CBO 2232-88 - Cirurgião dentista - odontologia para pacientes com necessidades especiais - Descrição do cargo, funções, competências e atividades exercidas pelos cirurgiões-dentistas

O profissional no cargo de Cirurgião dentista - odontologia para pacientes com necessidades especiais CBO 2232-88 desenvolve e presta assistência em odontologia a paciente com alguma alteração no seu sistema biopsicossocial que impeça a realização do atendimento em situação odontológica convencional Efetua exame clínico – anamnese e exame físico, estabelece diagnóstico e prognóstico, e executa tratamento e controle dos problemas de saúde bucal de paciente.

Presta atendimento humanizado e personalizado Atua de modo articulado com outros profissionais de saúde, para oferecer tratamento seguro e integral a paciente Registra procedimentos executados.

Mantém-se atualizado na sua área de atuação Participa de equipe multidisciplinar em instituições de saúde, ensino e pesquisas Supervisiona equipe.

Atua com base em princípios de ética profissional Cumpre legislação, normas técnicas e normas regulamentadoras de saúde e segurança no trabalho, de biossegurança e de preservação ambiental

CBO 2232-88 é o Código Brasileiro da Ocupação de cirurgiões-dentistas que pertence ao grupo dos profissionais das ciências biológicas, da saúde, segundo o Secretaria da Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Confira funções, descrição do cargo de Cirurgião dentista - odontologia para pacientes com necessidades especiais, atividades principais, atribuições, mercado de trabalho, dados salariais oficiais atualizados para a função, bem como o salário pago para os Cirurgiões-dentistas CBO 2232-88 em todo Brasil.

Divisões de categorias profissionais do CBO 2232-88

  • Profissionais das ciências e das artes.
    • Cirurgiões-dentistas.
      • Profissionais das ciências biológicas, da saúde.

O que faz um Cirurgião dentista - odontologia para pacientes com necessidades especiais

O Cirurgião dentista - odontologia para pacientes com necessidades especiais CBO 2232-88 planeja a assistência em saúde bucal a paciente que apresente uma ou mais limitações – temporárias ou permanentes, de ordem mental, física, sensorial, emocional, de crescimento ou médica -, que impeçam a realização de atendimento em situação odontológica convencional Providencia o preparo do ambiente – em consultório ou clínica, unidade de saúde pública, hospital ou residência - onde fará o atendimento de paciente.

Em consultório ou clínica, orienta a retirada de obstáculos à locomoção e verifica a redução de fatores de estresse - como luz forte, sons e odores - e de tempo de espera.

Monitora a execução de assepsia dos instrumentos de trabalho e do ambiente Analisa relação de pacientes a serem atendidos no período.

Em cada caso, examina quadro de limitações apresentadas – além de características bucais, estratégias de condução do comportamento e cuidados especiais -, para adequação do atendimento odontológico Pode agendar reunião com acompanhante (familiar responsável ou cuidador) de paciente com determinadas limitações, antes da primeira consulta.

Verifica, então, a forma de comunicação mais adequada – verbal (adotando linguagem, técnica do “dizer-mostrar-fazer”, reforço positivo e controle de voz) ou não verbal (toque, olhar e sorriso) – com paciente.

Define, com acompanhante, a necessidade de restrição física (uso das mãos para limitar movimentos corporais) ou mecânica (com acessórios ou equipamentos apropriados) durante o atendimento, após esgotadas as possibilidades de evitá-la com sessões prévias de acolhimento e interação com paciente Pode avaliar, de forma individual e personalizada, a possibilidade de sedação, quando todas as demais técnicas de condução de comportamento não permitirem o atendimento odontológico seguro.

Solicita autorização para responsável por paciente, no caso de restrição ou sedação.

Faz o acolhimento de paciente e de acompanhante, aplicando técnicas humanizadas de abordagem Executa a anamnese Faz perguntas a paciente (e/ou acompanhante) sobre diabete, cardiopatias e outras doenças.

Levanta o uso de medicamentos Realiza exame físico, observando tecidos moles periorais e intraorais (língua, lábios, bochecha e assoalho bucal), dentes, e periodonto Verifica ocorrência de xerostomia, pelo uso constante de medicações.

Realiza avaliação oclusal Faz radiografias e solicita outros exames de imagem.

Define diagnóstico e prognóstico Discute o caso com profissionais de saúde envolvidos, promovendo visão multiprofissional para execução de tratamento seguro e integral, principalmente quando inclui procedimentos mais invasivos, como os realizados sob anestesia geral Fornece informações para paciente (e/ou acompanhante) sobre diagnóstico e tratamento.

Inicia o tratamento odontológico pelos procedimentos mais simples e executa os mais complexos no final, exceto em casos de urgência Orienta paciente (e/ou acompanhante) quanto à higienização bucal e às questões relacionadas à xerostomia (quando for o caso) Após o tratamento, realiza consultas de manutenção e controle da saúde bucal de paciente.

Registra procedimentos executados em prontuário odontológico Emite pareceres e laudos Participa de equipe multidisciplinar em instituições de saúde, de ensino e de pesquisas.

