CBO 2527-15 - Analista de logistica - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos profissionais de planejamento, programação e controles logísticos

O profissional no cargo de Analista de logistica CBO 2527-15 planeja, organiza e controla operações e processos logísticos, dimensionando necessidades e calculando custos logísticos associados à produção, ao armazenamento e ao transporte, elaborando documentos de gestão e controles logísticos, e analisando as práticas da cadeia de suprimentos das áreas logísticas Realiza operações logísticas, acompanhando o fluxo do produto.

Monitora remotamente o fluxo de veículos e de cargas, usando sistemas de informações de logística baseados em redes de comunicação de dados Desenvolve rotinas relacionadas à importação e à exportação Gerencia operações e processos logísticos.

Pode supervisionar equipes Utiliza ferramentas computacionais específicas para logística Cumpre legislação, normas técnicas e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental.

CBO 2527-15 é o Código Brasileiro da Ocupação de profissionais de planejamento, programação e controles logísticos que pertence ao grupo dos profissionais das ciências sociais e humanas, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Analista de logistica, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Profissionais de planejamento, programação e controles logísticos CBO 2527-15 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 2527-15

  • Profissionais das ciências e das artes.
    • Profissionais de planejamento, programação e controles logísticos.
      • Profissionais das ciências sociais e humanas.

O que faz um Analista de logistica

O Analista de logistica CBO 2527-15 analisa, processa e sintetiza dados e informações referentes à logística Solicita informações técnicas sobre logística às áreas envolvidas no processo.

Interpreta dados sobre domínios de logística, tais como gerenciamento da cadeia de suprimentos, fornecimento e distribuição, disponibilidade, capacidade de manutenção, e confiabilidade.

Analisa dados de logística, usando métodos - como mineração de dados, modelagem de dados e análise de custo e benefício -, por meio de ferramentas computacionais Aplica métodos e ferramentas analíticas para entender, prever e controlar operações e processos logísticos.

Planeja operações e processos logísticos, determinando meio de transporte de produtos, estabelecendo formas de unitização e embalagem de mercadorias, dimensionando necessidade de pessoal e de materiais, e verificando disponibilidade de equipes e de equipamentos para processos logísticos Calcula custos logísticos, considerando produção, armazenamento e transporte.

Define data e hora de produção por equipamento.

Estabelece metas de produção em logística Constrói indicadores de produtividade de logística.

Organiza operações e processos logísticos, elaborando e revisando procedimentos operacionais, e preparando documentos de gestão e controles logísticos.

Desenvolve e mantém modelos para usos logísticos, como de estimativa de custos, de previsão de demanda, dentre outros Prepara relatórios sobre medidas de desempenho logístico Controla operações e processos logísticos, analisando as práticas da cadeia de suprimentos e monitorando a logística de materiais.

Acompanha ritmo de produção em logística, controlando prazos e levantando causas do não cumprimento de metas Realiza operações logísticas Atende clientes, fornecedores, parceiros e demais agentes da cadeia de suprimentos.

Acompanha o fluxo do produto, desde a origem até a entrega final Monitora remotamente o fluxo de veículos e de cargas, usando sistemas de informações de logística baseados em redes de comunicação de dados para rastrear veículos e contêineres.

Reorganiza cronogramas de remessa para consolidar cargas, maximizar o uso de veículos, e limitar o movimento de veículos e contêineres vazios Direciona ou redireciona os motoristas em tempo real - com software de navegação de rota remota, sistemas de conexão via satélite, e GPS-Sistema de Posicionamento Global (Global Position System) -, para melhorar a eficiência operacional em logística Desenvolve rotinas de logística relacionadas à importação e à exportação, para viabilizar economicamente o fluxo de mercadorias entre fabricantes e compradores em âmbito global.

Estabelece a ligação entre produtores, compradores, transportadores, armazéns, portos, órgãos reguladores, entre outros agentes ou fatores do comércio exterior Gerencia operações e processos logísticos Estrutura e define rotas logísticas considerando os diferentes modais.

Gerencia e supervisiona recebimento, armazenamento, movimentação, embalagem, descarga e alienação de materiais Gerencia sistemas para garantir que as estruturas de preços reflitam adequadamente os custos logísticos Monitora padrões, tendências e práticas do setor para identificar possibilidades de novos desenvolvimentos no planejamento e na execução de operações logísticas.

Recomenda melhorias nos processos logísticos existentes ou planejados Compara políticas ambientais de transportadoras e fornecedores, para tomar decisões em favor de alternativas de transporte com menor impacto ambiental Nas atividades de logística, utiliza ferramentas computacionais diversificadas, desde planilhas de cálculos até “softwares” específicos como sistemas de ERP-Planejamento de Recursos Empresariais (Enterprise Resource Planning), WMS–Sistema de Gerenciamento da Cadeia de Suprimentos (Warehouse Management System), TMS–Sistema de Administração de Transporte (Transportation Management System), entre outros Pode supervisionar, treinar e avaliar equipes de trabalho.

