CBO 2527-25 - Profissionais de planejamento, programação e controles logísticos - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 2527-25 é o Código Brasileiro da Ocupação de profissionais de planejamento, programação e controles logísticos que pertence ao grupo dos profissionais das ciências sociais e humanas, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Profissionais de planejamento, programação e controles logísticos CBO 2527-25 em todos os estados e cidades do Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 2527-25

  • Profissionais das ciências e das artes.
    • Profissionais de planejamento, programação e controles logísticos.
      • Profissionais das ciências sociais e humanas.

Funções

validar o projeto com outras áreas, controlar produção, estoque e logística de materiais, analisar dados de pedidos, planilhas, editais, etc, demonstrar competências pessoais, dimensionar área e layout do projeto, dimensionar recursos requeridos pelo projeto ou produção, planejar a produção, materiais e inventários de estoque.

Atividades

identificar causas das divergências entre estoques físico e sistêmico, auxiliar na elaboração de soluções para as divergências e propor conciliações, dimensionar necessidades de equipamentos, demonstrar capacidade de trabalhar em equipe, controlar cumprimento do programa de entrega de materiais verificando data, quantidade e qualidade, estabelecer quantidade de recursos humanos em cada etapa do processo, analisando cargos e funções diretas e indiretas, estabelecer meta de contagem de estoque, definir prazos, solicitar informações técnicas às áreas envolvidas no processo, demonstrar capacidade de gerenciar pessoas, dimensionar necessidade de recursos humanos, ajustar planos de produção e de materiais, enviar layout às áreas de apoio para complementação, comparar estoque físico com estoque sistêmico, verificando quantidade e localização, realizar ajustes propostos pela área competente e/ou cliente, verificar disponibilidade de recursos humanos, consolidar custos, demonstrar capacidade de negociação, demonstrar capacidade de raciocínio lógico, levantar as causas do não cumprimento da meta, definir escopo do projeto logístico, agrupar pedidos conforme especificação, definir metas de produção, selecionar os indicadores de produtividade, estipular preço final do projeto a ser apresentado ao cliente, demonstrar capacidade de iniciativa, determinar capacidade da área, negociar com fornecedor quantidade e prazos de entrega de materiais, elaborar plano mestre de produção, verificar disponibilidade de equipamentos, selecionar informações, elaborar teste de materiais necessários à produção, demonstrar capacidade de administrar conflitos, verificar disponibilidade de materiais, dimensionar a capacidade produtiva do fornecedor, construir indicadores de produtividade, demonstrar criatividade, acompanhar indicadores da área de atuação de entrega de materiais, demonstrar capacidade de receptividade, classificar informações, elaborar proposta técnica, desenhar o layout, acompanhar a implementação das soluções propostas, dimensionar necessidade de materiais, controlar prazos, elaborar relatórios, demonstrar capacidade de administrar o tempo, definir data e hora de produção por equipamento, definir equipamentos para a produção, classificar mercadorias conforme variáveis de valor, demanda, liquidez, etc, submeter projeto a apreciação da área competente, elaborar plano diário de produção, elaborar programas de remessas de materiais, estabelecer quantidade e tipo de equipamento em cada etapa do processo, determinar tipo de edificação, levantar informações não disponíveis, acompanhar implantação do projeto aprovado pelo cliente, elaborar premissas operacionais, demonstrar capacidade de comunicação, participar da apresentação do projeto ao cliente, consolidar informações das áreas de apoio, determinar quantidade de turnos e/ou dias trabalhados, determinar tipo de estrutura de armazenagem, demonstrar capacidade analítica, estabelecer processos operacionais, sanar dúvidas com fornecedores e com clientes em ambiente interno e/ou externo, definir tipo de transporte para recebimento de materiais, determinar setores do layout, acompanhar rítmo de produção, fornecer subsídios para elaboração da proposta comercial, dar devolutiva aos fornecedores e aos clientes.

Cargos e salários CBO 2527-25 - Profissionais de planejamento, programação e controles logísticos

Salário Analista de gestão de estoque

Analista de gestão de estoque: Brasil

  • 2.574
  • Brasil
  • 2.733 - 5.581
  • 43h
O profissional no cargo de Analista de gestão de estoque CBO 2527-25 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.733 e 5.581 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 2.574 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2527-25.
Salário Analista de gestão de estoque

Analista de gestão de estoque: São Paulo

  • 910
  • São Paulo
  • 3.071 - 5.775
  • 43h
O profissional no cargo de Analista de gestão de estoque CBO 2527-25 trabalhando em São Paulo, ganha entre 3.071 e 5.775 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 910 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2527-25.