CBO 5112-10 - Fiscais e cobradores dos transportes coletivos - Salário, Piso Salarial, Descrição do Cargo

CBO 5112-10 é o Código Brasileiro da Ocupação de fiscais e cobradores dos transportes coletivos que pertence ao grupo dos trabalhadores dos serviços de transporte e turismo, segundo a tabela CBO divulgada pela Secretaria Especial da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia (antigo MTE - Ministério do Trabalho).

Nesta página você pode ver as funções desempenhadas pelo cargo, descrição de atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, piso salarial médio, jornada de trabalho, faixa salarial, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário médio pago para os Fiscais e cobradores dos transportes coletivos CBO 5112-10 em todo Brasil ou categorizados por estados e cidades brasileiras.

Divisões de categorias profissionais do CBO 5112-10

  • Trabalhadores dos serviços, vendedores do comércio em lojas e mercados.
    • Trabalhadores dos serviços.
      • Trabalhadores dos serviços de transporte e turismo.
        • Fiscais e cobradores dos transportes coletivos.

Descrição dos cargos da categoria Fiscais e cobradores dos transportes coletivos

Os Fiscais e cobradores dos transportes coletivos CBO 5112-10 organizam e fiscalizam as operações dos ônibus e outros veículos de transporte coletivo como, condições de operação dos veículos, cumprimento dos horários, entre outros. Preenchem relatórios, preparam escalas de operadores, examinam veículos e atendem usuários. Agem na solução de ocorrências. Executam a venda de bilhetes em veículos, estações metropolitanas, ferroviárias e similares e administram valores.

Condições de trabalho

Fiscais e cobradores dos transportes coletivos os fiscais cobradores atuam em empresas de transporte terrestre. São empregados assalariados, com carteira assinada, trabalham em equipe, sob supervisão ocasional e/ou permanente.Trabalham por rodízio de turnos, a céu aberto ou confinados em ambientes fechados e locais subterrâneos. Freqüentemente, estão sujeitos a pressões e ao trabalho em posições desconfortáveis. Em muitas das atividades exercidas, são expostos a altas temperaturas, ruídos e material tóxico.

Exigências do mercado de trabalho

O exercício dos cargos de Fiscais e cobradores dos transportes coletivos requer o ensino fundamental, exceto para o bilheteiro (estações de metrô, trens e assemelhadas) cujo pré- requisito é ensino médio. Todas as ocupações, exceto o cobrador, qualificam-se em cursos profissionalizante acima de quatrocentas horas-aula, geralmente oferecidos pelas próprias empresas.

Funções dos Fiscais e cobradores dos transportes coletivos CBO 5112-10

Fiscais e cobradores dos transportes coletivos devem:

  • preencher relatórios;
  • controlar horários;
  • preparar escalas;
  • comunicar-se;
  • demonstrar competências pessoais;
  • agir nas ocorrências;
  • fiscalizar o fluxo de usuários;
  • operacionalizar escalas;
  • Atividades dos cargos CBO 5112-10

    Entre as principais atribuições dos Fiscais e cobradores dos transportes coletivos CBO 5112-10 estão as de:

    • adequar a saída do veículo à demanda de passageiros;
    • preencher relatório de bordo e ou arrecadação;
    • manter boa apresentação;
    • fornecer dados para programação das linhas;
    • definir horários dos operadores;
    • demonstrar simpatia;
    • soltar frotas;
    • designar operadores para veículos;
    • entregar relatório de bordo ao cobrador;
    • controlar frequência de partida;
    • controlar horários de refeição e rendição;
    • demonstrar autocontrole;
    • estabelecer caminhos alternativos;
    • demonstrar atenção;
    • verificar a apresentação dos funcionários;
    • demonstrar organização no manuseio de valores;
    • preparar escala de folga, férias e suplementar;
    • transmitir confiança;
    • fiscalizar horários dos operadores;
    • demonstrar honestidade;
    • demonstrar paciência;
    • fiscalizar o acesso de usuários;
    • demonstrar discernimento;
    • dar provas de habilidades manual, visual, auditiva e de memorização;
    • preencher relatório de fiscal de ponto;
    • demonstrar iniciativa;
    • remanejar veículos e operadores;
    • controlar horários de saída e chegada de veículos;
    • organizar grupos de operadores;
    • demonstrar empatia;
    • redigir comunicação interna;
    • remanejar operadores ou veículos;
    • agir educadamente;
    • preencher relatórios de ocorrências;
    • dar provas de criatividade;
    • atualizar-se;
    • preencher registro de plantão;
    • trabalhar com cautela;

    Cargos e salários CBO 5112-10 - Fiscais e cobradores dos transportes coletivos

    Salário Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem)

    Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem): Brasil

    • 19.002
    • Brasil
    • 1.329 - 2.229
    • 43h
    O profissional no cargo de Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem) CBO 5112-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.329 e 2.229 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 19.002 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.
    Salário Auxiliar de Operação

    Auxiliar de Operação: Brasil

    • 19.002
    • Brasil
    • 1.329 - 2.229
    • 43h
    O profissional no cargo de Auxiliar de Operação CBO 5112-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.329 e 2.229 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 19.002 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.
    Salário Despachante de Embarque

