CBO 7113-30 - Torrista (petróleo) - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos trabalhadores da extração de minerais líquidos e gasosos

O profissional no cargo de Torrista (petróleo) CBO 7113-30 manobra colunas de perfuração e completação de poços, atuando no alto de torre de perfuração e extração de petróleo e gás das plataformas na terra (onshore) e no mar (offshore) Mantém sistemas de injeção e circulação de fluidos no poço.

Controla a vazão da lama de perfuração, operando bombas Pode realizar extração de petróleo e gás, bem como o processamento primário de separação de óleo, água e gás Colabora em operações de pesquisa sísmica.

Cumpre normas técnicas e normas regulamentadoras de prevenção contra incêndio, de saúde e segurança no trabalho e de preservação ambiental

CBO 7113-30 é o Código Brasileiro da Ocupação de trabalhadores da extração de minerais líquidos e gasosos que pertence ao grupo dos trabalhadores da indústria extrativa e da construção civil, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Torrista (petróleo), atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Trabalhadores da extração de minerais líquidos e gasosos CBO 7113-30 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 7113-30

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais.
    • Trabalhadores da extração de minerais líquidos e gasosos.
      • Trabalhadores da indústria extrativa e da construção civil.

O que faz um Torrista (petróleo)

O Torrista (petróleo) CBO 7113-30 prepara as atividades executando a manutenção dos acessórios utilizados nas manobras, tais como chave flutuante, cunha, elevadores e colar de segurança Testa equipamentos de proteção e controle e de monitoramento da coluna de perfuração, bem como os equipamentos de segurança do poço.

Manobra colunas de perfuração e completação de poços, descendo e retirando as colunas de perfuração e as colunas de tubos de produção.

Monta as colunas de teste de formação e de produção Monta e desmonta sondas.

Mantém em funcionamento os sistemas de injeção e circulação de fluidos no poço Controla propriedades do fluído de perfuração - tais como densidade e viscosidade -, atuando em seu tratamento e correção, sob orientação de profissional de nível superior na área de química.

Controla a vazão da lama de perfuração, operando bombas.

Monitora o funcionamento das bombas de lama, verificando a ocorrência de vibrações ou outros problemas Realiza manutenção dos componentes da bomba de lama (fluid-end), tais como válvulas, camisas, pistões, sedes e módulos.

Inspeciona as torres quanto a falhas e as limpa, para manter as condições de trabalho adequadas.

Coloca e prende os blocos da coroa dos postes no topo das torres Posiciona e alinha os elementos da torre, usando chicotes e dispositivos de escalada de plataforma Prende os dispositivos de fixação nas extremidades dos cabos de elevação.

Pesa a argila e mistura com água e produtos químicos para fazer a lama de perfuração, usando misturadores portáteis Pode fazer extração de petróleo e gás, realizando injeção de gás, água e vapor, instalando equipamentos para extração e monitorando a vazão do poço Substitui equipamentos, desobstrui a coluna de produção e injeta ácidos no poço para estimular a produção.

Monta equipamentos para provocar fratura na rocha, monitora o processo de condução dos minerais para área de armazenamento e coleta amostras para análise Pode realizar o processamento primário de separação de óleo, água e gás, estocando petróleo bruto.

Separa óleo e gás, óleo, água e impurezas, de acordo com a composição da reserva de recursos naturais Monitora o funcionamento dos equipamentos e coleta amostras do material processado Opera caldeiras, estação de compressores e bombas de fluidos.

Armazena petróleo tratado, gás natural e água residual Realiza inspeção visual nos dutos e transfere minerais através deles Colabora em operações de pesquisa sísmica, liberando as áreas de acesso junto aos proprietários, prestando esclarecimentos às comunidades locais e desenvolvendo atividades de apoio administrativo, de transporte, mecânico e de informática.

Realiza abertura de picadas e levantamento topográfico Perfura a área para colocação de explosivo e auxilia nos procedimentos de detonação Registra dados sísmicos e executa o retamponamento do solo da área perfurada.

Realiza pesquisa de opinião junto à comunidade da área perfurada Levanta os danos causados às propriedades para indenizações Utiliza meios de informação, consultando catálogos, manuais e procedimentos, acessando meios de comunicação diversificados Consulta histórico e arquivo do poço bem como o boletim diário de ocorrências Relata ocorrências de turnos.

Participa de reuniões de trabalho, emitindo comentários e opiniões Preenche formulário de liberação de equipamento para manutenção Desenvolve ações de segurança, participando de simulação de acidente e emergência e realizando testes dos equipamentos de segurança Inspeciona as condições dos equipamentos de proteção coletiva e utiliza os equipamentos de proteção individual Realiza as ações previstas no plano de contingência e interrompe o serviço em situação de risco Desenvolve ações preventivas para minimizar os impactos ambientais.

Funções do cargo

O funcionário CBO 7113-30 deve utilizar meios de informação, realizar pesquisa sísmica, desenvolver ações de segurança, saúde ocupacional e meio ambiente, ministrar treinamento no local de trabalho, realizar o processamento primário de separação de Óleo, Água e gás, extrair minerais líquidos e gasosos, demonstrar competências pessoais, perfurar poços em terra e mar, avaliar Área perfurada.

