Perfil profissional – Veja exemplos e saiba como preencher seu currículo

Você já ouviu falar que “a primeira impressão é a que fica”? No caso do currículo, esse ditado é super válido, afinal de contas, ele é justamente o primeiro contato que você terá com o possível empregador, e é o seu perfil profissional, que vai mostrar quem você é profissionalmente falando.

Nele, você colocará todas as suas habilidades, qualificações, experiências anteriores e competências, de modo que o entrevistador possa entender um pouco mais à fundo o que você tem a oferecer para a empresa, bem como se você se encaixa dentro perfil que ela necessita no momento.

Exemplos de Perfil Profissional para adicionar no currículo

O perfil profissional é um dos itens mais importantes do seu currículo. Logo, ele não pode ser feito as pressas. Além disso, nada de partir para os clichês. Acredite, as empresas percebem quando o candidato colocou algo genérico demais apenas para preencher espaço.

O seu CV precisa demonstrar criatividade. Mais do que isso, é necessário que ele transmita o seu interesse real na vaga. 

O que você deve colocar no seu perfil profissional (com exemplos)

Basicamente, você deve colocar no seu perfil como profissional tudo aquilo que agregue valor a sua imagem, e que demonstre um pouco de você para o empregador.

Vale ressaltar que todas as informações devem estar ligadas a sua formação e carreira. 

Formação atual

A primeira coisa que você precisa colocar no seu perfil profissional é o seu grau de formação. Sempre coloque a informação mais atual. Nesse caso, não há segredo nenhum, basta inserir os dados sobre a sua formação, bem como ano de conclusão e a instituição onde se formou. Como esse exemplo de um Analista de Recursos Humanos:

Exemplos:

  • “Ensino Médio Completo (2016) – Colégio Estadual Rui Barbosa”.
  • “Graduação em Marketing e Propaganda (2017) – Universidade Federal de Santa Catarina”.
  • “MBA em Gestão de Pessoas (2017) – PUC-SP”.

Habilidades em atividades específicas

Outro tipo de informação que não pode faltar no seu currículo profissional são suas habilidades em determinas atividades. Elas são excelentes formas de demonstrar o tipo de conhecimento específico que possui. Lembre-se, as empresas estão sempre a procura de profissionais especializados.

Exemplos:

  • “Liderança de equipes e prática em resolução de conflitos internos”.
  • “Vivência e coordenação de atividades no setor de marketing de empresas multinacionais”.
  • “Gestão de projetos de grande porte, com o envolvimento de um grande número de pessoas”.

Grandes conquistas nas experiências anteriores

No perfil profissional, você precisa demonstrar todas as suas habilidades e competências. Uma excelente forma de fazer isso é falando das conquistas que você conseguiu em experiências anteriores, como, por exemplo, a otimização de processos do empreendimento, redução de custos entre outras. Veja esse exemplo que serviria para um Engenheiro de Produção:

Exemplos:

  • “Redução de 30% dos custos das linhas de produção da empresa, o que gerou um aumento de 15% da lucratividade”.
  • “Criação de dois novos produtos para o catálogo da loja”.

Competências

As competências são as características que mais te destacam em um perfil do tipo profissional. Geralmente, elas são reconhecidas por colegas e gestores.

Exemplos:

  • “Alta capacidade de trabalhar sob pressão”.
  • “Cumprimento de metas sempre dentro do prazo”.

Disponibilidades

É no seu perfil profissional que você também colocará as suas disponibilidades. Ou seja, aquilo que você está disposto a fazer dentro do cargo, como por exemplo, o horário, viajar, mudar de cidade, fazer algum curso de capacitação.

Até mesmo informações como se você tem CNH ou carro próprio podem ser inseridas, dependendo da vaga almejada. Por exemplo, se você está se candidatando para uma vaga de promotor de vendas, vale a pena citar que você tem CNH para fazer rotas externas.

Mas é preciso atenção nesse item, você deve colocar apenas aquilo que realmente tem disponibilidade.

Trabalhos voluntários e informais

Essa é uma dúvida frequente entre os candidatos. E acredite, é totalmente válido colocar trabalhos voluntários e informais no perfil profissional do seu currículo, desde que eles estejam de acordo com a empresa que você está se candidatando.

Por exemplo, suponhamos que você faça um trabalho voluntário em uma cooperativa de reciclagem.

Se o empreendimento para o qual você está se candidatando tem esse interesse em promover atitudes sustentáveis, é super válido colocar sua experiência.

Na verdade, ela será até mesmo um destaque a mais para o seu CV. Tudo é uma questão de avaliar se a informação é interessante para o possível empregador. 

Erros que você deve evitar na hora de elaborar o seu perfil profissional

perfil profissional no currículo

O perfil profissional é um item muito amplo dentro do currículo. Por conta disso, é comum que as pessoas acabem caindo em algumas armadilhas e cometendo erros simples que podem comprometer a candidatura.

Para te ajudar a não errar nessa hora, nós separamos algumas dicas do que não deve ser colocado nesse tópico, e como as informações devem ser organizadas.

Habilidades genéricas

É comum encontrarmos no perfil profissional de currículos habilidades como “proatividade” ou “fácil adaptação”. Esse tipo de informação é muito genérica e clichê, e não acrescenta em nada no seu CV.

Utilize a criatividade e a objetividade para demonstrar os seus diferenciais.

Contatos de referência

Sim, você pode até colocar contatos de profissionais que possam servir de referência para a empresa, mas, o local adequado não é o perfil profissional. Esse tipo de informação deve ficar em uma carta de recomendação, que só deve ser anexada ao documento se o entrevistador solicitar.

Dados de documentos

Jamais coloque dado de documentos no seu currículo, principalmente se for na internet. Tenha em mente que esse documento estará acessível a várias pessoas, e esse tipo de informação pode te colocar em perigo.

Caso a vaga exija a apresentação de documentos, o entrevistador irá solicitar isso posteriormente.

Evite o texto corrido

Muitas pessoas usam o texto corrido no perfil profissional, mas essa é uma prática que deve ser evitada. Esse tipo de organização deixa a visualização mais difícil, e até mesmo poluída.

O ideal é que você organizar os dados em formato de tópicos. Dessa forma, o entrevistador conseguirá localizar as informações desejadas de forma mais rápida.

Evitando esses erros e seguindo as dicas acima, você terá mais facilidade para elaborar o seu perfil profissional, desde que faça ele com calma e atenção.

Comente sobre Perfil profissional – Veja exemplos e saiba como preencher seu currículo

Regras para os comentários

  • Todos os comentários são moderados antes de publicados.
  • Respondemos todas as dúvidas no prazo máximo de 2 dias úteis.
  • Se postou uma pergunta, volte a essa página para ver a resposta. Não enviamos respostas por email devido ao problema com SPAM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário
Please enter your name here