    Despachante de Embarque: Brasil

    • 19.002
    • Brasil
    • 1.329 - 2.229
    • 43h
    O profissional no cargo de Despachante de Embarque CBO 5112-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.329 e 2.229 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 19.002 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.
    Salário Despachante de Tráfego

    Despachante de Tráfego: Brasil

    • 19.002
    • Brasil
    • 1.329 - 2.229
    • 43h
    O profissional no cargo de Despachante de Tráfego CBO 5112-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.329 e 2.229 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 19.002 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.
    Salário Despachante Nos Transportes

    Despachante Nos Transportes: Brasil

    • 19.002
    • Brasil
    • 1.329 - 2.229
    • 43h
    O profissional no cargo de Despachante Nos Transportes CBO 5112-10 trabalhando no Brasil, ganha entre 1.329 e 2.229 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 19.002 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.
    Salário Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem) São Paulo

    Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem): São Paulo, SP

    • 8.948
    • São Paulo, SP
    • 1.249 - 1.790
    • 43h
    O profissional no cargo de Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem) CBO 5112-10 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 1.249 e 1.790 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 8.948 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.
    Salário Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem)

    Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem): Bahia

    • 2.042
    • Bahia
    • 1.268 - 1.331
    • 43h
    O profissional no cargo de Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem) CBO 5112-10 trabalhando em Bahia, ganha entre 1.268 e 1.331 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 2.042 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.
    Salário Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem) Niterói

    Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem): Niterói, RJ

    • 67
    • Niterói, RJ
    • 1.487 - 2.355
    • 40h
    O profissional no cargo de Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem) CBO 5112-10 trabalhando em Niterói - RJ, ganha entre 1.487 e 2.355 para uma jornada de trabalho média de 40h semanais de acordo com dados salariais de 67 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.
    Salário Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem) São Bernardo do Campo

    Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem): São Bernardo do Campo, SP

    • 174
    • São Bernardo do Campo, SP
    • 1.169 - 1.674
    • 44h
    O profissional no cargo de Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem) CBO 5112-10 trabalhando em São Bernardo do Campo - SP, ganha entre 1.169 e 1.674 para uma jornada de trabalho média de 44h semanais de acordo com dados salariais de 174 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.
    Salário Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem) São Gonçalo

    Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem): São Gonçalo, RJ

    • 57
    • São Gonçalo, RJ
    • 2.042 - 4.329
    • 43h
    O profissional no cargo de Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem) CBO 5112-10 trabalhando em São Gonçalo - RJ, ganha entre 2.042 e 4.329 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 57 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.
    Salário Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem) Salvador

    Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem): Salvador, BA

    • 92
    • Salvador, BA
    • 1.374 - 2.372
    • 43h
    O profissional no cargo de Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem) CBO 5112-10 trabalhando em Salvador - BA, ganha entre 1.374 e 2.372 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 92 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.
    Salário Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem) Rio de Janeiro

    Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem): Rio de Janeiro, RJ

    • 413
    • Rio de Janeiro, RJ
    • 1.682 - 3.076
    • 43h
    O profissional no cargo de Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem) CBO 5112-10 trabalhando em Rio de Janeiro - RJ, ganha entre 1.682 e 3.076 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 413 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.
    Salário Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem)

    Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem): Rio de Janeiro

    • 910
    • Rio de Janeiro
    • 1.659 - 1.741
    • 42h
    O profissional no cargo de Despachante de Transportes Coletivos (Exceto Trem) CBO 5112-10 trabalhando em Rio de Janeiro, ganha entre 1.659 e 1.741 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 910 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.
    Salário Auxiliar de Operação São Paulo

    Auxiliar de Operação: São Paulo, SP

    • 8.948
    • São Paulo, SP
    • 1.249 - 1.790
    • 43h
    O profissional no cargo de Auxiliar de Operação CBO 5112-10 trabalhando em São Paulo - SP, ganha entre 1.249 e 1.790 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 8.948 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.
    Salário Auxiliar de Operação Brasília

    Auxiliar de Operação: Brasília, DF

    • 28
    • Brasília, DF
    • 1.665 - 3.053
    • 42h
    O profissional no cargo de Auxiliar de Operação CBO 5112-10 trabalhando em Brasília - DF, ganha entre 1.665 e 3.053 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 28 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.
    Salário Auxiliar de Operação Belo Horizonte

    Auxiliar de Operação: Belo Horizonte, MG

    • 139
    • Belo Horizonte, MG
    • 1.39 - 2.289
    • 42h
    O profissional no cargo de Auxiliar de Operação CBO 5112-10 trabalhando em Belo Horizonte - MG, ganha entre 1.39 e 2.289 para uma jornada de trabalho média de 42h semanais de acordo com dados salariais de 139 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.
    Salário Auxiliar de Operação Aracaju

    Auxiliar de Operação: Aracaju, SE

    • 26
    • Aracaju, SE
    • 1.458 - 2.282
    • 43h
    O profissional no cargo de Auxiliar de Operação CBO 5112-10 trabalhando em Aracaju - SE, ganha entre 1.458 e 2.282 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 26 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.
    Salário Auxiliar de Operação

    Auxiliar de Operação: São Paulo

    • 10.634
    • São Paulo
    • 1.274 - 1.337
    • 43h
    O profissional no cargo de Auxiliar de Operação CBO 5112-10 trabalhando em São Paulo, ganha entre 1.274 e 1.337 para uma jornada de trabalho média de 43h semanais de acordo com dados salariais de 10.634 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 5112-10.