CBO 6222-10 - Trabalhador da cultura de sisal - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos trabalhadores agrícolas na cultura de plantas fibrosas

O profissional no cargo de Trabalhador da cultura de sisal CBO 6222-10 trabalha no cultivo de sisal, preparando o solo, realizando plantio de mudas, executando adubação do solo, retirada de plantas invasoras e outros tratos culturais, identificando e controlando fungos, doenças e pragas, realizando colheita, fazendo desfibramento do sisal, executando lavagem e secagem das fibras, realizando batimento das fibras, efetuando seleção das fibras, executando enfardamento das fibras, e armazenando fardos Participa no planejamento das atividades, auxiliando na definição da área de cultivo do sisal e das etapas de produção.

Executa manutenção básica em instalações, ferramentas, máquinas, equipamentos e veículos agrícolas Cumpre procedimentos técnicos e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, de prevenção contra incêndios e de preservação ambiental

CBO 6222-10 é o Código Brasileiro da Ocupação de trabalhadores agrícolas na cultura de plantas fibrosas que pertence ao grupo dos trabalhadores na exploração agropecuária, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Trabalhador da cultura de sisal, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Trabalhadores agrícolas na cultura de plantas fibrosas CBO 6222-10 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 6222-10

  • Trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca.
    • Trabalhadores agrícolas na cultura de plantas fibrosas.
      • Trabalhadores na exploração agropecuária.

O que faz um Trabalhador da cultura de sisal

O Trabalhador da cultura de sisal CBO 6222-10 auxilia na definição da área de cultivo de sisal e no planejamento das etapas de produção Trabalha em sistemas tradicionais ou manuais, semimecanizados, ou mecanizados.

Cerca a área de plantio.

Constrói curvas de nível Coleta amostras do solo, encaminhando-as para realização de análises laboratoriais.

Prepara e aplica fórmulas de adubação, correção e proteção do solo, conforme recomendado Constrói campos de cultivo de sisal - em sistemas de canteiros e fileiras -, podendo fazer sua integração com canais e sistemas de irrigação, como aspersores, gotejamento e sistemas de captação de chuvas e recursos hídricos locais.

Prepara o terreno, arando, gradeando e descompactando o solo para abertura de covas e sulcos.

Maneja restos culturais, como palhada e serragem Prepara mudas de sisal, extraindo bulbilhos - após a queda das flores - ou rebentos, que se originam de rizomas subterrâneos emitidos pela planta-mãe.

No caso de se optar por bulbilhos, faz seu cultivo em viveiros e transplanta mudas nos campos definitivos.

No caso de rebentos, faz sua seleção para plantio, dispensando enviveiramento Realiza o plantio, em fileiras simples ou em fileiras duplas Define o espaçamento do plantio, optando pelo mais largo para permitir que algumas operações sejam mecanizadas, tais como a capinação e o transporte das folhas.

Trata a cultura do sisal, adubando o solo e realizando operações de retirada de plantas invasoras, com cultivador a tração animal ou trator Executa, ainda, capina manual com enxada ou enxadão, entre as plantas de sisal, como complemento das operações anteriores de retirada de plantas invasoras Realiza tratamento contra fungos e doenças - como antracnose e podridão vermelha do tronco - e pragas do cultivo, como insetos.

Auxilia no planejamento da colheita, verificando o ponto de maturidade das folhas Realiza as operações de corte, usando facas e foices.

Amarra as folhas em forma de feixes Recolhe os feixes e os transporta, com o auxílio de tração animal ou com caminhão ou reboques tracionados a trator Faz desfibramento do sisal - processo pelo qual se elimina a polpa das fibras -, abastecendo a máquina desfibradora e dela retirando as fibras.

Executa a lavagem e a secagem das fibras Realiza a operação de batimento ou penteamento, em máquina batedeira, para obter produto limpo, brilhoso e macio Separa o pó - resíduo do batimento -, que pode ser utilizado como adubo orgânico e em misturas para ração animal.

Separa também a bucha, que pode ter vários usos, como obtenção de celulose e revestimento interno de estofados Após o batimento, faz a seleção das fibras de acordo com os padrões de classificação, tendo como base a classe (comprimento) e o tipo (qualidade) da fibra Executa o enfardamento da fibra classificada, em prensas mecânicas ou hidráulicas.

