-3/00 Comércio varejista de artigos médicos e ortopédicos 2.400,19 2.467,58 3.729,08
8610-1/01 Atividades de atendimento hospitalar 2.265,78 2.329,39 3.520,25
9430-8/00 Atividades de associações de defesa de direitos sociais 2.743,71 2.820,75 4.262,80
3250-7/06 Serviços de prótese dentária 1.929,85 1.984,04 2.998,34
4645-1/01 Comércio atacadista de instrumentos e materiais para uso médico, cirúrgico, hospitalar e de laboratórios 3.026,19 3.111,16 4.701,68
8630-5/03 Atividade médica ambulatorial restrita a consultas 2.090,65 2.149,35 3.248,16
8630-5/02 Atividade médica ambulatorial com recursos para realização de exames complementares 4.013,99 4.126,69 6.236,38
8610-1/02 Atividades de atendimento em pronto-socorro e unidades hospitalares para atendimento a urgências 1.965,59 2.020,78 3.053,87
8650-0/99 Atividades de profissionais da área de saúde 1.581,95 1.626,36 2.457,81
CNAE (Classificação Nacional das Atividades Econômicas). Para ver a pesquisa salarial completa para o segmento, clique nas empresas da lista. Para ver outros segmentos e pesquisas em estados e cidades específicas, utilize a nossa Pesquisa Salarial e filtre a busca por CNAE.

Quanto ganha um Técnico de Ortopedia por jornada de trabalho

Relação jornada de trabalho/salário. Filtro de amostragem com 414 profissionais admitidos e desligados. A relação abrange somente Técnico de Ortopedia CBO 3225-05 em regime integral de trabalho.

Cálculo de acordo com a carga horária mensal e salário
Total Jornada Ref. Salário Mensal Salário Hora
286 44 220 2.413,73 10,97
69 40 200 2.675,82 13,38
35 36 180 2.257,66 12,54
8 42 210 3.144,25 14,97
5 24 120 1.495,60 12,46
3 43 215 1.768,00 8,22

No Brasil, todo trabalhador contratado com carteira assinada, ou seja, numa relação de emprego, tem a jornada de trabalho estipulada no contrato de trabalho. A lei exige que fique clara, por escrito, a duração do trabalho que esse profissional terá de cumprir.

Salários por nível profissional e porte da empresa

Metodologia: Salários de 186 profissionais demitidos pelas empresas.
Porte da Empresa Nível I Nível II Nível III
Micro 2.437,54 2.605,59 2.897,10
Pequenas 2.725,71 2.893,77 3.185,28
Médias 2.539,34 2.707,40 2.998,91
Grandes Empresas 2.518,60 2.686,65 2.978,16
  • *Técnico de Ortopedia Nível I: até 4 anos;
  • *Técnico de Ortopedia Nível II: de 4 a 6 anos;
  • *Técnico de Ortopedia Nível III: acima de 6 anos na empresa até sua demissão;

Gráficos de pesquisa

Simulador de gastos da empresa com o salário mensal de um Técnico de Ortopedia

  • Salário Base: R$ 2.458,02
  • Salário-educação (3%): R$ 73,74
  • Sistema S (2%): R$ 49,16
  • INSS Patronal (20%): R$ 491,60
  • RAT - Risco Ambiental do Trabalho (1%): R$ 24,58
  • FGTS (8%): R$ 196,64
  • Férias 1/12: R$ 204,84
  • Auxílio Transporte: R$ 220,00
  • Auxílio Alimentação: R$ 440,00
  • Adicional Noturno (20%): R$ 491,60
  • Periculosidade (30%): R$ 737,41
  • Insalubridade (20%): R$ 288,00
  • Plano de Saúde: R$ 300,00
  • 1/3 de Férias: R$ 68,28
  • 13º Salário: R$ 204,84
  • FGTS sobre Férias: R$ 16,39
  • FGTS sobre 1/3 de Férias: R$ 5,46
  • FGTS sobre 13º: R$ 16,39
  • Aviso Prévio: R$ 204,84
  • FGTS sobre Aviso Prévio: R$ 16,39
  • Multa Rescisória FGTS: R$ 204,84

Os valores referem-se somente a uma simulação de gastos mensais proporcionais e médios do mercado de trabalho. Alguns benefícios não são pagos ao mesmo tempo. Procure seu contador para maiores detalhes.

Fique por dentro dos seus direitos trabalhistas

Gostou da pesquisa e deseja utilizá-la?

Toda essa pesquisa salarial para Técnico de Ortopedia pode ser utilizada para fins acadêmicos, empresariais estratégicos e matérias em portais, sites, blogs e redes sociais desde que seja citada a fonte com um link para o site Salario.com.br.

Ainda tem dúvidas sobre a origem dos dados salariais do Salario.com.br? Leia aqui e veja também onde os dados do Salario.com.br estão sendo utilizados.

Salário e mercado de trabalho para Técnico de Ortopedia