Astrônomo - Salário, piso salarial, o que faz e mercado de trabalho

CBO: 2133-05

O que faz um Astrônomo

Profissionais no cargo de Astrônomo realizam pesquisas científicas para prognosticar fenômenos meteorológicos, astronômicos e de geofísica espacial, obtêm e tratam dados, disseminam informações por meio de trabalhos, teses, publicações, eventos etc., Desenvolvem sistemas computacionais, instrumentação científica e gerenciam projetos nas suas áreas.

Cargos relacionados:

Condições de trabalho

Profissionais das ciências atmosféricas e espaciais e de astronomia em instituições públicas como institutos de pesquisa e universidades. O Meteorologista e o Geofísico espacial podem atuar tanto na iniciativa privada, em empresas de eletricidade, empresas aéreas, empresas e indústrias que trabalham com alimentos perecíveis etc., quanto no setor público, em secretarias estaduais e municipais de agricultura, planejamento, urbanismo, educação, saúde, transporte, institutos de pesquisa etc. São empregados assalariados, variando a autonomia no trabalho conforme a ocupação. Trabalham em equipe, em ambiente fechado e em horário diurno, exceto o Meteorologista que faz revezamento de turnos e, eventualmente, trabalha sob pressão, levando a situações de estresse.

Exigências do mercado de trabalho para Astrônomo

Para o exercício dessas ocupações requer-se curso superior completo e experiência profissional que varia de um a dois anos para o Meteorologista, de três a quatro anos para o Geofísico espacial e mais de cinco anos para o Astrônomo. A formação desses profissionais é diversificada. Em Astronomia existe apenas uma escola no país, no Rio de Janeiro (UFRJ), com curso de graduação. Profissionais com formação em Física atuam como Astrônomos qualificando-se em cursos de pós graduação em astronomia. Na área de Meteorologia existe um número maior de universidades que formam profissionais em cursos de graduação e formações afins, como a Geografia, que oferece cursos de especialização na área.

Funções do cargo de Astrônomo

  1. calibrar instrumentos;
  2. gerenciar banco de dados;
  3. determinar movimento e posição de objetos astronômicos (planetas, asteroides, cometas, estrelas, galáxias, aglomerados, meio interestelar etc.;
  4. definir protocolo de comunicação;
  5. definir linguagem de programação;
  6. obter dados de telescópios;
  7. integrar instrumentos em sistemas;
  8. verificar consistência dos dados;
  9. adquirir materiais;
  10. formular projeto conceitual;
  11. demonstrar raciocínio matemático;
  12. elaborar manual de operação e características técnicas;
  13. definir plataforma;
  14. ministrar palestras e cursos;
  15. prever eclipses solares e lunares;
  16. obter dados de satélites;
  17. detalhar projeto técnico do instrumento;
  18. organizar eventos técnicos e científicos;
  19. ver mais...

Quanto ganha um Astrônomo

De acordo com o Novo CAGED, eSocial e Empregador Web, não houveram contratações nem demissões de profissionais no cargo de Astrônomo CBO 213305 no período de Dezembro de 2022 a Dezembro de 2023.

Acesse essa página regularmente pois assim que houver dados disponibilizados pelo Ministério do Trabalho atualizaremos essa página com as informações salariais do cargo de Astrônomo.

Enquanto isso confira a tabela salarial completa com todos os cargos e salários. Ou vá para a página inicial.