Funções do cargo

O funcionário CBO 2527-15 deve analisar dados - pedidos, planilhas, editais..., controlar produção, estoque e logística de materiais, demonstrar competências pessoais, planejar a produção, materiais e inventário do estoque.

Condições de trabalho dessas profissões

Profissionais de planejamento, programação e controles logísticos são profissionais que trabalham com carteira assinada, de forma coletiva, com supervisão ocasional, em ambientes fechados e em período diurno.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 2527-15

Para o exercício das ocupações desta família ocupacional requer-se escolaridade de 3º grau completo, acrescida de conhecimentos de inglês intermediário e conhecimentos profundos de informática e softwares específicos. A experiência mínima é de 1 a 2 anos, porém, dependendo do setor de atuação, a experiência exigida pode chegar a 4 anos.

Atividades exercidas por um Analista de logistica CBO 2527-15

Um Analista de logistica (ou sinônimo) deve classificar informações, demonstrar capacidade de gerenciar pessoas, definir metas de produção, levantar as causas do não cumprimento da meta, definir prazos, elaborar premissas operacionais, demonstrar capacidade de iniciativa, elaborar relatórios, dar devolutiva aos fornecedores e aos clientes - interno e/ou externo, dimensionar necessidade de recursos humanos, demonstrar capacidade de comunicação, definir equipamentos para a produção, acompanhar rítmo de produção, verificar disponibilidade de equipamentos, demonstrar criatividade, demonstrar capacidade analítica, demonstrar capacidade de administrar conflitos, controlar prazos, construir indicadores de produtividade, dimensionar necessidade de materiais, demonstrar capacidade de raciocínio lógico, demonstrar capacidade de negociação, solicitar informações técnicas às áreas envolvidas no processo, demonstrar capacidade de trabalhar em equipe, definir data e hora de produção por equipamento, verificar disponibilidade de recursos humanos, selecionar informações, demonstrar capacidade de receptividade, sanar dúvidas com fornecedores e com clientes - interno e/ou externo, demonstrar capacidade de administrar o tempo.

Cargos e salários CBO 2527-15 - Profissionais de planejamento, programação e controles logísticos

Salário Analista de logística

Analista de logística: Brasil

  • 14.076
  • Brasil
  • 3.485 - 7.118
  • 43h
O profissional no cargo de Analista de logística CBO 2527-15 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.485 e 7.118 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 14.076 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2527-15.
Salário Analista de logística

Analista de logística: Minas Gerais

  • 1.254
  • Minas Gerais
  • 3.280 - 6.337
  • 44h
O profissional no cargo de Analista de logística CBO 2527-15 trabalhando em Minas Gerais, ganha entre 3.280 e 6.337 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 1.254 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2527-15.
Salário Analista de logística

Analista de logística: Santa Catarina

  • 927
  • Santa Catarina
  • 3.088 - 5.256
  • 44h
O profissional no cargo de Analista de logística CBO 2527-15 trabalhando em Santa Catarina, ganha entre 3.088 e 5.256 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 927 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2527-15.
Salário Analista de logística

Analista de logística: Paraná

  • 1.055
  • Paraná
  • 3.323 - 5.944
  • 44h
O profissional no cargo de Analista de logística CBO 2527-15 trabalhando em Paraná, ganha entre 3.323 e 5.944 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 1.055 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2527-15.
Salário Analista de logística São Paulo

Analista de logística: São Paulo, SP

  • 1.902
  • São Paulo, SP
  • 4.095 - 7.883
  • 42h
O profissional no cargo de Analista de logística CBO 2527-15 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 4.095 e 7.883 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.902 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2527-15.
Salário Analista de logística

Analista de logística: Rio de Janeiro

  • 1.209
  • Rio de Janeiro
  • 4.030 - 7.686
  • 42h
O profissional no cargo de Analista de logística CBO 2527-15 trabalhando em Rio de Janeiro, ganha entre 4.030 e 7.686 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 1.209 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2527-15.
Salário Analista de logística

Analista de logística: São Paulo

  • 6.029
  • São Paulo
  • 3.766 - 7.068
  • 43h
O profissional no cargo de Analista de logística CBO 2527-15 trabalhando em São Paulo, ganha entre 3.766 e 7.068 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 6.029 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2527-15.
Salário Analista de logística Rio de Janeiro

Analista de logística: Rio de Janeiro, RJ

  • 586
  • Rio de Janeiro, RJ
  • 4.364 - 8.793
  • 42h
O profissional no cargo de Analista de logística CBO 2527-15 trabalhando em Rio de Janeiro - RJ, ganha entre 4.364 e 8.793 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 586 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2527-15.
Salário Analista de logística Curitiba

Analista de logística: Curitiba, PR

  • 393
  • Curitiba, PR
  • 3.494 - 6.618
  • 43h
O profissional no cargo de Analista de logística CBO 2527-15 trabalhando em Curitiba - PR, ganha entre 3.494 e 6.618 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 393 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2527-15.