Condições de trabalho dessas profissões

Trabalhadores da extração de minerais líquidos e gasosos trabalham em empresas de prospecção e extração de minerais líquidos e gasosos como petróleo, gás e água. São empregados assalariados e trabalham sob supervisão permanente. As atividades podem ocorrer ambientes a céu aberto, ambientes confinados e em grandes alturas, com exposição a materiais em tóxicos, radiação e altas temperaturas. Em algumas situações estão expostos a peso excessivo, vibrações e esforço repetitivo. A forma de organização do trabalho predominante é em equipe e com supervisão ocasional.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 7113-30

O exercício dos cargos de Trabalhadores da extração de minerais líquidos e gasosos requer ensino médio, mais curso técnico profissionalizante de nível médio, obtido em escolas profissionalizantes ou por meio de cursos ministrados pelas próprias empresas. Houve um aumento de exigência de qualificação nessa área. O pleno desempenho das atividades requer três a quatro anos de experiência para operador de sonda de percussão, operador de sonda rotativa e sondador de poços de petróleo e gás. Para plataformista (petróleo), sondador de poços (exceto petróleo e gás) e torrista (petróleo) o pleno desempenho das atividades ocorre entre um e dois anos de experiência.

Atividades exercidas por um Torrista (petróleo) CBO 7113-30

Um Torrista (petróleo) (ou sinônimo) deve montar equipamentos de segurança do poço, realizar inspeção visual nos dutos, montar equipamentos para provocar fratura na rocha, desobstruir coluna de produção, emitir relatórios - produção, movimentação, equipamentos e anomalias, retirar coluna de perfuração, utilizar epi - equipamentos de proteção individual, realizar abertura de picada, descer coluna de perfuração, liberar as áreas de acessos junto aos proprietários, manter-se atualizado, realizar coleta seletiva de lixo, retamponar o solo da área perfurada, transferir minerais através de dutos, separar óleo e gás, registrar dados sísmicos, estaleirar - reunir coluna na torre de perfuração, tomar decisões, operar caldeiras, estação de compressores e bombas de fluidos, instalar equipamento na superfície e sub-superfície, levantar os danos causados as propriedades para indenizações, coletar amostras do material processado, perfurar área para colocação de explosivos, monitorar vazão do poço, desmontar a sonda, montar coluna de teste de formação, montar sonda, monitorar a coluna de perfuração, armazenar petróleo tratado, gás natural e água residual, orientar a comunidade, demonstrar motivação, participar de simulação de acidente e emergência, testar equipamentos de segurança do poço, prestar esclarecimentos às comunidades locais, comunicar-se de forma clara e objetiva, estabelecer conexões dos tubos durante a perfuração, instalar equipamentos para extração de minerais, montar sonda de produção, trabalhar em equipe, injetar ácidos no poço para estimular a produção, lidar com situações de risco e anormalidades, confirmar recebimento de mensagens encaminhadas, colaborar com as revisões dos padrões, realizar levantamento topográfico, desenvolver a criatividade, realizar testes dos equipamentos de segurança, consultar histórico e arquivo do poço, relatar ocorrências de turnos, proceder detonação, realizar pesquisa de opinião junto a comunidade da área perfurada, coletar amostras da formação geológica, emitir formulário de liberação de equipamento para manutenção, realizar injeção de gás, água, vapor, inspecionar as condições de epc - equipamentos de proteção coletiva, controlar propriedades do fluido da perfuração, monitorar funcionamento dos equipamentos, montar coluna de produção, separar do óleo, água e impurezas, realizar testes dos equipamentos de proteção e controle do poço, trocar experiências, preparar fluidos de perfuração, desenvolver atividades de apoio - administrativa, transporte, mecânica, informática, realizar as ações previstas no plano de contingência - averiguação das condições de funcionamento par, desenvolver ações preventivas para minimizar os impactos ambientais, consultar catálogos, manuais e procedimentos, revestir o poço com tubos, realizar manutenção da bomba de lama fluid-end - válvulas, camisas, pistões,sedes, módulos, interromper o serviço em situação de risco, estocar petróleo bruto, efetuar manutenção nos acessórios de manobra - chave flutuante, cunha, elevadores, colar de segurança, identificar padrões recomendados e procedimentos de segurança, monitorar o processo de condução dos minerais para área de armazenamento, retirar coluna de tubos de produção, cimentar o poço, coletar amostras para análise, emitir comentários e opinião em reuniões, acessar meios de comunicação - sistema de fax, telefone, intranet, internet, vídeo conferência, descer coluna de tubos de produção, consultar boletim diário de ocorrências, substituir equipamento no poço.

Cargos e salários CBO 7113-30 - Trabalhadores da extração de minerais líquidos e gasosos

Salário Torrista (Petróleo)

Torrista (Petróleo): Brasil

  • 436
  • Brasil
  • 2.335 - 4.644
  • 38h
O profissional no cargo de Torrista (Petróleo) CBO 7113-30 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.335 e 4.644 para uma jornada de trabalho média de 38h semanais de acordo com dados salariais de 436 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7113-30.
Salário Preparador e Instalador de Lodo Para Sondagem

Preparador e Instalador de Lodo Para Sondagem: Brasil

  • 436
  • Brasil
  • 2.335 - 4.644
  • 38h
O profissional no cargo de Preparador e Instalador de Lodo Para Sondagem CBO 7113-30 trabalhando no Brasil, ganha entre 2.335 e 4.644 para uma jornada de trabalho média de 38h semanais de acordo com dados salariais de 436 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 7113-30.