Armazena os fardos, para posterior transporte até a indústria de fiação Zela pela limpeza, segurança – principalmente na prevenção de incêndio -, higiene e organização da área de armazenagem Constrói pequenas estruturas agrícolas, como coberturas e barreiras de proteção diversas, artificiais ou naturais Executa manutenção básica em instalações, veículos, ferramentas, máquinas e equipamentos agrícolas Realiza limpeza, lubrificação, troca de óleo, revisão do sistema elétrico de trator, troca de rolamentos e correias de máquinas, e pequenos reparos em máquinas, equipamentos e veículos.

Requisita serviços de manutenção corretiva para máquinas, equipamentos e veículos, ao identificar suas falhas de funcionamento Trabalha com segurança, prevenindo acidentes e usando equipamentos de proteção individual, especialmente durante a colheita e a operação de máquinas.

Funções do cargo

O funcionário CBO 6222-10 deve tratar culturas de plantas fibrosas, classificar fibras, plantar culturas de plantas fibrosas, realizar reparo e manutenção de máquinas e equipamentos, demonstrar competências pessoais, preparar solo, realizar atividades de colheita.

Condições de trabalho dessas profissões

Trabalhadores agrícolas na cultura de plantas fibrosas trabalham em propriedades agrícolas, como empregados ou por conta própria, sem supervisão, exceto para o trabalhador da cultura de algodão, que trabalha sob supervisão ocasional. Trabalham a céu aberto, durante o dia, organizados em equipe. No exercício de algumas atividades, estão sujeitos à exposição de materiais tóxicos.

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 6222-10

Para o exercício da ocupação de trabalhador na cultura de algodão, requer-se curso profissionalizante de cerca de duzentas horas-aula e experiência de um a dois anos, para o pleno desempenho das atividades. Para as demais ocupações, a qualificação é obtida no exercício do trabalho.

Atividades exercidas por um Trabalhador da cultura de sisal CBO 6222-10

Um Trabalhador da cultura de sisal (ou sinônimo) deve capinar solo, trocar rolamentos de máquinas, definir espaçamento de plantio, lubrificar máquinas e equipamentos, plantar mudas de sisal e rami, colocar fibra de sisal de molho, trocar correias de máquinas, colher mudas de rami e sisal, limpar máquinas e equipamentos, subsolar área, verificar nível de água e óleo de máquinas, calibrar máquinas e equipamentos, transportar colheita, recolher amostra de solo para análise, armazenar fibras, extrair fibras de rami e sisal, espalhar fibras de rami e sisal para secagem, cercar área de plantio, demonstrar agilidade motora, construir estaleiro para secagem de sisal e rami, consorciar culturas, trabalhar em equipe, fazer curva de nível, cortar rami e folha de sisal, separar fibra de rami e sisal segundo teor de impurezas, enfeixar fibras de rami e sisal, desmatar área de plantio, replantar culturas e sementes, substituir plataforma de máquinas, revisar sistema elétrico de máquinas - trator, selecionar mudas de rami e sisal, separar rami e sisal segundo comprimento de fibras, destocar mato de sisal, auxiliar em planejamento de colheita, revisar sistema hidráulico de máquinas - trator, trocar lâmina de máquinas, demonstrar sensibilidade ao meio ambiente, fechar covas, separar sisal segundo resistência de fibras, separar rami e sisal segundo coloração de fibras, demonstrar atenção no manuseio de máquinas, corrigir solo, separar rami e sisal segundo umidade, demonstrar resistência física, abrir covas, pesar fibras, arar solo para plantio, trocar óleo de motor de máquinas e equipamentos, adubar solo.

Cargos e salários CBO 6222-10 - Trabalhadores agrícolas na cultura de plantas fibrosas

Salário Desfibrador de Agave

Desfibrador de Agave: Brasil

  • 108
  • Brasil
  • 1.642 - 2.784
  • 42h
O profissional no cargo de Desfibrador de Agave CBO 6222-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.642 e 2.784 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 108 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6222-10.
Salário Desifbrador de Sisal - na Cultura

Desifbrador de Sisal - na Cultura: Brasil

  • 108
  • Brasil
  • 1.642 - 2.784
  • 42h
O profissional no cargo de Desifbrador de Sisal - na Cultura CBO 6222-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.642 e 2.784 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 108 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6222-10.
Salário Fibreiro de Sisal