Aprofunda estudos e presta atenção aos pacientes que apresentam problemas especiais de saúde com repercussão em boca e estruturas anexas, bem como das doenças bucais que possam ter repercussões sistêmicas Supervisiona equipe, avaliando e orientando seu desempenho Mantém-se atualizado na sua área de atuação, analisando inovações tecnológicas Orienta o descarte de resíduos odontológicos de acordo com normas ambientais Aplica princípios de biossegurança conforme as normas vigentes, promovendo o autocuidado e a prevenção de acidentes de trabalho e de doenças ocupacionais.

Realiza com segurança processos e procedimentos, evitando riscos, efeitos adversos e danos a pacientes, a acompanhantes, a si mesmo e a demais profissionais.

Funções do cargo

O funcionário CBO 2232-88 deve demonstrar competências pessoais, comunicar-se.

Condições de trabalho dessas profissões

Cirurgiões-dentistas atuam nas áreas de odontologia legal e saúde coletiva, dentística, prótese e prótese maxilofacial, odontopediatria e ortodontia, radiologia, patologia, estomatologia, periodontia, traumatologia bucomaxilofacial e implantologia. Trabalham por conta própria ou como assalariados em clínicas particulares, cooperativas e empresas de atendimento odontológico e na administração pública. Exercem suas atividades individualmente e em equipe. Podem permanecer em posições desconfortáveis por longos períodos, estar expostos a radiações, materiais tóxicos, ruído intenso contaminações e aos riscos de lesões por esforços repetitivos e de distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho (ler-dort).

Exigências do mercado de trabalho para o CBO 2232-88

As ocupações requerem, para seu exercício, formação em odontologia e registro no cro e atualização constante.

Atividades exercidas por um Cirurgião dentista - odontologia para pacientes com necessidades especiais CBO 2232-88

Um Cirurgião dentista - odontologia para pacientes com necessidades especiais (ou sinônimo) deve demonstrar segurança, demostrar capacidade motora fina, demonstrar habilidade manual, demonstrar organização, demonstrar criatividade, demonstrar capacidade de saber ouvir, demonstrar senso estético, demonstrar capacidade de contornar situações adversas, publicar artigos científicos, demonstrar capacidade de trabalhar em equipe, demostrar empatia, demonstrar capacidade de inovação, demonstrar sensibilidade, demonstrar receptividade, demostrar percepção visual, demostrar paciência, demonstrar capacidade de efetuar atendimento humanizado.

Cargos e salários CBO 2232-88 - Cirurgiões-dentistas

Salário Cirurgião Dentista - Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais

Cirurgião Dentista - Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais: Brasil

  • 258
  • Brasil
  • 3.820 - 8.203
  • 37h
O profissional no cargo de Cirurgião Dentista - Odontologia para Pacientes com Necessidades Especiais CBO 2232-88 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.820 e 8.203 para uma jornada de trabalho média de 37h semanais de acordo com dados salariais de 258 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2232-88.
Salário Dentista de Cuidados Especiais

Dentista de Cuidados Especiais: Brasil

  • 258
  • Brasil
  • 3.820 - 8.203
  • 37h
O profissional no cargo de Dentista de Cuidados Especiais CBO 2232-88 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.820 e 8.203 para uma jornada de trabalho média de 37h semanais de acordo com dados salariais de 258 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2232-88.
Salário Dentista de Excepcionais

Dentista de Excepcionais: Brasil

  • 258
  • Brasil
  • 3.820 - 8.203
  • 37h
O profissional no cargo de Dentista de Excepcionais CBO 2232-88 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.820 e 8.203 para uma jornada de trabalho média de 37h semanais de acordo com dados salariais de 258 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2232-88.
Salário Dentista de Pacientes Com Necessidades Especiais

Dentista de Pacientes Com Necessidades Especiais: Brasil

  • 258
  • Brasil
  • 3.820 - 8.203
  • 37h
O profissional no cargo de Dentista de Pacientes Com Necessidades Especiais CBO 2232-88 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.820 e 8.203 para uma jornada de trabalho média de 37h semanais de acordo com dados salariais de 258 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2232-88.
Salário Dentista de Pacientes Especiais

Dentista de Pacientes Especiais: Brasil

  • 258
  • Brasil
  • 3.820 - 8.203
  • 37h
O profissional no cargo de Dentista de Pacientes Especiais CBO 2232-88 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.820 e 8.203 para uma jornada de trabalho média de 37h semanais de acordo com dados salariais de 258 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2232-88.
Salário Dentistas de Deficientes

Dentistas de Deficientes: Brasil

  • 258
  • Brasil
  • 3.820 - 8.203
  • 37h
O profissional no cargo de Dentistas de Deficientes CBO 2232-88 trabalhando no Brasil, ganha entre 3.820 e 8.203 para uma jornada de trabalho média de 37h semanais de acordo com dados salariais de 258 colaboradores registrados em regime CLT. Clique e confira a pesquisa salarial completa do cargo CBO 2232-88.