Fibreiro de Sisal: Brasil

  • 108
  • Brasil
  • 1.642 - 2.784
  • 42h
O profissional no cargo de Fibreiro de Sisal CBO 6222-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.642 e 2.784 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 108 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6222-10.
Salário Operador de Batedor de Fibras

Operador de Batedor de Fibras: Brasil

  • 108
  • Brasil
  • 1.642 - 2.784
  • 42h
O profissional no cargo de Operador de Batedor de Fibras CBO 6222-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.642 e 2.784 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 108 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6222-10.
Salário Trabalhador da Cultura de Sisal

Trabalhador da Cultura de Sisal: Brasil

  • 108
  • Brasil
  • 1.642 - 2.784
  • 42h
O profissional no cargo de Trabalhador da Cultura de Sisal CBO 6222-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.642 e 2.784 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 108 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6222-10.
Salário Plantador de Sisal Ou Agave - Exclusive Conta Própria e Empregador

Plantador de Sisal Ou Agave - Exclusive Conta Própria e Empregador: Brasil

  • 108
  • Brasil
  • 1.642 - 2.784
  • 42h
O profissional no cargo de Plantador de Sisal Ou Agave - Exclusive Conta Própria e Empregador CBO 6222-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.642 e 2.784 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 108 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6222-10.
Salário Bagaceiro de Sisal

Bagaceiro de Sisal: Brasil

  • 108
  • Brasil
  • 1.642 - 2.784
  • 42h
O profissional no cargo de Bagaceiro de Sisal CBO 6222-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.642 e 2.784 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 108 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6222-10.
Salário Puxador de Sisal - na Cultura

Puxador de Sisal - na Cultura: Brasil

  • 108
  • Brasil
  • 1.642 - 2.784
  • 42h
O profissional no cargo de Puxador de Sisal - na Cultura CBO 6222-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.642 e 2.784 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 108 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6222-10.
Salário Batedor de Sisal - na Cultura

Batedor de Sisal - na Cultura: Brasil

  • 108
  • Brasil
  • 1.642 - 2.784
  • 42h
O profissional no cargo de Batedor de Sisal - na Cultura CBO 6222-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.642 e 2.784 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 108 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6222-10.
Salário Resideiro de Sisal

Resideiro de Sisal: Brasil

  • 108
  • Brasil
  • 1.642 - 2.784
  • 42h
O profissional no cargo de Resideiro de Sisal CBO 6222-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.642 e 2.784 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 108 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6222-10.
Salário Cultivador de Agave - Conta Própria

Cultivador de Agave - Conta Própria: Brasil

  • 108
  • Brasil
  • 1.642 - 2.784
  • 42h
O profissional no cargo de Cultivador de Agave - Conta Própria CBO 6222-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.642 e 2.784 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 108 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6222-10.
Salário Trabalhador na Cultura de Agave

Trabalhador na Cultura de Agave: Brasil

  • 108
  • Brasil
  • 1.642 - 2.784
  • 42h
O profissional no cargo de Trabalhador na Cultura de Agave CBO 6222-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.642 e 2.784 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 108 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6222-10.
Salário Cultivador de Agave - Exclusive Conta Própria e Empregador

Cultivador de Agave - Exclusive Conta Própria e Empregador: Brasil

  • 108
  • Brasil
  • 1.642 - 2.784
  • 42h
O profissional no cargo de Cultivador de Agave - Exclusive Conta Própria e Empregador CBO 6222-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.642 e 2.784 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 108 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6222-10.
Salário Cultivador de Sisal - Conta Própria

Cultivador de Sisal - Conta Própria: Brasil

  • 108
  • Brasil
  • 1.642 - 2.784
  • 42h
O profissional no cargo de Cultivador de Sisal - Conta Própria CBO 6222-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.642 e 2.784 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 108 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6222-10.
Salário Cultivador de Sisal - Exclusive Conta Própria e Empregador

Cultivador de Sisal - Exclusive Conta Própria e Empregador: Brasil

  • 108
  • Brasil
  • 1.642 - 2.784
  • 42h
O profissional no cargo de Cultivador de Sisal - Exclusive Conta Própria e Empregador CBO 6222-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.642 e 2.784 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 108 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 6222-10.